Casa dos Contos Eróticos

Feed

Eu e minha mãe na praia

Autor: Iork
Categoria: Heterossexual
Data: 02/02/2010 01:47:23
Nota 8.95
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom, o que vou relatar aqui aconteceu neste verão, a mais ou menos duas semanas , tenho 18, minha mãe 42.

Sempre me dei muito bem com minha mãe. brincadeiras e coisas do tipo, meu pai não é separado dela, os dois se dão muito bem, minha mãe se chama Julia, que apesar de seus 42 anos tem um corpo lindo, não vai à academia porém está sempre se movimentando, tem seios fartos, coxas grandes e grossas, e uma bunda de dar inveja, tem cerca de 1,72 e 67 kgs.

Há algum tempo atrás ja sentia atração pela minha mãe, dava umas olhadas, mais nada muito escandaloso, nada exagerado como pegar calcinhas e cheirar, lamber, e outras coisas, porém ela nunca percebeu que eu tinha atração por ela, meu pai trabalha de Segunda a Sabado em uma empresa de peças, sai as 06:00 e volta 12:00, logo depois sai as 13:10 e volta as 18:30, então durante esse tempo eu e minha mãe sempre ficavamos sosinhos em casa. No verão ele continuou trabalhando, e ia á praia apenas umas 2 vezes por semana e tambem aos Domingos.

Bom ja havia um tempo que eu e minha mãe brincavamos a tarde, as vezes ela deitada no sofá da sala vendo televisão e eu passava para fazer algo na cozinha ( Casa de praia cozinha é junto com a sala) eu falava " Que foi, ta olhando o que em em quer apanhar " tudo em tom de brincadeiras ela ria e falava " Tu sabe que tu não pode comigo ", e assim agente ia conversando e brincando, eu ia em cima dela segurava ela ela se libertava, subia em cima de mim, me segurava, e eu ja começava a achar isso gostoso, e acho também que ela fazia isso para provocar, pois agente ficavamos em posições de sexo quando brincavamos disso, porém nunca passou de brincadeiras.

Certo dia fui pegar um Chup-Chup, ou Geladinho como conhecido em outras regiões, e ela falou:

- Que foi em queis apanhar já hah?

Então retruquei:

- Tenta então.

Então ela pediu para eu ir la no sofá e começamos a nos segurar, eu me soltava, e com o Geladinho na mão. Então ela falou:

- Me da isso aqui.

E pegou o Geladinho e jogou no chão, pois disse que eu estava fraco por causa dele, até dei uma risada e segurei os braços dela firme, e ela falou:

- Ó tais fortinho já,

Esqueci de mencionar que minha mãe é forte, ela me segurava muito forte nas brincadeiras. Ela estava com um vestido amarelo que ela usava diariamente na praia, e com um biquini rosa com bolinhas por baixo, então ela disse:

- Tá calor aqui, vou tirar esse vestido.

Eu concordei, porém sem malicias, então sentamos no sofá, estavamos vendo Caldeirão do Huck, e ela tirou o vestido, então ja levei para a malicia e senti uma atração, mas continuei assistindo TV, e decidi deitar no sofá, colocando meus pés em cima de sua boceta, confesso que fiz isso por querer, ela pegou meu pé e colocou em cima e começamos a conversar, papo vai papo vem, começamos a ver o quadro que passa no Caldeirão do Huck, que são algumas mulheres gostosas que dançam carnaval, dançaram umas 3 candidatas, e minha mãe falou:

- A quando eu era mais jovem eu dançava isso ai também..

E fomos conversando...

- Tu dançava samba mãe?

- Dançava de tudo, até forrózinho..

No que ela falou isso, levantou e me chamou para me ensinar a dançar umas musicas gauchas que ela gosta de escutar e dançar, então ela só de biquini, eu ja ficando de pau duro, ela mandou segurar na cintura dela, e outra mão na mão dela, e começamos 2 passos para la, 2 passos para cá, e meu penis ficou ativo na hora hehe, ela percebeu, e conversamos

- Ta gostando?

- Não é meu tipo de dança mais pra quem gosta é legal sim..

Então ela colocou um colchão no chão para se deitar, e eu deitei no sofá de cima, até que foi o intervalo do programa, e ela diz

- Quer apanhar um pouco?

Falou isso com um tom meio malicioso, e eu ja cheio de idéias na cabeça, não estava ligando se era minha mãe ou minha namorada...

- Quero ver se tu é capas de me prender..

Deitei no colchão e ela por cima de mim só de biquini, com aquele pombão peludo fazendo volume, e quase encostando na minha barriga, até que não me guentei mais e peguei na bunda dela, confesso que peguei com medo achando que ela pararia e brigaria comigo, porém ela gostou e deu uma rebolada e falou

= Hmm que apertada deliciosa..

No que ela disse isso eu ja fiquei louco, ela com aquela cara de quem queria sexo, ja devia tar a um mês sem uma transada gostosa, pois meu pai trabalhava, e não ia muito para a praia como contei la em cima.

Depois que ela falou que a apertada foi deliciosa, eu falei

- Gostace? Posso apertar mais ? ( falei meio que com medo, com uma voz baixa, e ela falou:)

- Deve apertar.

Apertei muito aquela bunda gostosa, e comecei a arrastar minha mão por suas cochas, apartir dai eu vi que ia rolar algo, ela não reclamava de nada, então ousei colocar minha mão em sua buceta, encostei de leve e ela falou:

- Pode mecher no que quizer,

Nisso começou o carnaval na televisão e ela começou a mecher a bunda de leve.. Começou a encostar no meu pau que não é la essas coisas, tem 16,5 cm em média, da para se divertir..

Comecei a tentar tirar sua calcinha, e puxei ela para baixo, no que vi aquela buceta peluda fiquei com tesão, e ja fui colocando as mãos nos seus peitos, coloquei ela por baixo de mim, eu em cima, tirei minha bermuda de praia, minha cueca, camisa, e deixei ela pelada tambem, e começamos a brincar de segurar, percebi que ela ja deixava eu a segurala..

Comecei a lamber seus peitos, e ela não falava nada, vendo televisão normalmente, então deitei do lado dela e comecei a passar a mão em sua buceta, ela me punhetando levemente, nós não conversavamos. Até que levantei, fui rapidamente em meu quarto, e peguei uma camisinha e mostrei pra ela sem falar nada, ela olhou, e falou

- Vem cá, vamos testar isso

- Tá bom mãe

Ela abriu as pernas, e comecei a mecher em sua buceta, como se fosse minha primeira vez, olhei, até que ousei lamber, ela gemeu de leve, comecei a mecher minha lingua naquela buceta peluda, até que ela disse

- Vamos transar então

- Vou colocar a camisinha mãe

No que eu coloquei a camisinha, comecei a transar, meio que uma posição de frango assado, com ela deitada com as pernas aberta e eu a fodendo-a bem de leve, e devagar, e ela vendo teve e me apertando, até que falei que estava cansado daquela posição, ela nem falou nada e logo ficou de 4 para mim, não vou mentir que comi o cu dela pois não comi, apenas vaginal..

Comecei a comer ela de 4, até que depois de uns 17 minutos mais ou menos, falei

- Vo gozar mãe

- Goza em cima de minha bunda, mais cuidado com o colchão,

Tirei a camisinha punhetei e gozei no bum bum dela, meu Deus, que gostoso.

Fui no banheiro, me limpei, trouxe papel higiênico para ela se limpar, ela colocou a roupa, eu também, sem beijos e nada, olhei para ela e falei que iria nos meus amigos fazer algo, e ela falou que foi apenas a primeira vez..

O dia se passou, voltei para a casa, ela ja estava dormindo, fui dormir, acordei la pelas 12:00, com ela me chamando para almoçar, tudo naturalmente, apenas eu e ela na casa, ela me chamou eu levantei rapidamente, ele foi abrir a janela, ela com um vestidinho, então eu ja bem liberal com ela, cheguei por trás dela, dei um tapa na bunda e falei

- O que tem de almoço mãe?

ela deixando eu passar a mão, e gostando, falou

- Arroz, feijão, e bife

Passei minha mão de leve na buceta dela, e fui tomar banho, logo após o banho, almoçamos, vi o jornal, e fui para o quarto escutar rádio. Ela passou uns 5 minutos depois para o banheiro do quarto dela para escovar os dentes, eu fui atrás dela, entrei no banheiro, tirei meu pau para fora, e comecei a encostar na buceta dela, ela já liberal, fechou a janela do quarto dela, que é virado para a rua, e se deitou na cama, eu mesmo fiz tudo, tirei sua roupa, e começamos a fuder, e ela conversava mais naquele dia

- Ai filho, que bom, isso é só entre nois

- Tá bom mãe,

Até que comi ela de tudo quanto é tipo, e depois de uma hora mais ou menos transando, ela começou a chupar meu pau, só de sutiã sem calcinha, pois havia fudido ja, e ela perguntou se eu gostaria de gozar na boca dela, logo afirmei,

- Ta bom, bate uma punheta então

- Goza rapido filho, tenho que sair

Gozei logo na boca dela, ela limpou-se toda, e foi sair, dei um tapa na sua bunda e a chamei de gostosa, ela saiu e foi na casa da vizinha conversar, e eu estou aqui hoje relatando isso para vocês..

Conto Veridico, obrigado. Até a proxíma, hoje estou na cidade, porém daqui a 2 dias irei para a praia, quem sabe daqui alguns dias irei relatar mais alguma coisa, pois que vai rolar sexo com ela eu tenho certeza, somos igual marido e mulher agora, eu como a hora que quizer heheh.

Comentários

05/09/2013 15:01:18
Parabens... fode msm, comer uma xaninha e bom...
16/01/2011 07:38:26
Mais um que transou com a mãe. Aquí em casa o clima está esquentando entre meu menino (que é lindíssimo) e eu. Só não aconteceu ainda porque eu não quis. Já estou me libertando dessa idéia de tabu do incesto que alguém colocou nas nossas cabeças. Ainda mais depois da camisinha, pilulas, DIU e outras coisas mais.
15/07/2010 18:59:12
gostei, mas faltou mais detalhes!!!
23/04/2010 15:11:48
se vc tiver mais manda pra mim gostei.... cade-as-gordas@hotmail.com
30/03/2010 12:47:18
Muito bom fiquei exitado tudo tempo, manda mais pro meu e-mail gmcoringa9@gmail.com
14/03/2010 23:26:33
Excelente, muito bom, ...
02/03/2010 17:35:49
ótimo conto, to de páu duro! só faltou ele comer o cu dela!
11/02/2010 06:36:32
Estória muito bem construída e excitante. Você só poderia dar um pouco mais de ênfase aos detalhes, eles que fazem a diferença. Mas por tudo dou nota 9
09/02/2010 16:21:49
Simples, divertido e erótico
08/02/2010 23:24:52
muito bom
07/02/2010 18:49:38
Bom são uns dos poucos que prestam...
04/02/2010 20:09:11
Nem precisa ser verdade, tá bem divertido. Gostei dela ser cheinha, adoro mulher cheinha, e do pau ser de tamanho normal. Essa história de corpos de modelo e pau gigante é broxante. O meu é normal e já causou dores em mulheres, não gostaria de ter maior. O fato dela ser mãe é apenas detalhe de uma história de tesão e divertimento. Valeu.
04/02/2010 00:28:33
bom;
03/02/2010 14:00:04
Muito Bom!
ICO
03/02/2010 00:10:18
ECXELENTE, PARABÉNS.
ICO
03/02/2010 00:09:25
EXCELENTE.....
02/02/2010 13:55:39
Foi deveras excitante embora nao faça o meu tipo, mas cada um come o que gosta ou esta ao seu alcançe.
02/02/2010 08:38:02
Cara muito bom!!! Sabe o que eu gostei seu conto foi com uma trama do momento um sexo antigo como o incesto mais com a atualidade de um programa de TV. Isso Deixa Seu Conto Com Uma Verdade Muito Boa O Fez Ficar Na Moda Muito Bom. Outra Coisa Estão Contando Uns Contos Que Rola Um Sexo Com Algum Dormindo Isso Esta Atrapalhando Muito Fica Muito Fácil Normal Eu Já Fiz Varias Coisa Com Alguém Dormindo Ate Hoje Não Sei E Muito Menos Posso Comentar Sobre Por Que Não Sei Como Vai Ser Fala Para Alguém Tipo Você Sentiu Algo Ontem Fulana Risos Mais O Seu Conto Foi Todo Bom. Da Para Notar Q Verdade Que Você Viveu Junto Com Sua Mãe, Pena Que A Minha É Muito Ruim Risos. Nota 10
Oel
02/02/2010 08:28:18
poderia ser muiiiiito melhor se tivesse mais detalhes !!!! 5
02/02/2010 01:55:47
Nossa adoreii, mesmo sendo sua mãe o conto foi mto excitantee, se kiser comentar os meus tbm , fike a vontade Para o seu, NOTA 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.