Casa dos Contos Eróticos

Feed

A escrava sexual Isaura - Parte 1

Categoria: Heterossexual
Data: 20/12/2009 11:28:43
Nota 5.50
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Galera ,eu sou o Maciel do episódio ,o presente do aluno fudedor. A aventura de hoje é com a mesma professora gostosa ,Lorenna e outros amigos.

Como vcs já sabem faço Letras ,e estava estudando o período romântico ,quando minha teacher falou:

- Vamos nos juntar em 5 grupos ,e fazer releitura de 5 romances brasileiros : Senhora , A Moreninha ,A Escrava Isaura , Noite na Taverna e O Guarani.

O meu grupo caiu com a Escrava Isaura ,já tinha assistido as novelas ,só não tinha lido o livro.

E só tinha 2 meninas ,e 6 rapazes ,misturamos a versão do livro com a versão da novela.

Foram incubidos os papéis : Eu ,como Leôncio , Tadeu ,como Henrique , Leônidas como Belchior , Junior ,um negão de 2 metros seria o André , Mariano ,Tobias ,inclui por causa da novela e pra dar uma diferenciada no trabalho e o Pablo ,como Álvaro . Samantha ,como Rosa ,a negra periguete e Talitha ,como Isaura.

Marcamos a reunião lá em casa ,então eu e Junior ,e resolvemos fazer uma versão pornô do conto. Só que a principal personagem não veio ,ficamos desesperados e perguntamos a Lorenna se ela podia fazer a Isaura no ensaio .]

- Ela rebateu: Mas quem iria fazer a Isaura?

- Eu estou aqui com a Melissa ,estagiária ,pq não coloca ela ,como a Isaura nesse ensaio ?

Melissa ,era uma loirinha ,vesga e magra.

Eu espertamente rebati : A Lorena é loira ,a escrava tem cabelo preto. Por que vc não vem ,e faz a ISAURA?

Ela respondeu : Não costumo atuar em trabalhos dos alunos ,no máximo faço a narração . Mas nesse caso tudo bem.

Marcamos então ,e já tava certo.

Lemos aquela introdução ,e depois primeira cena.

Como nós não tínhamos piano ,Isaura tocava o teclado do PC.

Malvina aproximou-se de manso e sem ser pressentida para junto da cantora, colocando-se por detrás dela esperou que terminasse a última copia.

— Isaura!... disse ela pousando de leve a delicada mãozinha sobre o ombro da cantora.

— Ah! é a senhora?! — respondeu Isaura voltando-se sobressaltada.

— Não sabia que estava aí me escutando.

— Pois que tem isso?.., continua a cantar... tens a voz tão bonita!...mas eu antes quisera que cantasses outra coisa; por que é que você gosta tanto dessa cantiga tão triste, que você aprendeu não sei onde?...

— Gosto dela, porque acho-a bonita e porque... ah! não devo falar...

— Fala, Isaura. Já não te disse que nada me deves esconder, e nada recear de mim?...

— Porque me faz lembrar de minha mãe, que eu não conheci, coitada!... Mas se a senhora não gosta dessa cantiga, não a cantarei mais.

— Queixas-te da tua sorte, Isaura?...

— Eu não, senhora; não tenho motivo... o que quero dizer com isto é que, apesar de todos esses dotes e vantagens, que me atribuem, sei conhecer o meu lugar.

- Já sei o que se passa ,estás chateada pq ainda não perdeste o cabaço ? Mas falarei com Leôncio ,pedirei um dote e vc vai virar a puta mais desejada da região. Espere ,meu irmão está vindo .

Leoncio e Henrique conversam na sala de jantar:Então, que te parece? segredava Leôncio a seu cunhado.

— Uma escrava desta ordem não é um tesouro inapreciável? Quem não diria que ela é gostosinha?

— Não é nada disso; mas é coisa melhor, respondeu Henrique maravilhado; é uma perfeita brasileira com peitos fartos ,bundão ,imagino isso rebolando no meu pau.

eu Amo!

Henrique vai e passa uma cantada em Isaura :

- Fala gostosa ,por que ao invés desse piano ,não toca outra coisa melhor?

Ela responde : Mas o que tocaria senhor ?

Henrique abre a calça jeans e fala:

- Toca uma punheta pra mim ,Eu sei que vc é virgem mas não tirar o seu cabacinho .

Por favor ,toca.

Ela viu o pau e falou : - Senhor Henrique ,es táo bem dotado ? Como é bom tocar uma punheta para ti.

Henrique desabotou a blusa de Isaura ,e viu um lindo espartilho branco ,desamarrou e abriu ,viu um par de seios ,

- Uau ! Grandes e duros ,vou mama -los até o biquinho ficar duro , continue tocando punheta pra mim.

Leoncio emputecido comentou com Malvina : - Caralho esse teu irmão ,é foda já está mamando os peitinhos da Isaura ,e a vagabunda tocando uma punheta pra ele.

Malvina respondeu? - Calma ,eu vou fazer um 69 em vc ,mais tarde.

Leoncio falou : Vou na senzala ,falar com André já volto. E presenciando a brincadeira de Isaura e Henrique falou:

- Bravo a putaria reina na casa grande ,agora Isaura virou puta ,que bom vou poder comer ela .

A SEGUIR CENAS DO PRÓXIMO CAPÍTULO .

Comentários

20/12/2009 14:37:05
A idéia foi maravilhosa, histórias em versao porno. Mas nao me surpreendeu, conto lento e superficialmente contado
20/12/2009 11:33:40
puta q pariu, vc e incrivel, misturou cultura, com sexo, d+, mistura incrivel, dorei, depois me chama, uero o cizinho dessa professora safada

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.