Casa dos Contos Eróticos

Feed

Dando o cuzinho pela primeira vez

Autor: Vanessinha
Categoria: Heterossexual
Data: 17/02/2010 19:16:32
Nota 9.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Vanessa, tenho 18 anos e moro em Divinópolis, MG. Vou contar como deu o cuzinho pela primeira vez, o que aconteceu nesse carnaval. Sou branquinha, cabelos castanho-claros, olhos castanhos, corpo sarado (malho desde os 14 anos). Meu namorado é bronzeado, olhos e cabelos pretos, malhado também (ele corre) e tem um pau delicioso, não enorme, mas muito grosso.

Namoro com Bruno, 22 anos, desde os 16 anos. Naquela época eu era virgem, mas muito safada. Desde quando comecei a namorar com o Bruno nosso relacionamento pegava fogo. Não transávamos, mas era aquela pegação todo dia. No começo do ano passado eu deixei meio claro que tava afim de dar pra ele. Afim não, LOCA pra dar pra ele! Não falei com palavras, mas ficava me jogando nele sempre que podia. Ele sempre se controlova, eu não sabia porque. Um dia perguntei pra ele e ele disse que tinha medo do meu pai (que não ia com a cara dele) denunciar e ele ser preso.

Ficamos só na pegação até outubro, quando eu finalmente fiz 18 anos. Na noite do meu aniversário ele me levou pro sítio do pai dele pra passar 3 dias, só nós dois. Nem preciso falar que perdi a virgindade naquela noite. E nesses três dias fudemos feito dois locos. Eu de santa só tenho a cara, pareço aquelas ninfetinhas de 15 aninhos.

Desde aquele dia a gente fode quase todo dia. Sempre depois da facul passo na casa dele e às vezes durmo lá.

Desde o começo desse ano, me bateu uma curiosidade de como era dar o cuzinho. Li umas dicas em sites de como doía menos e quais posições era mais gostoso. Não falei nada pro Bruno. Nesse carnaval nós fomos pro sítio do pai dele de novo, vamos sempre lá em feriados.

Fomos sexta à noite, e eu loca de tesão e vontade de dar pra ele, ficamos a semana toda ocupados, ele trabalhando e eu fazendo trabalho da facul, não tivemos tempo de nos encontrar. No caminho já fui pagando um boquete delicioso pra ele.

Ele parou o carro na garagem feito loco e saiu me puxando pra dentro da casa.

-Quer me dexar doido é?? - Ele disse, me bejando.

-Quero. - Respondi com cara de safada, empurrando ele na cama e tirando meu vestido devagar, só pra torturar ele. Fui sem sutiã de propósito. Ele tirou a blusa e a calça, me pegou pela cintura e me derrubou na cama. Começou a chupar meus peitinhos médios dos bicos rosados. Desceu a boca e tirou minha calcinha de renda rosinha, e começou uma chupada muito gostosa na minha busseta, toda depiladinha. Virei ele na cama e tirei a cueca dele, encaixando naquela pica grossa. Comecei uma cavalgada gostosa, rebolando e me esfregando.

-Isso, monta sua putinha. - Ele disse, me dando um tapa na bunda.

-AAhh! - Gemi que nem uma vadiazinha, adoro apanhar. Ele me desencaixou e pegou minha nuca com força, guiando pro seu pau.

-Chupa sua puta! - Ele mandou, empurrando minha cabeça. Eu tinha que provocar ele, sabia o que aconteceria que eu provocasse. Lambi a cabecinha e fui chupando devagarzinho, só pra dexar ele doido. - Tá querendo me provocar né?? Vai apanhar, sua safada! - Ele me colocou de quatro e começou a me bater com força na bunda, eu gemia e rebolava. Ele me batia cada vez com mais força, dexando meu bumbum branquinho vermelho e inchado. Começou a meter da minha bussetinha com força, me batendo pra doer mesmo.

-Come meu cuzinho, come? - Perguntei gemendo.

-A putinha quer dar o cuzinho, né? Sua vadia! - Ele disse me batendo mais ainda. Saiu de trás de mim, me bejou com força e foi na gaveta. Pegou um lubrificante (KY) e me mandou deitar de lado. Chupou minha bussetinha enquanto enfiava um dedo com lubrificante no meu cuzinho pra relaxar. Eu tava achando uma delícia. quando viu que eu tava rebolando no dedo dele, enfiou mais um. Dessa vez doeu um poquinho, mas depois eu acostumei. Ele ficou metendo os dedos no meu cuzinho até eu acostumar. Quando eu acostumei ele passou lubrificante no pau dele e me deitou de costas, com um travesseiro embaixo do bumbum pra ficar empinado. Abriu um pouco minhas pernas e se ajoelhou no meio. Eu gemendo de expectativa.

-Fica bem quetinha. - Ele disse, me dando um selinho antes de começar. Me deu dois tapas antes, depois começou a enfiar a cabecinha. Tava difícil de entrar. Ele pegou mais lubrificante e passou na entradinha. Enfiou de novo. Dueu pra caramba, mas só de ver a expressão de prazer no rosto dele eu empurrei um poquinho mais pra trás. A dor era forte, mas eu tava adorando dar o cuzinho. Ele foi enfiando devagar, até entrar tudo. Esperou eu me acostumar, e enquanto isso ficou me batendo com força. Não demorou muito eu já tava rebolando nele. Ele começou a se movimentar, bem devagar. ainda doía, mas tava muito gostoso. Depois de um tempo ele já tava me comendo feito doido, e eu não tava nem ligando pra se tava doendo ou não, só queria que ele fosse mais rápido e com mais força.

Ele me deitou de ladinho e levantou minha perna, e começou a fuder com muita força, eu gemendo muito e ajudando nos movimentos, de ladinho não doía tanto, ele podia ir com a força que quisesse.

-Mais forte! - Gemi, rebolando nele.

-Fica de quatro! - Ele mandou. Adorei isso de me sentir submissa. Fiquei de quatro e empinei bem a bunda. Ele me comeu com força, notei que de quatro ele ia mais fundo, doía mais, mas eu tava amando. ele me segurava pela nuca e eu rebolava, gemia, empurrava cada vez mais pra trás, mais rápido. Com a outra mão ele enfiava dois dedos na minha busseta, com força.

-AAhh eu vou gozar sua puta!!

-Goza, goza no meu cuzinho vai. - Disse provocando, rebolando mais no pau dele.

-Aaahhh! - Ele gritou gozando e empurrando com força pra dentro, até acabar. Gozei um pouco antes dele, não tava aguentando mais.

No dia seguinte acordei dolorida, mas dexei ele comer meu cuzinho porque insistiu e eu também tava com vontade. Trepamos o feriado inteiro. Voltei do sítio ontem, e tava doida pra escrever esse conto. Espero que tenham gostado.

Comentários

20/12/2014 09:16:00
É DE UMA NINEIRINHA ASSIM QUE EU PRECISO. BEIJOS NESSE CUZINHO LINDO.
15/07/2011 16:26:26
eu quero te fuder,msn rogeriobaianogostoso@hotmail.com
18/08/2010 06:15:03
Juro que foi a primeira vez que vi buceta escrita com "SS". Mas afinal, a "busseta" é dela, né gente!!??
19/03/2010 14:41:27
NOTA 10 eu amo comer cu. (de mulheres) me mande fotos gata dudu84bra@gmail.com
11/03/2010 07:49:42
És simplesmente o máximo. Adorei. Leia minhas aventuras e escreva ou adicione: envolvente35@hotmail.com . Beijos.
19/02/2010 06:58:53
sensacional. me add moreno.rj33@hotmail.com
18/02/2010 18:20:22
ai que delicia...adoraria comer tambem...bjos no cuzinho
18/02/2010 11:48:44
TIRANDO O KY QUE JÁ ESTAVA LÁ E OS ERROS DE PORTUGUÊS, TÁ DENTRO DO PADRÃO. BEIJOS
18/02/2010 10:47:06
adorei, seu conto, paraben!, nota 10, tb adoro comer um cuzinho, tipo seu apaertadinho, com certeza vc vai ficar"viciada" em dar o cuzinho, dou uma dica: deitada de ladinho ele penetra em seu cuzinho em seguida peça a ele por vc sobre ele, vc por cima "controla" os movimentos e ele com as maos em suas nadegas ele faz movimentos de sobe e desce, é fantastico! experimente vc vai adorar! vc vai gozar loucamente, me adicione meu email gu50tão@yahoo.com.br
18/02/2010 07:58:06
AH, MAIS UMA COISA EU MORO EM MINAS TAMBEM, QUE TAL VOCÊ ME OFERECER ESSE CUZINHO? SERÁ UMA NOVA EXPERIÊNCIA PARA O PRÓXIMO CONTO.
18/02/2010 07:56:21
O CONTO ATE QUE FOI BOM, APESAR DELA FAZER FACULDADE, ACHO QUE TEM QUE VOLTAR PARA 5ª SERIE E APRENDER ESCREVER ALGUMAS PALAVRAS, MAS TIRANDO ISSO DEU PARA BATER UMA PENSANDO NESSE CUZINHO. E AGORA TEMOS QUE AVISAR PARA O MATCH QUE AQUI E PARA COMENTAR OS CONTOS, NÃO PARA POR OS DELE.
18/02/2010 00:12:13
BOM... PARABÉNS!
17/02/2010 23:09:14
Parabens pelo conto, esta perfeitoo... Se der leia o meu de quando eu tirei a virgindade do cuzinho da minha namoradaa... Nota 10
17/02/2010 21:34:15
muito bom seu conto.
17/02/2010 19:49:44
Õ Vanessinha cu de veludo, é buceta e não busseta, é doeu, e não dueu! Quanto ao resto, você precisa dar o seu cuzinho pra mim, 22,5 X 8!!! Depois, te levo pras clínicas pra te darem uns pontos no cu!
17/02/2010 19:30:57
Adoro esses tipos de contos... Meu cacete chega ficar mole de tantas punhetas que bato lendo esses contos desse tipo... Queria eu empurrar minha vara nesse teu cu sua filha da puta gostosa do caralho... Conta outro conto desse tipo que eu adoro. junior26_rpe@hotmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.