Casa dos Contos Eróticos

Feed

Dando pro cunhado safado.

Categoria: Heterossexual
Data: 28/09/2010 22:14:43
Nota 9.56
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom, antes de mais nada, quero dizer que este conto é somente um CONTO, mesmo assim, expressa toda a minha vontade de realiza-lo das mais diversas maneiras possíveis...

Pra começar, tenho de dizer como eu sou: tenho 18 aninhos,branquinha, olhos castanhos claros, cabelos negros lisos um pouco abaixo do ombro, magra, com seios médios e a bunda do jeito que brasileiro gosta, hehe.

Eu namorava um rapaz, vou chama-lo de Rafael, que tinha dois irmãos mais velhos, a quem chamarei de André e Matheus, 26 e 29 anos, respectivamente,ambos duas delicias, que eu sempre fantasiava enquanto transava com meu namorado, pois ele nem de longe era tão gostoso quanto os dois.

A família sempre me chamava pra viajar, por isso fiquei muito intima dos dois, conversávamos sobre tudo nesse mundo, menos sobre sexo (o que pra mim era uma baita duma frustração, eu me divertia tanto pensando nos dois no banheiro...).

Então meu maior tormento começou...numa viagem a Floripa, estávamos todos hospedados numa casa em que os dois dormiam em um quarto, e eu e meu namorado ficávamos na sala, já que os sogros ficaram com a suíte.

Nessa época eu já nem pensava tanto em ficar com nenhum deles, mas pelo jeito eles não pensavam o mesmo... eu sempre tive mania de brincar com eles, dar um tapinha e sair correndo, como quem não quer nada... e resolvi fazer isso com André, que correu atrás de mim até onde ninguém podia ver, me deu uma bela encoxada e sussurrou no meu ouvido:

- Ai se eu te pego!

Pode até ser que ele não tinha tantas segundas intenções quanto eu, mas que aquilo me enlouqueceu, ah podem ter certeza que sim...Fiquei super molhada, mas não podia fazer nada, afinal, todos ainda estavam acordados e daria a maior confusão caso alguém notasse alguma coisa.

Aquilo ficou na minha cabeça por muito tempo, mesmo depois que voltamos, eu não conseguia parar de pensar em outra coisa, a não ser dar pro meu cunhado, ele também pelo jeito não agüentava, tanto quanto eu, até que um dia eu mesma resolvi investir, já que era a primeira vez depois de muito tempo que ficávamos sozinhos depois de ter voltado da viagem.

-André, lembra aquilo que você fez lá em floripa? Você disse “ah se eu te pego”... o que exatamente você quis dizer com aquilo?

-Bom, eu quis dizer o que você já sabe muito bem, Eu to louco pra te comer!. Você me provoca demais, sua safada, eu vou judiar de você, que eu sei que o frouxo do meu irmão não cuida da cadelinha que ele tem...

Na verdade, eu não esperava que ele dissesse isso, só achei que fosse ser menos ‘direto’, mesmo assim, foi ainda melhor do que eu imaginei, mas fiquei preocupada, meu namorado chegaria do serviço as 18 horas, então olhei pro relógio e descobri que ainda teríamos aproximadamente duas horas para concluir nossa brincadeira.

Nem deu tempo de pensar direito, ele já tinha começado a me beijar com uma violência que sinceramente eu adoro; me encostava na parede com força enquanto arrancava minha roupa, ele nem sabia se colocava a mão por baixo dela para me acariciar ou se rasgava tudo de uma vez, eu confesso que nem sei como agüentei tanto tesão.

Então eu arranquei o ‘brinquedo’ do meu cunhadinho da calça, e dei um belo tratamento que só uma cachorra safada sabe dar, chupei com todo o tesão do mundo, só queria saber do leitinho do safado, ele gemia, puxava meu cabelo, me fazia engolir todinha sua pica, eu engasgava, mas não parava de brincar.

-Safada, gosta de chupar né? E chupa que nem uma putinha mesmo...

De repente, ele me pegou e me deitou na cama, e retribuiu o favor, recebi naquele momento a melhor chupada da minha vida, lembro que quando ele saiu do meio das minhas pernas, seu rosto estava todo melecado, aquilo só serviu para aumentar meu tesão.

Ele aproveitou que eu estava mole, pronta pra fazer o que ele pedisse, e me colocou de quatro e meteu tudo de uma vez só, entrou muito fácil, eu já estava tão molhada que o melzinho escorria pelas minhas coxas, o safado bombava tão rápido que chegava a machucar, eu gritava de tanto tesão, ele puxava meu cabelo e gemia muito gostoso no meu ouvido:

-Ai sua putinha safada, você é muito gostosa, eu não vou agüentar tanto tempo com esse bundão delicioso virado pra mim.

Eu só conseguia gemer praticamente, já tinha gozado tanto que estava mole.

-Hum, mete mais fundo cunhadinho, mais forte que eu quero sentir você gozando aí dentro mesmo.

Eu queria muito mesmo cavalgar, brincar um pouquinho, e pedi pra ele deitar na cama, sentei em cima dele, e fui descendo bem devagarzinho, rebolando pra ele sentir aquilo, quanto estava na metade, sentei com tudo e comecei a pular em cima do meu cunhadinho, que gemia feito um louco, segurava minha cintura e me puxava pra baixo, pra aumentar a força das estocadas.

-Ah sua cadela, pula mais vai, iiiiisso, vai, pula, rebola, nossa que delicia...

-Isso cunhadinho, geme pra mim, dá uns tapinhas, eu ando sendo muito malvadinha.

Aquilo pareceu ativar alguma coisa nele, que começou a me dar tapinhas leves, mas pelo tesão começou a ficar cada vez mais forte, eu gritava, doía, mas eu tava adorando aquilo, hehe.

-Safada, eu to louco pra gozar, mas não vai ser agora não, vou gozar dentro do seu cuzinho...

-Ah não, eu sou virgem aí atrás, vai doer.

-Foda-se se vai doer, eu quero comer e vou comer.

O safado simplesmente colocou um travesseiro embaixo da minha barriga e começou a lubrificar meu cuzinho, que já tava se sentindo pronto pra ser comido, apesar de ser a primeira vez.

Ele começou colocando devagarzinho, mas vendo que eu tava com tesão e ele nem parecia conseguir segurar o gozo, meteu tudo de uma vez, escorreram lágrimas do meu olho, mas quem liga pra dor quando ta ganhando uma surra de pica tão gostosa?

Ele, vendo que eu já estava me acostumando, começou a meter cada vez mais forte e mais rápido, e não passou muito tempo, anunciou que ia gozar:

-Hum, minha cadelinha, quer leitinho, quer?

-Claro que quero, goza no meu cuzinho, vai?

Ele mal esperou eu terminar a frase, já esporrou dentro de mim, senti o leitinho quente lá dentro e fiquei louca, viciei naquilo no mesmo momento.

-Ai, safada, que delicia de cuzinho, agora vai ter que dar ele pra mim sempre que eu quiser, combinado?

-Combinadíssimo cunhadinho, agora vou ser sua putinha, até quando você quiser.

- Ah então você ta fodida, vou te querer pra sempre.

Deitamos na cama, e ele me deu um beijo delicioso, carinhoso, eu diria, ajudou a aumentar ainda mais o clima de intimidade entre nós ( se é que podia ser ainda maior depois daquela transa).

Fomos tomar um banho rápido, e ficamos conversando amenidades até as 18, quando meu namorado chegou, e com certeza não desconfiou de nada.

A partir desse dia, meu cunhadinho virou meu segredinho sujo...

Comentários

22/05/2012 11:40:27
Meu amor. Não sou seu cunhado mas quero lhe proporcionar fantasias a serem realizadas, sou branco, olhos azuis, 1,69, corpo atlético, preciso de sexo todo dia, minha esposa não dá conta. faço você gozar com minha língua na sua bucetinha. sou: Luciano : luccianovara22@hotmail.com Eu vou aonde você estiver. sou discreto.
22/05/2012 11:36:58
Aí. você não é minha cunhada, mas quero lhe proporcionar uma fantasia, sou branco, olhos azuis. corpo atllético, gosto de chupar e ser chupado, faço você gozar antes de mim. Preciso de sexo diário. minha esposa não aguenta. e-mail: luccianovara22@hotmail.com
02/10/2010 14:16:08
Hum... delícia cadelica tesuda! me add no msn terra_serigy@hotmail.com
30/09/2010 18:19:13
Hummmm... Fantasia Louca mesmo!!!... Me Atiçou as VONTADES e DESEJOS... e vou comentar no outro CONTO!!!... Nota: MÁXIMA!!!... BJS...e XAU!!!
29/09/2010 16:19:24
Apesar de ser apenas um conto, achei muito bom ! nao tenho irmao, mas querendo, posso ate ser seu cunhado, hehehe
29/09/2010 13:49:59
NOSSA MINHA CUNHADA NÃO FICA COMIGO POR QUE MEU NARIZ É MUITO GRANDE E ELA FALA QUE EU SOU MUITO FEIO.....KKKKKKKKKK
29/09/2010 12:02:05
Quem nao gostaria de ter uma cunhada dessas. Bom conto. mylifeisten@hotmail.com
29/09/2010 11:41:09
Isso e que e cunhada...
29/09/2010 08:13:42
MUITO BOM... QUE FANTASIA ESSA SUA... PARABÉNS!!!!
28/09/2010 23:11:48
Adoooooro esse tipo de foda: safadeza, traição, família! DEMAIS! 10. Conta mais... kkk

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.