Casa dos Contos Eróticos

Feed

Quatro safados me comendo na frente do meu marido, que não viu nada

Categoria: Grupal
Data: 14/06/2010 16:07:16
Última revisão: 18/06/2010 18:07:00
Nota 9.84
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Gente só estou reenviando meus contos agora no meu perfil, o perfil antigo é do meu marido, meu e-mail é raquel_peituda@hotmail.com, escrevão pra mim hein beijinhos.

Todos já me conhecem pelos meus relatos, sou Raquel, e quem já leu meus contos sabe que eu sou muito safada e continuo cada vez mais safada mesmo!!! Provocando muito os homens, e adoro dar pra vários machos. Adoro vê-los de boca aberta, babando pelo meu belo corpo que cuido com todo carinho do mundo, vou me descrever pra vcs ficarem com tesão de me imaginar, sou uma mulher maravilhosa em todos os aspectos, tenho 31 anos, olhos verdes, 1,71m, magra com corpo atlético de academia, cabelos compridos uma bunda enorme e gostosa bem empinadinha natural devido a academia, e um belo par de seios fartissimos e todo mundo sabe do orgulho que tenho dos meus seios, sempre uso roupas justas e decotadissimas para mostrar meus lindos seios fartos, aureolas grandes e morenas, bicos sempre durinhos, furando o tecido das minhas blusinhas, pois ando sempre sem sutiã, para mostrar muito mesmo, e como eles ficam bem juntinhos, aparecem bem o vale entre eles, os meus decotes são muito ousados e quase que cobrem só os biquinhos que estão sempre durinhos devido ao tesão que tenho em mostrá-los,uma verdadeira puta gostosa.

Mantenho meu lindo corpinho em cima, a base de muita malhação, pois malho pelo menos 3 vezes por semana, na academia onde meu marido é dono, e é onde posso exibir meu corpão com roupinhas bem apertadas e atrair muitos olhares gulosos de machos sarados. Certo dia, coloquei um shortinho de lycra branco de um tecido bem fino e uma camiseta de lycra pra fazer conjunto, meu shortinho entrava todo dentro da minha bunda, a calcinha fio-dental socada no meu rabinho deixava tudo as claras acentuando bem as minhas curvas. Me olhava no espelho e via o quanto ainda era gostosa e safada usando aquelas roupinhas.

Entrei para começar meu treino, e já sentia olhares sobre mim de alguns homens que estavam malhando, comecei abaixando o corpo para alongar a pernas, e percebia, pelo espelho da parede, que o professor de ginástica e dois rapazes que estava conversando, não tiravam o olho da minha bunda. A minha bermuda, colada no corpo, com certeza marcava bastante a forma da minha bundinha, como tenho a buceta bem saliente, o tecido mostrava um volume grande entre as minhas pernas.

Parei de me alongar e fui para a bicicleta, eu estava de costas para eles, e ao sentar na bicicleta ergométrica minha bunda fica maior do que já é, ou seja, toda pro alto, como se eu estivesse numa moto. Como havia espelhos nas paredes academia, pude reparar na expressão deles vendo uma gostosa com o rabão pro alto. Realmente era uma bela visão, pois como já disse, o shortinho entrava totalmente na minha bunda e ainda havia a marquinha da pequeníssima calcinha que eu usava.

Passei, então, para os exercícios das barrinhas. Ao perceber minha dificuldade em escolher o peso certo, o professor, um moreno forte e musculoso típico de academia, já me conhecendo e sabendo que meu marido era seu chefe, se aproximou e ofereceu ajuda. Sua presença bem perto de mim fez um calor subir de baixo para cima me deixando molhadinha tendo aquele homem forte e sarado ao meu lado. Meus mamilos despontaram por cima da blusinha, como a blusinha tinha um decote generoso, e como ele era mais alto do que eu, dava pra ver perfeitamente o vale entre meus peitões . Ao segurar firmemente a barra por trás de mim, para que eu pudesse levantá-la, senti seu aroma de homem, adoro cheiro de hormônio masculino. Fiquei mais excitada ainda, a ponto de perceber que minha bucetinha já estava encharcada. Enquanto agachava lentamente com a barra sobre os ombros, ele segurava minha cintura com suas mãos fortes. Eu empinava bem a bunda para trás, e para cada subida e levantada que eu fazia com a barra, minha bunda esfregava no seu pau, e sentia aquela vara ralando no meu rabo. Ficamos uns cinco minutos naquela safadeza disfarçada, até que exausta e excitada, encerrei aquela série.

Após malhar no restante dos aparelhos me mostrando toda, estava bem cansada e fui tomar um banho, e necessariamente tive que passar por perto de alguns rapazes, e ao passar percebi algo que me fez ficar bem mais molhadinha. Pelo espelho, quando estava indo em direção ao banheiro, vi os 4 apertando seus paus por cima da calça olhando minha bunda enquanto eu passava.Eles chegavam a morder os lábios numa grande expressão de tesão.

Após o banho, coloquei um vestidinho preto de alcinhas rodadinho e bem curtinho e sem calcinha , a parte de cima marcava bem meus peitões, parecendo dois melões fartos, juntinhos mostrando bem o decote e os bicos durinhos e empinados, pois estava sem sutiã, e com sandálias de salto que deixavam minhas pernas bem torneadas. Coloquei esta roupa pois dali, ia direto para um restaurante me encontrar com meu marido, íamos jantar juntos, e fui sem meu carro, e eu iria de taxi ate o restaurante, pois lá ele estaria com o carro dele.

Quando estava saindo indo embora, o professor parou do meu lado, me convidando para beber uma cerveja ali perto, com ele e alguns amigos, olhei e vi os outros 3 rapazes que estavam me olhando enquanto malhava. Respondi que não daria, pois tinha marcado de jantar meu marido, e que estava indo de taxi pra lá agora mesmo. Ele olhou pra meu enorme decote e rindo perguntou, se eu não aceitava uma carona. Eu estava com muito tesão, e com muita vontade de chupar aquele homem, e aceitei a carona.

Mas para minha surpresa os outros também, iriam com a gente. Fiquei meio sem graça, mas meu olhar brilhava imaginando aqueles machos comigo dentro de um carro. Perguntei onde se todos caberiam no carro, o professor me respondeu que era só apertar um pouquinho, e me apresentou a eles, todos ficaram me secando, com olhares que gostariam de me devorar ali mesmo, fomos para o carro. No estacionamento pegamos uma pick up acho que o nome é veracruz, bem grande e espaçosa toda com insulfilm e no caminho me sentei entre o professor e um outro rapaz, na frente sentaram outros dois rapazes , no caminho eles me olhavam muito, os meus seios que estavam só com os bicos cobertos seguros pelo tecido fino do vestido mas na verdade não cobria nada, e com o movimento do carro balançavam muito querendo sair pra fora , olhavam para as minhas coxas grossas pois o vestido era bem curtinho.

No caminho fomos brincando e conversando e num. Não demorou muito e logo senti uma mão boba alisando a minha coxa, era a mão do professor, e ele foi falando: Viu como valeu a pena aceitar nossa carona assim vc não precisa gastar seu dinheiro. Eu tentei me desvencilhar, mas o aperto do carro não dava muito espaço. Logo fiquei imaginando o que viria dali pra frente. Os rapazes já estavam de pau duro estourando a calça, e eu atiçava ainda mais , quando ia falar alguma coisa empinava bem os peitões e me jogava em cima deles. Nos todos já estávamos conversando e falando besteiras, e eles e começaram a falar sobre mim, que eu era uma muito bonita , um dos rapazes mais ousado disse , você nós provoca muito na academia, desfilando essa sua bunda gostosa com shortinhos bem pequenos, e esses peitos deliciosos que só faltam pular pra fora quando vc esta fazendo exercícios, deveria ficar nua mesmo, com um corpo desses, não deve esconder de ninguém! Eu já estava adorando a sacanagem, e disse rindo: bem que vcs gostariam né seus safadinhos?

Eu muito safada falava, se os vcs acharem que estou muito escandalosa e vou começar a ir toda coberta para a academia. Ele respondeu, não, não, por favor, pode aproveitar bastante e ficar bem à vontade, eu vou adorar te ver todos os dias de shortinho. O professor, começou a passar a mão na minha coxa, e eu não disse nada, somente dei um sorriso para ele, dizendo que estava gostando, o rapaz que estava ao meu lado percebendo a minha excitação, começou a alisar meus peitos por cima do vestido, e disse , vocês já viram alguma vez uma coisa dessas, olha que peitos, parecem que vão saltar pra fora de tão grande. O rapaz que estava na frente disse: Então libera de uma vez, uma coisa linda dessa não merece ficar presa. Eu tentei segurar, mas o rapaz que estava do meu lado direito deu um puxão e minha blusinha arrebentou a alça, e meus belos peitões pularam pra fora. Eles gritaram quando viram aquilo e senti mil mãos me apertando loucamente os mamilos. Eu senti um pouco de dor, mas como sou uma safada e adoro ter os peitos admirados, apertados, chupados, deixei que eles amassassem bastante meus belos melões, o professor resolveu colocar o pau para fora, e disse, faz um favor para mim, chupa minha rola, era uma rola grande e grossa, eu na mesma hora atendi, chupava aquela rola como uma puta, e ele somente ia forçando a minha cabeça para baixo, e para cima, o rapaz que estava do lado levantou o meu vestido, e viu que eu estava sem calcinha, e disse, NOSSA ELA ESTÁ SEM CALCINHA, QUE PUTA!!! Ela quer isso mesmo, e começou a me dedar com um louco, enfiava dois dedos, depois três, e até mesmo quatro dedos, era uma delicia, eu chupando uma rola deliciosa, e com um outro enfiando o dedo na minha bucetinha, o moorista me disse que estava dirigindo, mais quando nós chegássemos, eu ia dar para ele como uma vaca, eu disse que sim, e que faria o que eles quiserem. Bem foi assim até o restaurante, eu virava de posições para chupar outro, e o outro me dedava, teve uma hora que eles colocavam as duas mãos, uma na xaninha, e a outra no rabinho, nossa que delicia, eu gozei varias vezes.

Quando chegamos na rua do restaurante, tinha uma vaga bem na frente da mesa que o meu marido estava. Estacionamos o carro e eu já estava ganhando pica na bucetinha enquanto chupava o pau do outro, tendo os peitos chupados e mamados por varia bocas. Assim que paramos o motorista juntou-se a nós e começou a massagear meu cuzinho dizendo que iria me fuder na frente do meu maridinho corno. O professor mostrou para os outros quem era o meu corninho, reclinou o banco, deitou com o pau duro para cima e me mandou sentar nele. Eu sentei de frente deixando minha bundinha a amostra para o motorista enquanto chupava outro pau, o espaço era um pouco apertado mas dava pra eles me comerem ali mesmo, O motorista lambeu meu cuzinho e começou a meter aquela vara deliciosa. Comecei a ver estrelas. Tinha 2 paus dentro de mim e outras duas na minha mão onde alternava chupando-as, tudo isso a menos de 20 metros do meu marido e eles me mandavam olhar para o meu corninho de vez em quando. Me sentia a maior puta do mundo, mas foi me dando um tesão tão grande que não quis nem saber. Estava adorando aquilo tudo e gozava como nunca.

O carro, com certeza, balançava e as pessoas que passavam olhavam e certamente sacavam o que estava rolando do lado de dentro, mas não conseguiam ver nada por causa do insulfilm, além de já ser noite e isso me dava mais tesão. Eu estava sendo fudida no meio da rua, dentro de um carro, na frente do meu marido, todo mundo percebendo que dentro do carro alguém estava fudendo, mas ninguém sabia que era eu.Fiquei tão alucinada que gozei várias vezes.Os 4 me fudiam com força, se revezando para comerem meu cuzinho que já estava bem arrombadinho.Tinha sempre um pau na minha boca. Sentia as bolas batendo na minha bunda e o corpo preenchido por duas picas dentro de mim. Estava muito bom.Eles me chingavam de piranha vadia, de puta e que iriam me fuder toda, me encher de pôrra para meu corninho provar depois e eu respondia dizendo que sim, que eu era mesmo uma putinha e que estava adorando ser fudida por eles na frente do meu maridinho e que faria o corninho provar a pôrra dos três machos que me comeram.

E o primeiro deles, gozou na minha cara e me fez lamber tudo até o fim, outro estava por baixo metendo na minha bucetinha e chupando meus peitos enquanto o professor comia meu cuzinho. O segundo a gozar e inundou minha bucetinha de pôrra quente, me levando a loucura ao sentir as contrações de seu pau dentro de mim e por fim, o professor gozou no meu cuzinho me recheando de pôrra. Fiquei deitada no banco do carro. Meus machos me acariciavam e o professor pegou uma filmadora. Mandou eu segurar as duas picas perto da janela e engolir uma terceira, enquanto ele filmava e enquadrava meu maridinho ao fundo.Por fim, ele mandou eu me vestir e me preparar para sair do carro, o motorista pediu para eu esperar um minuto, foi ate o porta luvas e tirou dois vibradores de lá dentro, falando que era da esposa dele, e enfiou os dois dentro de mim, um no cuzinho arrombado por eles e um na bucetinha. Perguntei como sair do carro assim, meu marido estava ali em frente. Ele disse que eu sairia pela porta do lado oposto e o corninho não me veria. Acontece que tinha algumas pessoas lá fora. Elas estavam tentando ver quem estava dentro do carro e o professor disse que eu iria matar a curiosidade delas. Ele abriu a porta e me mandou dar uma ultima mamada no pau de cada um deles antes de sair. Fui engolindo os paus ate sentir as bolas deles no meu queixo, e vi alguns caras me olhando da rua. Fiquei morrendo de vergonha. O professor tirou uma foto e me mandou sair. Disse que ficaria filmando os beijos de pôrra que eu daria no meu corninho e depois iria embora. Saí, e fui em direção a mesa do meu marido.

Ao chegar, ainda em pé, virei a bundinha para o carro e me abaixei com as pernas esticadas e levemente abertas para mostrar para todos os dois vibradores dentro do meu cuzinho e bucetinha, principalmente para a câmera de filmagem. Dei um longo beijo no meu corninho e me sentei ao seu lado pedindo uma cervejinha. Percebi que ele estava bem alto e perguntei se eu havia demorado muito. Ele respondeu que não, que tinha chegado a pouco tempo. Ficamos nos beijando várias vezes. Levantei fui ao banheiro tirar os dois vibradores, e ao voltar disse no ouvido do meu marido, que havia tirado a calcinha porque queria fuder com ele e estava com muito tesão. Ele começou a meter o dedo na minha bucetinha, por baixo da mesa, dizendo que eu estava molhadiha, mas na verdade era pôrra dos machos que me comeram na frente dele, saímos dali e fomos para o primeiro motel que encontramos.

Perdoem-me de tantos detalhes, mas recebi muitos e-mails me pedindo para contar todas as minhas experiências com todos os detalhes. Beijos a todos. Prometo que conto mais.

Comentários

23/01/2013 02:59:53
Olá gostei do conto. E mulher tem que ser assim mesmo, pois o priquito não é apenas pra mixar não ele foi feito justamente pra fuder. Eu quando pego um puta ela chora de emoção e prazer. Quando ela vem gozar no meu pau, ela não agüenta mais de tanta safadeza que já fiz com ela. Daí é ela que pega o meu cacete e mete no rachado dela. Eu tenho o prazer de abraçar uma puta, beijar-la, e aos poucos tirar a roupa dela, se beijo na boca por exemplo, as mãos estão ocupadas, passando pelo rabo, rachado, peitos e outros lugares do corpo da puta. Ao deitar-me por cima dela, mamo nos peitos e o cacete entra, eu faço que vou fuder, mexi e logo tiro e levo a boca na buceta dela. Eu tenho o prazer de pegar nas beiras do priquito, abrir-lo olhar lá dentro e fazer o encontro da língua de minha boca com a língua da buceta dela. Ela goza várias vezes em minha boca eu não paro de chupar. Uma noite sem duvida é pouco para quem quiser se sentir-se puta, ou mesmo mulher. Acontece que ela as vezes que fuder, o macho chega mete e goza e pronto, eu não mesmo depois de gozar a fome aumenta, mamo bastante e faço tudo outra vez, porque logo ela volta a se hesitar. No banho eu lhe banho jogo água, passo o sabonete, e ao lhe dá um banho certamente ela não vai agüentar e lá no banho a vara com certeza volta a entrar no rachado dela. Após o banho eu lhe ceco todinha, lhe visto e carinhos entre elogios acontecerão. Após a despedida duvido que ela não queira voltar a fuder comigo. Se você puta, gostosa, se algum dos machos que já comeu o teu rabo ou teu priquito, quantos depois de fudida, foram te vestir?
11/12/2012 10:02:35
gostei do conto, muito bacana mesmo. depois comenta o meu lá valeu? http://www.casadoscontos.com.br/texto/201212291/leituras
SLD
06/04/2012 14:08:20
26/10/2011 04:23:08
22/04/2011 23:19:44
vc deve ser muito gostosa bjs
22/04/2011 23:19:36
vc deve ser muito gostosa bjs
14/03/2011 20:30:29
Q sorte, essa falei com essa gostosa por email, muito gente fina e educada, e ainda por cima me enviou uma foto, vlw raquel
16/12/2010 10:20:47
Adorei!!! Só não entendi como conseguiu sentar com dois vibradores!!! Um já é dificil, você sabe... Mas deu muito tesao imagina-me nesse carro com esses quatro tarados.... parabéns.
17/11/2010 09:30:23
nosssaa... Que gostosa!!! D++++ Gozei só de imaginar essa puta gostosa dando! Beijo na sua buceta, puta.
17/11/2010 09:29:22
Nooosssaaaa... Que puta gostosaaa... gozo só de imaginar!!! D++++ Nota 1000 Eu com uma puta dessas fazia...
27/10/2010 21:46:36
sensacional
27/10/2010 01:45:34
OI REALMENTE VC TEM OS SEIOS DELICIOSOS QUANDO OS VI LOGO PENSEI NUMA GOSTOSA ESPANHOLA.
11/08/2010 20:57:15
Seus contos são demais vc deve ser demais apesar de so estar na minha imaginação rsrsrsrs e como sempre 10 bjss
31/07/2010 13:20:45
Nosssssssssssssa..adoro academia..principalmente vcs deliciosas assim....quero te conhecer..vvou add vc msn.......me aceite........vai saber quem sou.........bjs..maravilhosssssssssaaaaaaaaaa............
28/07/2010 22:53:21
nossa que tesão. sera verdade? sera que não nota 10
19/06/2010 05:18:55
SADICA!!!!! Do jeito que voce escreve nos mata de tesão e de desejo por você, Lindona.
17/06/2010 12:24:03
Ola. Nossa não sei se realmente seus contos são reais ou não, mas são maravilhosos, o jeito q vc descreve seus contos, os detalhes, as estórias adoroooooooooo. Não para de escrever delicia q vc é uma escritora mto excitante e mexe c a fantasia dos homens, rs. Gostaria mto de poder teclar c vc e trocarmos nossas experiências vividas, tbém tenho mtas estórias gostosas vividas, rsrs. Me adiciona: vi-daminha2009@hotmail.com. Te espero. Bjs. Marcos.
14/06/2010 21:24:06
Nossa moca vc e um tesao. Seu maridu tem muita sorte. Comer vc deve ser tudo de bom. Gostaria de vc com minha esposa juntas. Sou de Belo Horizonte. Bjs jose_gabriel43@hotmail.com
14/06/2010 21:04:46
Olá sou um quarentao boa pinta curto sair com casais esposas noivas e namoradas realizo suas fantasias com segurança e sigilo, sou casado esposa não pode saber das minhas fantazias, já sai com vários casais , sou experiente com casais novinhos que estão se iniciando , sou bonitão boa pinta, e bem dotado grosso e cabeçudo, sou do interior de Sampa próximo a capital e posso viajar. Add ai Pra gente conversar no msn tenho web can (missiasbonitinho@hotmail.com) add Ai que vcs não vão arrepender-se
14/06/2010 18:57:21
Gozei alucinadamente. Estou apaixonado. És o tipo de fêmea que estou procurando para minha vida. Leia minhas aventuras, meu e-mail está no final delas, e me adicione. Beijos.
14/06/2010 17:27:23
muito gostoso seu conto,gozei só em lê.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.