Casa dos Contos Eróticos

A EGUA PONEI QUERIA ME DAR

Autor: zuhunter
Categoria: Zoofilia
Data: 27/09/2010 23:00:20
Última revisão: 27/09/2010 23:16:22
Nota 10.00
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

O que vou contar pra voces aconteceu este ano, muita gente acredita que animal só faz sexo quando esta no cio, e que fora do cio não fazem ou não aceitam, mais a coisa não é bem assim como falam, depois de ler este conto vão ter uma ideia diferente sobre este assunto. Cheguei no sitio lá pelas nove horas e estava só, e como acontece sempre, os animais chegam perto e ficam olhando e cheirando a gente, como se quisessem cumprimentar, quase sempre faço a mesma coisa, falo brincando qualquer coisa com eles, faço um afago e dou algo de comer quando levo. Como o sitio é todo cercado de mato, tirei o pau pra fora da calça e fui urinar, a ponei que estava ao meu lado levantou a cola e começou a urinar bem pertinho de mim, fiquei olhando a xana dela que depois de urinar ficou piscando, passei o dedo no rego da xana, e ela continuo parada de cola erguida curtindo o que eu estava fazendo, dei uma cuspida no dedo e introduzi o dedo, depois botei dois dedos e ela continuo ali parada. Fui até a casa peguei um pano, molhei, torci e limpei a xana dela, cuspi no dedo e continuei a introduzir nela, nessa hora eu e já estava de pau duro e como pau duro não tem juizo, encostei o cabeçudo na buceta dela e fiquei pincelando pra cima e pra baixo, meti a cabeça e fiquei curtindo o pau entrando e saindo, a cada metida que eu dava ela piscava a buceta, era como se fosse uma boca beijando meu bagos, cara que tesão que dá, eu ali mandando ver e ela parada na minha frente, de ves em qdo ela virava a cabeça pra olhar, eu estava sem pressa pois teria o dia todo, enterrava o pau todo e tirava, qdo senti que iria gozar meti mais rapido e mais forte, nessa hora ela levantou a cabeça e arreganhou os dentes mais não fez som algum, empurrou a bunda pra tras, na certa querendo mais pau, mais eu já tinha dado tudo o que eu tinha, acelerei os movimentos e comecei a gozar....gozei muito cheguei a urrar ahahahhahahahh uhuhuuhuhuhuh ahahhahahahahha . Fui me lavar pois estava todo melado, peguei uma cerveja sentei num banco ao lado da casa ,e fiquei pensado sera que ela estava mesmo afim de fuder, ou era coisa da minha cabeça de tarado....bem terminei a cerveja e fui caminhar pelo sitio e ai é que voces vão ver o que eu quero dizer.

Parei para ver uma mudas que eu havia plantado, e adivinha quem chegou perto de mim, ela a ponei, chegou e veio me cheirando denovo, mordiscando meu braço e esfregando o pescoço em mim, eu pensei ué o que ela quer, sera que ela quer o que estou pensando, fui atras dela de roupa mesmo e fiz como se estivesse fudendo, ela botou a cola pro lado e ficou ali parada, a safada estava mesmo com vontade de fuder. Tirei o pau pra fora, cuspi na cabeça e já fui enfiando até o talo, fiquei brincando assim uns tres minutos num vai e vem gostoso e sai, fui uns vinte metros pra frente, ela olhou pra mim e foi onde eu estava, dai falei com meus botões : tá afim de fuder mesmo é , fui e meti mais um pouco e sai, entrei na casa e levou uns cinco minutos, ela apareceu na porta de casa e ficou olhando pra mim, como quem diz saiu porque ?

Sai pela outra porta, ela deu a volta na casa e foi atras de mim, onde eu ia ela me seguia, fiquei brincando com ela a manhã toda , metia um pouco e saia, de longe eu mostrava o pau e balançava ela via e já vinha ao meu encontro, me senti um macho poderoso tendo uma femea atras de mim com vontade de foder. Meio dia fui almoçar e ela ficou rodeando a casa, depois do almoço deitei no sofa pra descansar, pois fiquei de pe a manhã toda fudendo, dormi um pouco e acordei com o barulho dos cascos dela no piso da varanda, veio até a porta e olhou pra dentro pra ver onde eu estava, nunca antes tinha visto ela entrar ali, isso é pra voces terem ideia de como tava a coisa naquele dia.

Fui pra fora e ela já veio se chegando, e eu falando sozinho ah é.... tu quer fuder denovo é...., dei outra baita metida e gozei denovo, pra encurtar a conversa fiquei metendo o resto da tarde a cada quinze min. eu metia um pouco e saia , e de longe era só mostrar e balançar o pau que ela já vinha ,me senti um jegue. Dei quatro gozadas e meti varias vezes o dia todo, não sei quantas vezes ela gozou mais gozou variamuito tmb, eu já havia metido com ela antes desse dia , ela sempre deixava numa boa, mais nunca tinha feito isso antes, de andar atras o tempo todo e com vontade de fuder, com o macho dela.....eu....

Dai eu pergunto a voces !!!!!! isso foi o que ??? , e olha que ela não estava no cio e foi assim que aconteceu....

No proximo relato vou contar o que aprendi depois de 5 anos de estudos, pesquisas, conversas com zoófilos sobre comportamento sexual dos animais, com diferentes especies e com humanos....pra quem pensava uma coisa....como eu tmb, vera algo muito diferente do que imagina até agora.

Quem quiser conversar sobre zoofilia sei muita coisa sobre o assunto...zuhunter@hotmail.com me add.

Comentários

05/11/2010 01:46:50
Muito bom ler o seu conto, gostei mesmo...vc saber escreve mto bem 10
11/10/2010 19:45:17
DELICIOSO, AMO SEUS CONTOS =)
11/10/2010 19:44:49
DELICIOSO, AMO SEUS CONTOS =)
04/10/2010 18:57:55
bom demais
02/10/2010 12:47:11
Muito bom o teu conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.