Casa dos Contos Eróticos

Ensinei meu filho

Autor: Mary Jane
Categoria: Heterossexual
Data: 27/12/2009 15:46:48
Última revisão: 04/01/2010 18:03:27
Nota 9.42
Ler comentários (46) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi, meu nome é Daniela, tenho 43 anos, sou casada e tenho um filho de 18 anos.

Sou uma mulher relativamente pequena, com 1,65, 58 kilos, barriga, pernas e braços muito bem esculpidos graças aos exercícios da academia. Tenho olhos cast. escuro, cabelos lisos pretos com aquele corte de "Amelie Poulain". Acho que sou uma mulher moderna...gosto de me cuidar.

Agora vou dizer sobre meu filhote, chamarei ele de Marcos.

O Marcos com seus 18 anos já é um homem formado, ele gosta de praticar esportes e adora fazer musculação. Vira e mexe aparece com uma nora nova aqui em casa. Ele possui uns 1,76, deve ter uns 66 kilos, cabelos cacheados como os do pai, seu rosto lembra muito o do meu marido: lábios carnudos, olhos grandes,brilhantes e um lindo sorriso.

Eu e o Marcos gostamos de assistir filmes em casa quando estamos sozinhos, uma noite em especial estestávamos distraídos vendo o filme e começaram aquelas cenas mais apimentadas, eu fiquei um pouco constrangida e ele também; percebi que ele cruzou as pernas e abaixou a cabeça, reparando que ele estava excitado eu dei risada e ele ficou mais sem graça ainda, se levantou rapidamente e foi para o quarto. Algum tempo depois fui na cozinha e ele estava la sem camisa, fiquei olhando seus ombros largos um pouco e depois sua barriguinha de tanquinho e comecei pensar:

"Meu filho é um gostoso...se eu não fosse mãe..."

Aquele pensamento me foi estranho, pq nunca pensei isso do meu baby, mas seu corpo estava ficando cada vez mais bonito.

Algumas semanas depois, ele voltou da academia reclamando de dores nas costas, falei para ele ir tomar um banho que daria algum analgésico. Ele voltou do banho só de bermuda e sem camisa, foi quando passei a mão naquela barriguinha pela primeira vez depois de tantos anos. Na hora aquilo me excitou, mas minha moral não queria assumir. Tentei mudar de pensamentos, então ele pediu para eu fazer uma massagem nas suas costas pq dizia estar sentindo dor muscular. Apesar de estar com pensamentos errados sobre meu filho, não vi problemas em atender um pedido tão inosceste e falei para ele deitar na cama (estavamos no quarto dele). Fui no meu, busquei um óleo de massagem que costumo usar com meu marido e passei em suas costas, comecei fazer a massagem e ficamos conversando. Eu elogiei os ombros largos dele e questionei sobre as moças que ele se relacionava, confesso que fiquei com ciumes. Entao comecei massagear seus braços e as "batatas" da perna (ou panturrilha para os perfeccionistas..) enquanto isso falavamos sobre seus relacionamentos. Terminada a massagem pedi para ele levantar, mas a principio ele se recusou. Achei estranho, mas ele estava com um sorriso sem graça e percebi que ele estava envergonhado, falei para ele levantar logo e tive o maior choque da minha vida como mãe: Sua bermuda estava com um volume enorme na frente. Eu não sabia o que dizer, minha primeira reação (acho que como qualquer mãe faria) foi levar as maos a cabeça e dizer:

"Meu filho!!!"

Ele ficou sem jeito, colocou as maõs na frente e pediu para eu me retirar do quarto, sai em estado de choque, mas excitada com aquilo tudo. Quem diria que meu filho, meu bebê sentiria tesão por mim???

Entrei no meu quarto com os pensamentos a mil e sem saber o que fazer, tentei pensar no meu marido, tentei imaginar qualquer coisa, mas a imagem daquele homem lindo e musculoso com o pau duro nao saia da minha cabeça. Quando me dei conta, já estava segurando um dos meus seios e com a outra massageando minha bocetinha.

Pensei: Masturbação nao é sexo, eu tenho o direito de pensar em quem eu quiser, não posso me sentir culpada por um pensamento.

Então, resolvi ir até os limites, havia colocado na cabeça que se pensasse nele não estaria fazendo algo errado, afinal, era só pensamento.

Tranquei a porta do meu quarto e enquanto tirava a roupa eu tive uma ideia genial para provoca-lo.

Fiquei peladinha, me deitei e abri bem as pernas e comecei brincar com meu grelinho, levava um ou dois dedos na boca e passava eles nos labios da minha bocetinha para molhar ela inteira, dava tapinhas nela e massageava meu clitoris, aquela siririca estava uma delicia, estava cada vez mais molhadinha, então levava os dedos até a boca e lambia-os sentindo aquele gostinho excitante, descia a mão pegando nos meus seios durinhos e abaixava mais até meu grelinho (já bem inchado nessa hora) e começava enfiar um dedo..depois outro. Confesso que não cheguei gozar, quando vi que estava muito molhada, corri e peguei a minha menor calcinha, era bem básica e simples na cor branca. Vesti e deixei ela molhar bem, comecei esfrega-la para "limpar" minha bocetinha e massageva meu clitores por cima dela, deixei ela bem humida e fui me acalmando, deitei na cama para esperar ela absorver mais e relaxar.

Minutos depois, já mais tranquila comecei fazer a coisa mais louca da minha vida: Peguei a calcinha toda melada e fui ver onde o Marcos estava. Ele estava na sala assisindo um filme, passei por ele e sem que ele reparasse deixei a calcinha em um lugar que ele pudesse encontrar e fui cuidar da minha vida com um sorriso safado nos labios. Fiquei a espreita e logo depois vi que ele foi para o quarto. Corri para a sala e tive uma surpresa agradabilíssima: A calcinha não estava lá! Eu ri na hora e fiquei pensando que aquele homem estava me imaginando nua naquele exato momento, fui na ponta dos pés até o quarto dele e ouvi ele gemer no quarto. Voltei para o meu, fiquei peladinha novamente e coloquei uma camisolinha bem leve de seda, que demarcasse bem o meu corpo, me olhei no espelho e me senti mto gostosa.

Fui para o quarto dele e ainda ouvia pela porta ele germer. Bati de leve na porta e perguntei se poderia entrar, antes dele responder abri a porta e vi o que tanto esperava: Aquele homem maravilhoso com o pau duro, latejando. Na hora ele se assustou, tentou cobrir e eu fiz aquele teatro básico: Fiz que fiquei sem graça, sentei na beira da cama e falei que era normal, mas com a ressalva:

"Poxa vida Marcos...com a minha calcinha??" "Vc, com tantas garotas lindas que vc arruma por ai, sente atração por mim???"

Ele ficou um pouco sem jeito e sentou de cabeça baixa cobrindo o pau. Eu cheguei perto dele, falei que aquilo era normal, nos abraçamos e falei que não estava chateada com ele. No meio do abraço passei a mão pelos braços dele e fui descendo. Fiquei excitada quando cheguei naquela barriguinha linda, meu filho demostrou-se mais esperto do que imaginei que seria, pois não ficou espantado com meus carinhos e se mostrou bem receptivo. O Marcos então começou beijar meu rosto e passar as mãos pelos meus ombros, braços e foi levando aos poucos as alças da minha camisola, até que ambas se soltaram e parte dos meus seios ficaram a mostra. Neste momento nos olhamos rapidamente e nos beijamos, foi uma delícia sentir os braços fortes dele envolvendo-me, aproveitei e peguei em seu pau, estava durinho e comecei acaricia-lo, levei as mãos dele até meus seios, ele apertou com força e passou as mãos pelo meu corpo também. Meu filho sabia excitar uma mulher, pq beijava meu rosto e em seguida passou para o meu pescoço, então segurei sua mão e levei até minhas coxas, ele levantou minha camisola e se deteve por uns instantes me olhando, tornei beija-lo e sussurrei em seu ouvido:

"vemm..."

ele passou a mão na minha bocetinha e começou me beijar com vontade, eu esfregava minha boceta naquela mão gostosa, estava molhada já..

Pedi para ele parar, me levantei tirei a camisola e fiquei peladinha na frente dele tocando minha bocetinha,com a minha autoridade de mãe mandei ele deitar, fui direto em sua orelha, mordi ela e falei surrando novamente:

"Vou te ensinar..."

Comecei beijando aquela boca gostosa e fui descendo beijando seu peitoral, beijei aquela barriga linda e gostosa inteira, lambia aquele tanquinho maravilhoso com os gominhos perfeitos, enquanto brincava com aquela barriguinha ia masturbando ele bem devagarzinho, continuei descendo, então usando somente a boca comecei lamber aquele pau que estava latejando, lambi ele inteirinho e comecei chupar somente a cabecinha, com uma das mãos acariciava o saco deve e comecei colocar tudinho na boca e fazer um vai e vem bem gostoso, chupava com tanta força que dava até uns estralos quando soltava a cabecinha. Ele começou gemer e me segurar pelos cabelos, eu babei bastante naquele pau maravilhoso e comecei masturba-lo bem rápido, em seguida parava e ficava brincando com a língua lambendo só a cabecinha, mordiscava ela de leve e ouvia aquele homem lindo gemer. Queria continuar, mas ele se demonstrou muito mais safado. Marcos me puxou e foi direto para os meus seios, ele chupou igual fazia quando pequeno, o safado era delicioso, enquanto chupava meus seios ia tocando uma siririca deliciosa, com toda a autoridade de um homem falou:

"Deita ai, quero chupar vc todinha"

Ele se atracou na minha boceta, encaixei a cabeça dele e coloquei as coxas sobre seus ombros, com aqueles braços masculos ele fez algo incrivel: Lentou-me e começou passar a língua bem molhada no meu cuzinho e subia até meu grelinho, então com uma mão ele começou enfiar um dedo no meu rabinho enquanto chupava meu clitoris. Tenho que adimitir: Que DE-LI-CIA! Ele chupava e mordiscava bem gostoso, eu apertava o dedo dele com meu cuzinho e ele enfiava bem devargarzinho, ficava brincando com a língua. Em um momento de grande tesão fiquei de quatro pra ele e falei:

"Vem, chupa esse cuzinho agora, vem...aiii...isso, que gosto, isso..enfia essa língua, vai...ai, me chupa seu gostoso, ai...que tesao".

"Seu cuzinho e maravilhoso, vc eh muito gostosa.."

"Vem ca, quero fazer bem gostosinho com vc, deita ai, agora!"

Então com ele deitado segurei aquele pau delicioso e fui sentando de costas pra ele, enfiei tudinho na minha boceta e deixei meu rabo bem a mostra pra ele, imediatamente ele começou me bater bem gostoso, adorei levar aqueles tapas. Comecei intercalar, hora pulava rapidinho naquela pica, hora só ficava rebolando. Mandei ele brincar com meu cuzinho e logo estava sentindo os dedos dele no meu rabo, eu estava rebolando bem gostoso quando ele pediu para eu rebolar na cara dele. Estava tentando comandar, mas ele também queria dar as ordens, resolvi obedecer e fizemos um 69 gostoso. Depois de gozar na boca dele, decidi que seria a vez de satisfazer aquele homem gostoso. Mandei ele deitar novamente e deixar que eu ia fazer todo o resto.

Agora de frente para ele e com o cu meladinho, segurei aquele pau molhado, coloquei no cuzinho e fui sentando bem devagarzinho, senti o saco dele na minha bunda e comecei levantar até ficar só a cabecinha dentro, desci novamente e fui fazendo mais rápido, comecei tocar uma siririca junto e gozei pela segunda vez com meu filho metendo na minha bunda, quando gozei apertei aquela rola com mais força e ele falou que ia gozar, foi quando pulei o mais rápido que pude e me abaixei para beija-lo enquando ele gemia loucamente e me enchia o rabo de gozo.

Levantei jorrando toda aquela porra em cima do pau e não resisti, tinha que terminar o serviço que haviamos execultado com maestria: Comecei lamber e limpei o pau dele todinho, deixei da forma que estava antes da foda. Deitamos na cama sem roupa e tiramos um cochilo.

Depois, conversamos e fomos sinceros, ambos concordamos em nunca comentar isso e que nossa relação de mãe e filho era uma coisa, o que faziamos escondidos era outra.

Assim, eu e meu baby nos tornamos amantes...

Sempre que ficamos a sós transamos loucamente, na semana passada estava menstruada e ele não deu folga: Foi só no cuzinho!!

Contato: antonieta_maria@ymail.com

Comentários

26/05/2017 08:33:23
Parabéns nota 10 papajc_82@hotmail.com
15/01/2017 13:01:51
Muito bom amantedoamor6@gmail.com
15/01/2017 12:27:42
O seu filho ganhou uma ótima professora. Nota 10.
26/10/2016 19:29:05
Gostei
20/07/2016 01:12:44
Que maravilha de conto
22/04/2016 01:15:03
Eu relendo e votando a vc mae gostosa como gostaria de ver fotos suas ou até mesmo vidio se tiver me manda, esse conto e muito dez gostoso de se ler, e da um tezão so de ler fico divagando e imaginando me no lugar do seu filho, bastaopmal@bol.com.br
11/01/2016 10:04:25
Que delícia de conto, muito excitante e prazeroso
20/07/2015 14:29:56
louco
06/06/2015 00:54:02
Ótimo conto muito bom,tesão a mil gostoso de ler,bom seria estar no lugar do seu filho e viver esta aventura gostosa...
11/10/2014 02:42:15
Excelente conto! Tenho muito tesão na minha mãe!
24/06/2014 01:11:18
é mesmo cm um carimbo ou selo nunca apaga so permanece qm curte sb mto. bm,adorei ..!! mto exitanre p/qm sb seduzir-las..!
15/03/2014 10:49:30
10
24/02/2014 11:49:48
Delicia... Adoro...
13/06/2013 13:27:44
Que delicia, vc esta certa tem que da pro filhinho mesmo!!!
13/06/2013 13:26:44
Delicia, vc ta certa, tem que da mesmo pro filhinho...
11/02/2013 07:46:39
Ótimo esse conto, só de imaginar esse cuzinho já fico exitado...
10/02/2013 11:59:36
ola daniela gostei do seu conto...queria me corresponder com vc..robson_marques78@hotmail.com
01/12/2012 11:29:20
Ótimo conto 10
02/08/2012 10:40:58
que tesão, seu proprio filho enchendo seu cuzinho de porra, maravilhoso!
15/08/2011 13:30:09
Hoje, reli novamente esse conto, to com o pau explodindo de duro! Vou comer o cu da minha gostosa mulher agorinha mesmo! Vou encher o cuzinho dela de porra! Esse conto me deixa louco e tarado, já sou alucinado por um cuzinho de mulher bonita! Só não vou pontuar porque já o fiz da vez anterior!
15/08/2011 01:20:47
poxa adoro mulhers mais velhas tenho 22 aminhos corpo ben sex sou louco para pegar uma diva com todo respeito mais ,junto d eseu filho mim add severino2007ramos@hotmail.com
28/01/2011 05:32:21
Ótimo conto.Demais!!!
26/03/2010 14:54:33
Gostei do relato, incesto me chama a atenção, algo que excita, tenho vários relatos neste saite, se quiser trocar idéias ou ler alguns procure Led2006. Se quiser também meu e-mail é darkcar@bol.com.br. Beijos Daniele.
18/03/2010 19:48:33
Eu além da minha irmã. também comi minha mãe, em Santos em férias, fodi ela toda, e também cheguei a engravida-la. Esses contos me deixam louco!
08/02/2010 13:16:43
maravilhoso. queria ser o seu filho
04/02/2010 21:03:49
Mary Jane, quero fumar vc. Só acho estranho chupar o pau depois de anal.
29/01/2010 13:32:32
Gostei do conto sou maluco por incesto nota 10 vamos conversarmais meu E-Mail e:robervalmello@hotmail.com
24/01/2010 11:57:18
ola eu adorei gostaria de entrar em contato com vc pratrocar experiencia porque eu e minha mãe somos amantes mais de 30 anos começei com 16 anos robertosoares1959@bol.com.br
04/01/2010 21:02:13
Nossa que tesão gata você soube fazer deste conto um dos melhores que ja li. Parabèns me add no msn www.pocogato@hotmail.com
02/01/2010 11:27:50
Muito bom, adorei continua..
31/12/2009 23:23:14
aDOREI ...sei que o tema incesto é um tabu ainda hoje ...contei minha istoria num conto que postei assim que acabei de ler o seu... espero que cause em vc o mesmo efeito que causou em mim...espero que comente comigo o que achou ...beijos vcs foram e mereceram 10
31/12/2009 19:01:24
bom
30/12/2009 19:46:31
Sem palavras, Mary Jane! Pelo visto, temos muito em comum! Tenho um filho e sempre que saio do banho (não costumo fechar a porta do banheiro), filho olhando pra ele, imaginando que, de repente, ele pode chegar em mim, curioso.
30/12/2009 10:00:58
Muito bom
29/12/2009 12:02:45
Puxa Daniela ké mi adota ?
29/12/2009 04:30:59
Estou babando... bom.
28/12/2009 22:42:00
Se fosse verdade seria ótimo!
28/12/2009 15:52:54
MUITO BOM... PARABÉNS, CONTO EXCELENTE... EXCITANTE E INSINUANTE!
28/12/2009 03:38:40
me adiciona ai que eu te mostro o meu pau, e a gatinha do para se quiser eu como ela também.
27/12/2009 20:58:22
Incesto me chama a atenção. Parabens !! Escreva mais.
27/12/2009 17:34:24
gostei, o conto me deu muito tesão. deve ser lindo ver um filho comendo a mãe.
27/12/2009 17:30:40
ual, vc são tarados, ate na semana da mestru le de meteu no cu, ual, vc são meus herois, amo vc
27/12/2009 17:13:08
bom! vou te dar 8, fiquei com muito tesão, voce soube provocalo, deixando sua calcinha molhada ao alcance dele, vira e meche acho algumas calcinhas da minha mae pelo banheiro, é uma delicia o cheirinho, só não te dei 10 pela linguagem usada, poderia ter sido algo mais carinhos, ou apaixonado nas partes dos dialogos, mais comum no incesto, voce não acha? de resto tudo perfeito, uma boa transa, com uma gozada bem diferente, só pecou nos dialogos, e no tratamento, pareceu em alguns momentos que eram namorados, mais mesmo assim, voce está de parabens! ;)
27/12/2009 16:12:47
queria ser seu filho shshshshshshshshsh
27/12/2009 16:10:36
E mais!!! Achei o máximo ele gozar no seu cu, é uma delícia, realmente você é demais!!!
27/12/2009 16:09:26
Puxa, Daniela, isso é a coisa mais legal de se fazer! Te dou parabéns! Incesto é algo muito excitante, gostoso de fazer. Sorte do seu filho!!! Meu msn é: procurobundasgrandes@hotmail.com pode me adicionar pra conversarmos, pois eu também faço esas coisas... nota dez!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.