Casa dos Contos Eróticos

Feed

A primeira traição de uma esposa fiel

Autor: Esposa Fiel
Categoria: Heterossexual
Data: 29/01/2010 15:58:26
Nota 9.49
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Os objetivos de eu escrever aqui, são dois. Primeiro espero que meu amigo leia e me responda, pois para evitar qualquer problema em casa, rasguei todo bilhete com telefone ou e-mail e agora não tenho como contatar. Segundo, para eu mesma poder relembrar de cada minuto maravilhoso que passei, lendo esse relato, toda vez que sentir saudades do acontecido.

Sou uma mulher casada, realizada, tendo tudo que uma mulher possa desejar. Marido trabalhador, charmoso, carinhoso, advogado de uma indústria. Talvez a única coisa que ainda não tenha são filhos, mas que já pensamos em conceber brevemente. Casei virgem, só tornando mulher na noite de núpcias, motivo porque meu marido me considera de total confiança, Eu nunca havia ido com outro homem para a cama, fato raro entre as garotas de hoje em dia. Talvez pelo fato de morarmos numa cidade não muito pequena, mas do interior, onde as pessoas tomam mais cuidado para evitar fofocas dos vizinhos.

Claro que tive alguns namoradinhos, mas com eles era somente aqueles abraços, beijos e caricias por cima da roupa. O máximo que chegamos a fazer, com um dos namorados, dentro do carro, ele tirava meus seios para fora, acariciava e os beijava, enquanto tirava seu pênis para fora e mandava eu segurar enquanto ele me beijava e chupava meus seios até ejacular em minha mão. Então eu conhecia como funcionava um pênis. Nessas ocasiões eu ficava super excitada, claro, mas conseguia me controlar, jamais deixando tirar minha calcinha. Após várias sessões dessas carícias, esse namorado chegava a colocar seu penis entre minhas coxas no carro do pai dele, eu sempre de calcinha, mesmo depois de ele tentar tirá-la a força, depois de ficar se mexendo com o pênis preso entre minhas coxas ele chegava a ejacular, sujando minhas coxas, minhas calcinhas e meus vestidos. Hoje sei que minha mãe devia ter visto as manchas e saber do que se tratava, mas na época, eu não pensava nisso, minha mãe era muito discreta.

Trabalho como secretária executiva de uma indústria multinacional que se instalou na região. Um dia o chefe do RH me chamou e disse que eu tinha de fazer um curso de atualização no Rio de Janeiro, e que meu chefe já foi informado e autorizado, com duração de 10 dias. A noite, em casa, falei ao meu marido que iria ter que viajar ao e ele achou normal e eu também. O curso seria dentro de uma semana. Eu viajaria no domingo, pois segunda feira de manhã começaria o curso e terminaria na outra quarta-feira, havendo aula inclusive num sábado, só descansando domingo. Quando chegou a data, meu marido me levou ao aeroporto da cidade vizinha, pois nossa cidade não tem aeroporto. Cheguei ao RJ e fui de taxi para o hotel, de onde liguei para casa avisando meu marido que tudo correu bem. Jantei no hotel, tomei um banho e dormi cedo para estar bem disposta na segunda feira.

Na manhã seguinte me arrumei e fui para o local do curso de taxi. Lá conheci uma pessoa que estava fazendo o mesmo curso, muito simpático e divertido, além de muito charmoso, lembrando um pouco o Tom Cruise. Ele se sentava ao meu lado e quando o Professor formou pares de discussão, par esse que seria o mesmo até o final do curso, eu e ele ficamos no mesmo grupo, analisando os problemas passados pelo professor, discutimos as soluções, eu e o novo colega, nesse dia ficamos juntos o dia todo, inclusive no almoço, fomos juntos, nos coffe break ele sempre me trazia sucos, chás, patês, etc e vimos que tinhamos muita coisa em comum. Era uma companhia muito agradável, além de ele ser um homem lindo!

O curso era muito útil, e com bons professores que nos animava o tempo todo. Ao final do dia soube que ele também estava no mesmo hotel que eu. Ele me convidou para voltarmos juntos no mesmo taxi, e no caminho me convidou para jantarmos e discutirmos os assuntos do curso. Até aí eu achava tudo normal. Fomos jantar no restaurante do hotel, onde falamos assuntos do curso, enquanto jantávamos, tomando uma garrafa de vinho. Após a sobremesa e o cafezinho, ele perguntou se eu não queria ir dançar. Agradeci e falei que ficaria para outro dia e que amanhã precisava acordar cedo.

Ele falou que lá no subsolo, tinha um piano bar para quem quisesse dançar. Relutante, mas diante do charme e da insistência dele eu concordei, afinal nada tinha a fazer, a não ser ficar no apartamento vendo TV, sem dizer que o convite vinha de um cavalheiro lindo. O local era bem agradável, meia luz, música romantica, gostosa para dançar, coisa que eu adorava, mas meu marido não apreciava dança. Fazia tanto tempo que eu não dançava.

Começamos a dançar uma música lenta. Logo ele foi me apertou bem junto a ele. Pensei em me afastar, mas deixei, afinal era uma musica romântica para se dançar assim. Dançávamos bem colados. A mão dele passou das minhas costas e foi até minha cintura onde inicia a elevação das nádegas. Senti um arrepio, afinal desde casada, nunca fiquei nessa situação com um homem diferente do meu marido. A outra mão dele que segurava minha mão esquerda, ele trazia prensada entre nossos corpos, e a costa da mão dele ficava encostada no meu seio o que não posso negar, me dava uma excitação natural.

Ele passou a me elogiar, dizendo que eu era linda, com corpo de fazer inveja às modelos, que meu marido era um homem de sorte, que eu dançava como uma bailarina. Fiquei vermelha de vergonha, sem saber o que dizer, afinal, no interior, jamais um homem vem falando essas coisas a uma senhora casada.

Ele me apertou mais contra si pressionando meus seios contra seu peito e pude sentir o pênis dele, duro, encostado em mim. Aquela situação era nova pra mim, entrei em pânico, afinal era a primeira vez que acontecia uma coisa dessas. Vi que aquilo estava ficando perigoso e disse que iria me retirar ao meu apartamento. Soltei-me dele despedi e tomei o elevador, tremendo, ofegante, nervosa, com as pernas bambas.

No apartamento, abri o barzinho e tomei uma água mineral gelada para me acalmar, depois, enquanto tirava a roupa fiquei pensando no acontecido, ainda um pouco trêmula e ofegante. Vesti minha camisola,deitei e não consegui dormir pensando em tudo que aconteceu.

Estava confusa, por um lado meu instinto de esposa fiel dizia uma coisa, por outro lado, havia uma sensação desconhecida, que me deixava em dúvida, que me excitava claro, pensando se deveria aproveitar essa oportunidade única de conhecer outro homem ou continuar na minha rotina e não trair meu marido. Não podia negar que a vontade de conhecer outro homem me deixava excitada, mas me envergonhava de mim mesma por ter esse pensamento.

Estava com uma boa oportunidade, única talvez na vida, ali mesmo, no mesmo hotel, sem nenhum conhecido, um segredo que seria só nosso, soube que também era casado e por isso jamais contaria a alguém. Acabei dormindo só de madrugada. Na manhã seguinte acordei com a cabeça pesada, mas o dia transcorreu tudo normal no curso, eu e ele resolvendo juntos os problemas propostos pelo professor. Houve trabalho em que eu e o novo amigo ficamos trabalhando juntos por longo tempo, a companhia dele era muito divertida e agradável. Ao final do dia ele me ofereceu carona de taxi para voltarmos ao hotel. Quando chegamos ao hotel, me convidou para jantarmos dali a uma hora para rever o material do curso (pelo menos, com a desculpa de recordar matérias do curso, minha consciência não doeu ao aceitar).

Aceitei e fui para meu apartamento, de onde liguei para meu marido, depois tomei um banho, coloquei um vestido leve que realçava minha cintura fina, revelando minhas costas alvas e um discreto decote deixava entrever o colo dos seios e o sulco entre eles, me vi no espelho. A princípio, me veio uma sensação de culpa, pensei em colocar uma roupa mais conservadora de trabalho, mas algo na minha cabeça mandava continuar assim e decidi continuar na minha loucura afinal era uma roupa nada escandalosa. No restaurante, ele novamente me elogiou. Qual mulher não adora ouvir elogios, ainda mais vindas da boca de um homem tão lindo e charmoso. Continuou dizendo que meu marido era um homem de sorte, por ter uma esposa linda, inteligente, com corpinho de adolescente, e disse algo que me deixou ruborizada, pois afirmou que eu era muito tesuda e gostosa. Jamais alguém disse uma coisa assim, desde que me casei, afinal moro numa cidade do interior. Para evitar que ele começasse a ter idéias, já disse-lhe que me casei virgem e que nunca trai meu marido até então.

Após muito conversarmos bebendo, fomos jantar. Terminado o jantar, novamente fomos dançar.

Desta vez ficamos dançando e pouco a pouco nos encostando cada vez mais e novamente senti o pênis rígido dele encostado em mim. Aquilo me deixou excitada claro mas também com medo, mas o tesão falou mais alto e permaneci dançando, sentindo aquela coisa dura roçando meu abdomem. A mão dele que estava em meus ombros, começaram a me acariciar as costas e, sua cabeça foi se aproximando do meu ombro, cada vez mais, sua boca veio junto ao meu ouvido, enquanto dançávamos coladinhos, a cabeça dele nos meus ombros, a boca dele junto ao meu ouvido. Ele começou a murmurar palavras de carinho, de elogios, aquilo foi baixando minha guarda. Começou a dar beijinhos na orelha me deixando arrepiada, depois no rosto, até que nossos lábios foram se encontrando. Ele passou a me dar selinhos nos lábios, eu sem resistir deixava que ele continuasse. Ele viu que estava vencendo a batalha, até que seus lábios colaram aos meus e senti a língua dele invadindo meus lábios, querendo penetrar minha boca e, inacreditavelmente, ao invés de me ofender, entreabri meus lábios como um convite à sua língua. Foi o bastante para sentir a língua dele começando a penetrar boca adentro, eu recebi aquela língua quente que tocou minha língua e ainda retribui, colocando agora, minha língua entre seus lábios, que ele imediatamente prendeu com seus lábios e nossas línguas começaram a travar uma batalha. Eu fiquei com as pernas bambas, trêmulas, respiração ofegante e instintivamente, num gesto de ousadia mas incoscientemente, fui abracando-o mais forte, senti a dureza do pênis dele encostando ainda mais na minha região do púbis, ele também me abraçou mais forte. Por sorte a tênue luz ambiente não deixava ninguém perceber nada, todos casais estava dançando bem coladinhos e trocando beijos apaixonados, ninguém prestando atenção ao que outro casal fazia.

Naquele momento senti que tinha atingido um ponto perigoso de onde não dava mais para voltar. Trocamos olhar cúmplice, nos beijamos e sem palavras nenhuma, ele me pegou pelos braços fomos saindo da pista de dança, e nos dirigimos ao elevador, subimos para o meu apartamento, como se fosse um casal voltando do jantar. Eu mesma me surpreendia pela minha atitude dócil, sem protestar, sem dispensá-lo. Ao entrar no meu apartamento e fechar a porta, com ele me seguindo, enquanto eu passava o trinco na porta, ele me abraçou por trás fazendo sentir seu pênis em minhas nádegas, depois, me virou de frente, me encarou, ai meu Deus, eu vendo aquele rosto lindo, másculo tão próximo naquela penumbra, aquela voz máscula murmurando palavras de amor..., ficamos olhando olhos nos olhos enquanto nossos rostos iam se aproximando, começamos a nos beijar, beijo lascivo, língua com língua.

Enquanto me beijava, ele foi me acariciando por cima da roupa, até que começou a descer o ziper do vestido nas minhas costas, abaixou as alças pelos meus braços e deixando a parte superior do vestido caido até a cintura. Ficamos abraçados e beijando, eu com a parte de cima do vestido na cintura e soutien que deixava ver o colo dos seios, enquanto ele discretamente ia tirando sua camisa e ficando só com a calça. Tiramos nossos sapatos enquanto nossas línguas travavam uma batalha, enquanto me beijava, ele com as mãos na minha costa, desabotoou meu soutien soltando as alças dos ombros, eu ajudava encolhendo os braços, ele foi tirando pelos meus braços até que abaixou as taças deixando meus seios livres, e colocar o soutien sobre a cadeira enquanto vinha beijando meu pescoço suas mãos seguravam e apertavam meus seios, depois sua boca vinha beijando, meu colo e finalmente meus seios, enquanto seus lábios prendiam meu mamilo, a mão segurava em cheio o outro seio. Depois foi a vez dele abrir o ziper lateral na altura da cintura, do meu vestido, vestido que tinha ganho de presente do meu marido.

Me virei de lado para facilitar a ele ver o ziper lateral do vestido, logo ele abria o fecho. Era uma situação inusitada para mim, pois nem meu marido fazia isso, de abrir o meu vestido. Não acreditava que eu me virei para oferecer ao um homem estranho abrir o ziper que era a última defesa do meu corpo, e ainda mais dentro de um quarto de hotel, onde uma convidativa cama ficava a nossa frente. Ele tirou meu vestido e sua calça. Me deixou só de calcinha cavada, que deixava minhas nádegas de fora e ele de cueca. Era a primeira vez que outro homem que não o meu marido, tirava meu vestido, desabotoava meu soutien, e me via apenas com uma minúscula calcinha.

E agora, eu em pé só de calcinha, com os seios a mostra com mamilos rígidos roçando um peito peludo, abraçando um homem só de cuecas, e nós dois num quarto de hotel, sem nenhuma testemunha e com uma convidativa cama ao lado e uma penumbra que criava um ambiente mais secreto e excitante ainda.

Depois de muitos beijos nos lábios e nos seios, ele me pegou em seu colo e me levou em seus braços para a cama, onde me deitou carinhosamente e veio ao meu lado só de cueca e passou a me beijar, aquele beijo lascivo, gostoso, língua com língua, meus seios comprimido pelo seu tórax peludo. Seu pênis estava tão duro, que levantava a cueca empurrando o tecido. Ele ficou por cima, eu sentindo a pressão do torax peludo sobre meus seios, abri minhas pernas, ele entrou entre elas e senti o pênis dele forçando encostando na região vaginal, enquanto ele me beijava, depois passou a beijar meu pescoço, meu colo enquanto suas mãos massageavam meus seios, ele continuava lambendo meu pescoço, meus seios, a barriga e desceu pelas coxas e pernas. Veio subindo beijando tudo, até lamber-me os seios novamente. Ele os segurou e apertou com as mãos enquanto chupava os mamilos que estavam rígidos, dizendo: "que peito lindo, gostoso de chupar, macio". Minha respiração se acelerou, não consegui me conter a passei a gemer com as carícias que ele fazia.

Ele começou a tirar minha calcinha e para minha surpresa, eu não fiz nenhum gesto para impedi-lo, pelo contrário era como se aquilo fosse a coisa mais natural , seus dedos seguraram as laterais da minha calcinha e começaram a puxar para baixo, primeiro descobrindo os pêlos, depois os quadris que levantei ajudando. Nem acreditei, eu uma esposa dedicada e fiel, levantando os quadris para facilitar que um homem tirasse minha calcinha, e isso eu deitada numa cama, e um homem só de cuecas. A seguir minha calcinha passou pelas nádegas, até que ele tirou pelas pernas me deixando toda nua.

Eu a esposa fiel, deitada toda nua e nem senti vergonha com ele olhando e admirando meus seios, minha barriguinha, os pêlos vaginais, minhas coxas, pernas. Ele começou beijando minhas pernas, meus joelhos, minhas coxas, pouco a pouco foi afastando uma coxa da outra, com todo carinho, começou a lamber as laterais de minhas coxas até chegar aos lábios vaginais, a pele entre a vagina e o ânus fazendo eu gemer e estremecer, até que em certo momento abriu minhas pernas, arregaçando minha nádegas, falou “amor, que bucetinha linda amor, deixa eu chupar essa buceta gostosa”, mais que depressa respondi dizendo, "me chupa toda por favor, chupa minha bucetinha" ele colou sua boca para me chupar, senti aquela boca quente em contato com minha vagina, ele começou lambendo, senti a língua passando por todo rasgo da vagina e depois penetrando o orifício vaginal com sua língua. Era uma sensação estranha, tesão e medo, eu não parava de tremer e gemer. Nem meu marido me deu tanto prazer em todos esses anos, e para dizer a verdade, nunca me senti tão a vontade com meu marido como estava sentindo naquela hora, eu com as coxas toda aberta, com um homem enterrando sua cabeça mo meio das coxas, chupando toda minha vagina.

Um outro homem chupando aquela vagina que era só do meu marido. Uma onda de choque percorria meu corpo, não agüentei muito e disse que ia gozar. Ele dizia “goza amor, goza na minha boquinha, quero sentir o seu mel, vou chupar todo mel da sua buceta, goza amor”. Ele chupou com mais força e eu me entreguei, gozei gemendo, gritando, me estremecendo, meus quadris pulando sem controle, enquanto ele segurava firme minhas nádegas e coxas, para não deixar a língua escapar da minha vagina.

Gozei muito gostoso na boca de outro homem pela primeira vez. Nem com meu marido gozei tão violento e gostoso assim, aliás, meu marido nunca me fez gozar na boca dele. Eu fiquei tremendo, com a respiração ofegante.

Ele continuou chupando minha vagina que jorrava líquido do amor. Aquilo me acendeu novamente. Eu não agüentei mais, e pedi que ele me possuísse, nem acreditei que eu uma mulher casada, estava pedindo a um homem para me possuir, mas não estava agüentando mais não agüentava mais de tesão. Então, só aí ele tirou sua cueca libertando um pênis enorme, senti um estremecimento ao ver aquilo, ele segurou minhas pernas, abriu minhas coxas e se posicionou sobre mim e vagarosamente encostou seu pênis na entrada vaginal e foi pressionando, até que seu pênis começou a penetrar em minha vagina. Ele dizia, "amor, está sentindo meu pau entrando na sua buceta? Abre essa a bucetinha quentinha, abre ela para meu pau entrar até o saco". A minha tesão era muito grande, ao sentir seu pênis me penetrando firme, me abrindo, nem pensei em meu marido, nem na traição que estava cometendo ao receber uma pênis estranho em minha vagina, a vagina que pertencia somente ao meu marido até aquela data.

Eu estava sendo possuida por outro homem pela primeira vez na minha vida, sentindo um pênis dentro da minha bucetinha que só meu marido conhecia. E tudo isso sem camisinha, minha vagina sentindo o contato direto do penis. Ele meteu até o fundo e começou a mexer, eu sentia o saco dele batendo em minhas nádegas. Depois ele ia tirando tudo e voltava a penetrar de novo, me matando de tesão, eu não conseguia conter os gemidos de prazer. Ele estava com muito tesão também, pois gozou logo. Fiquei um pouco sem jeito, pois queria mais, queria que ele metesse mais acabando com meu tesão. Ele deitou do meu lado e eu não sabia o que fazer; afinal eu era uma iniciante, nunca me aconteceu uma coisa assim.

Fiquei pensando na loucura que tinha feito, mas agora já estava feito. Virei para ele, passei a mão pelo peito cabeludo e desci até o pênis. Estava semi mole. Agarrei, apertei, mexi no saco. Olhava aquele pênis que me penetrou, todo melado com meu líquido e seu esperma, aquele pênis que tinha me comido, todo liso, escorregadio, brilhando de esperma misturado com meus líquidos vaginais. Ele começou a dar sinais de vida. Apertei novamente e fui com a boca em direção a ele, engolindo aquele pênis todo lambuzado, coisa que nunca tinha feito com meu marido, imagine chupar um pênis todo lambuzado. E isso por ser a primeira vez me dava mais tesão ainda, eu segurava o pênis dele, lambia toda extensão, depois colocava na boca e engolia até onde conseguia.

Lambi a cabeça toda melada com uma mistura de meus sucos com o esperma dele, lambi o pau ao longo de seu comprimento e só aí pude ver que aquele penis era bem maior que do meu marido, e fui até o saco. Lambia todo aquele pau, voltava na cabeça e colocava a cabeçona na boca e dava uma chupada forte. Logo ele ficou duro. Ai passei a chupar com vontade, com força. Metia na boca, passava a língua, chupei muito, como jamais tinha feito com meu marido.

Quando senti bem no ponto eu parei de chupar, fui por cima cavalgando e sentei em cima dele. Segurando o pênis com a mão, encostei a glande na entrada enquanto ele dizia "senta no meu pau amor, faz sua buceta engolir meu pau". Devido a posição, enquanto eu tentava encaixar o pênis na entrada vaginal, vi que escorreu esperma de dentro de mim molhando o pênis dele e deixei meu corpo ir caindo, foi entrando, entrando até que entrou tudo, não agüentei e passei a gemer. Passei a subir e descer como uma louca. Que delícia sentir aquele pau entrando em mim. Ele dizia "cavalga meu pau amor, cavalga, engole ele com sua bucetona". Assumi o controle. Fiquei cavalgando até que não agüentei mais de tesão, e quando senti que iria gozar, mexi forte e rápido ele não agüentou aquilo e gozou lançando jatos de esperma dentro de mim se contraindo eu falei, "já vem, vou gozar, vou gozar, estou gozandoooo" gemendo enquanto eu explodia num gozo sem igual, não conseguia me conter, eu urrava, gemia, me estremecia. Não acreditava, eu uma mulher casada, cavalgando, gemendo, sobre um homem, até fazê-lo gozar dentro de mim, não dava mesmo para acreditar.

Ai fui eu quem caiu de lado exausta de cansaço, estava exausta, mas levantei e fui tomar banho, ao chegar em frente ao banheiro vi o esperma escorrendo da buceta para minhas coxas. Ao voltar, ele estava deitado na cama, eu pedi que ele fosse para o apartamento dele, pois me veio um resquício de culpa e vergonha.

Ao ficar só na cama, me veio uma pequena sensação de culpa ao sentir o esperma dele ainda escorrendo da minha vagina, mas a sensação de satisfação era maior. Na manhã seguinte, ao ver a mancha no lençol, eu estava com um duplo sentimento. Saciada e com culpa. Evitei falar muito com ele durante o dia. Mas ao final voltamos juntos para o hotel. Cada um disfarçando, mas estavamos com muito tesão. Na volta do curso, paramos no restaurante para jantar um prato leve, depois, no elevador eu disse a ele que iria tomar um banho e que se ele quisesse poderia vir ao meu apartamento, dentro de meia hora.

Assim que tomei meu banho e já fiquei só enrolada no roupão, não vi motivo para me vestir, afinal ele já conhecia meu corpo todo. Liguei ao meu marido, para evitar que ele ligasse em momento indevido, ao ouvir a voz dele, quase desisto de receber meu novo amigo, depois de falar com ele, antes que pudesse pensar em desistir ouvi batidas na porta. Era ele, e assim que entrou, me tomou pelos braços como se fosse a coisa mais natural, com isso perdi toda vontade de parar com aquela loucura.

Ele tirou meu roupão e se despiu jogando as peças da sua roupa no chão, foi bem diferente da noite anterior, era como se cada um quisesse aproveitar cada momento cada minuto e por isso nos despimos logo. Ficamos em pé, pelados, fomos nos aproximando, para minha surpresa, eu não senti nenhuma vergonha de estar toda nua, vendo meu parceiro pelado em minha frente se aproximando de mim, com o pênis duro, fomos nos aproximando até que acabamos nos abraçando. Como era gostoso, sentir a pele de outro diretamente na pele da gente. O pênis dele encostado aos meus pêlos vaginais, meus seios comprimindo seu torax. Ficamos assim, abraçados, o pênis rígido dele encostado em meu estômago, enquanto nossas línguas travavam uma batalha, até que ele me levou para a cama, e caímos na cama abraçados e beijando, até que ele foi beijando todo meu corpo dizendo "abre essa buceta amor, agora vou chupar sua buceta", se virou para chupar minha bucetinha, e passou as pernas uma em cada lado da minha cabeça dizendo "chupa meu pau amor, chupa", e vi diante de mim, um pênis duro e comprido, enquanto gemia de prazer com a língua dele na minha buceta, peguei aquele pênis que balançava em minha frente e comecei a beijar até que coloquei na boca e começamos um 69 maravilhoso, não podia acreditar, eu uma mulher casada deitada nua com um homem em cima de mim chupando minha vagina enquanto eu estava com metade do pênis dele enterrado em minha boca, até que cada um acabou gozando na boca do outro. Eu engoli toda esperma que jorrava daquele pênis, coisa que também eu fazia pela primeira vez. Já tinha ouvido falar em 69, mas meu marido nunca fez isso e nunca ele tinha gozado em minha boca, nem sabia qual era o gosto de esperma. Estranho o fato de uma esposa só vir a conhecer o gosto de esperma com outro homem. Fizemos amor a noite toda, quando ficávamos exaustos, dormíamos abraçadinhos e ao acordar daí a algum tempo, começava de novo, até os dois gozarem de novo e dormir abraçadinhos e ele acabou dormindo, abraçado comigo até de manhã como marido e mulher e não sentia mais nenhum remorso em fazer isso.

A noite seguinte, foi outra noite de sexo intenso, já era tão natural que não foi preciso dizer nada, no elevador só dissemos até já, e logo ele bateu na minha porta. Já havia tanta intimidade entre nós que cada um falava de tudo, ele "dizia abre essa buceta deliciosa amor, que buceta apertadinha, vou comer seu cuzinho" e eu também pela primeira vez na vida dizia livremente "me come toda, mete esse pauzão na minha buceta, goza na minha boca que quero tomar toda sua porra, enche minha buceta com sua porra" palavras que jamais achei que um dia eu diria. E quando ele estava me possuindo de quatro, tirou o pênis de dentro da buceta e começou a introduzir seu pênis em meu cuzinho virgem, senti dor e tesão ao mesmo tempo, até que foi introduzindo pouco a pouco, eu gemendo de dor e tesão, acho que eu sou muito apertadinha no cú, pois ao introduzir metade, com muito sacrifício, ele gozou dentro e nessa hora ele segurou meu quadril e puxou forte, enterrando todo pênis de uma vez, provocando um grito de dor e tesão da minha garganta, me fazendo gozar também com o pênis entalado em meu cuzinho eu gritava de dor, de tesão e de gozo, depois fomos tomar um banho, eu com o cuzinho dolorido. Nós dois estávamos com muita fome de sexo.

Fizemos amor, a noite toda depois ele dormiu comigo de novo, nós dois pelados e abraçados, até de manhã e quando acordava de madrugada dava outra metidinha. Ao final passamos a semana fodendo todas as noites, já sem inibições, fizemos 69 até um gozar na boca de outro e em todas as posições, com ele por cima, eu por cima, de ladinho. Foram fodas gostosas. Todas as noites dormi com a bucetinha cheia de esperma, e de manhã sempre tinha uma mancha no lençol. Para uma iniciante até que foi demais. O melhor foi a noite de sábado para domingo, ficamos trepando a noite toda, só acordamos as 9:30h, fomos correndo tomar café antes que recolhessem. Durante o dia de domingo, só saimos na hora do almoço para que a camareira limpasse o quarto, depois ficamos trancados nós dois pelados na cama. Fizemos coisas inacreditáveis, como por exemplo, eu ligar ao meu marido estando nós dois pelados na cama, ele beijando meu corpo e me chupando enquanto eu falava com meu marido, eu dizendo que sentia a falta dele e que o amava muito e que não via a hora de voltar, eu tinha de fazer força para não gemer, pois meu chefe estava chupado minha bucetinha me dando um prazer indescritível, quando eu ia mandar um beijinho de despedida ao meu marido, ele colocou seu pênis diante do telefone, e eu beijei a cabeça do pênis sonoramente, e meu marido sem perceber nada. Se ele soubesse que aquele barulho era do meu beijo na cabeça do pênis do meu amigo, nem sei qual seria sua reação. Ele também ligou para a esposa dele, com nós dois pelados, ele dizendo que a amava, enquanto eu estava com o pênis dele dentro da boca e quando ele ia mandar o beijo de despedida, coloquei meu seio junto ao telefone, e ele deu um sonoro beijo no meu mamilo, e a esposa dele toda feliz sem nem imaginar como saiu aquele som do beijo. Retornei na outra quarta-feira a noite depois do curso.

Meu marido me esperava no portão de desembarque do aeroporto. Me abraçou, deu um beijinho que comparado com o do meu amigo, foi tão sem graça, e perguntou-me como foi o curso. Respondi que foi útil com novos conhecimentos que teria de usar agora e que seria util no meu dia a dia. Fomos para casa e a noite, apesar do meu cansaço, tive de fazer amor com ele, afinal foram mais de 1 semana sem sexo para ele, eu por meu lado, já estava muuuuuuito satisfeita, até demais, afinal fora as 2 primeiras noites, depois foram todas as noites de sexo direto.

Tive de fazer de conta que eu também sentia falta de sexo como ele, mas na verdade, eu mesma não fazia nenhuma questão de fazer amor com meu marido.

Pude sentir como é diferente fazer amor com o próprio marido. A começar pelo tamanho do pênis, que antes me parecia de bom tamanho, agora que conheci e muito bem, o do meu amigo, diante dele, o do meu marido parece tão menor.

Também o corpo do meu marido que antes eu idolatrava, se comparado com aquele corpo todo peludo do meu amigo..... só de sentir aqueles pêlos contra meus seios, minhas coxas, minhas costas, minha bundinha, já me dava tanto tesão.

Foi aquela rotina, primeiro ele colocando uma camisinha para evitar a gravidez, tive até de mergulhar o rosto no travesseiro e ficar de bruços, para ele não ver o sorriso nos meus lábios, pois era muito engraçado, depois de passar a semana toda fazendo amor sem camisinha, agora o próprio marido colocando uma camisinha!

Se ele soubesse que minha vagina já teve mais horas de contato direto de um pênis estranho, direto pele com pele sem camisinha que o pênis do marido, e que sua esposa passou todas as noites da semana, recebendo jatos de esperma direto dentro da vagina, inundando o útero, e isso várias vezes por noite, e que enquanto ela dormia ficava escorrendo esperma de outro homem, manchando o lençol, meu Deus, ele me mataria.

Já imaginou se a camareira um dia contasse ao meu marido, que todo dia de manhã, o lençol da cama de sua esposa estava melado de tanta porra que ficava escorrendo da bucetinha dela?

Meu marido, empurrou minhas coxas para os lado com suas pernas e já subiu em cima de mim, me penetrando com o pênis revestido pela camisinha até gozar na camisinha! É tão sem graça sentir o gozo com camisinha, diferente daquele jato quente que meu amigo lançava no fundo da vagina. Como é gostoso o contato de um pênis direto na vagina sem a camisinha, com a camisinha, fica tão lisinha e não vem aquele calor que queima por dentro.

Senti falta das carícias, dos beijos de língua, depois dos beijos no meu corpo todo, nos seios, coxas, vagina.

Senti falta das palavras que depois de ficar ouvindo por uma semana, se tornaram familiares para mim, como: "abre as coxas, arregaça sua buceta, quer dar seu cuzinho para mim, chupa meu pau, engole minha porra, tesuda, peituda, que bundão, que buceta gostosa, arregaça sua bucetona, engole meu pau", ou eu mesma dizendo sem nenhum constrangimento: "me chupa toda, que delícia de pauzão, goza na minha boca, chupa minha buceta, vou gozar, goza junto comigo, põe devagarzinho porque meu marido não come meu cú e não estou acostumada, goza na minha boca que vou engolir toda porra" e coisas assim que me davam tesão só de lembrar.

Aliás, eu tive de tomar muito cuidado, pois meu amigo me acostumou mal, eu já falava sem nenhum constrangimento, palavras como pau, porra, buceta, cuzinho, coisas que meu marido ficaria horrorizado se eu dissesse.

Meu marido fez tudo calado, só dava para ouvir sua respiração ofegante. Quando ele ia gozar, tive de me conter para não tirar o pênis de dentro, arrancar a camisinha e cair de boca para engolir aquela porra. Meu amigo ficava me possuindo por longo tempo, socando aquele pau enorme por vários minutos, castigando minha bucetinha, meu marido, ao contrário, depois de enfiar e tirar umas quatro vezes, já gozou. Eu que gozava várias vezes durante a noite com meu amigo, com meu marido, não cheguei a gozar nem uma vez, mas fiz de conta que gozei.

Eu tive de me policiar durante o ato, para não fazer nada do que aprendi com meu amigo, como o 69, ou eu subir nele, encaixar seu pênis em minha bucetinha e cavalgá-lo, pois se eu chupasse seu pênis depois de me possuir, aquele penis todo lambuzado de esperma pela camisinha, ele iria desconfiar.

Eu tinha até de tomar cuidado para não falar, "chupa minha buceta, me fode forte, me rasga toda, enfia todo esse pauzão na minha buceta, ou vou te chupar e quero que goze na minha boca, come meu cuzinho, goza na minha boca que vou engolir toda porra", coisas que no hotel, eram normais entre eu e meu amigo.

Se eu falasse isso, meu marido teria um ataque.

Amo meu marido, mas não me arrependo do que fiz, pois conheci novos limites do sexo.

Se por acaso, voce meu parceiro de curso ler este depoimento, me escreva por favor, fiquei sem contato com voce e estou com muita saudade, mande mensagem.

Comentários

18/03/2014 11:39:54
nossssssssa quero te dar parabéns pelo excelente conto que escreveu! (a primeira traição de uma esposa fiel) foi o melhor conto erótico que li na minha vida..sabe ao mesmo tempo que mexe com meus sentimentos, ...ja encontrou o amigo? se encontrou, pubblicou alguma nova historia..? um grande abraço. parabéns novamente, aguardo respostas! bibous100@hotmail.com
12/02/2014 09:16:20
DENTRE MAIS DE 75.000 CONTOS, ESTE É O DÉCIMO-QUARTO (14) MAIS COMENTADO DO SITE, COM 145 VOTOS. Bem escrito, merece a nota máxima!
18/12/2013 11:09:13
Quando era casada, achava que mulher que traia não prestava. Depois, ao virar GP, ao atender tantos homens casados que em casa dão só aquelas rapidinhas e fazem bom sexo com as prostitutas, mudei de ideia. As mulheres tem todo o direito de buscar satisfação, como neste excitante relato. E um curso em outra cidade é a melhor ocasião, ainda mais com um parceiro delicioso. Parabéns e beijocas.
21/09/2013 12:45:56
Como mulher, somos educadas para conhecer os limites e ficar longe deles, sob o risco de sermos tachadas de vadias, galinhas e outros termos pejorativos. Deve ter sido difícil ultrapassar essa barreira, mas, a recompensa é enorme. Adorei o conto, muito excitante. Parabéns!
16/09/2013 16:30:45
Muito bom e longo seu texto narrando sua primeira fiel traição.Seu chefe(amigo) a esta altura do campeonato já deve tê-la comido outras vezes. entendi que a autora do conto está perdendo o interesse por seu marido, o que não é certo, muito pouco recomendável. Não deixe a coisa pender para este lado. Abra o jogo com seu agora corno. Conte, faça e gostar de saber que você foi fiel na pica do outro.Ele gostará. Sentirá novamente mais tesão por você e a vida conjugalxesual voltará a sua normalidade. Ser um bom marido amado corno é ogrigação de todo esposo. Parabéns pelo conto. Nota 8
10/09/2013 20:32:25
Delicia seu conto amore, muito bom mesmo, da um olhadinha no meu www.sexlog.com.br/gozonela21 bjs...
07/09/2013 14:11:27
D+++, gata! Tive de tocar uma punheta lendo teu conto. Sou chegado em casadas e ainda mais um filé como vc. Se o cara não aparecer, esquece esse mala e dê uma chance prá este garotão. Beijo, beijo e beijo.
10/08/2013 15:19:59
Muito excitante!!
26/07/2013 12:57:45
Realmente espetacular. A parte do ¨nem eu acreditei, uma esposa fiel e recatada, erguendo os quadris para um homem tirar a minha calcinha¨, foi o ponto alto. Merece todo o sucesso!
27/06/2013 07:59:34
Toda mulher é puta sem exceções! Mulher casada que não faz sexo anal, não chupa a pistola do marido, não bebe a porra do maridão, não faz sexo oral por completo, na primeira oportunidade que tiver cai na "rola" de outro. Mulher gosta de putaria, de buceta castigada por um pintão grandão, sempre. Marido que não satisfaz a mulher por completo, vira corno, sempre. Marido tem que saber como satisfazer, se a mulher não se sente à vontade, o marido tem que ir com calma aos poucos para não causar traumas e depois virar corno. Mulher gosta de carinho, palavras de amor, por isso esta PUTINHA se entregou para outro. Puta! O seu amiguinho do curso só queria te fuder gostoso e esporrar, pois a esposa dele não deve fazer isto. Esqueça ele e procure outra "rola", sem ser a do corno do seu marido, porque pelo visto ele não aguenta te fuder goostoso. Talvez você deva ir aos poucos com o seu marido, invertendo o papel do homem. Proponha a ele chupá-lo e depois que o seu maridão acostumar, proponha a ele um 69 gostoso. Vai aos poucos, se quiser fazer com ele tudo que fez com o amiguinho no hotel. Se quiser entrar em contato comigo eu te ensino por email, telefone, msn, skype, google talk ou do jeito que quiser meu meu email é mineiro.sedutor.comedor@gmail.com. Quem quiser me escreva pois posso aconselhar sem custo nenhum. O conto é bom, mas me deixou uma dúvida: Tem um parágrafo que diz que o seu chefe está chupando a sua buceta? É o seu amigo de curso ou o seu chefe? Por isso minha nota é 6, com louvor.
27/06/2013 07:58:34
vcvcvcv
18/05/2013 10:47:44
Muito bom, adorei. A pouco, li um conto de outra esposa infiel e comentei que ¨Trair e coçar, é só começar¨. Acho que depois desta aventura excitante, outras tenham acontecido.
11/04/2013 12:04:56
Deliciosa historia dessa esposinha pulando a cerca pela primeira vez. Para estar no ranking, se não fosse os pseudos-moralistas e cretinos como ¨Colorado 2¨, que deu nota um, e seus comparsas repulsivos ¨danimetal¨ e ¨Garo Maroto¨, que deram nota dois.
01/04/2013 16:15:01
Muito bom a narrativa dessa escapada. Este com certeza, é um dos clássicos deste site.
28/03/2013 14:57:34
Gata, para mim foi ótimo conto, se foi verdade ou não, fica na imaginação de cada um, concordo com a maioria muito bom, descordo de poucos, principalmente quando comentam que em certa hora voce não sabia dizer se era seu chefe ou amigo que estava te chupando. Para inici de conevrsa não vem ao caso se era este ou aquele, como diz o Rei Roberto Carlos, "O importante é que emoções eu vivi" e é isto que basta para que tu tenhas tido novas experiencias. Lindas palavras de esposa conservadora e quando em nova fantasia solta palavras que devem sim tomar conta do momento entre quatro paredes, isto sim é que é sexo, e não ao fazemos com nossas esposas recatadas e puritanas, devemos sim soltar o verbo não só sexo é fuder sim. Sou casado e já tive várias experiencias fora do casamento, eis que um dia ela descobriu uma de minhas escapadas com uma jovem de uma cidade aqui próximo a Porto Alegre/RS, em Novo Hmaburgo, uma gata linda, virgem com 19 aninhos eu já com 38 anos foi um sonho deslambrante ter um envolvimento com moça de nome Rachel. No início foi algo de bastante respeito e na medida que fomos nos conhecendo fomos quebrando o gelo e as coisas começaram a acontecer de forma madura e sem limites, tanto é que uma praça (rotatória) perto de sua casa, a noite, eu estava com vontade de urinar, e falei para ela espera que tenho que mijar aqui mesmo estou quase estourando, e fiz no final ela estava olhando adimirada pois pasava vários carros, ficou mais perto, pegou meu pau sacudio mais um pouco e ajoelho-se e chupou ali mesmo enquanto passavam os carros e buzinavam e gritavam vai para casa puta chupa ele em outro lugar. Isto acretito que não aconteceria com um casal que não tenha a mente aberta e que somete faça sexo tipo papai e mamãe. Quando minha esposa ficou sabendo de minha traições quase nos separamos, depois com tempo não larguei minhas saidas mas fui mais cauteloso, os tempos passaram e eu sempre com minha esposa tinhamos sexo mais regrado então como eu tinha sido muito sacana pedi a ela que desse o troco para que ela se soltasse mais e que nossas relações fosse mais liberais, para meu espanto ela disse que já havia me dado o chifre, pedi a ela que me contasse como foi e que queria que acontecesse nonamente e podesse assistir, pois sempre sonhei em ver ela com outro,de preferencia um negro, grandalhão e bem dotado, para ver se ela iria aguantar toda a vara dele e ver o contraste dos dois, pois ela e pequena e branquinha, bucetinha linda, raspadinha e apertadinha, pra eu depois chupar o gozo dos dois e comer a buceta arrmabada. Sou de Porto Alegre/Rs se tiver algum casal com as mesas fantasias gostaria de contato pelo e-mail kakachupador@gmail.com aguardo contatos beijos e lambidas.
06/02/2013 11:48:31
Adorei o relato, muito excitante. Valeu a pena ler. Parabéns!
25/01/2013 09:07:41
Legal!! Mas perder contato do sósia do Tom Cruise é demais. Putz, era só anotar o fone em código.
15/01/2013 21:41:02
delicia
04/12/2012 14:13:22
Excelente conto! Nota 10!
25/10/2012 16:03:07
Show de conto, amiga. Sua história é meio parecida com a minha e me fez relembrar momentos de tensão e tesão na primeira vez que estive com um outro homem. Depois disso, fica fácil e acredito que contigo também tenha acontecido outras vezes. Adorei.
03/10/2012 08:41:26
Sobre o conto ser espetacular, todos já comentaram. Resta só a mensagem. A fila anda, esposinha. Já que não existe forma de contatar, que tal a segunda traição de uma ex-esposa fiel? Seria legal se fosse com um homus japanisis brasilienses erectus. Rss. Adorei, beijão!
01/10/2012 23:39:22
PUTZ, QUE DELICIA, LI ESTE CONTO DEZENAS DE VEZES, E CADA VEZ UMA BELA GOZADA, QUE TEZAO, ESPERO QUE TODOS QUE LEEM CONTOS DESTE NIVEL APRENDAO E MELHORAR OS SEUS, ESSE E UM DOS MEUS FAVORITOS, GUARDO COM CARINHO, PARABENS A EX ESPOSAFIEL, BEIJOS
28/09/2012 09:47:46
Ótimo conto e nossa, como tem comentários!
11/09/2012 01:57:02
muito bom!uma delicia de conto!
03/06/2012 20:20:33
homembom_ma@hotmail.com (99)9111-4391
03/06/2012 20:19:51
nao sou seu parceiro de curso mas adorei o seu relato e gostarioa muito de te conhecer melhor deliciosa mulher. homembom_ma@hotmail.com (99)9111-4391
05/07/2011 08:01:28
É brincadeira cara colega. Vamos ser putas, mas putas qualificadas. O seu conto é bom, tem centeúdo. Apenas é longo demais e vc no curso da escrita se atapalha, mostrando que na verdade é um leitor assíduo da Casa dos Contos e resolveu criar um factóide. Juntou pedaços de todos os contos que leu e fez o seu. Faça contato comigo. A casa tem meu endereço
15/06/2011 10:42:16
Toda mulher é puta sem exceções! Mulher casada que não faz sexo anal, não chupa a pistola do marido, não bebe a porra do maridão, não faz sexo oral por completo, na primeira oportunidade que tiver cai na "rola" de outro. Mulher gosta de putaria, de buceta castigada por um pintão grandão, sempre. Marido que não satisfaz a mulher por completo, vira corno, sempre. Marido tem que saber como satisfazer, se a mulher não se sente à vontade, o marido tem que ir com calma aos poucos para não causar traumas e depois virar corno. Mulher gosta de carinho, palavras de amor, por isso esta PUTINHA se entregou para outro. Puta! O seu amiguinho do curso só queria te fuder gostoso e esporrar, pois a esposa dele não deve fazer isto. Esqueça ele e procure outra "rola", sem ser a do corno do seu marido, porque pelo visto ele não aguenta te fuder goostoso. Talvez você deva ir aos poucos com o seu marido, invertendo o papel do homem. Proponha a ele chupá-lo e depois que o seu maridão acostumar, proponha a ele um 69 gostoso. Vai aos poucos, se quiser fazer com ele tudo que fez com o amiguinho no hotel. Se quiser entrar em contato comigo eu te ensino por email, telefone, msn, skype, google talk ou do jeito que quiser meu meu email é mineiro.sedutor.comedor@gmail.com. Quem quiser me escreva pois posso aconselhar sem custo nenhum. O conto é bom, mas me deixou uma dúvida: Tem um parágrafo que diz que o seu chefe está chupando a sua buceta? É o seu amigo de curso ou o seu chefe? Por isso minha nota é 6, com louvor.
23/04/2011 11:20:14
Adorei o seu conto gostaria de conhece-la me add fro29@hotmail.com
16/02/2011 17:29:29
ADOREI ESTE CONTO, DELÍCIA
16/02/2011 17:00:25
Maravilha de conto! Adorei.
23/11/2010 17:54:12
ficou um pouco garnde seu conto mais bem, detalhado muito bom mesmo, de por acaso de querer te um contato me envie, por e-mail.. fiquerei mto feliz em resp. bejos tesao.maluco@hotmail.com
17/11/2010 15:59:20
porra, ou tro conto longo pra cacete. isso cansa e tira o tesao. porra, escreve menos
07/11/2010 20:58:52
Show de bola! Adoraria muito receber o seu contato. e-mail:jfmf1000@hotmail.com
04/11/2010 19:40:48
Fantástico !!!! Gozei lendo ...
28/10/2010 18:01:48
Bela história, talvez por ser parecida com uma situação vivida por mim, apesar de não ter sido meu marido, o meu primeiro homem, mas depois de cinco anos de casada, uma oportunidade como esta, apareceu e eu, aconselhada por duas amigas confidentes, fui impulsionada a viver e nem nenhum sentido de culpa, ainda dou meus pulinhos
18/10/2010 21:48:20
Eu me identifico muito com essa história, eu também casei com o meu marido e só dei pra ele,também sou jovem (27 anos) e muito bonita, só que eu nunca o traí, mas de um tempo pra ká eu ando sentindo muito tesão e meu marido só pensa em dormir!, então passei a ter tesão em meu médico otorrino, e fico imaginando como seria dar pra ele!.
16/10/2010 08:45:59
Olá, historia boa, daria um conto de primeira, mais vc repete muito as palavras, mesmo assim ficou excitante, não entendi quanto vc disse que falava ao telefone com seu marido e seu chefe chupava sua bucetinha, vc estava com o amigo ou seu chefe? bjos.
15/10/2010 16:19:15
BELA REDACAO, BOM PORTUGUES, EXCELENTE TRANSMISSAO DO QUE ACONTECE ,MAS MUITO LONGO. PARECE UM LIVRO.
06/10/2010 23:46:39
Essa sim é uma verdadira colega de curso.Otimo conto
30/09/2010 17:25:19
Olá gostei da história, se quiser posso te ensinar outras coisa além das que vc já sabe! glaucus.msn@hotmail.com
28/09/2010 18:40:13
Vc é uma tremenda de uma vagabunda, gostosa, porra , gostaria de te conhecer, te lamber, te dizer um monte de sacanagem, fazer vc gozar, tanto com o pau no cuzinho, quanto na sua bucetinha, por favor me contacte que quero te conhecer, gostosa, jpá toquei vária punhetas pensando em você, quero ver vc chupando o meu pau até gozar na sua cara, gostosa. silvajrfelipe@hotmail.com. br e silvajrfelipe@hotmail.com. Beijos
28/09/2010 00:56:08
adorei, muito bom mesmo, vc foi perfeita gosou muito, mm add ; edu.carlos.eduardo@hotmail.com, gostaria de ser add por vc gata linda, bjos
27/09/2010 18:54:09
Você deve ser muito gostoza mesmo, me masturbei e gozei duas vezes durante a leitura, deu para imaginar direitinho tudo. Tive ciumes de teu amante. Mas se vc ama teu marido, se abra com ele, planeje um programa diferente, vão à um motel, apimente o relacionamento. Se não funcionar, se mesmo assim teu marido continuar conservador, procure outro amante. Nada me dá mais tesão que uma fêmea gostosa engolindo meu cacete melado com seus liquidos vaginais, me fazendo gozar em sua boca. Adoro chpar uma bucetinha e um cuzinho, lambuzar bem com minha saliva e depois entrar sem serimonia, fazendo a gata ter multiplos orgasmos. DEZ
27/09/2010 01:55:18
Uma coisa é certa, marido tem que fazer direito! Na cama a muher tem que ser PUTA! Gostei da sua estória, mas fica a pergunta: amigo ou chefe?
24/09/2010 09:39:39
TEMOS ALGO EM COMUM... ALÉM DOS PERFIS RS. VEM LER DOIS CONTOS MEUS QUE FALAM DE TRAICAO E VAI ENTEDER O QUE TO FALANDO. BJOCAS
15/09/2010 14:29:30
oi, tbm sou casada, mas nunca trai meu marido, ele me faz gozar todas as noites, mesmo quando não quero, acho que faz só para me ver cansada, mas de uns dias para cá ele esta meio estranho, tenho medo que me traia e se apaixone por outra, adoraria que ele saisse com uma mulher como vc, pois sei que não teria problemas futuros, tambem moramos no interior e se tiver interesse, acredite, estaria me ajudando, n]ao é bem isso que quero mas prefiro saber com quem ele faz sexo do que ser traida e depois largada, me escreve se estiver interessada. marciaarruda30@yahoo.com.br
SU
01/09/2010 12:50:05
Outra coisa, menina: no começo do conto voce diz que uma das razões para escrever o conto é para o seu 'amigo' ler e procurar voce, pois voce rasgou telefones, etc. No fim, fala que ele é seu CHEFE, e o chefe sempre saberia onde te encontrar e voce a ele. Isso é inconsistencia, prova que o conto não é real.
SU
01/09/2010 12:47:40
A Silvia Helena tem razão. O conto é bem imaginado mas muito mal narrado. Voce fala tantas vezes em seu marido, tipo 'já pensou eu uma mulher casada' meu marido isso, meu marido aquilo, que ficou muito chato. Se voce fizer uma revisão no conto, pode tirar metade do texto que não muda o conto. Mas no final, merece uma nota 6, pela enrolação. E voce perdeu uma chance de ouro de apimentar a transa com seu marido, poderia dizer a ele que nos dias que esteve no hotel assistiu toda noite o canal de filmes eroticos, e ficou com vontade de copiar. Heim?
28/08/2010 10:58:33
Muito bom e interessante, começa a ensinar o marido pedindo filmes eróticos e pedindo para repetir, assim ele não desconfia e você da uma chance a ele de se tornar um bom amante da esposa...
16/05/2010 03:14:44
Esposa Fiel amei sua Historia, gostaria de poder fazer parte da mesma quando vier a Belém do pará vc me procura que irei faze-lo o mesmo que ele fez,com certeza um pouco melhor porque vou chupar sua xaninha com creme de açai e cúpuasul e creme de leite.Pois desde do 17 anos só transo Mulher casada Hoje tenho 39 e estou a 4 anos transando uma mulher casada e o corno nunca desconfiou porque eu sei fazer essa adora dar o cúzinho chega até a implora para eu comer o cúzinha dela que é muito gostoso ela também adora beber leitinho vou fazer tudo isto com vc é algo mais ok gostosa,manda resposta bispo10_bm@hotmail.com,vou apagar esse teu fogo afinal e a minha especialidade pelo endereso eletronico já da para perceber quem eu suo ,Bombeiro Fogo.
16/05/2010 03:10:08
Esposa Fiel amei sua Historia, gostaria de poder fazer parte da mesma quando vier a Belém do pará vc me procura que irei faze-lo o mesmo que ele fez,com certeza um pouco melhor porque vou chupar sua xaninha com creme de açai e cúpuasul e creme de leite.Pois desde do 17 anos só transo Mulher casada Hoje tenho 39 e estou a 4 anos transando uma mulher casada e o corno nunca desconfiou porque eu sei fazer essa adora dar o cúzinho chega até a implora para eu comer o cúzinha dela que é muito gostoso ela também adora beber leitinho vou fazer tudo isto com vc é algo mais ok gostosa,manda resposta bispo10_bm@hotmail.com,vou apagar esse teu fogo afinal e a minha especialidade pelo endereso eletronico já da para perceber quem eu suo ,Bombeiro Fogo.
09/05/2010 20:19:59
D+++++++++++++++++++++++++. MUITO BOMMMMMMMMM
04/05/2010 18:11:35
Ainda dou os parabéns pela forma como você encarou sua realidade pós-curso, a vivência com seu marido, gostei. Confirmo meu e-mail para poder ainda fazer a você novas perguntas, com esperança de respostas, até breve. Balacal@hotmail.com
04/05/2010 18:08:36
MARAVILHOSO, muito bem escrito e bem detalhado, PARABÉNS...deixo aqui meu contatro...tenho tantas perguntas para lhe fazer, se puder responder algumas agradeço...balacal@hotmail.com.
04/05/2010 09:58:48
Fiquei com tesão por vc. Me procure quando vir a Brasília. bras-to@hotmail.com
29/04/2010 14:33:54
Moreno casado são jose dos campos minha esposa é parecida com vc. Nunca viu outro homem Nu.. Com uma diferença: Tem total liberdade para isso... Caso queira conversar professor45sjc@bol.com.br
29/04/2010 14:32:40
Casado São José dos Campos Li seu conto,e adorei.....Minha esposa tb é como voce, casou virgem, e até hoje NUNCA viu outro homem nu....Com uma diferença: Dou liberdade a ela para isso.... Se desejar falar a respeito: professor45sjc@bol.com.br
28/04/2010 20:28:54
Noossaaaa, q delicia! Leia o meu conto, "Seduzindo minha cliente", postado no dia 30/01/10. Se quiser me add riccardocasanova@hotmail.com Bjs tesão
28/04/2010 16:15:52
ADOREI SEU CONTO FOI MUITO EXCITANTE LER ADORIA SE VC ME ESCREVESSE ELTON-25@HOTMAIL.COM
28/04/2010 16:15:01
VC E UMA PROFISSIONAL DO SEXO MUITO TARADA ADOREI SEU CONTO ME ESCREVA ELTON-25@HOTMAIL.COM
26/04/2010 18:51:12
Parabéns. Uma verdadeira fêmea, com disposição, desejos e vontades. Mulher assim sempre acha quem a satisfaça. Tomara que a sorte tenha feito o amigo/chefe aparecer. fellipe@sociologist.com
26/04/2010 00:37:20
amei seu conto amiga, tive um caso muito parecido com o seu
26/04/2010 00:36:46
adorei seu conto amiga, tive um caso bem parecido com o seu...
24/04/2010 21:34:35
o fodão de recife. essa historia ta muito mal contada mais mesmo assim medeu muito tesão
22/04/2010 23:06:26
Seu conto merece uma nota mil. Sonnho de todo homem casado, encontrar uma mulher igual a vc. Pela repercução das notas, vc pode observar o quanto maravilhoso foi. Parabens.
22/04/2010 19:15:26
Voltei aqui para reler esta delícia de conto sua PUTONA Fico com o caralhão super duro ao ler este conto. Esporrei muito e gostoso de novo só de ler! Seu marido tem mais é que tomar chifre mesmo pois não te come gostoso tem mais é que ver a esposinha gemendo na rola de outro!!! Vou te melar todinha de porra prá você voltar toda cheirando a uma macho prá casa e seu marido nem perceber. Vou socar minha rolona na sua bunda sem dó. Você vai ver! Quando puder me escreve personal.lover@pop.com.br. Me escreve que eu te passo o meu MSN e aí agente combina para eu te mostrar o tamanho do que será seu novo brinquedinho.
22/04/2010 19:00:45
Vc foi maravilhosa, se quiser um outro parceiro pode entrar em contato comigo ksadokrente_2007@hotmail.com, sou arabe residente no Brasil bauce.
22/04/2010 18:58:41
Vc fez muito bem e deveria fazer sempre, se quiser novo parceiro entre encontato ksadokrente_2007@hotmail.com, adorei, sou moreno, arabe, amante do sexo ya ahla ya habibit ente mara betjanin me add, bjos bauce.
21/04/2010 19:39:24
comigo acontece a mesma coisa. Hj quando li o seu conto eu me via escrevendo a minha historia, mas eu jamais deixarei o meu marido, e vc deixou o seu?
21/04/2010 11:32:08
que show vc e d++++++++++++++++ uma esposa que o marido nao se atualizou e outro foi la e pimba comeu gostoso !!!!!!vc deve ser muito gata adorei o conto pena que e enorme o curso como queria ta la!!!!!!!!!!!!
17/04/2010 11:00:51
QUERIA TE CONHECER SAFADA POIS NA CAMA ADORO DAR TAPAS E XINGAR SABIA! MORO EM SALVADOR BAHIA
15/04/2010 11:06:03
Isso já aconteceu comigo em um dos Congressos que participo, uma vez por anos. VocÇe realmente só fez isso pois o seu marido nunca te deixou excitada como vc deveria ficar. Quando vocês namoravam ele deveria te lamber toda, a sua nuca, o seu peitinho, meter uns dois dedos dentro da sua calcinha, tirar a sua calcinha com a boca, duvido que vc não daria essa bucetinha, pelo menos voc saberia gozar com uma boa linguada ou mesmo dar o seu cuzinho. Ele na realidade não soube de tevar as nuvens, por isso vc o sacaneou, isso msmo, se não gosta dele ou nunca te deixou muito excitada, voce deveria largar ele e procurar um homem de verdade que te deixasse vc se sentir realmente mulher. Se ainda esta com ele, peça a ele para te laber todoa, peça para chupar o seu pau, peça para ele meter um dedinho no seu cuzinho, vá a uma loja de shoping sexy e compre um pau mé, faça essa surpresa para ele, peça para ele meter um pau no seu cuzinho e peça para coçocar o seu pau na sua bucetinha. voc irá aorar, peça para ele chupar o seu peitinho, peça para ele te chamar de vadia, puta vc irá adorar ele meter o pau em vc e te chingsr. Depois troque, coloque um pau na sua bucetinha e o do seu marido no seu cuzinho, tenho certesza que vc irá se sentir realmente mulher. Estou querendo te conhecer e te dar muita atenção, me escreva ou ligue, vc vai gostar de me conhecer, vou te deixar sentir muita feminina sem se vulgar. O que vc fez qualquer mulher insatisfeita com o seu macho, fará sempre, é so´conhecer o homem certo, muitas das vezes ele está do seu lado ou atraz desse computador. silvajrfelipe@uol.com.br. Vou adorar te conhecer e fazer vc se sentir realmente mulher, bem feminina. Geijos, te aguardo.
15/04/2010 10:53:21
Qaundo uma mulher não tem um verdadeiro macho em casa isso pode acontecer. Você deve ser muito gostosa, isso já aconteceu comigo em um dos Congressos que participo uma vez por ano. Voc~e na realidade achou um macho de verdade que te fêz se sentir realmente mulher. Fiquei de pau duro só de pensar eu fazendo tudo aquilo que você sempre quiz ouy seja ser comifa de toda forma, ser paparicada, amada nas momentos que uma mulher merece. Sei que vc foi muita safada em dar para outro homem, o melhor era ter se separada dele e ter tudo aqauilo que não consegui com o seu marido. Se gostou de ser lambida, chupada, peça ao seu marido, peça que coma o seu cuzinho, que goze dentro da sua boca, que compre um pauzão e enfie um na frente e outro atráz, vai adorar ver tudo prrenchido. Se vc quizer experimentar um homem verdadeiro, me escreva que eu te ferei se sentir realmente mulher. Quero te comer todinha, me ligue o meu e-mail é silvajrfelipe@hotmail.com. Vou adorar te encontrar, curtir uns momentos maravilhosos contigo, não vai se arrempender.
10/04/2010 10:18:41
Puta!!! Você é uma puta! É isto que todas vocês são !Corneou o seu marido direitinho! Se aparece uma oportunidade que não existe a menor possibilidade do marido ficar sabendo a mulherada trepa mesmo! Que delícia saber que você se libertou, pois não tem um macho dentro de casa. Vem pra mim, vem manda uma foto sua. Vou te mostrar algo que você não tem e que vai apagar com o seu fogo!! Vou fazer você sentir o meu cheiro de macho garanhão! Vou de por de quatro e você vai me chamar de LUNETA!!! Porque eu vou fazer você ver estrelas. Seu conto é muito bom, um pouco longo, porém bem descrito. Me deixou com uma grande vontade de te possuir por longas horas!!! Fazer você gozar 3 4 5 vezes direto com a minha picona na sua buceta e no seu rabinho! Tesão! meu email é personal.lover@pop.com.br. Me escreve e manda uma foto, quem sabe se os nossos destinos não se cruzam e se houver possibilidades vou te monstrar um gigante adormecido!
09/04/2010 16:12:39
PQP...quero le dizer que esse conto foi o melhor que já li em toda minha vida tanto pela a ortografia,quanto pela historia PARABÉNS,PARABÉNS MESMO!!
07/04/2010 20:48:14
GOSTEI MAIS É MUITO COMPRIDO, DA PREGUIÇA E SONO.
07/04/2010 15:20:16
delicia de conto, esta de parabens,palavras bem colocadas que nao tem como nao nos deixar excitados
04/04/2010 16:42:18
D+++++++++++++++++muito delicioso seu conto e seu amigo se encontrar ele peça para me add vampira_chupando@hotmail.com
04/04/2010 16:40:41
d++++++++++++++++++++++muito delicioso o conto e seu amigo tb se vc encontra-lo por favor peça pra ele me add vampira-chupando@hotmail.com
31/03/2010 23:07:11
Melhor conto do site. pena que não fiz o tal curso...
27/03/2010 17:53:26
Nossa que MA RA VI LHA de conto amiga! Fiquei molhadinha ao ler este relato. Adoro contos de mulheres casadas que procuram homens de verdade para satisfazerem. O que anda acontecendo com os maridos? Não estão dando conta do recado? Você está mais que certa em procurar a sua felicidade. Isto não significa que não o ame, somente que procura se satisfazer sexualmente pois em casa não consegue fazer. Adorei quando você escreveu: "Meu amigo ficava me possuindo por longo tempo, socando aquele pau enorme por vários minutos, castigando minha bucetinha, meu marido, ao contrário, depois de enfiar e tirar umas quatro vezes, já gozou. Eu que gozava várias vezes durante a noite com meu amigo, com meu marido, não cheguei a gozar nem uma vez, mas fiz de conta que gozei." Confesso que o meu maridinho a muito não me castiga e nem fica socando minha bucetinha por um bom tempo! Fico super excitada só de pensar em um pintão me socando. AI AI que delícia! Se quiser me contatctar meu email e MSN é: kelina.a.depravada@gmail.com Podemos trocar emails e se for o caso conversar um pouquinho no MSN pois gostaria de saber se pode me dar uma dicas para eu encontrar a minha felicidade. Parabéns pelo conto é ótimo!!!!
26/03/2010 07:50:52
Muito bom, porém um pouco cansativo pelo tamanho do texto e enfadonho pela repetição de idéias. Devia tomar um pouco de cuidado para que isso não se repita. Por exemplo: você repete exageradamente a idéia que isso ou aquilo é a primeira vez; trata muito de culpa da traição; que ficou nua pra outro pela primeira vez , e assim por diante. Apenas estas observações e o adendo de achar a história fantasiosa. O mais, tudo bem...
25/03/2010 09:32:01
exelente conto um dos melhores que li por aqui se for rela entao a noto teria queser 1000 ,ate porque e tudo que eu queria que viesse a acontecer com minha esposa dar uma pulada de cerca sem culpa so pelo prazer . acabei fantasiando ser ela nesta historia parabens
25/03/2010 01:35:42
Gostosa...sou personal trainer , sou bem cacetudo e dou aulas particulares para casadas. temos passado muito bem, sei la, mesmo nao querendo, me identifico muito com casadas. vcs sao atenciosas, sao cabeças na maioria das vezes e sao experientes, apesar das rotinas que vcs vivem . no mais deixo a sua disposiçao meu msn pra que agente se conheça da melhor forma possivel. te contarei todas as loucuras vividas com mulheres casasdas, no qual vc achara perfeito . sera um prazer te-la no meu msn: supergatocarinhoso@hotmail.com ahhhhh...tenho varios contos. BEIJOS!!
22/03/2010 21:28:15
Muito bom, mesmo considerando algumas coisas incoerentes. Mas nada que prejudique a boa leitura... (http://ana20sp.sites.uol.com.br)
20/03/2010 00:17:23
Conseguí, enfim viver uma relação com uma mulher casada...não foi lá tão espetacular como a do relato acima...mas existe a possibilidade de repetirmos a história.
20/03/2010 00:15:37
Quando lí o relato pela primeira vez ainda não havia vivido uma história com uma mulher casada...bem, há pouco tempo aconteceu mas...não foi tão espetacular como a do relato acima...com uma diferença: há possibilidade de repetirmos a história.
19/03/2010 13:28:59
Você escreve muito bem. Só não dá para acreditar em orgasmo na primeira relação anal, ainda mais com o relato de dor. Mas isso é sóum detalhe. Gostei do conto, tanto pela imaginação, quanto pela linguagem - muito bem dosada. Se o relato for verdadeiro, sugiro que você encontre meios de mostrar ao seu marido o que a satisfaz sexualmente. Experimente comprar um bom livro sobre o assunto para vocês lerem juntos. Sugiro "500 perguntas sobre sexo", do Dr. Nelson Vitielo e da jornalista Laura Miler.
19/03/2010 10:09:41
achei aventura d+ vc deve ser uma mulher muitointeressante meu email ; joaciofotografia@hotmail.com
18/03/2010 10:42:18
Olá casada hoje sou casada como vc e já tive várias experiências parecidas com a sua mto blom me fez lembrar de mim.
16/03/2010 23:29:18
Um conto muito interessante,excitante e bem sex,fazendo com que nós homens,comecemos a pensar em como tratar as nossas companheiras.Toda mulher quer ser bem FODIDA,CHUPADA e ACARICIADA POR UMA LINGUA BEM QUENTE E UMA PICA PULSANTE E DURA.Se vc mulher casada quiser conversar comigo,entre em contato através de meu email...mraxes@hotmail.com
15/03/2010 12:41:10
maravilha de conto, fiquei o tempo todo te imaginado sabia, e principalmente imagian ando a sua buceta sendo atolada com uma rola grande e depois ela toda esporrada e escorrendo porra pra fora da sua buceta... sabe o que adoro fazer com minha esposa, meto nela bem forte e bem gostoso e gozo bem forte dentro dela e depois sugo toda a porra da buceta dela e levo até sua boca e coloco tudo dentro daquela boquinha gostosa e ficamos nos beijando até metermos de novo ai sim meto no seu cuzinho bem gostoso.. até lotar aquela rabão gostoso de porra.... amei seu conto c quiser trocar uma idéia me adc no seu msn... oaj87@hotmail.com, adoraria convrsar com vc....
13/03/2010 16:24:25
Maravilhoso, você é linda gostosa e tesuda, tem mais é que aproveitar e dar pra outro macho bem gostoso. Se você fosse minha esposa eu a incentivaria muito a estar com outro macho e se fosse possível iria assistir tudo com muito tesão.
12/03/2010 22:49:24
me add casadagostostesuda@yahoo.com.br
12/03/2010 22:48:43
AMEI ADORO UMA SAFADEZA TAMBEM SOU CASADA ME ADD CASADAGOSTOSATESUDA@YAHOO.COM.BR
10/03/2010 09:44:54
Toda mulher é puta sem exceções! Mulher casada que não faz sexo anal, não chupa a pistola do marido, não bebe a porra do maridão, não faz sexo oral por completo, na primeira oportunidade que tiver cai na "rola" de outro. Mulher gosta de putaria, de buceta castigada por um pintão grandão, sempre. Marido que não satisfaz a mulher por completo, vira corno, sempre. Marido tem que saber como satisfazer, se a mulher não se sente à vontade, o marido tem que ir com calma aos poucos para não causar traumas e depois virar corno. Mulher gosta de carinho, palavras de amor, por isso esta PUTINHA se entregou para outro. Puta! O seu amiguinho do curso só queria te fuder gostoso e esporrar, pois a esposa dele não deve fazer isto. Esqueça ele e procure outra "rola", sem ser a do corno do seu marido, porque pelo visto ele não aguenta te fuder goostoso. Talvez você deva ir aos poucos com o seu marido, invertendo o papel do homem. Proponha a ele chupá-lo e depois que o seu maridão acostumar, proponha a ele um 69 gostoso. Vai aos poucos, se quiser fazer com ele tudo que fez com o amiguinho no hotel. Se quiser entrar em contato comigo eu te ensino por email, telefone, msn, skype, google talk ou do jeito que quiser meu meu email é mineiro.sedutor.comedor@gmail.com. Quem quiser me escreva pois posso aconselhar sem custo nenhum. O conto é bom, mas me deixou uma dúvida: Tem um parágrafo que diz que o seu chefe está chupando a sua buceta? É o seu amigo de curso ou o seu chefe? Por isso minha nota é 6, com louvor.
08/03/2010 12:11:50
13 de marco, encontro de casais em nossa casa de campo, em soro, vem niver da mika 011- 8567-5101 - marcelo e mika só casais, ligar antes e se cadastrar, FESTA FECHADA E PARTICULAR.
08/03/2010 12:10:26
13 de marco, encontro de casais em nossa casa de campo, em soro, vem niver da mika 011- 8567-5101 - marcelo e mika só casais, ligar antes e se cadastrar, FESTA FECHADA E PARTICULAR.
07/03/2010 00:25:18
Escritor... Se possível contato carlosphg@uol.com.br Abr.Escritor
07/03/2010 00:24:20
Escritor... Seu conto foi ótimo, desejo contato para alterado onde possa haver indentificação e com sua concordância, publicar em livro. Abraços...Escritor
06/03/2010 17:20:53
O bom de transar com mulheres casadas, é exatamente isso, depois da primeira vez vcs se transforma em verdadeiras PUTAS. Vc teve tanto valor para seu amigo, que hj ele nem te liga.... Parabéns pelo seu conto putinha...................
05/03/2010 11:00:25
Curso de costura muito sexo Tenho uma escola de costura em meu apt. no bairro do Paraiso- sp , ensino pessoas que quererm aprender ou se especializar em costura e moda, assim sendo tive o conto de um rapaz, ele se dizia casado e mostrou a foto de sua esposa, morena clara, baixa,cabelos curtos bem pretos, mignon, muito bonita e gostozinha, ela estava de shortinho jeans e topinho, bem gostosa mesmo, e quando ele mostrou a foto me disse: ela nao é gostosa?! Estranhei e ele me disse quer que ela venha fazer curso com vc? Quer ensinar ela a costurar? Quem sabe ela nao acaba dando para vc... e me explicou que quando eles transavam eles imaginavam outro cara comendo ela e ela gozava gratianto pedidindo outro pau na boca. Entao combinamos dela fazer o curso as quintas - feiras a noite, mas ela nao podia saber que eu saiba disso, tinha que parecer nada combinado, Na semana segunite ela veio, toda delicosa, de tubinho preto, iniciei a aula com ela e mais 3 alunos. de ven quando passava por traz dela e encoxava ela , sem ninguem perceber e vi que ela gostou, dei aula o tempo todo d epau duro, no final na hora de despedias dou um beijo no rosto de todas as alunas, ela me deu um selinho. Na segunda aula ela veio demina saia, passei a aula toda de pau duro, e pegava na mao dela discretameente e bem baixinho, disse a ela que estava delicosa, no final da aula, disse que queria falar com ela em aprticuar, para ela esperar, quando todso foram embora, eu agarrei ela, e dei um beijo na boca, ela corespondeu, mas relutou a dar para mim,dizendo que era casada e que nao traiaseu marido, entao eu puz o pau pra fora, e ofereci para ela, ai ela nao resistiu ao tamanho e pegando ela com as duas mãos disse: Caracas, que lindo! é muito maior que do meu marido, es eajoelhou e abocanhou, e ali mesmo no meio da sala me fez uma deliciosa chupeitinha e só nao deixou eu gozar na bocad ela, mas gozei nos petinhos e foi embora me beijando com gosto de pau na boca. No outro dia liguei para o marido dela, que em contou que deu um foda delicosa com ela, me contando que ela deu para ele quando chegou em casa feliz da vida porque havia conseguido seduzir o professor dela, e mamado na pica dele, e narrando tudo timtim por timtim, eles transaram e gozando bem gostoso. entao ele disse que da proxima vez ela iria dar pra mim com certeza e me perguntou se tinha como ele ficar escondido vendo, respondi que sim, mandei ele chegar bem mais cedo. na quinta, ele chegou as 17 horas, ja que a aula começa as 18, coloquei ele sentado na area se serviço e um movel escondendo ele e pedi apra nao fazer burulho. quando ela chegou, me deu um longo beijo na boca, e começamos a aula, e para mim a aula nao terminava nunca, ela estava de calça e jaqueta jeans, deliciosa. mais foi um tortura dar aula sabendo que ia comer aquele bucetinha sometne as 22 horas, por sorte nossa, um outra aula pediu apra sair mais cedo, porque naoestva muito bem, , liberei ela, e ja cai de boca na esposinha do meu amigo, começamos a nois beijar na sala de costura e perguntei para ela se queria ir para o quarto, pois eu estava louco apra comer ela, entao ela olhando bem nos meus olhos, me disse: Tenho medo, nunca trai meu marido, embora eu morro de vontade de dar para outro, e vc é uma delicia de macho, sou louca para provar esse cacetao dentro de mim, nao deixei ela terminar de falar peguei ela no colo e a levei pelas maos, para o quarto. Tirei suas roupas e deixei a porta aberta para o marido poder assistir tudo... ela se abri todinha apra mim, lambia aquela buetinha raspada, parecei de meininha nova, ela pediu apra eu coemr ela de camisinha e eu ja estava coma camisinha na mao, entao ela disse: Vem macho gostoso vem, to louca para dar para vc, vem, Meti gostoso, quando metia nela, olhei para a porta ele estava meio escondido batendo punheta na porta, meti gostoso e sempre a virava e mudava de posição, procura fazer de jeito que ela nao o visse e ele pudesse ter a melhor visão da esposa, levando meus 21 cm de pica, ela gemia gostoso e rebolava maravilhosamente, e eu perguntava : Ta gostoso dar para o seu prof.:? tá Ela respondia: Tá tá gostoso prof., tá, mete mais, come sua aluninha safada come, meti tudo mete, aí eu para provoccar, perrtuntei para ela, entre um vai e vem, Seu marido nem imagina que vc está aqui levando a pica do prof. de costura né. entao ela parou e pensou para responder: Nao, querido nao, o coitado nem imagina que a esposinha dele, tá se deliciando em outro pau, e riu, rsrsrsrs voltei a bombar na bucetinha dela, e colocando ela de quatro, metia bem devagar para o marido dela poder apreciar a entrda da minah pica, depois de gozar varias vezes e beijar muito aquela boca gostosa, nos deitamos para descançar, e ela entao assustada deu um pulo, e disse : que horassao, eu repsondi 22;10, ah que bom nao posso demorar muito senao ele pode desconfiar, vou ligar para ele, pegou o celular mas dava desligado, claro, né , nsenao ela descobriria que ele estava li no apt., rsrsrsrs enquanto ela foi tomar banho, eu coloquei ele para fora do apt. ele disse que ia esperar no carro e levaria ela para casa. quando ela saiu do banho eu mandei ela ligar d enovo para o marido, dando jeito de preocupado, ela ligou e disse: Oi meu amor, tudo bem, terminei a aula, hj a aula foi ótima, tenho novidades para vc, me espera que quando eu chegar em casa eu te conto tudo, ah é, vc está embaixo do predio me esperando? que bom, tá entao tod escendo. Me beijando bem gostoso na boca, disse: Tenho que descer, meu marido está la embaixo me esperando ele foi num clietne aqui perto e passou para me pegar . . . srsrs Ciao Prof. gostoso, quero mais aula particular viu ! ! ! e desceu o elevador fleiz da vida, no outro dia ele me ligou agradecendo o prazer que proporcionei aos dois, ele transanram muito quando chegaram em casa, entaopra ela, eu sou o enganado da historia, ela pensa que eu nao sei que ele sabe, mas na verdade é ela que nao sabe que eu sei que foi o marido que me deu ela de bandeija, rsrsrs. tem mais, continuei coemndo ela por um bom tmepo e com ele junto, mas isso eu conto depois... hbonzinho@bol.com.br
05/03/2010 09:03:37
29 de janeiro é meu aniversário rs... jutahy69@hotmail.com
05/03/2010 08:58:17
Você agora é uma puta maravilhosa, descobriu o quanto uma mulher pode ser feliz no sexo e deve aproveitar outras oportunidades que irão surgir, adoraria trocar idéias e experiências. Também sou casado e já vivi algumas, beijos por todo o corpo...
04/03/2010 18:10:44
sua experiencia certamente foi marcante. Parabens
02/03/2010 16:46:18
Bom nem tem muito o que dizer né, afinal olha só qts comentários recebeu, uma ótima "estória", conto excitante, nota 10, me add no msn marcelo_mrcl-@hotmail.com bjs
27/02/2010 18:31:03
Ótimo conto sua safadinha, gostaria de ter uma amiga assim como você, continue assim, corneando seu maridinho ele merece...
27/02/2010 10:20:52
Sempre sonhei fazer parte de uma história assim....ipsilonphoenix@hotmail.com
27/02/2010 10:18:43
Sempre quis viver uma história assim com uma mulher casada....ainda não viví... ipsilonphoenix@hotmail.com
26/02/2010 19:12:57
Nossa muito bom, gostei muito gozei varias vezes lendo seu conto manda mais me add no msn para nós bater um papo gostoso e quem sabe marcar sua próxima traição msn: juni1nhublackangel@hotmail.com
25/02/2010 15:46:11
muito bom me add pra gente bater um papo sacana bj oamantearrobahot@hotmail.com
25/02/2010 15:44:47
muito bom! me add pra gente bater um papo sacana bj oamantearrobahot@hotmail.com
25/02/2010 15:43:00
muito bom! me add pra gente bater um papo saca! oamantearrobahot@mail.com
25/02/2010 10:05:43
Maravilhoso, adoro ver uma esposinha santa virando um puta e descobrindo os prazeres disso. Se voltar ao Rio me avise.
24/02/2010 22:19:54
Eu gostaria muito que seu marido descobrisse, biscate!
24/02/2010 22:18:15
Eu gostaria muito que se marido descobrisse, biscate!
23/02/2010 17:05:30
parabens pelo conto , ne add gata andre.bellinati@hotmail.com
23/02/2010 17:04:42
parabens pelo conto , ne add gata andre.bellinati@hotmail.com
23/02/2010 15:37:31
Muito bom, eu e minha esposa tbm queremos realizar fantasias, ELa quer sair com outro bem Dotado, pois o meu so tem 14cm, quer ser bem fudida, vive falando isso pra mim, na hora do sexo.ELA quer um homem bem respeitoso, carinhoso, discreto, quer ser socada sem dó, e ela quer eu assistindo tudo, depois participando tbm.Obs:Somos do interior de São Paulo, nao Add a gente se morar longe, por favor!!!!Proximo..siljluis40@hotmail.com
21/02/2010 17:13:51
ola garota. adorei o seu conto. tambem sou casado e sonho de esplorar os limites do sexo com outro pessoa simplesmente devido o sexo com outra pessoa os limites sao infinitos. gostaria de manter a minha fidelidade com a minha esposa mas acho que nao vou resistir. gostaria que vc fosse uma amiga que eu podesse compartilhar esperiencias. este e o meu email. doug.boy@hotmail.co.uk espero por vc
21/02/2010 15:47:11
Que coisa boa saber que você finalmente, a partir desse momento, descobriu o que é viver. Sexo é vida, como dizem, e viver bem é fazer sexo muito bem, sem falsos pudores. Seja feliz !!! Viva! Ame! Faça muito sexo da maneira que gostar ! Seu agora amigo ... cristianoarmado@gmail.com
21/02/2010 15:46:16
Que coisa boa saber que você finalmente, a partir desse momento, descobriu o que é viver. Sexo é vida, como dizem, e viver bem é fazer sexo muito bem, sem falsos pudores. Seja feliz !!! Viva! Ame! Faça muito sexo da maneira que gostar ! Seu agora amigo ... cristianoarmado@gmail.com
21/02/2010 14:32:02
não sei se esse conto foi verdade, mas as vezes tenho vontade de " colocar o pezinho fora da cerca" rsrsrsrs! já tive oportunidade, só me falta coragem! bjs
21/02/2010 12:07:55
Adorei este conto, penso como voce, que nao procurou fora, aconteceu naturalmente, e pode vivenciar situacoes que nunca tinha vivido ate entao. O dificil e ver que em casa nao fugimos do tradicional papai e mamae, e depois que conhecemos outras formas de fazer amor, a vontade de continuar experimentando novas emocoes sempre vai estar presente na nossa cabeca. Se quiser trocar experiencias, conversar sobre este assunto, eu adoraria. Meu e-mail: ksado44sp@bol.com.br
21/02/2010 11:25:14
BOM DIA... MARAVILHOSO SEU RELATO, DIFICIL TER PALAVRAS DEPOIS DE TANTOS COMENTARIOS... MAS COM CERTEZA JÁ CONSEGUIU AQUI O RECORDE DE COMENTARIOS DE UM CONTO..NO MAS ESTE TEU GEITINHO DE MULHER SÉRIA,CASADA E DO INTERIOR JÁ É MUITO EXITANTE,,SERIA PREMATURO QUERER SER SEU AMIGO, MAS GOSTARIA IMENSAMENTE DE MANTER-MOS CONTATOS E UMA DELICIOSA CUMPLICIDADE, POIS ISSO TUDO QUE ACONTECEU COM VC ME EXITA E MUITO..NA VERDADE TODA MULHER TEM SEUS SONHOS EM QUATRO PAREDES, BOBA VC NUNCA FOI..PODE NAO TER FEITO NADA ALEM DO CASAMENTO E AINDA MORANDO NUMA CIDADE DO INTERIOR, ONDE A IMAGEM DE CASADA E SÉRIA SEMPRE É RESPEITADA.. MAS COM CERTEZA DEVIAS SEMPRE VIZITAR O DICIONARIO DO PRAZER (www.casadoscontos.com.br) E AQUI VC SE IMAGINAVA UM DIA REALMENTE SER TRATADA COMO FEMEA.. ASEDIADA,DESEJADA E BEM FUDIDA..NA VERDADE SE SENTIR UMA BOA PUTINHA.. MAS SE CC QUISER ME ADD NO MSN OU PASSE UM EMAIL, SERA MUITO PRAZEROSO PODER CONVERSAR COM VC.. BJINHOS.. carlos.calcado@hotmail.com SOBRE A NOTA NAO PUDE DÁ NOTA 10000000000000.. BJOS
20/02/2010 20:21:47
Olha é um conto nota de 0 a 10, 11 não sei muito o que te levou a fazer o que fez, se é real ou apenas uma fantasia com muitas das que li. A gora posso afirmar que não existe mulher mal amada, mas sim mulher mal comida. É certo que os comentários maldoso que recebeu sobre seu conto, são de homens que simplesmente se excitaram com sua Historia, mas pôr serem casados e talvez péssimos amantes vão critica-la como se fosse tal ato praticado pôr suas esposas. Parabéns...!!! tem outros contos seus publicados??? super beijo Rns. - boa_ideia@bol.com.br
20/02/2010 18:10:54
sua puta, se isso é verdade vagabunda pq não mete direito com seu marido, sua puta, se acha seu marido deve te locolar um par de chifre puta, vagabunda, se for verdade desejo que seu marido descubra e lhe de um surra de deixar marca puta, vai meter direito com marido vagabunda.
20/02/2010 17:23:58
Concordo com a Silvia Helena, mas acho que nada que uma revisão no texto não resolva, não mudo meu 10 por isso... E concordo mais com o Neko-kun, ridículo esse papo do povo ficar dizendo-se o cara! Será que acreditam que a autora vai escrever, aliás, sabem se é uma autora mesmo? Se o conto é verdadeiro?
19/02/2010 21:15:59
O conto é bem instigante. Muito bem escrito e excitante. O único problema imagino, é o risco que voce correu, ao transar com um desconhecido, sem proteção. É o máximo de irresponsabilidade, hoje em dia. Na verdade, é como se voce compartilhasse uma seringa entre o desconhecido, voce e seu ESPOSO, que nada sabe e confia na esposa. Espero que nada aconteça, mas seria interessante, um exame de HIV, até 6 meses depois da experiencia, pois o vírus pode ficar praticamente indetectável nesse período. Veja se na próxima experiencia, pelo menos deixe de lado o comportamento de matuta de interior(não interessam seus títulos e honrarias, se o seu comportamento é o descrito acima), e exija camisinha. Atenciosamente, um leitor
18/02/2010 15:10:42
vc é uma tremenda de uma puta vadia isso nao se faz ,traiçao é imperduavel ainda de vc tivesse dado sua buceta e seu cu para mim teria feito vc gozar mais vezez e eu ate perduaria sua traiçao entao vai sua puta vem chupar meu penis vem tranzar comigo que eu vou te fazer mulher e vc nunca mais va querer outro homem a nap ser eu alexramosnunes@gmail.com
18/02/2010 07:49:32
Parabéns, adorei simplesmente incrível e excitante. gozei muito na punheta.
17/02/2010 19:29:36
antes , parabéns.um ótimo conto.a despeito de tudo o que disseram de ruim.apenas faço a seguinte observação: depois de tudo que vc passou , me surpreende seu marido não perceber nada. Essas experiências são fortes demais e ficam visíveis até o último fio de cabelo .parabéns
16/02/2010 10:51:09
magnum.357_@hotmail.com
16/02/2010 10:49:20
ai safadinha, talvez seja culpa sua seu marido ser devagar na cama, por vc ser muito conservadora com ele, ele pode ficar receoso, em dar umas estrpoladas no sexo ou talvez por falta de experiencia dele que uma coisa que vc tem, e pode muito bem aos poucos passar para ele, algumas coisa que sei aprendi com minha esposa, mas ela sempre nega, mais estou pouco me lixando para o passado sexual dela, o que importa e agora, antes eu era conservador mais aprendi que mulher tem que ter SEU LADO SAFADO E DE UMA GRANDE PUTA, se nao for assim vira rotina, e o resultado e separação........
15/02/2010 11:10:21
identifico-me com seu relato menina, minha esposa começou assim, hj ela adora me colocar chifres e eu virei um grande corno, mas estou me acostumando e posso lhes dizer que apesar dos ciumes estou gostando. Um beijo a todos e se alguém quiser nos conhecer mande e-mail não queira me adicionar para bater papos no msn, apenas podemos trocar e-mails para depois nos conhecer pessoalmente a fim de sexo com a minha esposa. cornobroxa@hotmail.com
15/02/2010 11:03:45
Nota mil. minha esposa também era fiel igual a vc.
15/02/2010 01:38:05
Esse foi o primeiro conto que li e adorei contei pra muita jente. Quem é que nunca desejou passar pelo que você passou mais falta coragem...
14/02/2010 20:26:05
Li seu conto há uma semana. Na oportunidade não consegui postar comentário e nota - um problema que não identifiquei me impedia de enviar - e, hoje, revisitando o site deparei-me com você novamente. Erros, incoerências, há sim. Mas quando a história (não gosto da palavra estória) é boa, danem-se as incoerências e os erros. Aliás, sexo e amor não combinam com retidão, lógica, retórica... sexo, prazer e amor combinam com loucuras, arrebatamentos, quebras de regras, paradigmas, etiquetas (inclusive no escrever). Parabéns. Receba mais uma nota dez!
13/02/2010 13:54:50
excelente conto. Quero ser seu amigo tambem.
13/02/2010 11:41:41
Concordo com a maioria dos comentarios positivos. Foi um dos melhores contos que li aqui ate hoje. O autor devera estar felicissimo porque o conto teve suspense, amor, interesse, sexo em abundancia e issencialmente traiçao (mas quem nao gosta de dar uma facadinha no matrimonio). Assim nasceu um escritor. Parabens. Me adiciona: sevena@sapo.pt
12/02/2010 21:27:17
Realmente muito bem escrito, porém com algumas incoerências. Uma hora é o chefe, outra hora é um amigo. De qualquer maneira muito excitante.
11/02/2010 23:36:53
que delicia de conto safada heim!!
11/02/2010 23:35:55
rgreghe
11/02/2010 19:23:32
correção -concordo com o orik e digo mais:Se vc parar de frescura e fazer o que quer - chupar o pau melado do seu marido, tirar a camisinha - acho que vc vai se surpreender . ta na cara que o problema do seu casamento e falta de dialogo.mas o conto foi bom demais 10
11/02/2010 19:18:29
concordo com o orik e digo mais:Se vc parar de frescura e fazer o que quer - chupar o pau melado do seu marido, tirar a camisinha - acho que vc vai se surreender . ta na cara que o rbema do seu casamento e falta de dialogo.mas o conto foi bom demais 10
11/02/2010 19:18:17
Espetacular, pela primeira vez leio um conto duas vezes nota 1010101
09/02/2010 14:43:28
Conto muito bom!! Mas concordo plenamente no que o Orick falou!
09/02/2010 09:57:34
foda-se ....foda-se .... pela primeira vez li um conto digno de nota 10 . amiga ex esposa fiel foi do melhor que já li pena não te conhecer se por acaso quiser contactar com um portugues que adorou seu conto : paulojorgeff@hotmail.com
09/02/2010 08:52:57
Antes quero parabenizá-la. Conto espetacular, porém, vale salientar, que isso foi uma aventura, que ele tambem traiu sua esposa. Quero te dizer, que se passessem mais uma semana, iria virar rotina. O prazer já não seria o mesmo. Creio que vc deveria parar por aí com seu amigo, existem outros. Agora, quro te fazer uma pergunta: será que seu marido não a trai tambem e trata as parceiras da mesma forma que seu a migo te tratou? Quem sebe ele te trata na cama dessa maneira por que voce quis que fosse assim desde o início? Será que seu amigo/chefe, trata a esposa da mesma forma que te tratou? ... conto nota 10
09/02/2010 02:03:29
Caramba!! Gostaria que fosse com minha esposa um lance desses pois ela não diz mais sinto que se acontecesse isso com ela , ela ficaria mais quente na nossa cama.
07/02/2010 15:37:02
Poxa me identifiquei muito com voce... ainda nao sou casada, somente noiva... mas se quiser por que me identifiquei com voce leia meu conto... beijos..
07/02/2010 12:35:12
Adorei! tbm traio meu noivo quando viajo, mas só com homens bonitos e interessantes. Meu noivo é muito bom de cama, mas não resisto a uma boa cantada.É bom transar com um semi-desconhecido. Só uma resalva: sempre uso camisinha. Tome cuidado Garota. Ótimo conto. Parabéns.
07/02/2010 03:40:09
Minha Putíssima Esposa EX-Fiel, seu relato foi muito bem contado e bastante excitante....nota 10!!! Tua história vem de encontro ao que penso a respeito das mulheres: "TODA MULHER ADORA SE SENTIR OBSERVADA, DESEJADA...TODA MULHER ADORA RECEBER ELOGIOS E ATENÇÃO, PRINCIPALMENTE, DOS HOMENS...TODA MULHER ADORA SE EXIBIR, SE MOSTRAR, PARA AS PESSOAS, NATURALMENTE...E, POR FIM, TODA MULHER É UMA PUTA EM POTENCIAL, FALTANDO SOMENTE SER DESCOBERTA POR ALGUÉM OU, SIMPLESMENTE, SE DESCOBRIR!!!!" Falo e penso assim, da forma mais elogiosa que uma mulher pode merecer!!! Caso queira fazer ctt crb.rj2009@yahoo.com.br ....tanbém sou casado...!!!
06/02/2010 22:39:55
realmente é um conto excelente! soh tem aquele probleminha da autora as vezes confundir-se com o príncipe encantado que uma hora é um colega, outra hora eh o chefe... outra coisa, pra uma esposa puritana, ela virou puta bem rapidinho neh! vai ver é o efeito de uma boa foda! bom conto! adorei!
06/02/2010 12:09:30
Muito bom fiquei muito excitado, queria estar no lugar dele.
06/02/2010 11:45:06
Axei muito xata =X
05/02/2010 21:27:02
Nota 10, Parabens. Contos como este, deveriam ser uma constante aqui no site, que sirva de exemplo para os pretendem postar conteúdo com qualidade.
05/02/2010 15:06:38
Adoro uma casadinha safada, principalmente qdo elas descobrem seu lado safado comigo, rs... Adorei o conto. Passem no meu pra comentar, é bem interessante, acho que vão gostar. bjs e abs
05/02/2010 13:53:44
Linda sua istoria fora do casamento.Gostaria de ter sido teu amigo intimo,adoraria trocar e-mail com vc.dukrgs@gmail.com Bjos nesta buctinha sedenta por uma lingua...
05/02/2010 10:35:01
Parabéns! ótimo conto! Nota 1000.
05/02/2010 06:15:56
e eu aqui com o pau duro, tocando punheta. Mande uma foto pelada pra mim. Já sofri bastante lendo seu conto e tocando punheta. Quero uma foto sua.Beijos e chupada na buceta. juanpablo776@gmail.com
04/02/2010 21:54:28
parabens realmente um dos melhores, com uma ressalva deixou leitor na duvida se éra amigo,chefe ou colega, o proximo revise melhor mais nota 10
04/02/2010 12:25:49
seu conto foi o melhor que eu ja li aqui neste sait !!!! gibaferreira41.com
04/02/2010 04:06:56
Ótimo conto.. nota 10 , e para os babacas que ficam mandando emails isso é ridículo, parem com isso até parece que mesmo se ela acredita-se ela não iria notar a aparência.. se manca seus "merdas" ( perdoem pelo jeito.. ) e outra pessoas que mandam o msn achando que vão ter chances parem pra pensar o cara foi um cavalheiro não é porque ela dormiu com outro que vai dormi com vocês.. Poxa vamos respeitar o trabalho de uma mulher que teve a coragem de abrir sua vida conosco, então novamente vai meu apelo.. mulher não se pega meus amigos se conquista querem ter mulheres?? tratem-as bem.. não é porque vão mandar o e-mail que ela vai sair com vocês, assim estão encaixando-a no clichê de prostituta coisa que ela não é.. A todos que queiram falar algo de mim.. eu dou um garoto de 16 anos meu nome é Arthur e adorei o conto não irei negar, sei que sou jovem porem acho que tenho mais maturidade que muitos aqui presentes.. então por isto.. A Autora esta de parabéns..
03/02/2010 23:53:07
Delicia de conto
03/02/2010 23:23:09
amiga, sempre fui do tipo q mulher tem q ser dama na sociedade e puta na cama com 10 anos de casada meu marido primeiro e unico hmem da minha vida morro de curiosidade de experimentar outra pica,mas não tenho coragem,parabens pela experiencia sua nota é 10
02/02/2010 15:58:45
Em tempo: cu na tem acento e buceta é uma palavra que não existe no dicionário. Está claro que ele quis dizer boceta! O uso correto da escrita, valorizaria o texto e ajudaria que não tendo ido à escola, votam com a maioria. Para o ilustre desconhecido que a cada manifestação construtiva de minha parte, me escreve um e-mail sem endereço pra resposta, gostaria de pedir para que APAREÇA ou SUMA de uma vez. Mais uma vez, parabéns ao autor!
01/02/2010 18:46:25
A história é boa. Muito bem contada, mas temos que avaliar também o aspecto da ortografia e os aspectos lógicos. Existe inconsistência de dados. Uma hora é um colega, noutra é o CHEFE e em outra é um amigo... Acho que faltou revisão do texto. Parabéns! Está muito acima da média...
01/02/2010 16:59:52
Oie linda sou eu, entre em contato la falamos melhor, criei esse e-mail só pra vc minha linda!! carlos.jogador@hotmail.com
01/02/2010 00:44:37
um dos melhores contos que já li. Por outro lado surge aquela frase: Quem não dá a devida assitência abre espaço à concorrência. Maridos babacas, façam de suas mulheres na cama verdadeiras putanas, elas querem e amam quando encontram quem faça. Mulheres não tenham medo do prazer, não é crime ter prazer, estamos no século 21.....
31/01/2010 21:43:51
ISSO É LINDO
31/01/2010 15:15:09
E o sortudo do cara que te comeu, entrou em contato???? Te respondeu?????????
31/01/2010 11:41:53
O conto e a experiencia merecem ota 10. Estava aqui pensando... será q seu amigo tb faz um "sexo básico" na casa dele? Será q seu marido faz com outras o q deveria estar fazendo com vc? Na falta do amigo deveria de começar a se soltar um pouco em casa... acho q seu marido deveria achar normal uma mulher saudável ter certas vontades, curiosidades, fantasias... se vc não melhorar a situação em casa, vai ser ruim hein... como disse alguem, o ideal é ser séria apenas na rua.... rs.
31/01/2010 10:55:00
Belo conto com maravilhosa redação, coisa rara por aqui. Se for verdade, parabéns pela coragem de viver. Segue em frente, conheça outros homens, aproveite outras oportunidades, tente contar com a participação do marido, transe com outras mulheres, etc, etc, e verás que existem outros ainda melhores. sacval90@gmail.com
31/01/2010 08:05:04
OI, LINDA, SOU EU!!!!! Não sabia por que não se comunicava mais comigo: pensei em culpa, consciência pesada, essas coisas. Agora sei, estou feliz, que você me quer ali.matias@ig.com.br e estou te esperando a partir de agora. Temos que continuar, diferente de recomeçar. O que deu alegria e prazer não pode ser deixado de lado na vida curta como é. Vamos conversar com o maridão, ou ele se emenda ou aceita, que tal? Te amo, linda.
31/01/2010 04:20:50
Avise quando tiver outro curso de atualização, quero ser seu parceiro e o causador da sua segunda traição, ok??? ...Nota 10.
30/01/2010 09:29:14
Adorei a narrativa, empolgante. Nota 10
30/01/2010 09:22:08
oxente mulher afinal de contas tc e chifrar é só começar.add=edsonbarbosadf@hotmail.com..msn email.df
30/01/2010 09:19:25
zh5h9hg7
30/01/2010 07:45:31
Minha querida, és simplesmente o máximo. Adorei. Leia minhas aventuras e me escreva ou adicione: envolvente35@hotmail.com . Beijos.
30/01/2010 07:29:00
Dez dias trepando direto sem camisinha ou pílulas, deu sorte de não engravidar, e o maridão usando camisinha ainda, seria trágico se acontecesse. Muito bom conto, pela colocação dos fatos vê se que realmente ocorreu. Agora, tendo provado o veneno, queres continuar na sêca? No tradicional? No feijão com arroz? Conto nota MIIRRR!!
29/01/2010 21:58:55
ESPETACULAR so quando temos novas experiencias fora do casamento e que sabemos se estamos bem ou mal servidos, que sejas muito feliz, lembra que a mulher deve ser seria na rua e puta na cama nota 100
29/01/2010 21:27:12
Caramba,que relato ! foi otimo ler,vivo um dilema paresido;era bem casado,conhesi uma mulher boa de cama e,ñ pensei duas vezes,fui morar com ela. Mas como nem tudo é perfeito,bom na cama mas d resto é um disastre. O dia-dia é q maltrata! gaucho.fmello@gmail.com
29/01/2010 19:14:18
Excelente conto, me add no msn terra_serigy@hotmail.com
BG
29/01/2010 18:51:17
ôoooo mulher ! Vc quer me matar? Seu conto não tem nota que chegue, é SENSACIONAL !!!
29/01/2010 18:14:37
muinto bom !!!! entrar neste sait e ler contos assim como o seu vc mereceu ser feliz !!!! abraços
29/01/2010 17:41:02
Minha nota e para seu conto e para você.. E muito triste ser bem amada e mal comida.. Adoraria fazer parte da sua fantasia e sussurrar palavras doces em seu ouvido... me add.. jorge_dias2010@hotmail.com
29/01/2010 16:38:29
Não fui seu parceiro, mas gostaria SEINCERAMENTE de ser... vc foi ótima... já fiz isso e sei bem o que esta passando, me fez recordar várias coisas... se quizer me add para conversarmos.... soemsampa@bol.com.br ; nota 10 para teu conto !!
29/01/2010 16:31:25
SENSACIONAL !!!
29/01/2010 16:29:53
Simplesmente fantástico!! Amei. Não fui o sortudo, mas iria amar se vc me escrevesse: bahiano_32@hotmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.