Casa dos Contos Eróticos

Feed

Um noite gostosa com meu sobrinho (Tia Vera)

Autor: Tia Vera
Categoria: Heterossexual
Data: 30/05/2009 19:49:59
Nota 9.67
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sumi por uns tempos, mas não foi por falta de aventuras. Pelo contrário, estou aproveitando o pouco tempo livre que tenho tido justamente para transar muiiiiitoooooo. E meu sobrinho Heitor tem se mostrado um amante fenomenal. No meu último relato contei aqui como começou o nosso caso. Professor, assim como eu, o Heitor mudou-se no início deste ano para a minha cidade. Desde então mora em uma pequena edícula nos fundos de minha casa. É casado, porém, sua mulher não pôde vir junto por causa do trabalho (para minha sorte !!!). Ele chega na segunda-feira e só vai embora na sexta à noite. De uma ingênua amizade e admiração mútua entre tia e sobrinho, começamos um tórrido caso de amor. O palco onde praticamos todas as loucuras possíveis?? Minha própria casa e, na maioria das vezes, na minha própria cama.

Quem acompanha minhas histórias sabe que meu marido tem conhecimento de tudo e que há um bom tempo não temos nada mais um com o outro. Sua única exigência é que, quando em casa, deixe ele assistir a tudo e, vez ou outra, fotografar. Meu sobrinho levou um susto com essa história. Obviamente, nunca imaginaria que algum dia teria um relacionamento quentíssimo com a tia e, ainda mais, com o consentimento de seu tio. A primeira vez que transamos foi na cozinha de casa, quando todos dormiam e depois que eu o provoquei até ele não mais resistir. Depois disso, nossa intimidade só fez crescer. Vamos todos os dias juntos para o colégio. A proximidade entre tia e sobrinho pode passar despercebido pelos parentes, vizinhos e conhecidos, mas só nós dois sabemos o que fazemos nestes caminhos (e descaminhos) até à escola. Beijos calientes em ruas desertas, mãos percorrendo todo o corpo escondidinhos embaixo de qualquer árvore e, quando o tesão está à flor da pele, até mesmo ter os peitos chupados com o carro estacionado em algum cantinho escuro ou levar uma bela gozada na cara agachada no banco da frente do automóvel.

Nossa intimidade é tamanha que circulo o tempo todo em casa com shortinhos curtíssimos bem à sua frente, transito com calça legging de ginástica de fio dental e quando ele vai assistir o jogo de futebol às quartas-feiras à noite em casa até arrisco ficar de camisola. Meus filhos estranharam no início, mas depois os convenci que eu era tia do Heitor e, por isso, ele era como um filho para mim. Bem, quem lê meus relatos e meu blog (http://safadaeamante.blogspot.com) sabe que as coisas não são bem assim. Outro dia meu filho mais velho me questionou se eu iria à casa do Heitor com um shortinho lilás que uso casualmente depois do banho. Nele minha bunda fica quase toda de fora. Disse que só iria lá chama-lo para jantar. Na verdade, quando o Heitor me viu daquele jeito ficou perplexo. Imediatamente fez questão de dizer bem alto para todos ouvirem se eu poderia ajudá-lo com alguns diários de classe da escola. Quando entrei ele já foi me agarrando e enfiando a mão dentro do meu short, tentei resistir argumentando que todos estavam esperando para jantar em casa. Mas quando encostei no calção dele percebi que realmente não daria para esperar. Seu pau ficou duríssimo ao me ver com aquele short. Peguei aquele cacete duro por dentro da bermuda e já estava todo melado. Ainda que assustada pela loucura da situação, não me fiz de rogada: tirei aquele mastro para fora e comecei a chupa-lo ali mesmo no sofá. O Heitor já estava fora de si, mas eu também queria gozar, pois vendo aquele cacete enorme daquele jeito por minha causa, perdi a cabeça. Rapidamente afastei meu shortinho para o lado e fui sentando em cima daquele pau maravilhoso. Apesar de estar morrendo de medo de meus filhos virem atrás de mim para chamar-me, em segundos já havia engolido toda aquela viga quente com minha bucetinha molhada e em com quatro ou cinco cavalgadas já estávamos os dois gozando feito loucos. Era uma sensação tão louca que gozei muito forte e o Heitor precisou tapar minha boca para eu não gritar alto ao ponto que todos lá em casa pudessem ouvir. Depois daquela trepada rapidíssima, nos arrumamos rapidamente e fomos para minha casa jantar. Sentada à mesa, sentia aquele caldo quente que meu sobrinho havia derramado dentro de mim escorrer da xoxota para a calcinha. Aquilo me dava ainda mais tesão e ficava imaginando coisas ainda mais pervertidas para o resto da noite. Huuuumm...que jantar delicioso foi o daquele dia !!!

Depois do jantar fomos todos para o sofá assistir a novela e “A Grande Família” – naquela noite houve aula apenas meu sobrinho dava apenas duas aulas e chegava em casa ainda bem cedo. Heitor não tirava os olhos das minhas pernas e da minha bunda durante todo o tempo em que estávamos no sofá. Num dos intervalos eu disse que iria tirar a roupa do varal e ele aproveitou para dizer que iria dar um ida rápida em casa para escovar os dentes. No quintal nos beijamos ardentemente e ele enfiou a mão dentro do meu short, apalpando firme a minha bunda e sussurrando no meu ouvido “que bunda mais gostosa tia...quero te foder bem gostoso essa noite!!”. Com a cara mais safada do mundo, olhei bem nos olhos dele e respondi: “pra comer minha bundinha, só se for na minha cama !!!”. O Heitor ficou enlouquecido...sei que estava louco para comer minha bundinha (ainda não tinha feito isso até então), mas por outro lado, tinha a barreira moral de fazer isso na casa de seu tio e, pior, na sua cama. Ficamos nos agarrando ainda por um tempo no quintal, mas temendo que os meninos pudessem ver alguma coisa, terminei aquela safadeza segurando no seu pau e dizendo “querendo isso tudo enterrado no meu rabinho hoje !!”. Vi aquela frase havia derrubado qualquer bloqueio que meu sobrinho ainda pudesse ter quanto a foder a tia em sua cama de casal. Ele foi rapidamente pra dentro, mas em menos de um minuto já estava novamente em meu sofá.

Quando acabou “A Grande Família” nos entreolhamos e já sabíamos que aquela noite seria inesquecível. Apenas para despistar os meninos ele disse que iria embora, que tinha que acordar cedo no dia seguinte. Aproveitei para ir tomar banho, ficar bem cheirosa e colocar um fio dental que não tapava praticamente nada por baixo e uma camisolinha roxa curtinha, mostrando toda a minha bunda. O sinal para que ele viesse era eu sair e abrir a torneira do tanque, como quem estivesse lavando alguma coisa àquela hora da noite. Estava de fato lavando um pano de prato, quando senti aquela mão quente e firme me agarrando pela cintura e me puxando contra si, contra um membro duro. Ao mesmo tempo sua boca já tocava meu pescoço, mordiscando minha orelha e me deixando imediatamente molhadinha. Acariciou minha coxas, entrou por dentro de minha calcinha me sentindo já toda lambuzada e me tocava o grelinho me deixando completamente louca ali mesmo. Por ele teria comido minha bundinha ali mesmo, na beirada do tanque, pois já roçava a cabeça de seu pau todo molhada na entradinha após ter afastado minha minúscula calcinha. Mas me virei lentamente e lhe disse: “vai me foder na minha cama”. À essa altura, Heitor já havia perdido qualquer pudor, afinal, iria finalmente comer a bundinha da tia...Aquela mesma bunda que lhe provocava em shortinhos e calças legging cotidianamente.

O puxei pela mão e o levei para o quarto. Ele perguntou pelo tio e eu lhe disse que já deveria ter se escondido no banheiro. Sem demonstrar qualquer constrangimento me puxou para junto de seu corpo e já foi metendo sua língua dentro de minha boca e percorrendo todo o meu corpo com suas mãos quentes. Quase rasgou minha camisola e chupava meus peitos com um tesão e uma fome que quase parecia mordidas. Quando percebi ele já tinha arrancado minha camisolinha e me deixado só de calcinha. Disse baixinho no seu ouvido: “seu tio está vendo você fazer isso tudo com a titia”. Estas palavras o incendiara. Me colocou de quatro na cama, afastou um pouco as minhas pernas, enfiou a cara por baixo e começou a me chupar por trás ali mesmo, na frente do meu marido. Aquela língua gostosa me lambendo e me penetrando por trás me levou ao êxtase, nem dei por mim quando já estava praticamente gritando “vai gostosinho da titia, me lambe lá a xoxotinha...me faz gozar na tua cara”. Heitor passou a lamber ainda mais forte meu grelinho e à medida em que ficava cada vez maior, enfiava também o seu dedo médio no meu cuzinho, abrindo caminho para o que viria depois. Aquela língua me chupando o grelinho fazia com que eu me contorcesse toda com a buceta na sua cara...Não resisti e gozei rápido...quando percebi já estava rebolando feito louca na cara do Heitor e estremecendo num gozo muito, mas muito profundo mesmo !!! Não me levantei, nem me dei...Como estava ainda de quatro, meu sobrinho não resistiu e lubrificando o pau na minha bucetinha toda encharcada me montou do jeito que eu estava e foi enterrando bem devagarinho seu pau na minha bunda...centímetro por centímetro, me fazendo delirar. Aquele homem delicioso montado em mim daquela forma fazia meu corpo vibrar novamente de tesão...Era uma cena tão deliciosa que até o Valdir, meu marido, não resistiu e chegou por trás bem sutilmente e registrou com uma foto (está em nosso blog !!). Na hora o Heitor nem percebeu.. Aquele macho me montando me fez perder o juízo e não vi a hora em que falei “mostra pro corno do teu tio como se fode o rabo de uma puta, mostra Heitor...ele nunca fez isso”. Ele mais que depressa entrou no jogo e enterrando aquela vara enorme no meu rabo foi logo respondendo: “que cuzinho gostoso titia...vou encher esse seu rabinho de porra pro corninho do tio ver...rebola bem gostoso no meu mastro, rebola titia !!” A cada estocada ele entrava mais fundo na minha bunda me preenchendo toda com aquela pica dura. O tesão era tanto que o Heitor não resistiu muito tempo...Só senti quando aquele cacete enorme começou a jorrar sem parar dentro do meu cuzinho e o Heitor em êxtase quase berrando “que rabo gostoso tia, tô gozando, tô gozando!!”. Ainda bem que o quarto dos meus filhos fica do outro lado da casa, senão tinham ouvido toda a nossa putaria.

O Heitor ainda ficou um bom tempo montado em mim depois de gozar... sentir o pau dele latejando dentro da minha bunda depois de inundá-la com seu leitinho quente me deixou com uma vontade louca de gozar novamente com aquele caralho no meu rabo. Quando ele saiu de dentro de mim, parecia que não parava mais de sair aquele caldo grosso, ainda morno...Meu marido registrou bem de pertinho o leite do sobrinho escorrendo do meu rabinho. Então me deitei de costas e falei: “titia agora quer ver sua cara enquanto mete na minha bunda”. Ele então abriu minhas pernas e foi enfiando novamente aquele caralho grosso no meu cuzinho enquanto bolinhava meu grelinho. Como já estava todo lambuzado na foda anterior, desta vez entrou sem muita dificuldade. Foi enterrando e comentando sarcástico “titia então gosta de gozar com um pau no cuzinho, né? Então vou meter bem gostoso nesta tua bunda pra nunca mais a titia esquecer do Heitorzinho...E que putinha é a tia Vera, hein? Deixando o sobrinho foder seu cuzinho na frente do maridão...Diz pra ele o quanto o Heitorzinho tá metendo gostoso na sua bundinha, diz!!”. Àquela altura eu já estava chegando ao Nirvana...virei para o meu marido que estava de longe olhando e disse: “Vem cá Valdir tira uma foto bem de pertinho do teu sobrinho fodendo meu cuzinho!! Vem ver como ele fode gostoso sua mulherzinha!!”. Em pouco tempo eu já estava berrando “Ai Heitor, que delícia de cacete no meu cuzinho, vou gozar no seu pau na minha bunda, seu cachorro tesudo !!”. Meu gozo foi tão forte que parecia que eu estava em transe...só depois de um tempo é que me recobrei com meu sobrinho gemendo e despejando novamente litros de porra dentro da minha bunda e dizendo: “tô enchendo seu rabo de leitinho titia...toma mais porra quente no teu cuzinho!!”. Neste exato momento o Valdir tirava uma foto e pegou justamente o instante em que o Heitor estava enchendo meu cuzinho de porra. Esta foto também está em nosso blog.

Ficamos um bom tempo ainda com ele sobre mim, me acariciando a xoxotinha e me lambendo os mamilos. Apesar das aventuras dos últimos tempos, nunca tinha gozado tão forte quanto gozei com o Heitor. E ele tinha um vigor incomum...sempre com aquele cacete duro, me roçando. E meu marido Valdir vendo tudo isso, em silêncio, apenas observando e, quando muito, fotografando. Nem ao menos se masturba à nossa vista. Neste dia, o Heitor dormiu comigo, na minha cama. Acordei-o de madrugada, por volta das 05:30 da manhã, pois os meus filhos não poderiam vê-lo ali. O despertei de um modo bem especial, lambendo seu pau e suas bolas. Ele já acordou louco de tesão. Resultado: antes de sair, comeu novamente minha bundinha e também o meu marido Valdir foi despertado com os gemidos de nós dois gozando em plena madrugada. O Heitor saiu e cruzei com o Valdir na porta do banheiro: eu toda melada, com a porra do meu sobrinho escorrendo pelas pernas, ele com cara de corno feliz por estar vendo a mulher ser bem comida e satisfeita com o seu macho.

Visitem nosso blog: http://safadaeamante.blogspot.com e veja algumas fotos dessa transa deliciosa e muitas outras fotos e histórias.

Comentários

07/12/2011 17:43:20
Nossa fiquei de pau durissimo que tia gostosa vc hein e bem safada nunca comi um cuzinho sou louco por isso -johnnilove@hotmail.com
07/12/2011 17:41:43
tia deliciosa gozei só de ler essa loucura toda gostosaona
18/09/2009 11:30:19
Seu conto foi ótimo, seu blog tb é ótimo!! Eu sou louco por tias... Fiquei excitadíssimo! maverick-2007@hotmail.com (msn)
10/09/2009 14:19:02
MAS QUE TIA SAFADA HEIN ! PARABENS PELO CONTO. (moreno.sp37@hotmail.com)
23/08/2009 20:34:49
santa maria mais que titia fogosa ehhhh. essa eu queria, rsrsrs
19/08/2009 12:57:15
nossa que tia deliciosa fiquei com vontade de fuder sua tia posso
20/07/2009 18:48:39
Adorava ter uma titia assim... rsrsrs Continue.
03/06/2009 16:38:21
Oi sumida!!! como sempre, seu conto (aventura) foi ótimo!!! nota 10
31/05/2009 02:32:24
P.Q.P. QUE XOXOTA MAIS GOSTOSA QUE VOCÊ TEM.. Se você aparecesse na minha casa com esse shortzinho também, pode ter certeza que seria bem comida. E não só gozaria no seu cu como em todas partes do seu corpo. Com uma xota e um rabo desses, é tesão o dia inteiro, neném.. ;]
30/05/2009 19:55:46
bom bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.