Casa dos Contos Eróticos

Feed

Shortinho atolado 1

Autor: PikaPal
Categoria: Grupal
Data: 09/12/2009 13:02:42
Nota 5.33
Assuntos: Grupal, Fantasias
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Na rua em que moro, na periferia da cidade, tem bastante putinhas novas, minha prima anda com elas dia e noite e eu só espiando. As safadinhas são todas periguetes, muitas não tem pai e a mãe trabalham o dia todo. E elas ao invés de cuidarem dos afazeres de casa ou escolares, ficam na rua querendo dar a xoxotinha.

Todas tem piercing no umbigo, apesar da idade e a maioria só usa shortinho atolado no rabo, muitos coroas ricos aparecem por aqui pra levá-las pra orgias ou festinhas particulares, mas sem descerem do carro, pois as velhas fofoqueira não param de bisbilhotar, além do mais é a causa de muitas serem expulsas ainda novas de casa. Na minha casa moram minha mãe, minha vó, 2 tias e 4 primos, 3 homens e 1 mulher. Sara minha prima mais nova é uma putinha emcubada, em casa se faz de boa menina e na rua é uma galinha safada. Eu peço direto pra ela me dar buceta, mais a safada pede dinheiro e eu não tenho. As meninas sempre vão lá pra casa pra brincar e conversar, eu fico de pau duro. Elas ficam dançando funk com aqueles shortinhos safados, a bocetinha inchada e a bundinha arrebitada. Certo dia peguei meu primo mais velho comendo duas amigas da irmã no quintal. Ele deu a rola para as duas mamarem elas pareciam muito experientes no assunto, chupavam em conjunto e se beijavam, surpresa na hora dele comer elas as duas diziam ser virgens e que só rola no cuzinho. Meu primo tinha uma benga grandona, e as duas ficaram de quatro e abraçadas no chão, tinham bundinhas lindas e suculentas, ele começou a meter bem devagar, as duas se beijavam e eu começava mais uma bronha, uma batia na bunda da outra e tirava o cacete dele pra chupar, depois começaram a sentar em cima da rola dele com a tora entrando com dificuldade nos rabinhos apertados, uma chegava a chorar, enquanto tinha os peitinhos mamados pela amiga. Na hora de gozar pediram na bundinha, e ele melou aqueles rabinhos juvenis.

Eu estava indignado, pois elas deram a ele sem nada em troca, e a mim nada de cuzinho. Fui pra sala assistir TV e titia arrumava a sala, ela era uma coroa muito safada, sempre colocava filme pornô para assistir com os meus primos, tudo na intenção de ver nossos cacetes duros, ela me chamou para tomar banho de mangueira pois o calor estava de matar, sem demora eu fui, na porta estavam vovó e minha mãe conversando, minha tia estava de short e tirou na minha frente exibindo um cuzão enorme apenas protegido por um micro biquíni. Mamãe mandou ela se respeitar pois pela idade aquele biquininho não cobria mais nada, vovó sempre alto astral sorria, eu nervoso olhava para seu rabo um pouco receoso, pois meu pau já estava duro, ela mandou eu tirar o short, eu disse que estava sem cueca, ela falou que não tinha nenhum problema pois eu não passava de um garoto e estávamos em família, relutei e ela puxou meu calção deixando minha pica dura exposta, fiquei puto de vergonha, elas riram dizendo ”Olha safadinho com o cacete durinho”. Minha tia tentou pegar eu me esquivei e fui pra perto de mamãe e vovó, ela safada como sempre mostrou o rabo e disse “ venha ajudar a titia a lavar a bunda meu sobrinho lindo”. Nisso minha prima ouviu e veio com duas amigas e meu primo mais velho, e falou “ mãe por que não chamou agente pra tomar banho de mangueira, elas foram colocar seus biquínis, enquanto meu primo tirou a roupa e ficou nuzão, e foi pra perto da mãe dele tomar banho junto com ela, seu pau estava meio bomba, pois havia acabado de foder as colegas de minha prima. Minha mãe falou “ menino você já ta quase um homem, que rola grande é essa, se respeite e bote uma sunga seu safado”. Minha tia disse” deixe meu bebê a vontade, o que é que tem tomar banho com pica de fora, olhe como ta bonitona parece com o pai aquele vagabundo”. Vovó sorria com a situação e se alegrou e disse “ é com esse calor vou botar meu fio e me bronzear”. Vovó era uma coroa bem afeiçoado negona com um rabo enorme, teve as filhas muito cedo. Quando a meninas voltaram minha tia ensaboava meu primo, minha prima logo falou”. Mainha mande seu filho parar de safadeza e colocar uma sunga,olhe as meninas aqui”. E minha tia “ deixe de frescura essas duas só andam com a rola do seu irmão na boca vão se constranger por vê-lo nu”. E assim vovó voltou com mamãe e ficaram ali tomando banho de sol, eu me soltei e tirei minha bermuda ficando assim como meu primo nu, as cadelinhas foram pro quintal se bronzear. Titia me chamou para me dar banho, ela já estava segurando o pau do seu filho e ensaboando, vovó disse que me daria banho e me pediu pra sentar em seu colo, titia sorria e lavava a piroca do meu primo que já estava alterado. Minha mãe disse” minha irmã você não dispensa em lavar nem o cacete do seu menino e sorriu”. Meu filho, minha responsabilidade, eu tenho que cuidar desta ferramenta que dá muitas alegrias as putinhas da rua. Mamãe me chamou para passar bloqueador solar na minha pica para não assar com o sol, enquanto vovó passava na minhas costas. Estavamos todos deitados nas cadeiras de sol se bronzeando, minha tia sentou ao meu lado e deu um tapa na bunda de vovó “ é coroa essa cuzão vai ficar queimadão de sol”, meu primo sentou no colo de minha mãe e encostou sua cabeça no peito dela, fiquei com um puta ciúme, pois ela acariciava sua rola dizendo” tá um homão lindo hein, se não fosse sua tia eu já tinha lhe traçado, e essa pica grossa tá comendo muita bundinha”. Fiquei puto com os dois, eu estava com inveja do tamanho da pica dele, até vovó começou a acaricia-lo “ meu netão parece com um namorado meu, essa pintona preta, essa cabeçona roxa. Minha tia vendo que o moleque tava gostando começou a me provocar pra fazer ciúmes no filho. “ e você também meu gostoso deixe eu ver essa pica, hum que cabeça grande, você já comeu alguma bocetinha seu safado”. Minha rola foi as alturas, mamãe e vovó perceberam, e foi a vez do meu primo ficar puto da vida.

A tarde já estava acabando e minha prima saiu com as colegas eu e meus primos fomos jogar vídeo game. Vovó fazia o café e mamãe arrumava os quartos, quando titia perversa chega com um filme pornô, a capa era uma negona do cuzão parecendo a vovó fodendo com 4 caras de uma vez. Ela pois o filme e nos deixou tocando punheta. Lá embaixo ela disse pra vovó” Mãe o garotos estão comendo porcaria, acho que não terão apetite pro café, vai lá reclamar com eles”.Vovó estava com um baby-doll transparente, e foi até a sala, lá chegando se depara com 4 cacetes duros prestes a gozar, na tela da TV uma coroa sendo fodida por 4 caralhos. O que irá acontecer aguardem.

Comentários

11/12/2009 15:01:30
vc tem uma imaginação das quelas crianças de 10 anos de idade nada a ver ou vc vive em uma casa de putas ou é uma mentira bem cabeluda sua
09/12/2009 16:41:29
pensando no que li, achei divertido...que familia pervertida, a vovozona de baby doll devia estar de morrer kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
09/12/2009 13:56:03
Istranhin né?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.