Casa dos Contos Eróticos

Feed

Nossa babá acabou ficando toda babada

Autor: rio40graus
Categoria: Grupal
Data: 10/08/2010 13:36:18
Nota 8.20
Assuntos: Grupal, Esposa, babá
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Estamos casados há 10 anos e temos uma filha de 4 anos linda, que até hoje recebe os cuidados da nossa babá que se chama Jessica, um falsa loirinha de cintura fina, sem bunda, uns peitinhos bem pequenos e pontudos, pelos loirinhos nos braços e nas coxas uma graçinha. Eu me chamo Carlos e minha esposa Cristine, uma morena grandona de seios fartos e bicudos, coxas grossas e uma xoxota bem carnuda, diga se de passagem muito carnuda com um grelão que fica saltitante na primeira lambida de tão duro que fica. Eu sou um cara quarentão moreno, carioca, 1,87, coxas grossas, cabelo bem curtinho e com 19 cm de puro tesão.

Era um sábado frio aqui de são Paulo, ficamos assistindo televisão enquanto nossa filha brincava na companhia da Jessica que era muito carinhosa com ela, nós colocamos no quarto da nossa filha a cama dela também e tínhamos total confiança nela por estar com a gente a 4 anos e tudo corria as mil maravilhas. Lá pelas 23 horas as duas já estavam dormindo porque não escutávamos mais nada vindo do quarto e assim que chegamos vimos a nossa filha na sua cama enquanto a Jessica estava na sua cama somente com uma camisola curtinha e com a calcinha enfiada naquela bundinha. Aquela cena nos deixou sem ação minha esposa que já tinha participado que alguns saidinhas a três comigo ficou super excitada com os bicões duríssimo vendo aquela ninfetinha de 20 aninhos ali naquela posição e me olhando nos olhos beijou a minha boca enquanto agarrava o meu pau com toda força.

Voltamos para sala nos comendo pelo corredor, peguei a minha tesuda ali mesmo no corredor fiz ela segurar na parede e mandei a piroca dura na buceta dela fazendo ela gemer baixinho.

- Voce quer a Jessica não quer meu tesãoooooo hummmmmmmmmm

- Quero sim, você e ela a duas juntas, quero chupar ela todinha se você deixarrrrrr

- Eu deixo meu tesudooooooooooo soca esta pirocona em mimmmm

Fudemos ali mesmo cheios de tesão e acabamos gozando ali em pé no corredor e dormimos os dois pensando em uma forma de concretizar o nosso sonho de consumo chamado Jessica.

No dia seguinte depois de colocar nossa filha na lotação que levava ela para a escola a Jessica voltou a deitar, enquanto eu me arrumava junto com a minha esposa para irmos cada um para o seu trabalho. Resolvemos ali em conjunto que ela não iria, porque queria tentar seduzir a Jessica e eu ficaria escondido até receber o sinal verde dela para entrar no jogo também.

Minha esposa foi no quarto dela e a encontrou deitada de bruços com a calcinha socada na bundinha, se ajoelhou perto da cama e começou a beijar e morder o pescoço dela enquanto alisava a bucetinha dela sobre a calcinha, assustada a Jessica deu um pulo sentando na cama mostrando os biquinhos durinhos excitados e assustados com a investida da minha morena

- Calma Jessica não pude agüentar ver você assim de bundinha para cima e com esta calcinha enfiada na sua bundinha e como o Carlos não esta resolvi tentar algo com você, apesar de você não saber eu adoro chupar uma bucetinha e estou louca para ter a sua.

Era muita informação para cabeça dela, que olhava com os olhos arregalados para minha esposa, que foi se aproximando, beijando o seu rosto, beijando o seu pescoço e sentindo a sua respiração ofegante a cada toque que dava nela.

- Aiiiiiiiiiii dona cristine não faz assim, a senhora sabe que eu estou sem namorado faz uns seis meses que não fico com ninguém.

Minha esposinha sabia conduzir as coisas e estava levando ela para o mal ou bom caminho depende da visão. Deitou a Jessica de bruços de novo tirou o seu cabelo das costas e começou a morder a nuca da babá estava ficando toda babada na xoxotinha, foi mordendo as suas costas e descendo ate a bundinha dela e afastando suas coxas lambeu ela toda chegando bem perto da xoxota dela que exalava um cheiro de fêmea no cio doida para gozar

- Aiiiiiiiiiiiiiiiiii assim eu nãoooooooo aguentoooooo não passa a língua assimmmmmmmmmm que eu gozoooooooo

- Isso amorzinho afasta a calcinha para mim, deixa em te chupar todinhaaaaaaaa

A própria Jessica puxou a calcinha dela e deixou que minha esposa enfiasse a língua forte no bundinha dela, e piscando o cuzinho sentiu o calor da língua da minha esposa fazendo ela babar a buceta como nunca, e com dois dedos enfiados na xoxota da Jessica minha esposa fazia ela gemer, pedindo mais, querendo mais. Logo as duas já estavam peladas e se beijavam uma olhando para outra. Minha esposa acabou fazendo um 69 com a Jessica, colocou ela por cima deixando o seu rosto virado para a porta, onde eu observava tudo com a pica dura feito uma pedra, em um determinado momento vi a Jessica erguer o seu corpo e com os olhos fechados sentia todo o tesão com a chupadas da minha esposa no seu grelinho gemendo gostoso. Me aproximei silenciosamente e com os meus 21 cm de caralho duro coloquei pertinho da boca da Jessica que ao abrir os olhos ficou vidrada pelo aquele pedaço de carne dura babando perto da boca dela e com o consentimento da Cristine caiu de boca forte no meu caralhão que mal cabia na sua boquinha.

- Chupa o meu macho gostosa, morde a cabeça deste pauzão que ele vai rasgar você no meio tesudinha, que grelinho gostosoooooooooooo, que buceta babada e tesudaaaaaaaaaa

Aquela ninfetinha caiu de boca no meu pau, lambendo a cabeça do meu caralho que mal cabia na sua boca, peguei no seu rosto e tasquei um beijo gostoso misturando a milha língua com a dela e segurando nos seus cabelos mandei que chupasse a buceta greluda da minha esposa e logo tirava e beijava a sua boca, ele gemia gostoso, chamando a gente de tarados de tesudos. Logo jogou o seu corpo todo para o alto ao sentir a minha esposinha socando o dedo no cuzinho apertado dela

- Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii meu cuzinhooooooooooooooooo

Subi na cama e fiquei de cócoras com a saco bem perto da boca da minha esposa que chupou minhas bolas bem gostoso enquanto a Jessica lambia o seu bucetão com muito tesão e ainda dava tapinhas no grelo da Cristine que estava louca. Segurando o meu caralhão bem na base ela fez desaparece na bucetinha da babá que babava sem parar, fui rasgando ela no meio e penetrando bem no fundo daquela gostosinha, como era apertada meu pau entrava alargando as paredes da buceta dela me deixando com um tesão do caralho e ainda mas com a minha esposa lambendo as minhas bolas.

- Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii seu Carlossssss o Sr esta me furandooooooooooooooo, aiiiiiiiiiiiiii minha xoxotaaaaaaaaaaaaaaa, para tá ardendoooooooooo

E sem pensar em nada pegava na sua cintura e meti o caralho no fundo da buceta dela que gozava sem parar.

- Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii tôoooooooo gozandooooooooooooo

Peguei ela pela cintura e mandei mais a piroca nos fundilhos dela, fazendo o cabeção bater nas paredes do útero dela, as vezes eu tirava e colocava tudo na boca da minha esposa que adorava chupar a piroca com gostinho de buceta gozada.

- Hummmmmmmmmmm deliciaaaaaaaaaaaaa, que gostinho de xoxotaaaaaaaaaaaaa deliciosooooooooooooooooo, hummmmmmmmmm

As duas mudaram de posição e com a xoxota da minha mulher para o alto, mandei a gostosinha mamar no meu caralho e depois pegar e socar na xoxota greluda da cristine que agasalhou o meu caralhão com tudo, meti muito naquela buceta tesuda enquanto ela lambia o grelinho da Jessica que gemia sem parar, esfregando as pernas na cama como uma louca anunciando mais uma gozada, segurei a minha tesuda pela cintura a mandei a piroca no fundo da xoxota dela com força, como ela gosta, puxando ela pelos cabelos e batendo na sua bunda com força e logo os três estavam gozando tirei o meu caralho todo melecado e soquei na boquinha da Jessica e chupou gostoso e se virando rápido sobre ela a Cristine beijou a sua boca dividindo o meu gozo entre as duas, eu ainda desci e caia de boca na bucetinha tesuda da babá que pedia para parar porque estava com o grelo muito dolorido e sem dar a minha eu lambia a sua buceta buscando ate a uiltima gota do seu gozo e por fim nos beijamos os três.

Comentários

20/08/2010 20:18:37
Não sabe nem o tamanho do proprio pau, cara? Huuuuum...
20/08/2010 00:20:07
legal
19/08/2010 12:15:55
queria um maridinho como vc .... amo sexo com casal ...é o melhor ! To molhadinha !!!!
19/08/2010 08:26:06
karáca!! fiquei toda molhadinha com vontade de fuder !!! parabéns!! muito bom!!!
11/08/2010 17:02:11
Muito bom!
11/08/2010 10:05:39
Com um conto assim foi-me impossivel não ter o pau bem duro durante a leitura, com contos assim quem resiste?
10/08/2010 14:47:56
Muito bom!Porém vc tem q se decidir se seu pau tem 19 cm ou 21 cm!!!!Bjosss
10/08/2010 14:13:18
Adorei, fiquei com vontade de fuder...porém a que eu fodia deu uma zebra danada, pois a mesma se sentiu dona do pedaço e eu me ferrei. Mesmo assim com minhas memórias trágicas, valeu, o conto é 10.
10/08/2010 14:08:01
poxa muito bom mesmo, fiquei de pau duro. jr-caldas@bol.com.br

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.