Casa dos Contos Eróticos

Feed

A mulher do amigo

Autor: gabiru1357
Categoria: Heterossexual
Data: 31/10/2010 04:33:20
Nota 9.50
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Mais uma vez vou relatar fatos ocorridos em minha vida .......

Trabalhava em uma empresa multinacional, era comprador, e conheci um gerente de uma das empresas fornecedoras chamado Antonio. Durante alguns meses tive varios contatos profissionais com Antonio e acabamos ficando amigos, e começamos a frequentar sua casa ou vice versa e acabei conhecendo toda a sua familia, especialmente sua esposa Mara, formavam um tipico casal ele com 39 anos, um pouco fora de forma , 1,80 usava bigode, barriga de chopp.

Ela com 33 anos , morena , coxas grossas , cabelos longos ,bunda saliente e labios que davam vontade de morder... uma mulher atraente, mas casada.

O tempo foi passando e sempre estavamos juntos e um certo dia me convidaram para ir passar alguns dias na casa de praia no litoral norte de SP. Marcamos a data e fomos para a praia somente Antonio , Mara e eu que na epoca estava com 45 anos.

Chegamos no condominio , bem proximo a praia, uma casa bem aconchegante e nos instalamos. Como o tempo estava muito quente vesti uma sunga , Antonio colocou uma bermuda e Mara um biquini fio dental minusculo, mostrando toda a sua beleza e ficamos na beira da piscina conversando e tomando cerveja e caipirinha. Apos algum tempo , as bebidas surtiram efeito, como estava acostumado a beber não senti tanto mas Mara estava bem alegre e Antonio começou a elogiar a esposa na minha frente falando que ela era muito gostosa, transava muito com ele e que ela gostava de dar o cuzinho e gozava muito. E perguntou o que eu achava da Mara. Fiquei meio aturdido com aquela pergunta e sem jeito de responder ja que respeitava os dois como amigos e ai Mara se levantou veio ate a cadeira que estva sentado e olhou nos meus olhos e deu uma volta sensual, perguntando se achava ela realmente gostosa, na insistencia de ambos, falei que era muitooooo gostosa , a sua bunda era uma loucura , que faria qualquer coisa para ter uma mulher como ela. Antonio começou a rir e disse, não precisa fazer nada ela esta a sua disposição.

Diante daquela afirmação Mara chegou bem proximo de mim e começou a rebolar , se insinuar, colocava um dedo na boca, molhava e começou a descer a mão , primeiro passou pela barriguinha e chegou ate a parte debaixo do seu biquini , foi abaixando o biquini com a mão e apareceu uma buceta lisinha sem um pelo sequer, tirou de vez o biquini e colocou a perna na parte lateral da cadeira e ofereceu aquela delicia, olhei para Antonio e ele ja estva com o pau duro batendo uma punheta, não me fiz de rogado e comecei a beijar aquela buceta , que exalava um cheiro delicioso, com a mão abri a os labios e vagarosamente fui beijando , mordiscando e gulosamente chupando , Mara comçou a rebolar no meu rosto, puxando a minha cabeça de encontro com o seu grelinho que estava duro, mordia de leve e ela gemia cada vez mais alto , enfiava um dedo ora na sua xana ora enfiava no seu cuzinho que dava sinais de quere algo mais ,ficamos assim por alguns minutos e senti ela gozar na minha boca, enfiava a lingua inteira na sua buceta tentando consumir o seu nectar divino, a virei de costa e enfiei a lingua naquele cuzinho gostoso. Ela se abaixou tirou minha sunga e foi engolindo o meu pau, primeiro mordeu a cabeça e o pau ficou ainda maior de tanto tesão que estava sentindo naquele momento, chupou gostoso como uma vadia e Antonio a tudo observava batendo punheta ela então se virou para o marido e abocanhou o seu pau chupando , engolindo ate o talo, como ela estava de quatro, aproximei o meu pau da sua buceta e fui penetrando, devagar , ela gemia , virava o rosto e sorria e disse : enfia tudo... puxei a sua cintura e o pau entrou com tudo, as bolas batiam na sua buceta, Mara gemia e chupava ao mesmo tempo, enquanto fodia aquela buceta comecei a passar o dedo em seu cuzinho , primeiro enfiei um , depois dois dedos e ela começou a gozar novamente, saiu de onde estava , o Antonio deitou no chão , ela carinhosamente sentou no pau dele e me chamou para comer o seu cuzinho.

Que delicia , fui com tudo naquele rabinho , penetrei todo o cacete, e comecei a bombar e a sensação era fantanstica, pois Antonio fodia a sua buceta ao mesmo tempo, ela gritava, gemia e gozava , e seu corpo começou a estremecer num gozo duplo, senti Antonio gozando naquela buceta e então não aguentando mais enchi o seu cuzinho de porra, ela deitou-se sobre Antonio e eu por cima , como se fosse um sanduiche.

Tomamos um banho e continuamos a transar todos os dias que ficamos na praia, e ate hoje saimos para curtir uma boa transa, Antonio adora ver a mulher dele nos braços de outro homem.

gabiru1357@gmail.com

Comentários

05/03/2011 11:03:23
Eu queria um amigo assim...
26/12/2010 11:26:30
Ola,olha eu gostaria muito de conhecer um casal assim....
01/11/2010 00:36:15
31/10/2010 09:42:47
otimo e exitante conto.. adoro as comprometidas,casadas e noivinhas me add no msn... carlos.calcado@hotmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.