Casa dos Contos Eróticos

Feed

Menina perversa 13 - No carro com Renatinha

Autor: Papai
Categoria: Heterossexual
Data: 24/01/2010 01:12:15
Última revisão: 11/10/2014 14:24:38
Nota 9.39
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

ATENÇÃO: agora Menina Perversa está no Blogspot (http://meninaperversa1.blogspot.com.br/introducao.html)

Depois do almoço me vieram com a idéia de fazer um bate-e-volta na praia. Eu, típico senhor feudal que raramente sai do castelo, estava pouco a vontade com a idéia, mas como todas as meninas ficaram malucas com isso, acabei tendo que ceder. Éramos, portanto, oito pessoas apertadas dentro de um carro. A idéia foi de Paulo, que insistiu inclusive que Luciana dirigisse de modo que Cristina foi no banco do carona e, apertado atrás foi o resto. Cada um de nós, inevitavelmente ficou com uma das meninas no colo e aí vem a jogada de meu irmão. Ele levou Priscila, Paula levou Carol e eu levei Renatinha.

Todas as mulheres estavam com biquinis escandalosos e pareciam realmente querer nos provocar. Priscila, principalmente, estava com um micro fio dental cor-de-pele atochado na bunda que, de longe, parecia estar completamente nua. Meu irmão ficou maluco e era possível perceber sua excitação transparecer na bermuda folgada. Eu não estava em um estado diferente porque minha caçula resolveu colocar aquele seu biquini pink que fica simplesmente fantástico nela.

Três minutos de viagem e Renatinha, sentada no meu colo, saca da mochila um cd de funk, estilo musical que eu não gosto muito, mas que veio bem a calhar naquela situação. Todas as meninas passaram a se remexer e, Renatinha, com sua bundinha perfeita em cima do meu caralho, era a que mais agitava. Ela estava sentada com as pernas bem abertas, rebolando e se esfregando em mim. Em dado momento, coloquei a mão na sua bocetinha e ela começou a fazer movimentos mais lentos, quando enfiei a mão por baixo do pano e introduzi o dedo em sua grutinha molhada seu corpo se arqueou e ela mordia os lábios em uma deliciosa expressão de prazer.

Ana Paula, que estava sentada ao meu lado, puxou uma garrafinha de água e, na ânsia de saciar sua sede, deixou escorrer um filete pelo canto da boca até seus peitões perfeitos. Eu acompanhei aquilo boquiaberto e, enquanto desfrutava da maravilhosa bundinha de Renatinha, não tirava os olhos dos peitos de minha filha mais velha.

Estávamos só nessa brincadeira gostosa até que ela fingiu falar com Carol e inclinou seu corpo de ladinho, deixando um espaço entre sua bunda e meu pau. Por um instante imaginei que ela tinha se ressentido de mim, alguma besteira do gênero, mas logo sua mãozinha se esgueirou por trás, puxando a parte de baixo do seu biquini de lado. Não me fiz de rogado e saquei meu caralho que, a essa altura latejava de tesão e, com um pouco de esforço, o introduzi em sua xaninha apertada. A safadinha ainda pediu para sua tia colocar uma das músicas mais agitadas do cd e, literalmente, começou a pular no meu colo, cantando e rebolando alucinadamente até me fazer gozar litros de porra na sua bocetinha apertada.

Comentários

28/09/2014 20:31:33
DE FAZER TREMER DE EXCITAÇÃO.
19/10/2012 08:54:59
Como comentei no capitulo anterior, realmente vai dar merda, em especial nesse passeio na praia. O teu irmão merece participar da festa, pois, está colaborando com a Cristina e quem sabe a cunhada.
11/08/2010 00:33:31
Merece a nota máxima, muito excitante...
26/03/2010 00:23:25
Amei nota 10!!! Bjus
08/02/2010 14:33:29
parabens muito bom moreno.rj33@hotmail.com
04/02/2010 02:55:46
Não importa se o que ele conta é mentira ou não. Isso não é um depoimento juramentado. É um conto. E que belo conto, não tão bom quanto os outros, mas ainda merece um 10
30/01/2010 09:06:01
PORRA, BATI VARIAS BRONHAS COM ESSES CONTOS. MANDA LOGO O PROXIMO CAPITULO.
29/01/2010 15:36:28
mccaveira@hotmail.com
29/01/2010 15:34:18
mano sei nao viu, mas acho que vc é um grande escritor de contos eróticos. me add ai para trocarmos idéias e vc me dizer o restante da história, pois sei que nao se acaba por ai. vc deve ter comido tbm sua filha mais velha, sua sobrinha safada, e até msm sua cunhada. nota maxima meu parceiro
26/01/2010 04:40:12
posta logo o proximo ok. seus contos seus imensuravelmente sexy ,envolvente de uma narrativa simplismente otima e limpa bom tá meio obvio que vc vai ganhar mais um dez pra sua coleção . bom beijos de uma ansiosa esme :)
24/01/2010 18:23:26
vai mentir assim na puta que pariu[2]
24/01/2010 12:40:02
muito bom! estou acompanhando todos da serie e estou esperando o proximo... gaucho.fmello@gmail.com
24/01/2010 10:23:18
vai mentir assim na puta que pariu
24/01/2010 03:41:37
leia meu novo conto http://www.casadoscontos.com.br/texto/sereia do asfalto

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.