Casa dos Contos Eróticos

Feed

comendo minha vizinha viuva

Autor: gato web..
Categoria: Heterossexual
Data: 07/08/2009 16:17:31
Nota 10.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

bom esse é o primeiro conto que eu escrevo e espero que gostem, meu nome é marcos (fictício) e o que eu vou relatar agora é verídico e aconteceu uns 3 anos atrás. na epoca eu estava no auge com os meus 19 anos de idade, e morava do lado da casa de marcia, uma mulher ja madura com os seus 32 anos de idade. mas com um corpo de dar inveja a muita menininha de 15, ela era uma morena clara estilo magra falsa cabelos compridos e encaracolados, seios médios cintura fina quadril largo e uma bundinha linda, mas marcia passava por momentos difíceis pois acabara de perder o marido em um acidente de carro, no começo ela achava que a vida tinha acabado pra ela, mas com o passar do tempo ela voltou a estudar e a ter uma vida normal, eu desde minha adolescencia fui fascinado por aquela mulher, perdi até as contas de quantas punhetas bati pensando naquele corpinho maravilhoso dela, mas ela como uma mulher casada era de poucas palavras eu mal havia durante o dia, mas depois que o seu marido morreu ela pra não ficar sozinha em casa, ia sempre a noite la em casa pra conversar com minha mãe e assistir a novela juntas, e sempre que ela aparecia em casa eu só faltava comer ela com os olhos, e ela começou a notar essa minha tara por ela, lembro me que uma noite dessas ela apareceu em casa perguntando por minha mãe, que tinha saido mas falei pra ela que não demorava, e que ela poderia esperar, ela estava com um vestido vermelho acima do joelho e sem sutiã, pois dava pra ver o desenho daqueles seios duros e empinados, eu estava apenas com um short folgado e na hora não consegui me controlar e ela notou que o meu pau estava duro feito pedra, mas disfarçou e sentou no sofá dizendo que esperaria ali mesmo. não demora minha mãe chega e senta em uma cadeira que estava do lado do sofá, e eu sento ao lado de marcia, pois estava com o pau muito duro e não queria que minha mãe notasse, nisso enquanto as duas conversavam começei a alisar as pernas de marcia e percebi que ela se arrepiou toda disfarçou e disse que ja iria pois tinha algumas coisas pra fazer em casa, eu não aguentei e fui ao banheiro bater outra punheta pensando naquela mulher maravilhosa, na noite seguinte fui a casa de marcia com o pretesto de pegar uns livros pra estudar pois tinha prova no dia seguinte, ao chegar tive uma cena maravilhosa marcia estava vestida apenas com uma camisola branca transparente e um calcinha preta de renda, pois ja estava indo dormir, não me contive e a olhei dos pés a cabeça, ela disfarçou novamente e foi ao quarto buscar os livros, aproveitei o momento e fui atrás dela, ao chegar no quarto encostei a porta enquanto ela proucurava os livros e quando ela foi me entregar, disse a ela que não tinha ido la pra buscar livro algun, e que a muito tempo queria lhe dizer o quanto eu a desejava, ela virou de costas para mim e começou a dizer que eu era muito novo, e não queria comentários maldosos sobre ela no bairro, mas antes que ela acabasse de falar eu abraçei ela por trás e comecei a beijar_lhe a nuca, enquanto que com a mão apertava suas coxas, e apalpava seus seios, e com o pau que estava latejando de tão duro roçava sua bunda, nossa ela ficou sem palavras e eu senti seu corpo vibrar de tanto tesão, então virei ela de frente e começamos a nos beijar loucamente como dois adolescentes, nisso deitei ela na cama e começei a chupar aqueles peitos como um louco, e lamber aqueles biquinhos que ja estavam duro de tanto tesão, pra minha surpresa ela tirou minha camisa e começou a beijar meu torax, tirou o meu short e minha cueca de uma só vez, e se espantou quando viu o meu pau de 21 cm duro como um ferro, não disse nada e começou a chupar como uma putinha de verdade, beijava a cabeça do meu pau e ia lambendo até os ovos, nunca pensei que ela se transformaria daquele jeito, então a coloquei de 4 levantei em cima levantei a camisola e tirei a calcinha com os dentes e meti minha cara no meio de sua bunda chupando aquela buceta que ja estava toda meladinha e lambendo o cuzinho dela que piscava de tanto tesão, depois afestei suas pernas coloquei a cabeça da pica na entrada de sua boceta e meti de uma só vez, ela deu um gritinho de AAAAIIIIIIIIIIIII de dor e prazer, segurei ela pelos cabelos e começei a socar pau naquela boceta o mais forte possivel, ela se contorcia e pedia pra eu não parar pois estava quase gosando, então a segurei seus seios um em cada mão e começei a bombear mais forte até sentir aquele liquido quente saindo de sua buceta, e ela urrando de tanto prazer, ela então me deitou na cama e subiu em cima de mim, e começou a galopar no meu cacete como um amazona, me arranhava dava socos no meu peito e dizia que eu era o macho que ela estava precisando colocou o seio direito na minha boca e mandou eu chupar igual a um beber enquanto ela esfregava aquela buceta quente e melada no meu cacete não aguentei e gozei feito louco abraçando ela bem forte enquanto o pau estava enterrado até os ovos naquela boceta gostosa, então ouvi minha maé me chamar na frente da casa, e tive que me vestir rapido e ir correndo pra que ela não percebesse que eu tinha acabado de fuder sua melhor amiga, essa foi umas das transas que eu tive com marcia, mas não foi a melhor pois a melhor foi quando eu tive o privilégio de comer o cuzinho que nem o marido falecido dela tinha comido mas isso ja é outra história...

Comentários

08/08/2009 10:41:36
Com a vizinha a tarefa e sempre muito mais facil se ela estiver querendo
07/08/2009 18:03:36
é.. legalzinho... dá uma continada
07/08/2009 17:50:07
muito boa foda
07/08/2009 16:18:58
espero que tenham gostado desse relato um abraço a todos...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.