Casa dos Contos Eróticos

Feed

Comi o cu da minha irmã

Autor: joe
Categoria: Heterossexual
Data: 28/01/2010 14:49:31
Nota 8.18
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi pessoal, eu me chamo, joe, o que vou relatar é a expressão da verdade!

Bem, eu e minha irmã, ela é mais velha tres anos, de certa forma, sempre tivemos um relacionamento meio incestuoso, pois ela tinha a mania de vez enquando, me abraçar por de tras e beijar meu pescoço, e dizia: "nossa, como meu irmãozinho ta lindo hoje!"eu ficava de páu duro na hóra! nessa época eu tinha 13 anos ela, 16, e nessa, eu ia pro banheiro e me masturbava, meu páu, ainda tinha aquela pele que cobre a cabeça, e quando ele ficava duro, doia! mas mesmo assim eu me masturbava, até gozar! eu esporrava sempre dentro da banheira, e depois ligava o chuveiro. O tempo foi passando, e ela sempre com mania de me dar beijos, quando me apresentava a amigas, sempre dizia: Olhe que irmão lindo que eu tenho!

isso me excitava! meu páu ja começava a ficar duro e, eu la ia me masturbar, as vezes no quarto, alias, dormia-mos no mesmo quarto. eu levava um chumaço de papél higiênico no quarto, e me masturbava enquanto ela dormia, e ensopava o papél higiênico de pòrra! Eu ja estava com 15 anos ela 18, quando meus páis mandaram eu dormir no sofá cama da sála.

Uma bela manhã quando acordei, de páu duro, mas sentia umas cosiguinhas na cabeça do páu, olhei e fiquei espantado! a cabeça tava toda pra fóra! o páu duro que nem pedra! a cabeça até brilhava, corri no banheiro, aproveitei tomei um banho e lavei bem o páu e a cabeça, eu tava tesudo! e começei a masturbar meu páu até esporrar gostoso! meu páu ja tava grande! uns 18cm por 6 de grossura, modéstia a parte um belo páu! Meu tio comprou uma casa no interior de são paulo, pra minha vó morar. Passaran-se quatro anos, eu 19 anos ( com um páu de 22,5cm por quase 8 de grossura!) minha irmã com 22 anos, ainda era virgem (naquela época!) Ai chegou as férias, e fômos passar no interior na casa de nossa avó, chegando la, um calor terrivel de interior, verão, eu fui tomar um banho, o banheiro ficava fóra da casa, e a porta não fechava, (a lingueta emperrou pra dentro) so encostada, eu estava pelado todo ensaboado e de páu duro! eu tava com tesão, minha irmã com 22 anos, era um arrazo, morena jambo, olhos verdes, belo corpo e uma bunda de deixar louco, derrepente, ela ábre a porta e me ve pelado, todo ensaboado e com aquele páu grande duro! ela se desculpou e fechou a porta. Bem, no dia seguinte de manhã, ela entro no quarto com duas xicaras de café com leite pra nos, é que tinha-mos combinado ir passear de bicicleta, eu estava pelado coberto só com um fino lençol, e ja de páu duro, por causa dela, no me virar para pegar a xicara, o páu estando duro, formou um belo de um circo, e ela viu e perguntou que é isso?

eu dei uma risadinha meio sem geito, ai ela falou, é tudo isso? eu respondi, é! ela, quero ver! eu ja louco de tesão, vislumbrando um futuro! pedi que ela trancasse a porta, feito isso, ela se sentou na beira da cama, e eu me descobri, e ela: nóooosssa! quando viu aquele pauzão duro! ai eu disse, pode pegar, não morde, ela passou o dedo em toda sua

estenção, e depois pegou ele todo! eu pus minha mão encima, na dela, e começei ensaiar uma masturbação, depois falei, só sua mão e pus a outra nas minha bólas, eu ensinei ela como fazia, e assim ela foi marturbando meu páu, só que ela estava debruçada muito perto do páu, eu nem percebi, pois estava nas nuvens! e como dizia, logo chuaaaa! aquele puta jato de pôrra tudo em seu belo rôsto e até na bôca!, ela riu e começou a se limpar e a ajudei. Depois ficamos conversando sobre séxo, ela falou que era virgem, ai eu disse a ela: sabe? mulher não é só a frente, o homém tambem come atras, ela, como atras, ai eu peguei o rôstinho lindo dela, dei-lhe um beijo no rôsto e falei no ouvido dela, a gente tambèm fode o cu da mulher! ela, é!!! nessa eu de páu duro de novo, mas não fizemos mais nada este dia, a não ser passear de bicicleta. Na manhã seguinte, eu ja tesudo, de páu duro ja esperava ela, que logo veio com as duas xicaras de café, e conversa vai, porta agora, sempre trancada, eu de pé com o páu duríssimo ela de pé bulinando o páu e as bólas, e eu passando a mão em sua bunda e têtas e que têtas! (eu tava com uma latinha de vaselina embaixo do travesseiro) ela, percebi, tava louca de tesão! então eu disse que queria ver sua bunda, ela, de que geito? eu disse, deita de bruços, que eu abaixo a calça de seu pijama, ela se deidou mostrando aquela bela bunda! sentei na beira da cama, fui puchando seu calção do pijaminha junto com a calçinha até bem abaixo de sua bunda, eu tava louco! ai disse em seu ouvido: posso te beijar, ela pode! eu: só que não é beijo de irmãozinho na irmanzinha pode ser? ela, ok. deiteime, pus ela encima de mim, peguei aquele rôsto lindo com aquela bôca vermelha e sensual com lábios carnudos, beijeia que nem louco, pus minha língua em seus lábios, ela entendeu e abriu a bôca es as duas línguas se enroscaram num beijo louco! ai, peguei em baixo do travesseiro a latinha de vaselina, abri enquanto beijava ela, ja louca de tesão, peguei um bocaco, começei untar seu cuzinho, ela começou a gemer, fui, fui, até que enfiei o dedo no cuzinho dela e fiquei um pouco mechendo ele, quando falei em seu ouvido com a bôca colada: Fique de quatro na beira da cma, ela se virou, nem perguntou o que eu iria fazer, ficou de quatro, eu pedi pra baixar bem a cabeça, pra bunda ficar bem empinada, passei um pouco de veselina na cabeça do meu páu, acertei a cabeça bem no olhinho de seu cuzinho, com as duas mãos em suas ancas, dei um puchão forte! ela gritou! eu falei, fica quietiha que ja foi! enterrei o páu todo, e fui fodendo o cu dela, que delícia! bombei, bombei até que chuaaaaa!! enchi o cu dela de pôrra! ela choramingando que estava doendo muito! mandei ela se deitar de bruços pra mim ver, nóoossa! pensei, arrebentei todas as prégas do cuzinho dela! mandei ela ficar deitada, me arrumei, fui até o armarinho do banheiro, peguei o mercurio cromo e um chumaço de algodão, voltei pro quarto, limpei bem o cuzinho dela, depois passei bastante mercurio! o cuzinho dela estava sangrando! ela ficou mais de uma semana com o cuzinho doendo!

Bem, voltamos a são paulo, cado um em sua rotina. tem muito mais, entre eu e minha querida irmanzinha, que é minha paixão! até la.

Comentários

24/02/2014 00:07:06
É incrível como nesses contos só tem cara do pauzão, esse tem 22,5 x8,00, o cara tinha uma latinha de vaselina embaixo do travesseiro.tremendo mentiroso 22,5 é o pau do cara que come seu cú seu viado.
21/05/2012 07:24:40
É, meus caros, já passou da hora de se escrever um manual com as técnicas certas para uma boa comida de rabo. O primeiro capítulo serão as preliminares, que devem incluir sempre uma bela lambida, uma chupada gostosa no cu, introduzindo a língua, com calma, depois os dedos, deixando a sobremesa completa, com o pau entrando bem devagar e com o rabinho dela totalmente laceado e umedecido. Aí sim, essa foda deixa de ser dolorida para se transformar em um verdadeiro néctar dos deuses....
27/01/2012 12:14:32
Caramba, meu! Não pode foder um cu dessa forma e principalmente sendo um cu virgem. É preciso muita calma e usa um lubrificante adequado. Vaselina não é indicado por ser feita a base de petroleo. Gel lubrificante funciona muito melhor e nao é ofensivo. O conto foi legal, mas vc podia ter chupado o cu dela antes de foder.
16/08/2011 15:44:05
Adorei o conto, Joe. Concordo com as opiniões que sendo vc bem dotado e a irmã ainda virgem, deveria ir bem devagar e com muito carinho. Mas isso só o tempo e a experiência ensina. Minha primeira vez atrás também foi complicada, conforme relatei. E foi com meu filho. Vou ler a continuação.
23/01/2011 16:31:47
vc é doido cara? brother não se como o cú assim não tem q ter carinho muito carinho ok? mas não para de comer ela não bota ela para chupar o seu pau blz ?um abraçãooo
09/07/2010 13:48:04
carinho, meu irmãozinho , carinho... cu se come com carinho.
06/02/2010 00:35:25
EH O CONTO EH BOM, MAS ME AJUDA AI, UMA MULHER DE 22 ANOS, NAO SABER NEM BATER PUNHETA? E SE VCNAO FALA PRA ELA, ATE HJ ELA NAO SABERIA QUE CU TAMBEM FOI FEITO PRA DAR., TEVE UNS PASTELOES, MAS DEU PRA FICAR EXCITADO AKI, ISSO QUE IMPORTA.
30/01/2010 19:49:37
Que enrabada! comer o cu de uma menina bonita, é um vislumbre do paraiso! e quando você enche o cu dela de pôrra, você chegou lá!
30/01/2010 18:11:50
LgL

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.