Casa dos Contos Eróticos

Feed

Transei com minha colega de trabalho

Autor: sex
Categoria: Heterossexual
Data: 24/12/2009 03:02:48
Nota 9.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Tenho uma colega de trabalho que é um tesão, toda tímida e séria e religiosa. Mas sou meio atirado e safado, fui entrando de pouquinho na intimidade dela. Ela tem um rabo tudo de bom. Outro dia quando ficamos sozinhos na sala eu comentei que estava com vontade de comer um bolo caseiro e se ela não poderia fazê-lo pra mim. Ela na maior naturalidade afirmou que sim. Então comecei a falar indiretas pra ela, dizendo que queria um bolo bem gostoso, e soltei uma frase safado, dizendo que de sobre-mesa do bolo queria ela todinha pra mim. Ela deu um sorriso safado e ficou calada. Dai tudo bem, um certo final de semana liguei pra ela e perguntei onde ela estava, ela respondeu que estava em casa, eu falei que iria na casa dela pra comer o bolo, ela disse que não. Mas entendi o recado, fui bater na casa dela. Chegando lá ela não acreditou que eu tinha ido lá, mas enfim deixou eu entrar no apartamento dela e ofereceu o dito cujo bolo. Eu comi o bolo e fiquei por ali só secando ela com o olho aquele rabo gostoso dela. Então ela me chamou para assistir uns filmes que ela tinha alugado e não tinha ninguém pra fazer companhia para ela assistir, aceitei na hora. Ela colocou o filme e sentei do lado dela e ao longo do filme puxei uns assuntos safados com ela, ela dava um sorriso mas disfarçava. Então me levantei pra ir ao banheiro. Quando me assustei ela estava me agarrando dizendo que não aguentava mais, fui tratando logo de levantar sua saia e passando a mão naquela bucetinha dela, que por sinal estava toda molhadinha e quente pegando fogo. Levei ela pra cama, tirei toda a roupa dela, chupei freneticamente aquela xana toda raspadinha e ela implorando pra me penetra-la. Fiquei esfregando a cabeça da minha pica na buceta dela deixando ela mais doida, depois meti bem devagar, nisso ela já tinha gozado. Então fui metendo, mentendo, até gozar junto com ela. Foi uma transa doida. Nois ficamos por horas deitados só se acariciando depois ela pediu mais. Dessa vez peguei ela por traz, metendo com toda força e ela gemendo, os vizinhos com certeza escutaram, ela gritando pra mim meter bem fundo naquela buceta dela!!! foi uma loucura. Depois de gozar, tomei um banho e ela falou que quando eu quisesse bolo era só me falar que ela faria com todo prazer!!!! No outro dia no serviço ela agiu como se nada tivesse acontecido. Só me olhava de vez em quando com aquele olha de safada, puta escondida que havia dentro dela!!!

Comentários

24/12/2009 08:14:52
hhahaha, senscional, inrivel

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.