Casa dos Contos Eróticos

Feed

1) COMERAM O CU DE MINHA ESPOSA

Autor: BORGHI
Categoria: Heterossexual
Data: 07/09/2010 16:33:50
Última revisão: 03/11/2013 12:20:50
Nota 9.51
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Desde que eu e Carla namorávamos ela jamais me permitiu fazer sexo anal. No princípio era sempre o papai-mamãe, algumas vezes um oral um pouco tímido, mas isso me satisfazia pois ela era (e é ainda) o tipo de mulher dos sonhos de qualquer homem.

Juro que era tarado pela bundinha dela. Aliás, todos eram e são. É do tipo "bunda perfeita", não dá para não olhar e ao olhar não dá para não sentir tesão. Claro que por onde ela passa os homens ficam tontos, com perdão pelo exagero! Se vamos à praia ou à piscina, então, meu deus! Ninguém tira os olhos dela. E ela gosta de exibir. Não faz a menor questão de esconder o que tem de mais belo. Entretanto, dar que é bom, nada...

Casamos há bastante tempo. Juro que tentei muitas vezes comer seu cuzinho. Tentei de todas as formas e sempre ouvi "não" como resposta. Até que me conformei definitivamente e desisti. Descobri que estava fadado a levar uma vida de sexo convencional com minha esposa.

Como sou tarado por um cu, sempre que me vinha aquela vontade incontrolável eu ia a um puteiro qualquer, procurava uma bela garota de programa e com ela matava meu desejo com muito cuidado e higiene pois sempre preservei nossa saúde.

Mais além, nas transas convencionais em casa, Carla se soltando um pouco mais sempre foi sensacional: uma boceta quente, lisinha, profunda, deliciosa... ela, multiorgásmica, nunca se satisfez com uma ou duas trepadas. Eram necessárias muitas penetrações, ela tinha de gozar inúmeras vezes para se satisfazer. Por isso nossas transas sempre foram longas, às vezes duravam a noite toda ou uma tarde inteira.

Aos poucos passou a demonstrar ter aprendido os prazeres reais do sexo oral e caprichava sempre nos boquetes e se arreganhava toda para que eu metesse a boca e a língua inteira dentro de sua boceta sempre lambuzada de gozo. Perdíamos a noção do tempo quando fazíamos um sessenta e nove, era uma loucura, muitas vezes gozei em sua boca e ela na minha. Minha mulher é puro prazer!

Pena que nunca me permitiu sequer tocar seu ânus (era assim que ela se referia ao seu cu).

Mês passado completamos doze anos de casados.

Fizemos uma reunião entre amigos para comemorar, fomos até altas horas festejando.

Tomamos um bom vinho para celebrar.

E quando os amigos foram embora notei Carla bastante alterada pela bebida. Ria alto, falava mole, estava um pouco fora de si.

Tomamos banho e na hora de ir para a cama não pude deixar de reparar mais uma vez em sua bunda redondinha, empinadinha, convidativa...

Naquele momento tive um pensamento que em princípio me pareceu sacanagem, entretanto, refletindo bem, julguei que não haveria mal algum, eu apenas daria a ela um prazer que desconhecia. Resolvi pôr em prática: ofereci mais uma taça de vinho a ela. Não rejeitou, tomou-a com prazer. Depois, mais uma, até ela ficar completamente "grogue" e entregue aos meus desejos.

Comecei a colocar minha ideia em ação a partir do ditado que afirma que "cu de bêbado não tem dono". E isso eu iria verificar naquele momento.

Sem qualquer cerimônia, disse-lhe:

-Benzinho, vire sua bundinha para mm...

Ela, com a voz bastante embargada pela bebida me olhou longamente para depois perguntar:

- Você vai comer a minha bunda, é, seu safado?

Puta que pariu! Vibrei de emoção e alegria! Pelo menos bêbada ela usava uma linguagem que eu gostaria de ouvir "vai comer minha bunda?"

- Olha, benzinho, vou só encoxar você, com muito cuidado tá bom? Ajeita a bundinha bem direitinho... assim... assim...

Ela foi se ajeitando e vindo de encontro ao meu cacete duro e latejante e eu, claro, iria somente colocar na portinha, nunca machucá-la.

- Vem, amor - eu dizia - vem com sua bunda para mim... bem devagarinho, quero que sinta prazer por trás também...

Encostei bem o pau no cu da minha Carla e perguntei:

- Viu só? Não dói nada... nada... está sentindo?

Foi então que ela me disse:

- Isso me dá tesão! Eu quero tudo dentro de mim!

(Está bêbada, confirmei!) Mas o que eu não esperava era que, num só movimento ela iria fazer o que fez: engoliu de um só golpe o meu pau inteiro ao mesmo tempo que gritava: Come o seu cuzinho, come, mete nele!!!

Mas eu havia errado, tinha enfiado o pau na boceta dela, era muito largo pra ser o cu. Tirei, mirei novamente (agora tive certeza de ter colocado no lugar certo, no cu, e novamente pedi a ela: Vem, tesão.

E ela veio com a mesma facilidade anterior. Entrou tudo, sem gel, sem pomada, sem nada... o cu de Carla simplesmente estava arrombado, era tão largo como sua boceta!

Não me conformei, não acreditei, tirei e coloquei de novo e cada vez entrava mais facilmente. E ela, bêbada, pedia:

- Fode esse cu que está piscando de vontade de ser enrabado... Mete nele, Mete tudo, tudo, tudo... vem, me faz gozar, me enche de porra... põe seu caralho inteiro dentro de mim...

Eu não sabia se estava em estado de choque, se sentia tesão, se gozava, se pedia explicações... não sabia. E sem saber, fui socando, socando; ela gemendo, gritando, até que chegamos ao gozo. Quase juntos.

Por estar bêbada, Carla dessa vez não quis saber de gozar várias vezes. Simplesmente virou-se e dormiu.

Passei a noite toda acordado pensando no que dizer a ela no dia seguinte ou que medida tomar.

Ela acordou com enxaqueca, devido ao excesso de vinho. Não toquei no assunto. Melhor seria esperar que ela estivesse bem, sem dor, para conversarmos.

Parece-me, contudo que não se lembrava de nada pois nada mencionou a respeito. Nem naquele dia nem nos outros que o sucederam.

Depois de quase um mês de incertezas e desconfianças mil usei novamente o "golpe do vinho" e comi outra vez seu cuzinho arrombado. Confesso que um certo prazer me envolveu, de saber que Carla andava dando o rabo pra algum outro homem, mas, para quem?

Bem, ela é professora, sempre pegou carona para a escola com o Alcides, um professor de história, mas pelo que parece ele é gay... nunca eu havia pensado que ela pudesse... ou que o Alcides pudesse... ou algum outro professor ou funcionário da escola... ou... Sei lá, não sabia o que pensar. A única coisa que sei é que não fui eu quem arrombou o cu da minha amada esposa Carla. Tenho medo de perguntar. Não quero que ela saiba que eu descobri. Prefiro, de vez em quando lhe dar um vinho e comer o que algum outro safado anda comendo: O profundo cu de minha esposa.

O que mais me incomoda nessa história é que isso tudo só faz aumentar meu tesão por ela! Cada dia mais! Não me consigo imaginar com outra mulher! Será que essa é a sensação de ser corno? Será que sou corno mesmo? Será que todas as vezes que me dá o rabo ela realmente esquece de tudo quando passa a bebedeira ou há alguma safadeza nisso? O que faço?

(PS: se você é um marido em igual situação ou se é mulher também em situação semelhante à da Carla, me escreva, me esclareça, divida comigo essa dúvida que já está virando angústia.

Comentários

14/07/2014 09:46:45
SIMPLESMENTE ESPETACULAR!!
05/06/2014 15:23:17
bom!
28/02/2014 15:41:05
CONTO MUITO BOM, SIMPLES, DIRETO, OBJETIVO, BEM FEITO. NÃO SEI SE É NÚMERO 7, 700, 7 MIL, NÃO IMPORTA, TANTO FAZ. ISSO NÃO QUER DIZER NADA. MUITA GENTE TÁ DANDO O CU E DANDO NOTA BOA PRA VERDADEIRAS PORCARIAS. ESSE AQUI É BEM FEITO. NOTA 10. TERÁ DADO O RABO A PERSONAGEM? EU ACHO QUE NÃO. MAS, A LEILA DEU. DESDE NOVINHA, KKKKKKKKKKKKKKKKKKK
28/02/2014 15:39:07
gente, a leila dá o rabo, a leila dá o rabo. kkkkkkkkkkkkkkkk A LEILA DÁ O RABO. KKKKKKKKKKKKKKKK
07/01/2014 20:13:06
Muito bom!!!! Se você é corno eu não sei, mas essa conversa que bebida faz esquecer é conversa fiada. Se tá fácil de botar, vai ver ela tem um ânus "complacente". Abraço. Se tiver um tempo, leia um dos meus contos.
23/12/2013 05:49:44
sensacional
15/12/2013 22:39:34
DENTRE MAIS DE 70.000 CONTOS, ESTE É O SEPTUAGÉSIMO-PRIMEIRO MAIS VOTADO DO SITE, COM 65 VOTOS. Bem escrito, merece a nota máxima!
12/12/2013 21:17:41
Pois é cara, foi passado para traz. Agora nada a fazer, a não ser exigir o que é seu de direito
24/11/2013 07:13:19
Gente tarada desta Casa, Notem como essa sobremesa saborosa, o cuzinho, caminha para se tornar o prato principal em qualquer trepada. Não tem um só homem daqui que não goste de comer um cuzinho delicioso. E são poucas as mulheres que escrevem no site que não sentem vontade de dar ou já deram o seu cuzinho. E tudo com muita festa, tudo com muita alegria. O corno, autor do conto, ficou um tempão danado esperando para descobrir que o caminho que ele começou a percorrer, ao comer o rabinho da esposa, já havia sido percorrido por muito mais gente, que comeram o rabinho dela, com cacetes de grosso calibre, fazendo-a gozar bastante. Não sei se a gente acaba rindo ou torcendo para que o autor se vingue. Mas, se quiser ficar com ela, tem que comer o rabinho dela todos os dias, para que ela passe a gostar de fazer isso com ele, e se esqueça dos outros paus que, com certeza, continuam trilhando esse apetitoso túnel do amor. Coma muito, meu caro, senão, vai perder a boquinha, ou melhor, esse cuzinho, logo, logo.
21/11/2013 13:23:12
Também quero comê-la muito e gostoso !
19/11/2013 11:14:18
A sua esposa é das minhas! Delícia ter descoberto o chifre... Deixar o corninho descobrir é quase tão bom quanto a própria traição em si... certamente ela é uma tremenda de uma piranha!
12/11/2013 12:44:51
Ela deve ser o tipo de mulher q começo a dar o cu antes da xana, porem por algum motivo desconhecido at entao por nos, ela desistiu desse ato, tauves por algum trauma, tauves a religiao, alguma vergonha q tenha passado ou at mesmo a recordaçao de alguem q ela n quer mais relembrar, isso explicaria o fato de so fazer anal bebada, acredito q ela se lembre, porem n se sente preparada para ter essa converça ainda ou acha q vc n a entendera nesse momento. o cu estar arrombado nao quer dizer necessariamente q alguem anda arrombando e nem q tenha arrombado, conheço mulheres virgens por completo q afirmam enfiar tres dedos no cu e na xana como pode? Brinquedinhos eroticos e muita masturbaçao. o cu se aperta, porem nem tanto como a boceta entao se ela ou alguem arrombou pra valer no passado a uma chance dele nunca haver se fechado uso cm fonte historias de um casal de amigos que o marido era travesti e hoje e casado com filhos e diz nao sentir mais vontade de homens porem o fio terra endispenssavel nesse caso e feito com certa facilidade segundo a esposa. Espero ter amenizado sua dor de cabeça e lembrece: chifre nao existe, isso e coisa que os outros poe nas nossas cabeças :-) abraços anjinho
06/11/2013 15:59:28
Nossa querido que delicia de conto, me arrepiou toda... Estou aqui no trabalho morrendo de tesão, que dúvida gostosa que sua amada esposinha te deixou. Parabéns pelo conto estou ansiosa para ler outros.Obrigada pela leitura, comentário e voto no meu conto, realmente a minha especialidade não é a língua portuguesa (rss), simplesmente digitei e postei os textos, realmente preciso edita-los, quem sabe não posso contar com sua ajuda ??? Caso queira entrar em contato michy.linda@ig.com.brBeijos!!!!
01/11/2013 14:28:02
Muito bom texto abrange ótimo conteudo.Parabéns
30/10/2013 22:49:04
Amigo, vim lhe agradecer pelo seu comentário deixado no meu relato, pra minha surpresa vejo que vc também escreve com o coração e muita emoção... parabéns pelo seu conto, nota máxima pra vcs... beijos carinhosos da Malluquinha....
16/10/2013 15:03:26
Humm!!Que delícia seu conto,Carla é safadinha hein???!!!Tá muito certinha ela.
26/09/2013 01:16:57
Borghi, há muito tempo que li alguns de seus contos, só não havia comentado. Gostei muito do seu texto, você sabe passar emoções, como o tesão pela bunda de sua mulher, fiquei morrendo de vontade de provar também, como no primeiro conto, li até o sétimo. Sua trama é muito bem conduzida, rica e bem detalhada, dá tesão em ler. Obrigado pelos comentários.
21/09/2013 17:57:16
adorei o conto Borghi... nota dez
20/09/2013 01:27:30
Carla safada! Amei o conto! 10
16/09/2013 16:39:45
Execente. Dê-se por feliz de ter a quase certeza de sua testa enfeitada com elegância por sua esposa. Abra o jogo. Diga que está desconfiado. Ela confirmando você Mais ainda será sua feliciade a partir do momento em que ela previamente avisar que lhe chifrará novamente e você ficar esperando em casa tocando uma punheta. Experimente. Parabéns pelo conto. Ótimo.
16/09/2013 16:37:05
Caro amigo, pela descrição em seu texto você realmente é um corno. Diga-se, um corno feliz, contente, realizado ao saber que o rabo de sua mulher foi inaugurado. Converse com ela. Peça para ela contar como foi analmente desvirginada. Acredte, ela e você, agora com a cabeça enfeitada, gostarão. Você gostará mais ainda, quando ela lhe avisar que vai dar novamente e você ficar em casa se masturbando à sua espera. Experimente. Parabéns pelo conto. Gostei
16/09/2013 12:03:05
SENSACIONAL!!! PARABÉNS!!!
14/08/2013 20:36:56
Conto sensacional. O que seria uma conquista do marido, louco pelo ânus da esposa, acaba numa suspeita atroz. E nos envolve nesse drama excitante, despertando a vontade de manifestar opiniões. E causou inveja no pederasta porcalhão do ¨Tiago30¨, que deu nota zero (Para ver quem votou e qual nota deu, é só clicar na nota do conto).
10/08/2013 15:45:45
Olá sou da regiao de Campinas, adoro possuir esposinhas safadas, curto demais apimentar a relação de casais, se for isso que procuram, entrem em contato, vou adorar conhece-los e quem sabe algo mais, bjs marcelo_terranova@hotmail.com
02/08/2013 17:15:46
Gostei muito do seu conto nota 10. Obrigado pelo seu comentário.
02/08/2013 17:14:41
Gostei muito do seu conto, NOTA 10.Obrigado pelo comentário.
01/08/2013 17:06:14
Olha, se ela estivesse dando o cuzinho para outro, por que será que não daria para ti? Dar o cu vicia e ela não iria se privar desse prazer...
01/08/2013 15:37:24
Situação complicada a sua, amigo... Dá a entender que você não foi o primeiro a faturar o cuzinho da esposa; no geral, o conto foi excelente.
30/07/2013 21:11:28
Adoro seu estilo, e dar o rabinho é química, e tem que saber apreciar e conquistar, ótimo conto, e obrigada pela visita e pelo gostoso comentário.
29/07/2013 00:59:45
Querido! Isso não prova nada! Vou confessar para vc. Desde menina dava o rabo, para não perder o cabaço e entrava tão fácil! Há mulheres (homens, tb) que sentem muita dor, outros não, na região do esfíncter, o tradicional cuzinho ê bem sensível na parte externa. A bebida descontrai, isso não quer dizer que ela esta traindo. Só estava mais acessível. Meu tb, dói, uma pica grossa é um esforço, mas tem suas vantagens! O gozo. Depois, que vai é só tesão. O fato de ter entrado facil, não quer dizer que ela nao te ame! Simplesmente, aproveite s bundina da Carla. E se ela te trai, o que tem demais? Relaxe! Ela é sua esposa. São adultos, não! Se amem, deixem disso! Aproveite. Beijo querido! Visite-me quando puder.
18/05/2013 06:41:44
Querido, por onde tem andado? Acabei de ler um conto do Peristilo, que estava há 4 anos sem escrever e voltou a fazê-lo (para a felicidade dos leitores). E ao comentar, disse que ele é um dos melhores do site, ao lado do Yuzo, Priapo, Pedro Carvalho Neto, Coroa Casado, Maximuso357, Abduzido e...o Borghi. Que tbem sumiu há mais de um ano. Reli esta preciosidade, o inicio da saga de um marido apaixonado por uma esposa safada, que tanto mexeu com o imaginário dos leitores. Pena que 10 só posso dar uma vez. Volte logo! Bjs.
11/04/2013 01:40:51
Meu caro amigo, que ela anda dando o cuzinho pra outro cara, isso não tenho dúvidas, entretanto. você há de convir que sente tesão em ver o cuzinho arrombado de sua esposa. Então sem drama, assuma o seu lado corninho e vá confessando seu tesão a ela e em pouco tempo ela estará confessando que é uma safadinha e os dois serão mais felizes ainda.
14/02/2013 21:26:43
Acho que todos tem a mania de dar o melhor de sí para os amantes. Muitas mulheres não fazem anal com o marido, mas, quando traem, liberam para o amante. Acho que esse é o caso da tua esposa. Beijinhos.
11/01/2013 22:48:32
Quem sera o papacu Misterioso rsrs
10/01/2013 12:16:03
Vixi, cara, foi mal mesmo ver o buraco dela já arrombado. Deve ter sido de lascar! Mas não fica bolado não. O negócio é trocar uma idéia com ela, numa boa, tá ligado? Teu conto tá mesmo irado! Um dos melhores que lí!
28/04/2012 00:34:30
A minha também não dava o cu porque era muito estreitinho, até com muita carícia consegui enrabá-la . Agora adora rebecer em todos os lugares.
06/03/2012 10:25:29
04/01/2012 12:52:47
Um conto muito excitante. Pode ser que a Carla já tenha feito anal antes de te conhecer, não precisa necessariamente ser traição. Nota 10.
02/01/2012 21:39:28
EI SUPER, TA GOSTANDO DE TER SOCIO NE, E NOS DE SABER SE VOCE TEM MESMO, PEDE A ELA COM JEITINHO PARA CONTAR COMO FOI, ESTAMOS CURIOSOS, ISSO DA UM TEZAO LEGAL, EU AQUI JA IMAGINEI COMO E A BUNDINHA DA SUA MULHERZINHA HUMMMM, ABRAÇOS
02/01/2012 20:03:47
Nossa, que lindo conto! me deixou molhada e cheia de tesão. adoro sexo anal por isso me identifiquei muito com a sua esposinha kkk, dou nota dez.
20/11/2011 16:23:32
Relí esta pérola de conto e claro, com nova ótica, depois de já ter lido toda a série. E novamente, fiquei molhadinha com esta obra-prima do anal. Olha, porque tu não vens a Curitiba e esquece um pouco a Carla? A minha bunda, com certeza é tão cobiçada quanto a dela. A condição é de que, com teu talento, escreva e publique depois a nossa transa. Afinal, várias escritoras deste site estão sendo ¨homenageadas¨ assim (que inveja!). Rsrss. Beijocas.
05/08/2011 21:17:08
Meu caro colega! Seu conto é um dos melhores da net. Também tive uma mulher assim, porém ela me contava quem fudeu com ela e o que ela fez. Talvez isso tenha terminado, depois de muito tempo, nosso casamento. Mas o seu, por você apenas desconfiar, vai durar muito... Abraços aos amigos.
01/08/2011 10:15:04
Muito bom o seu conto! Eu também adoro um cu, e desde que conheci minha esposa acostumei-a a ser enrabada, e olha que meu pau tem uma boa bitola!!! Como ela tem uma bunda muito bonita, depois que começamos a fazer menages, quase todos os parceiros saborearam este pitéu, inclusive um garotão com uma pica descomunal, e que na hora, ela adorou! Depois sofreu uma semana com dores no rabo!!! Leia meus contos!
26/07/2011 18:42:05
Otimo, é assim mesmo que se sente um corno...va devagar e descubra quem é...e arma para vc ver...é delicioso...
26/07/2011 15:43:49
Legal seu conto. Muito bom. Meu caro amigo e colega corno; da próxima vez em que ela tomar vinho, antes de comer seu cú, pergunte, questione quem deixou largo assim. Vá devagar. Ela vai contar tudinho.
03/07/2011 19:48:37
Meu querido corninho, voce é maravilhoso em ter uma Carla como esposinha infiel! Seu conto é um dos meus preferidos! Nota mil
07/05/2011 22:22:43
Dizem que quem procura, acha. Concordo com a maioria dos comentários. É desfrutar e deixar o resto prá lá.
13/04/2011 10:44:24
Conto fascinante. Tem coisas inexplicáveis, tipo, não acredito em bruxas, mas, que existem, existem.
12/04/2011 16:31:59
mto bom camarada, ela com certeza está dando pra outro, mas isso é apenas detalhes, leve em conta que vc comia o cu de outras, deixe ela dar o cu pra outros tb e seja feliz, aproveita da situação com o vinho e faz ela se entregar durante a transa, leia meus contos, acredito que irá gostar, abração ae... nota 1000
15/03/2011 22:28:33
KKKKK Tem dúvidas de q és corno????
11/03/2011 11:48:48
Cara, dá a bebida a ela e deixa ela dormir. Espera um pouco e tenta se fazer passar pelo "amante". Muda a voz, dá tapa na bunda, faz algo diferente de "ser você" fudendo aquele cu. Xinga ela e repete em seu ouvido que não quer mais ela e vai parar de comer aquele rabo....se eu não estivar errado ela vai chorar e lhe chamar pelo "nome". aí você descobre quem tá comendo aquele rabo. Pode ser o professor "gay" ou o aluno que come o professor...pode ser até os dois ao mesmo tempo.
10/03/2011 11:38:37
sou um coroa quarentão boa pinta bonitão casado seguro e sigiloso, curto sair com esposas na frente do marido, adoro esposas novinhas noivainhas namoradas, sou eperiente em realizar fantazias de casais novinhos, sou seuguro moro em campinas sp e viajo,meu pau é grosso e cabeçudo , sou carinhoso e faço só que o casal pede sei respeitar a esposa , me addai no msn- tenho web cam só saio com casais seguro e bacanas sem drogas e bebidas de mais, não bebo não funo gosto de cumer um cuzinho se ela deixar msn missiasbonitinho@hotmail.com
06/03/2011 21:25:43
Belo conto. Aproveite a bela mulher que tem em casa e disfrute ao máximo. Concordo que não importa que, fez anal com ela. O que está feito, não tem volta. Ainda bem que você aceitou isso bem. Beijinhos da Portuguesinha
06/03/2011 19:12:47
Acabo de me filiar ao CTPBC, Clube dos tarados pela bunda da Carla. E bater chapa pela presidência! Excitante demais, o trecho ¨Tirei e mirei novamente...¨ Que tem um FDP comendo o cuzinho dela, sem dúvida tem. E pior, desconfio até que sem precisar da ajuda do vinho. Concordo com as opiniões dos amigos. O melhor é não fazer nada e aproveitar as delícias.
28/02/2011 08:41:09
É SUPER MARIDO, QUE ALGUÉM ANDA COMENDO O CUZINHO DA SUA CARLA, NÃO TEM DÚVIDA. DEVIA ENCHER ELA DE VINHO E ARRANCAR A CONFISSÃO. GOSTO DE LER CONTOS AQUÍ E MAIS AINDA, DE LER OS COMENTÁRIOS POSTADOS. SE EXISTEM GRANDES CONTISTAS NESTE SITE, VC COM CERTEZA É O QUE ESCREVE OS MELHORES COMENTÁRIOS. DAÍ A CURIOSIDADE DE VER SEUS TEXTOS. E VALEU A PENA. UM RELATO DE ANAL MUITO EXCITANTE E UM MISTÉRIO. CUIDADO COM O ALCIDES, POIS, ESTÁ CHEIO DE GAVIÃO SE PASSANDO POR BOIOLA E PAPANDO A MULHERADA. PARABÉNS!
24/02/2011 15:17:36
Não sei não. Pela facilidade da penetração anal, acho que só alguém bastante familiarizado com a prática. Mas conselhos não faltaram nos comentários já postados. O conto está muito bem escrito, excitante e merece a nota máxima com louvor!
23/02/2011 20:23:13
Putz, que conto excitante! Amei.
19/02/2011 21:37:17
É super marido, você é mesmo um super marido. Muitas não querem dar o anus por causa da dor. Outras, apesar de quererem experimentar, não o fazem por achar que são coisas de putas. Acho que a Carla se enquadra no segundo caso. O conto é super excitante e um dos melhores aqui publicados. Um super parabéns e sucessos!
13/02/2011 09:36:03
Ora, super-marido. Tu não deves fazer nada. Estás comendo o anus gostosinho da tua Carla, não estás? O que queres mais? Desconfio que ela estava fingindo a embriaguês para te satisfazer. E ela também. Concordo com a opinião do H.Perigoso. A falta de diálogo num casal leva a vários equívocos. Bjs.
11/02/2011 20:04:49
Delícia de conto, super amigo! Muito excitante mesmo. Que importa se outro felizardo, comeu ou está comendo o cuzinho da tesuda da Carla? Pense que você, é um privilegiado, de ter essa maravilha na hora que quiser! E boas gozadas! Nota máxima!
22/11/2010 11:04:03
Nos faz imaginar...o que será que além do alcool, faz a sua linda Carla liberar a bela raba? Belo conto!
03/10/2010 22:01:57
Sensacional!!!!!! Tens uma fêmea fantástica em casa. Aproveite maravilhosamente bem.
03/10/2010 21:25:52
Essa tua Carla é uma safadinha maravilhosa!! Legal de ela estar dando o cusinho pra outro! Confessa que voce vai adorar de saber que ela te corneou, fazendo com outro o que nunca fez contigo!! Nota mil, amoreco!
30/09/2010 08:53:00
moro só 48 anos, moro em sao paulo e posso receber discretamete adoro casais match-45@hotmail.com - jack
25/09/2010 22:07:42
cacaakbar - 25/09/2010 - Gente, adorei os comentários. Me ajudaram por tabela. No fundo, mas bem no fundo. Nós não sabemos nada das mulheres. Simplesmente, porque a única coisa que elas tem em comum é a inconstancia. O conto foi DEZ!!!!! Preparação, Expectativa e desfecho Perfeitos.É até de estranhar, que com essa capacidade de escrever, o amigo não tenha comido o "cuzinho" dela a mais tempo.
23/09/2010 13:18:59
É o gay com certeza!!! Da uma prença no viadão, eles se fazem de gay...amiguinho... pra come as mulheres da gente, e se não for ele, ele te conta, e só da uma dura... ou um pau no logo FDP. Se é comigo o bicho ia pega...
21/09/2010 19:11:19
hahaha...muito bom
18/09/2010 07:22:49
Sem julgamentos, se te dá tesão vai em frente! E aos poucos vai conversando com ela pra dizer q topa um managem com caras e assim ambos passam a vara no rabo dela! Já fiz isso com a minha mulher e foi um tesão!
17/09/2010 15:50:43
Muito bom ter uma esposinha safada como a sua e em casa se faz de santinha. Tb sou um apaixonado por sexo a três. abraços Fabio - maxdados@yahoo.com.br
17/09/2010 09:05:05
MULHER É BICHO PERIGOSO, COMO DIZ O JUCA, AGUA DE MORRO ABAIXO, FOGO DE MORRO ACIMA, MULHER QUANDO QUER DAR O CU, NINGUEM SEGURA...
17/09/2010 09:00:30
MULHER É BICHO PERIGOSO, COMO DIZ O JUCA, AGUA DE MORRO ABAIXO, FOGO DE MORRO ACIMA, MULHER QUANDO QUER DAR O CU, NINGUEM SEGURA...
16/09/2010 16:21:10
Caro super marido; É comum as nossas mulheres possuirem fantasias sexuais tanto quanto nós homens. Penso que alguém está fazendo com que ela se sinta mais desejada, e pondo uma lenha na fogueira, ela está tendo aulas com o seu amigo gay, isso é muito comum, aconteceu comigo. Aquela historia, ah, ele é gay, imagina se algum dia irá rolar algo. Erro, ele é o cara que vai fazer com que sua mulher suba as paredes, pois são especialista em dar prazer a elas e a eles. Portanto, curta a situação e quem sabe, se descobrir o seu parceiro, tente conduzir de forma que vocês 3 cheguem ao fato de irem para a cama, dai vai estar completo a noite.
16/09/2010 10:58:03
Vc adorou comer o cuzinho da sua esposinha né? Se quer continuar comendo ele sempre , não pergunte quem o arrombou meu amigo. Continue utilizando dos seus porres regados a vinho e com o tempo ela simplesmente vai passar a fazer anal com vc naturalmente. rs.rs.
08/09/2010 21:40:11
minha mulher nao dava o CU pros ex namorados dela pq tinha medo pq eles eram bem dotados e nao sabiam comer sem pedir. qd eu a conheci foi a primeira coisa q fiz foi comer o CU dela. por 3 motivos,ela nao stava tomand remedio a algum tpo, meu kct e normal, e acariciem bem o cuzinho dela ate ela relaxar e se virar p ser enrabada com carinho. toda mulher tem vontade d dar o cu so nao assumem e dizem nao se a gte pedir.
08/09/2010 20:46:13
Outro conselho: não procure saber quem é o outro que abriu caminho pra você, curta o sexo anal com vontade... Aproveite bastante a tua parte e esqueça o resto, legal?
08/09/2010 20:39:51
Isso é normal. A mulher "sempre" faz coisas com o amante que nunca faria em casa. É para isso que ele existe na vida dela, para saciá-la e completar a carência doméstica. Casamento é competição antes de mais nada... Gostei do relato.
08/09/2010 17:28:47
Karacas Super!!!... Nao sei nem o que dizer!!!... So sei que deu vontade de LOUCA de tomar um VINHO com sua mulher... rsrsrs (brincadeirinha!!!)... Com todo respeito, so te digo uma COISA... seja LIBERAL... e aceite os pensamentos e VONTADES de sua mulher... e nem queira SABER da VERDADE... Ninguem muda o jeito de uma mulher... somente ela pode mudar seu JEITINHO... E se ela ta FELIZ... seja FELIZ com ela!!!... Sem ou Com Vinho na cabeca!!!... E seja BEM VINDO ao MUNDO dos LOUCOS por PRAZER!!!... Tanto pra ELA como pra voce Tambem!!!... Ufa!!!... Gostei da sua Historia!!!... Mando um Bexin Xoxin na sua Bunda!!!... e um Abraco por tras, na sua MULHER!!!... rsrs... e um PONTAPE no Bundao do Alcides ou seja la na Bunda de quem ARROMBOU sua mulher!!!... Desgracado!!!... Valeu mesmo!!!... Nota: DEZ pela sua DUVIDA e VONTADES... e XAU!!!
08/09/2010 01:25:08
pergunte em tom de brincadeira deixando claro para ela de que vc sabe que ela da para outro e vá perguntando pra quem ela dá ou já deu o cú! Ela tem que sentir confiança em vc para se abrir, mesmo bebada! abraço
SU
07/09/2010 21:12:13
Alo Super Marido! é claro, meu querido, que tua mulherzinha dá o cuzinho para outro macho! mulher que dá uma vez, dá sempre! agora, como não tem outro jeito, se com uma garrafa de vinho voce conseguiu comer o tão cobiçado cu, com duas vc descobre quem é o seu sócio! Depois vá lá e coma a mulher dele.
07/09/2010 18:40:06
Amigo, Nao sei se este e o seu caso, mas tive uma amante que so dava o cu para mim e nao dava para o marido pois dizia que se desse o marido iria achar que ela era uma puta. Mulheres tem razoes estranhas para fazer algumas coisas e sao comandadas pelos seus hormonios. As que parecem mais recatadas sao capazes de coisas que ate Deus duvida. Boa sorte

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.