Casa dos Contos Eróticos

Feed

Depois da massagem veio a gozada

Autor: Lelo
Categoria: Homossexual
Data: 17/03/2010 17:58:36
Nota 8.00
Assuntos: Homossexual, Gay, MACHO, com
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia
Clique aqui para vídeos gay

Olá, alguns dias atrás escrevi um conto, onde ocorreu dentro de um cinema pornô aqui na minha cidade (Ribeirão Preto). Bem me chamo Lelo, tenho 42 anos, 1:80 alt peso 72 kg , branco/bronzeado, pelos no peito e calvo. Apesar de ser calvo sempre chamo a atenção, pois acho que sou formoso. O que vou contar hoje aconteceu há uns três dias atrás. Trabalho em uma faculdade, e sempre converso com os alunos de graduação e de pós, entre uma conversa e outra conheci um rapaz que faz Mestrado, ele não é do tipo bonitão mais tem um corpo sarado e gostoso. Seu jeito me deixa louco de tezão, todas as vezes que ele passava por mim eu comprimentava com uma piscadinha e um sorriso, ele sempre me retribuía com o mesmo, um certo dia eu estava indo embora que ele passou por mim e disse tchau, resolvi investir, pedi carona pra ele até o centro da cidade, assim fomos. No caminho ele se queixou de dores nas costas, eu disse a ele pra procurar um massagista, pois poderia ter tirado a coluna fora do lugar. Ele não conhecia nenhum e perguntou se eu conhecia, disse que não, mas me convidei pra fazer uma massagem, pois não tinha experiência mais poderia ajudá-lo, joguei achando que iria me dar mau, mas ele aceitou e me convidou para irmos até o apto dele que é tbm no centro de Ribeirão Preto, topei. Chegando lá ele tirou sua roupa e foi pro chuveiro, deixou a porta aberta e ficou conversando comigo que estava sentado na cama, ele saiu do banheiro enrolado em uma toalha e deitou na cama de costa pra cima e me disse. Cara to com muita dor bem no meio da coluna e pediu, faz logo essa massagem em mim e me deixa bem relaxado, só assim vou terminar a semana bem. Pedi um creme hidratante e ele falou onde estava. Ele me disse: você não vai ficar a vontade? Então tira essa calça e a camisa e começa logo. Obedeci, fiquei só de cueca. Joguei o creme nas costas e comecei a achar o ponto da dor, percebi que ali estava mesmo encavalado os nervos das costa e fiz uma bela massagem no local, ele sempre elogiava e dizia que estava ficando bom, pois eu tinha uma mão perfeita e sabia fazer bem, disse que a dor tinha ido embora e falou que eu iria ganhar uma boa recompensa, quando ele se virou na cama a toalha saiu do seu corpo, ele estava totalmente excitado, seu pau minava o melzinho sabor porra, e após ter virado falou, agora você vai ter o que merece. Não resisti, cai de boca entre as pernas dele e chupei, sem medo algum, como se fosse um pirulito de morango, era bem cabeçudo e rozadinho, acho que tem uns 19 cm, pois parecia ser maior que o meu de 18 cm, ficamos só na chupada, pois estava muito afim de experimentar aquele leite do mineirinho de Montes Claro. Enquanto isso, ele ia me dizendo como eu era gostoso, minha boca trabalhava muito bem, que eu era tudo de bom e que sempre teve vontade de transar comigo mais nunca teve coragem de chegar. Puxa confesso que me doei tudo pra aquela chupada, chupei ele como nunca tinha chupado outro pau assim. Depois de quase meia hora chupando aquela rola gostosa, senti inchar e ficar duro ao extremo, era o sinal que em seguida eu ia beber o leitinho dele. Meu, era muita porra, até dava pra fazer um queijo daquele leitinho mineiro. Bem assim que gozou, me deu um beijo e fui pra casa, bem alimentado. Se você ta afim de uma massagem, escreva pra mim. Só vou responder se você for de Ribeirão Preto. Beijos. Tiquero10@hotmail.com

Comentários

17/03/2010 19:43:12
Gostei. Também adoro chupar mineiros.
17/03/2010 18:30:10
Gostaria muito de uma massagem sua, porém, moro no RGSul. De qualquer forma, gostei da estória. "Viajei" enquanto lia... Me adicina no msn, pelo menos poderemos conversar: naboa.2009@gmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.