Casa dos Contos Eróticos

Feed

Meu tio carente

Autor: Ju
Categoria: Heterossexual
Data: 07/05/2010 22:27:23
Nota 7.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Como foi dito no finalzinho do último conto(loucuras a três), eu sempre ficava sozinha a tarde td com meu tio,pois ele estava desempregado e eu estava brigada com alex pois ele ter feito aquilo td comigo.Ainda estava me recuperando do banho de picas que levei ao mesmo tempo quando eu comecei a perceber que o meu tio Manuel me olhava como se me desejasse.Pensei que fosse loucura minha e quis esquecer isso.Manuel* é casado há 15 anos com minha tia,irmã do meu pai.O que eu percebia é que minha tia não dava muita atenção a ele, sempre preferia sair com os filhos nos fds.Ouvir várias brigas deles e nunca me meti.Em uma tarde dessas, eu estava assistindo televisão na sala quando Manuel chegou,sentou ao meu lado.Conversamos sobre muitas coisas,inclusive sobre sexo,ele me disse que não fazia sexo com ela há muito tempo.Eu disse que não fazia há uma semana.Ele riu surpreso e começou a passar a mão na minha coxa.Eu levantei assustada e fui para o meu quarto.Apesar disso, bateu uma enorme vontade de foder com ele.Senti minha bucetinha já recuperada daquelas picas enormes ficar molhadinha.Eu decidi deixar a porta do quarto aberta e o chamei,ele imediatamente surgiu na minha porta.Ele começou a me beijar,logo em seguida eu disse não pois eu iria me arrepender por trair a confiança da minha tia.Ele me jogou na cama e disse que era pra esquecer td.Ele ficou entre as minhas pernas,pude sentir o pau dele muito duro esfregando por cima da minha saia.Ele tirou a minha calcinha,e me chupou muito,me sugava td,fazia muito tempo que ele não chupava uma buceta.Sentir a lingua dele por tds as partes da minha xana.Não aguentei e depois de alguns longos minutos ele me implorou pra gozar na boca dele.Não aguentei e gozei.Quando ele colocava o pênis dele pra fora da bermuda,o telefone toca, era minha tia perguntando se Manuel ja tinha ido buscar as crianças.Eu disse sim.Rapidamente,ele guardou o seu membro não muito grande mas disporto a me proporcionar muito prazer.Ele disse que a qualquer hora iria terminar o serviço.No dia seguinte,Alex me liga,converso com ele e garanti que iria passar no ap dele.Meu tio ouviu td e perguntou se era Alex que estava me fodendo.Eu disse não,que era outro.Ele não acreditou e num surto de raiva me puxou pelo braço, me jogou na minha cama e sem dó,rasgou a minha calcinha e começou a meter seu cacete na minha buceta.Ele metia com tanta raiva e vontade,sempre perguntando se esse tal Alex fazia desse jeito.Eu disse que ele faz mais e muito melhor.Nessa hora Manuel parou, tirou seu pau de dentro de mim,me colocou de 4,chupou o meu cu e meteu com td força nele.Me chamava de arrombada,puta safada e outras coisas.Enquanto ele metia,eu fiquei paralisada,apenas gemia baixo.Não estava a vontade com ele.Me sentir abusada sexualmente naquele momento.Era diferente com ele, pois eu queria sair e ele não deixava, não estava com vontade alguma de foder com ele, bem diferente com Alex e Ricardo que apesar deles terem feito td aquilo,me arrombado td, eu queria sair por causa do medo mas era tão gostoso que desistir de lutar.Manuel metia cada vez mais rápido,até que ele gozou em mim.Fiquei deitada na cama de costas,me sentindo uma verdadeira vadia enquanto Manuel foi se lavar.Ele me disse que depois ele continuavame fodendo apesar de que eu parecia uma boneca sem movimento algum.Continuei deitada sem falar nada.Ele saiu para buscar os filhos. A noite, a minha tia me convida a sair com td a familia para jantar,para mudar de rotina.Eu não quis ir,mas depois para não levantar suspeitas eu fui.Fomos para casa, não conseguir dormir,levantei e fui para a sala.Passei na frente do quarto deles quando eu ouvi gemidos,era ele comendo minha tia,tal coisa que não fazia ha muito tempo. No dia seguinte,fui ao ap de Alex.Contei o que havia acontecido.Ele ficou muito puto por Manuel ter feito td aquilo.Alex pediu para eu morar com ele, para a gente assumir td,eu aceitei imediatamente.Voltei para casa a noite,tds estavam em casa, disse que eu levaria meu namorado para tds conhecerem no fds.Vi no rosto de Manuel a imensa raiva.Pela madrugada,como de cortume,eu fui ao banheiro,antes de desligar a luz,Manuel surge,segura os meus braços com uma mão e a outra tapa minha boca,sentir seu pau na minha coxa,depois entrando na minha buceta,metia muito,metia tão rápido que não demorou muito e gozou.Ele jurou que não iria mais agir assim comigo.Eu calada estava,calada fiquei.

No fds,apresentei Alex como sendo meu namorado,minha tia ficou muito surpesa,discutiu com ele não aceitou.Meu tio não disse nada.Nessa mesma noite,peguei minhas coisas e fui embora com Alex sem medo algum .

Alex me comeu a noite td.Se eu ja era uma puta,me tornei mais ainda agora morando com ele.Porém nada é perfeito e alguns dias depois meus pais aparecem de surpresa....mas essa história somente no proximo conto.Garanto uma coisa a vcs:Uma vez putinha,sempre putinha dessa vez longe de Alex.

Comentários

08/05/2010 00:51:20
Sera q vai escapar alguem nessa historia. Que Puta de primeira...
07/05/2010 23:11:24
Éiso ai ju, tem mais é que aproveitar as delicias do sexo enquanto é novinha ,bom conto ,fiquei curioso pra saber da continuação...
07/05/2010 23:03:58
MUITO BOM... RESUMINDO, UMA VEZ VADIA... PARA SEMPRE VADIA! MUITO BOM!!!!!!!!!!
07/05/2010 22:32:54
vaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii fude com todo mundo

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.