Casa dos Contos Eróticos

Feed

Ensinando a sobrinha, a amiga, e a mãe - 4

Autor: valeriobh
Categoria: Heterossexual
Data: 27/10/2009 19:25:13
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Como narrado nos contos anteriores, após ser persuadido por minha sobrinha Eva e sua amiga Andrea, iniciamos um relacionamento sexual livre, sadio e prazeroso, onde elas me pediram para iniciá-las no mundo sexual. Passamos a transar pelo menos uma vez por semana, na chácara que acabei alugando para facilitar nossos encontros vespertinos. Após uns quatro meses de relacionamento, recebi um telefonema de Andrea, dizendo que precisava falar urgentemente comigo. Marcamos no mesmo dia, e ela me contou que sua menstruação estava atrasada. Recebi a notícia como um soco na boca do estômago. Imagina eu, um quarentão casado, engravidando uma ninfeta. E poderia ser verdade, porque não transava com camisinha, e quando as meninas estavam no período fértil, ou gozava fora da xota, ou no cu e/ou bocas. Procurei passar tranqüilidade, que isso acontece, mas por cautela, lhe dei dinheiro para comprar e fazer o teste de gravidez. Dois dias depois recebi um telefonema dela dizendo que o teste havia dado negativo. Naquela mesma semana recebi uma ligação de Lívia, mãe de Andrea, querendo conversar comigo. Gelei novamente. Vi aquela mulher contando tudo pra minha esposa e família. No local marcado, Lívia foi logo dizendo que Andrea lhe contou tudo. Contou que eu a desvirginei. Contou que eu transava com Andrea e a minha sobrinha Contou que eu havia alugado uma chácara, e que semanalmente elas transavam comigo. Contou que eu sou casado e tenho filhos. Fiquei na defensiva, aguardando o sermão. Mas pra minha surpresa, ela disse que após muito conversar com a filha, constatou que foram elas quem forçou a barra para transar comigo, e eu sendo homem, entendeu minha posição. Disse que não iria atrapalhar a vida de filha, e se eu quisesse, poderia continuar o relacionamento com ela, desde que não a magoasse ou fizesse sofrer. Disse que iria levar a filha ao ginecologista pra passar anticoncepcional, Achei o máximo aquela papo. O clima ficou tão gostoso que começamos a falar sobre nós. Ela disse que estava divorciada a 4 anos, e que nesse ínterim, não se envolveu com nenhum homem. Anotei o msn dela e a adicionei ao meu. No dia seguinte já estávamos conversando por msn. Aos poucos o assunto foi direcionado ao sexo. Mandava vídeos de putaria e durante nossas conversas, deixei passar que a filha e a amiga transavam entre si. No dia seguinte, ela tocou no assunto, e perguntou se era comum mulheres transarem entre si. Disse que era perfeitamente normal, que durante a transa, duas mulheres se tocassem, se beijassem, sem que isso fosse demonstração de homossexualismo. Passei a enviar vídeos contendo cenas de ménage feminino, até que ela criou coragem e perguntou o que a filha e a amiga faziam na cama. Disse que elas chupavam meu pau juntas, as vezes uma no saco e outra na cabeça. Que gostavam de meter fazendo 69, ora recebendo pau na xota, ora na boca, e que gostavam de beijar a boca, dividindo e engolindo a porra. Um dia gravei nossas transas e mandei pra ela. Ela disse que passou o final de semana se masturbando vendo a filha e a amiga transando, e que gostaria de virar uma mosca somente para assistir de perto a nossa transa. Falei que ela poderia assistir ao vivo, desde que também entrasse no clima. Ela retrucou dizendo que não pegaria bem ela transar junto a filha, mas que gostaria de assistir. No dia marcado, levei Lívia pra chácara antes de buscar as meninas, e falei pra ela ficar escondida dentro do guarda-roupa. Como era perfurado, dava pra ver nitidamente a cama. Mal chegamos e já mandei as meninas pro quarto, esquentar a cama, enquanto iria tomar banho. Queria a mãe de Andrea visse ela sozinha com a amiga. Elas já foram retirando a roupa uma da outra, se beijando e deitando na cama, num delicioso 69. Ambas adoravam chupar a xota da outra. Entrei e puxei minhas putinhas pelos cabelos, para chupar meu membro. Quando já estava bem duro, as coloquei de quadro, uma ao lado da outra, e após chupar a xota de ambas, alternei a penetração na xota delas, e quando já estava com os ovos doente, meti no cu da Andrea, para que sua mãe visse a filha tomar no rabo. Mandei Eva entrar por baixo da amiga, e que ambas chupassem a xota da outra, até encher o cu da garota de porra. Minha sobrinha limpou meu pau com a boca e retirou com a língua a porra que saia do cu da amiga. Amarrei as meninas invertidas na cama, e as vendei. Tirei Lívia do guarda-roupa e a trouxe para perto das garotas. Notava seu olhar fixo nas xotas depiladas das meninas. Segurei seu cabelo e inclinei seu corpo, em direção a buceta da Eva. Automaticamente Lívia passou a chupar a xota da Eva, fazendo a garota dizer que eu estava chupando diferente, embora gostoso. Eva quis saber quem a estava chupando, e eu disse que era uma amiga, que queria experimentar as bucetinhas delas. Como elas eram minhas putinhas e faziam tudo o que ou mandava, concordaram com a nova mulher misteriosa. Depois, mandei ela chupar a xota da filha, ao mesmo tempo em que fui retirando sua roupa, deixando-a nua. Ainda segurando seu cabelo, como se fosse uma crina de égua, enfiei meu pau na xota da Lívia, que aumentou o ritmo da chupada na buceta da filha, gozando dentro dela. Fiz Lívia se levantar e ficar de cócoras sob o rosto da filha, até encostar a buceta pingando porra na boca de Andrea, que passou a chupar e engolir a porra que saia de dentro de sua mãe. Mandei Lívia fazer um 69 com Eva, e aproveitando seu cu bem na minha frente, enfiei a língua no rabo e depois penetrei meu pau até gozar novamente. Lívia se vestiu e foi embora, pedindo que não contasse as garotas quem era a mulher. Porém, o que ela não sabia é que eu havia gravado a transa e iria mostrar pras meninas. Valériobh

Comentários

27/11/2009 09:01:29
muito bom
03/11/2009 04:54:24
adorei este conto mt bm k sorte tu tns tambm adorava comer 2 ninfetinhas. adiciona-m no msn adorava conhecer as meninas s poderes dar me o mail delas ou elas adicionar-me
28/10/2009 21:05:28
otimo, muito bom
27/10/2009 21:11:20
mas ficou muito bom continue mandando memso que seja irreal
27/10/2009 21:10:47
aff conta o conto real issu so pode ser mentira

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.