Casa dos Contos Eróticos

Feed

Doutor da Sacanagem

Autor: NecSex
Categoria: Homossexual
Data: 02/06/2009 18:31:18
Nota 8.67
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia
Clique aqui para vídeos gay

Eu tinha 19 anos na época e fazia faculdade. Ninguém sabia que eu era bi sexual, pois nunca fui efeminado e até saía com algumas garotas. Perto da faculdade havia uma clinica dermatológica, e como havia aparecido uns pontinhos vermelhos e inflamados na região da virilha, achei melhor me consultar. Podia ser pelo fato de eu me depilar, se o medico perguntasse porque me depilo, eu diria que é porque eu fazia ciclismo, o que em parte era verdade.

Na minha sala tinha o Sergio, um cara que teve problemas de pele e já havia ido a esta clinica. Quando lhe perguntei sobre a clinica, se era boa e tal, Sergio me disse que sim, que eu poderia consultar com qualquer medico, menos com o Dr. Adamastor, pois ele era um sujeito esquisito, ficou tentando apalpa – lo durante um exame ele nunca mais se consultou com ele. Fiquei empolgado com a idéia do medico gostar da coisa e resolvi arriscar, se não fosse nada disso eu teria me consultado, se não quem sabe não rendia uma foda.

Cheguei na clinica e marquei a consulta, exigi que fosse com o Dr. Adamastor, e como eu queria no ultimo horário, só teria vaga para dali a dois dias. Não me importei e disse que estava bom. A consulta foi marcada para as 20:30 Hs.

Cheguei na clinica no dia certo as 19:50Hs, pois saí do trabalho e fui direto. A recepcionista me atendeu bem, pegou meus dados e pediu que eu assentasse, pois ainda haveria duas consultas antes da minha. As 20:10, o recepcionista disse que seu horário havia acabado, que ela ia embora, mas que o rapaz na minha frente e eu seriamos chamados pelo doutor.

Eram 20:40 quando o doutor me mandou entrar, era um senhor de uns 50 anos, de barba com alguns pelos brancos, meio gordinho e com um óculos de grau. Enfim, me parecia um medico típico e eu achei que meu amigo havia se enganado.

Ele foi muito gentil e me perguntou qual era o problema, eu imediatamente lhe disse que eram umas bolinhas inflamadas na virilha. Ele quis ver. Eu tirei a roupa, ficando completamente pelado em sua frente. Me sentei na cama. Ele pegou uma lente, olhou minha virilha e perguntou:

-Você raspa as pernas e as virilhas?

-Sim, eu faço ciclismo – Me apressei em dizer.

-Então é isso, quando os pêlos crescem eles inflamam. Vou lhe passar um remédio para você usar logo após a depilação. Mas vou ver se não tem nada mais.

-Ele olhou novamente as bolinhas inflamadas e perguntou:

-Tem algumas atrás dos testículos?

-Sim, algumas poucas – Eu respondi

-Então fique de quatro que eu quero ver

-A partir daí, vi que meu colega tinha razão, eu poderia simplesmente levantar meu saco e ele veria por baixo, não precisaria ficar de quatro. Mas já com tesão eu obedeci prontamente.

Dr. Adamastor colocou sua lente e fingia olhar por trás, mas sua lente estava próxima ao meu cu, lisinho. Ele fingia examinar e ficava passando a mão na minha bunda. Até que disse:

-Rapaz, se me permite dizer você tem uma bunda muito bonita ! mais bonita que de muita mulher, o ciclismo está te fazendo muito bem!

-Eu agradeci e continuei de quatro, até que ele passou o dedo na porta do meu cu, eu suspirei fundo. Ele então enfiou a pontinha do dedo, e como eu não falei nada foi enfiando até entrar o dedo todo. Ele foi mexendo o dedo no meu cu e eu de olhos fechados, só mexia a bunda no ritmo. Quando ele perguntou se eu estava gostando, a minha resposta foi acariciar seu pau por cima da calça.

Foi então que ele tirou o dedo do meu cu, fechou a porta, apagou as luzes deixando só o abajur aceso, sentou – se na poltrona, tirou o pau pra fora e me disse:

-Vem chupar vem

-Eu me levantei e fui na hora. Seu pau não era muito grande, mas era grosso. Eu caprichei na chupada, lambi as bolas e o saco deixando ele louco. Doutor Adamastor então disse:

-Pára um pouco viadinho, senão vou gozar na sua boca.

-Eu parei, ele se levantou, passou gel no meu rabo,pôs a camisinha e me pediu que deitasse no sofá e levantasse as pernas. Fiquei na posição de frango assado, ele veio e colocou seu pau na entrada do meu cu e empurrou. Entrou fácil, afinal eu já tinha dado pra cacetes bem maiores que o dele, mesmo assim sua grossura me preencheu totalmente. Adamastor disse:

-Que delicia de cu. Sempre gostei de comer viadinhos mas você foi o melhor que já peguei até hoje, uma maravilha.

-Ele falava e bombava sem pressa, no ritmo, depois de um tempo me pediu:

-Mexe no seu pau querido, adoro que meus parceiros toquem uma punheta enquanto encho seus rabos com rola.

- Eu comecei a tocar uma punheta de leve, isto o deixou excitado e ele foi bombando mais forte no meu cu. Quando sentiu que ia gozar, ao invés de ir mais rápido, Adamastor parou e pediu que trocássemos de posição:

- Fica de quatro putinho, quero ver você rebolar enquanto toma no cu.

- Fiquei de quatro no sofá e ele enfiou de novo seu pau, desta vez metia rápido e ficava dizendo coisas do tipo:

- Aí que cuzinho delicioso, que bunda linda você tem! Ta gostando da minha vara no rabinho sua putinha?

- Ta bom demais Doutor. Me faz tua fêmea, quero me acabar na sua vara!

- Você é uma vagabunda mesmo! Uma viadinho que adora ter o cu arregaçado! Aposto que já trepou com mais de um. Hein? Qual foi seu recorde putinho filho da puta?

- Seis! - Disse eu entre gemidos – Já meti com seis de uma vez!

- Tu é mais puta que muita garota de programa por aí, eu sabia, assim que te vi que você adorava uma rola.

- Aquela nossa conversa foi excitando o doutor e próximo de gozar, ele tirou o pau do meu cu, tirou a camisinha e gozou em cima da minha bunda e pernas. Ele mesmo espalhou a porra no meu rabo e depois disse:

- Vem chupar meu pau gostosinho! Deixa ele limpinho.

- Chupei aquele cacete meia bomba até deixa – lo limpo.

Adamastor me ajudou a limpar, me deu uma amostra grátis do remédio e não cobrou a consulta. Tudo com a condição de que eu voltasse na próxima semana para uma revisão. É claro que eu voltei, mas essa historia eu conto depois, valeu.

Comentários

15/12/2012 15:36:42
Que maravilha! Li sendo fodido ao mesmo tempo.
24/06/2010 12:12:35
Adorei o conto! Deu vontade! Mas, sou casado, me falta coragem e precisaria de muuiiiito sigilo. Parabéns!
03/12/2009 19:57:52
DELICIA DE CONTO E DE DOUTOR __PARABENS.... GOSTARIA DE CONSULTAR VC TBEM__NOTA 10...limaasanches@hotmail.com
01/12/2009 17:18:34
bão
14/06/2009 23:27:41
bom
02/06/2009 18:46:17
Obrigado Lui004. Seu comentário é muito importante pra mim. valeu. vcs que leram o conto comentem também
02/06/2009 18:42:58
Muito bom seu conto, adorei mesmo! fiquei com tesão! Parabéns

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.