Casa dos Contos Eróticos

Feed

Iniciando o amigo do meu filho, enquanto ele dormia no quarto ao lado

Autor: Gata36
Categoria: Heterossexual
Data: 24/06/2010 19:10:32
Nota 9.31
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Conheci o Ricardo pequeno, estudava com meu filho desde a 1ª serie. Nunca nutri qualquer admiração especial por ele e nem por garotos mais novos, até aquele dia ''especial''.

Claro que eu via que meu filho estava crescendo, desenvolvendo seu corpo de menino para rapaz, mas isso é comum para uma mãe...O que não seria comum pra mim, é ver o melhor amigo dele crescidinho...

Vou contar como aconteceu:

Estavamos em casa no domingo e meu filho convidou o Ricardo para ir em casa, pois havia um churrasco. Os dois se encontravam todo dia na escola, mas em casa ele quase não vinha. Quando abri a porta, tive uma surpresa! O garoto estava lindo, radiante e muito simpático!

Enquanto meu filho sempre foi meio seco e reservado comigo, o amiguinho dele era um doce...Me chamava de tia, me ajudava com alguns afazeres do churrasco, fazia várias brincadeiras, fez amizade com os amigos meus que estavam ali e todos que estavam naquele dia, comentaram depois que o garoto era um encanto.

Inclusive eu, que não parava de pensar em Ricardo e estava toda derretida com tanta gentileza...Estava divorciada a muito tempo, meus filhos não eram muito carinhosos comigo, e o pior, estava sem sexo no momento. Em várias ocasiões, me pegava pensando no seu sorriso, sua diversão e seu corpo de homem ainda moleque.

Comecei a achar que estava maluca, nunca tinha sentido tamanha atração proibida assim, mas tomada por um impulso, falei para meu filho convidar o amigo para voltar em casa no próximo final de semana que faria um almoço. Dessa vez só estaríamos eu, os meninos e Ricardo.

Era sabado, bastante sol com uma brisa fresca, quando ele chegou. Como sempre, um encanto! me abraçou e me beijou no rosto, um abraço tão coloroso que até tremi. Foi cumprimentar meus filhos, e sairam para jogar bola antes do almoço. Eu fiquei prerando tudo. Uma hora depois, Ricardo chega mancando, precisando fazer compressa no pé pois se machucou no futebol.

Eu aproveitei para ficar mais próxima e imediatamente comecei a cuidar do garoto. Conversávamos animadamente, eu fazendo compressa no seu tornozelo, sentido aquele pé jovem, aqueles pelos da canela lisinhos...ahhh, sei que só eu estava fantasiando, até então ele agia com muita naturalidade...Mas era visivel o quanto nós dois nos dávamos bem.

Porém, eu já estava fervendo por dentro, me controlando óbvio, mas a presença dele e a proximidade me deixava excitada...Seu peito lisinho, seu sorriso aberto e só de imaginar todos os hormônios dele fervilhando dentro da cueca...aiaiaiai

Ficava imaginando ele batendo punheta escondido, pensava que talvez ele nunca tinha visto uma mulher nua, uma buceta molhada, sedenta e macia...Estava ficando louca e não pensava mais em ninguém, só naquele garoto.

Nesse mesmo dia, como ele estava com o tornozelo um pouco dolorido (não foi nada grave), estava mais paradão, ficava junto a piscina, ou vendo tv e eu sempre que podia dava um jeito de apertar ''inocentemente'' o ombro de Ricardo, falava com ele e dava uns tapinha na coxa de Ricardo e quando ele me ajudou a levar o almoço para mesa, dei um abraço bem gostoso nele, encostando o corpo todo, com a desculpa que ele era tão querido quanto um filho.

Ricardo talvez por inocência ou respeito, me tratava com muita naturalidade durante aquele dia, mas não saia de perto de mim. Sempre estava disposto a me ajudar e a conversar.

Chegou no fim do dia todos em casa, meu filho diz que Ricardo vai dormir em casa. Adorei.

Pedimos uma pizza, assistimos um filme e meus filhos cansados do jogo de hoje cedo vão dormir e Ricardo fica me fazendo companhia na sala.

Era outono, quando faz calor de dia e a noite esfria, então fui no quarto pegar um cobertor para podermos assistir a outro filme que iria passar na TV. Eu estava perto de Ricardo, os dois embaixo da coberta, mas nem morta eu ia tomar alguma liberdade com o garoto, pois no fundo no fundo tinha medo daquele tesão louco que estava sentindo por ele. Mas mesmo assim, não conseguia deixar de ficar a seu lado.

Começou o filme, conversavamos um pouco, pois não estava agradando e eu comecei a trocar de canal...Já era tarde da noite, encontrei um filme que parecia ser bom e começamos a assistir...

Ricardo estava sentado no sofa, mas seus pés estavam em cima de um pufe e eu também, de frente para televisão. Estavamos cobertos e deitados lado a lado. De repente, começa uma cena muito picante no filme, a mulher com os seios de fora, o homem chupando...e eu percebo o pau muito duro de Ricardo por baixo do cobertor.

Ele levanta um pouco embaraçado, tentando disfarçar...mas eu não tirei do filme...Fiquei totalmente tomada pelo desejo.

Falei pra ele: Não precisa ficar encabulado não, isso é normal na sua idade...rs..E olhando fixa para o pau dele... Naquele momento, senti que era a deixa para eu ir mais além...

Ele ficou bem encabulado e falou...ah, desculpas tia

Você gosta desses filmes? perguntei

Ah...um pouco...ele não sabia muito o que falar, ainda estava sem graça...

Relaxa Ricardo! Estica o pé aqui, vem...puxei os pés dele e deixei de novo onde estava, em cima do puff. Nessa posição ele voltou a ficar esticado, porém o filme ainda passava cenas quentes, era aqueles filminhos de sexo da madrugada, e seu pau continuava duro, agora bem volumoso na coberta. Ele me obedeceu e ficou mudo olhando a tv.

Eu cheguei mais ao seu lado e falei: não precisa ficar encabulado, esse filme já vai terminar e não tem nada demais ver cenas na tv que todo mundo faz, isso tem que ser muito natural pra vc que já esta praticamente um homem...

Então ele relaxou, mas seu pau estava incrívelmente volumoso...Eu tava doida de tesão e aquele jogo de tia maliciosa e rapaz inocente tava me enlouquecendo...

Comecei então a passar a mão no braço dele até no ombro e perguntei: olha essa mulher que linda, vc não acha?

Ele falou: acho. Gosta dos peitos dela? Sim, muito.

Você já viu uma mulher nua ao vivo Ricardo?

Ele meio sem jeito: ah, só na internet...e riu baixinho....

Percebi que seu pau tava cada vez mais duro e ele estático ali do meu lado, com aquelas perguntas...Olhando o filme...

Então eu falei: NOssa Ricardo, você tá um verdadeiro hominho mesmo heim...e apontei seu pau

Você acha tia?

Eu acho...olha isso!! Então, baixei minha mão e dei uma segurada no cacete dele. Olhei na cara dele e estava disfigurada de tesão e surpresa. Mas ele não falou nada, ficou só sentindo...

Eu continuei olhando ele e apertando de leve o pau dele...

Nossa Ricardo, tá grande mesmo heim...

Ele até fechava os olhos nessa hora.

Vem cá, deixa a tia ver o seu corpo de homem...Da ultima vez que te vi vc era praticamente um menino...

Então tirei o cobertor de cima, levantei um pouco a camiseta e abri o ziper da bermuda dele. O pau já saia da cueca de tão duro e a cabeça tava toda babada...

Nossa garoto, você cresceu heim...Posso ver mais?

Ahhh, pode tia...

Então abaixei oa bermuda ate o joelho e me deparei com aquele instrumento grande, vermelho, cabeça inchada, quase encostando no umbigo...

Fiquei maluca...A calcinha toda molhada, queria Ricardo mais do que tudo...Mas tive que me controlar, pois os meninos estavam lá em cima e podiam aparecer a qualquer hora...

Joguei o cobertor em cima novamente e comecei a segurar por baixo, assim desfarçava um pouco. Mas ele lá com a calça arriada, louco de tesão e só esperando meus atos. Aquilo era totalmente insano, eu estava completa louca, mas não conseguia parar. Sabia que não tinha mais volta.

Nossa é muito bom fazer isso, to adorando sentir você, você gosta?

Gosto tia, pode continuar...pega tia, ta muito bom

Então espera ai, vou ver se esta tudo certo lá em cima, depois eu desço e agente pode assistir o filme a vontade tá?

Subi, dei uma olhada, os meninos dormiam como pedra, fechei bem a porta do quarto deles e desci.

Vem cá Ricardo, deita aqui comigo...

Deitei esticada no sofá ao contrário e pedi para Ricardo deitar na minha frente, de costas pra mim e de frente para a televisão. Ele obecedeu.

Puxei o cobertor e ficamos de conchinha, ele de costas pra mim e eu com a mão livre pra tocar todo seu corpo na frente.

Aquilo pra mim tava mais excitante que transar, queria levar o moleque ao delírio...

Enquanto o filme passava na tv, tirei completamente a bermuda de Ricardo e deixei ele só de camiseta pra mim...que tesão!!!!! aquela bunda firme, o cacetão duro e vermelho como uma rocha, seu peito liso...eu apertava tudo e comecei a bater uma punheta leve pra ele...Fui devagar pois sentia que o garoto ia gozar...

Então, comecei a ficar mais tarada de tesão ainda, aumentei o ritmo da punheta e enfiei a lingua dentro da orelha dele... Ricardo não aguentou...Soltou um gemido abafado e esporrou forte na minha mão... Ah, que delícia!!! Mas a noite tava apenas começando.

Virei Ricardo pra mim e perguntei: Gostou?

Ahhh adorei...fiquei doido tia, que delícia...vc é demais!!!

Então ele veio e me deu um beijo na boca...Fui a delírio...Enfiava minha lingua ousada naquela boca macia, halito puro, gostoso...nos abraçamos de frente, beijando na boca loucamente e eu percebi que o pau do Ricardo já ficava duro outra vez.

Ai não tive dúvidas...

Vem, vamos pro meu quarto, que hoje vc vai aprender umas coisinhas...

Subimos devagar para o meu quarto, para não fazer barulho, entramos e tranquei a porta. Ele devido a inexperiência, não era atirado e ficou em pé, vidrado em mim enquanto eu tirava a roupa...

Seu pau já era um ferro novamente, mas ele estava de bermuda, pois colocou para ir ao quarto. Tirei a blusa e mostrei meus peitos...Gosta deles?

Nossa demais!!!

Então vem cá e chupa eles...O garoto se fartou...mamou, apertou....

Enquanto isso, ainda de pé, baixei minha calça, tirei a calcinha, empurrei ele um pouco e me mostrei...

OLha garoto, aproveita que isso é só teu hoje...Enfiei um dedo na minha xana molhada e passei na boca linda dele. Ele lambeu.

Então, comecei a tirar a roupa dele. Tirei a blusa e aparece aquele peito lisinho e cheiroso, depois tornei a baixar a bermuda dele e a cueca e me deparei com aquele mastro grande, vermelho e inchado, até um pouco descomunal para o tamanho dele. Sinto minha buceta molhar mais, já escorria pelas pernas.

Tomada pelo tesão, já comecei a lamber seu pau e dei uma engolida que a cabeça foi parar na minha garganta, Ricardo deu um gemido alto e então eu parei, pois não queria que ele gozasse rápido novamente, se bem que isso era quase impossível.

Vem cá, vem, vem deitar comigo na cama...

Ricardo deitou e eu comecei a explorar aquele corpo tenro loucamente...Tudo era macio e cheiroso, fiquei alucinada...

Ai garoto, como vc é gostoso... Vc já chupou uma xana? já transou?

Não, nunca...ahhh, ele respondeu entre gemidos...

Então vem cá...

Arreganhei a buceta pra ele e ele quase gozando, vidrado de tanto tesão...a cabeça do pau babava...

Passa a lingua aqui, nesse grelinho, como vc estivesse chupando um delicioso sorvete de buceta...

Agora o garoto já agia por instinto...meteu a lingua na minha xana e me fez gozar pela primeira vez.

Hoje Ricardo, quero ver vc sentir todos os prazeres do sexo com uma mulher...ou melhor, com uma puta. Vou ser sua puta hoje e vc vai ser meu macho...Vou te ensinar como fode uma mulher de todas as formas...To tarada por vc, garoto.

Agora vem cá...Fiquei de quatro e falei:

Passa a lingua bem melada no meu cuzinho...Vc vai ver como cu de mulher é delicioso..Vai ficar viciado...

Ricardo obedecia a tudo e se esbaldava...Já tinha percebido que aquele rapaz era um tarado nato na cama...

Chupou meu cu, alternava com a buceta (que eu mandava) e eu quase desfalecia de tesão...

Ah tia, agora quero te comer...Vem cá, to com muita vontade de enfiar nessa tua xoxota molhada.

Arreganhei a buceta novamente e Ricardo me fodeu desesperado...Aquele cacete até me machucou no começo, pois eu estava a bastante tempo sem transar e também o cacete dele era enorme...

Ah que delicia, Ricardo me fodia com força, sentindo a quentura e a maciez de uma boceta pela primeira vez e dentro de instantes gozou novamente. Segurei ele dentro de mim com as pernas, e fiquei beijando sua boca doce e chupando sua lingua macia...

Deixei ele descansar um pouco em cima de mim, mas ficava contraindo a buceta com força, piscando gostoso, mas parada e beijando ele. Como já imaginava, não demorou muito e o pau do menino já estava duro de novo dentro de mim...DEixei ele bombar um pouquinho, até ficar bem duraço de novo e tirei de dentro.

Vem cá meu amorzinho...Agora agente vai brincar de outra coisinha.

Com Ricardo ajoelhado na cama, dei mais uma mamada bem gulosa, e deixei o pau dele cheio de custe. Deitei e arreganhei bem as pernas, tipo frango assado....

Ricardo quase não acreditava no que via e ficava o tempo todo gemendo e dizendo que eu era uma delícia, gostosa...Ah, isso me pirava....

Segurei no pau dele e guiei até meu cuzinho..Sentia uma vontade louca de dar o cu pra ele...queria ver na cara dele a primeira vez de um macho enrabando um cu bem apertado e quente...

Ricardo foi empurrando e como eu estava excitada ao extremo, o pau entrou gostoso. Ficava tocando um siririca enquanto o garoto fazia todo o trabalhoe arregaçava forte meu cú, ele estocava no fundo sem parar e enfiava o cacete grosso e grande todo de uma vez, sem dó, estava alucinado com a sensação do meu cuzinho piscando gostoso na vara dele...Tenho muito tesão no cu e não me continha nas palavras obcenas..

Vem menino vem, come um cu gostoso...vem conhecer o que é o tesão de um macho de verdade por uma vagabunda, vem arregaçar minhas pregas, senti na pele do teu pau grosso a quentura do meu cu por dentro...se prepara pra esporrar tudo no meu cu, vem...

Ricardo parecia bicho e balbuciava...Ah tia, que delícia, vou querer sempre comer seu cu...vou ser teu macho daqui pra frente, quero gozar muito nesse cu.

Sentir a inexperiência de Ricardo, seu tesão alucinado, seu cacete enorme sem camisinha, latejando no meu cu era demais e eu desatei num orgasmo louco...

Ricardo também gozou muito, jorrou um rio de porra quente dentro do meu cu e tirou o pau maravilhado.

Vendo que já estava quase amanhecendo, tomamos um banho rápido e Ricardo foi dormir no quarto com os meninos.

Meus filhos acordaram cedo, sairam para jogar bola novamente com os amigos, pois como Ricardo ainda estava dormindo e eles sabiam que estava com pé machucado, não esperaram ele, ficando combinado de voltarem para o almoço.

Assim que Ricardo acordou, desceu e perguntou pelos meninos. Sabendo da notícia, veio correndo me encoxar na pia e apertar peitos. Fiquei excitada outra vez e lá fomos nós meter gostoso no quarto. A virilidade de Ricardo era impressionante e o garoto só queria saber de trepar.

Começou a frequentar minha casa assiduamente e se tornou meu jovem amante. Claro que ninguém nunca imaginou, Ricardo fazia parte do convívio da minha família, meus pais, meus irmãos e era muito discreto. O safado até arrumou uma namoradinha, mas com certeza não chegava nem aos meus pés. Quantas vezes já punhetei Ricardo nas festas em casa, escondido...Ricardo me pegava no desprevinida no tanque e enfiava o dedo melado no meu cu até eu gozar...e depois voltava pra sala como se nada tivesse acontecido...

Nós começamos a ousar demais na cama e a fazer muita putaria, putaria da grossa...Mas esse conto fica pra depois. Beijos com tesão. Gata 36.

Comentários

03/03/2014 03:19:35
muito bom conto
07/10/2013 07:32:50
Muito louco esse conto.. Ta d parabens.. Bem que as mães d meus amigos também podiam me... Ja sabem..
2F
04/09/2013 18:08:41
Show...
07/08/2013 20:25:12
delicia
01/04/2011 16:22:22
Que delicia mesmo, vc tem q escrever mais dessas aventuras, chegou a pensar no cuzinho do seu sobrinho ? rsrsrs bjos.
19/03/2011 09:00:08
Parabéns gatona 36, nota onze pro seu conto,excitante ,bem escrito e contado num tempo em que nos transporta pra dentro da estoria,parabéns e realmente muito excitante ,atualmente os contos aqui do site tem se tornado muito chatos,fracos e repetitivos. volte a escrever e nos presentear com novas pérolas dessas. já li seus três contos e aguardo os próximos. tenho alguns contos publicados nesse site se puder leia e comemte por favor. gostaria de conversar com vc me add betomalvadeza@hotmail.com bjs. Beto
15/07/2010 18:14:00
Que delicia de conto.... digmaos que não sou mais nem uma criança, porem adorei seu conto... da uma passadinha e vê meu conto http://www.casadoscontos.com.br/texto/quem sabe eu não seja seu proximo Ricardo, porem em uma vesão mais madura
07/07/2010 21:26:38
amei,deixa ewu ser amigo de seus filhos tambem,e faremos de recardo um ricardão.rsrs."a.sua.espera36@hotmail.com
26/06/2010 19:56:05
Q delícia de conto. Já vivi algo bem semelhante c uma vizinha , e nusssssssss q vizinha , meus parabéns...
26/06/2010 16:31:36
Muito bom seu conto. Sem dúvidas uma excelente iniciação para um garoto.
26/06/2010 11:22:50
Adorei seu conto sua vadia gostosa do caralho. Queria eu enfiar meu cacete ate o talo no teu cu sua filha da puta... Bati varias punhetas p vc, pois adoro chupar um cuzinho de uma coroa gostosa. Quero saber qando vc vai postar um conto de qando vc perdeu o cabacinho de seu cú? junior26_rpe@hotmail.com
25/06/2010 18:45:28
Excelente conto.
25/06/2010 01:06:33
parabéns hein gata 36, esse dai acertou na mega, e já q vc gosta tanto de se aventurar bem q podia me convidar pra sentir um prazer inesquecivel tmb com muito tesão e vc gozando muito!!! nt 10 com certeza!!!
24/06/2010 22:43:39
Que moleque de sorte. Por que isso não acontece comigo? Eu adoro uma bunda entra em contato comigo. taradopbundas@ig.com.br
24/06/2010 22:18:18
que tia safada, muito boa mesmo

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.