Casa dos Contos Eróticos

Feed

Sogro

Autor: Renata
Categoria: Heterossexual
Data: 25/05/2009 10:58:44
Nota 9.25
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá.

Vou contar pra vocês uma história que aconteceu ontem à noite comigo e ainda estou pasma!

Minhas pernas ainda estão bambas e eu custo a acreditar que foi verdade, porque mais parece que foi um sonho.

Eu tenho 21 anos, branca, 45 kg, bunda e peitinhos bem durinhos, bicos arrebitados.

Namoro há 3 anos com um rapaz e vamos nos casar sábado

Estamos resolvendo as últimas pendências do casamento e ontem fui buscar o vestido.

Só que aqui em João Pessoa está chovendo muito e como meu noivo estava dando aula na faculdade, o pai dele foi me buscar na casa de noivas.

Estava frio, mas quando eu saí de casa de tarde estava calor, então eu estava com uma blusa bem decotada. Meus seios não são grandes, mas por serem redondos e durinhos chamam atenção numa blusa decotada e apertada. Ainda mais quando está frio e os bicos ficam durinhos, bem salientes.

Entrei no carro super animada, o vestido ficou perfeito.

Meu sogro perguntou como foi e fomos indo em direção à minha casa. De repente ele saiu do caminho e disse que precisava pegar minha sogra no hospital antes, pois o plantão dela havia acabado e ele levaria nós duas pra casa.

Eu não percebi que era armação dele. Quando menos espero ele passa a mão na minha perna e pergunta: "Tensa com o casamento Renatinha?"

Como ele sempre foi muito carinhoso comigo não dei importância ao carinho malicioso e disse que sim, que estava nervosa, mas segura.

Então ele pegou na minha mão e foi subindo pelo meu braço, aí quando chegou na altura do meu seio passou os dedos de leve por cima e disse: "Está com frio nora? Seus bicos estão bem durinhos. Se quiser posso desligar o ar condicionado".

Aí sim eu gelei! Era o meu sogro ali, me alisando!! Fiquei calada, paralisada.

Ele é um homem delicioso. Tem 45 anos, casou muito cedo. Malha, é sarado, gostoso. Eu sempre o achei muito bonito (meu noivo tem a quem puxar) mas nunca me imaginei numa situação daquelas, até pq o casamento dele e da sua mulher parece perfeito!

Então ele me disse pra não ficar nervosa, deu seta e entrou num motel. Me falou que explicaria tudo lá dentro, que era mais calmo pra conversar.

Quando parou no quarto me disse pra trazer meu vestido de noiva. Entramos.

Ele disse que queria me ver vestida de noiva, que me deseja e que queria ser o primeiro a tirar aquele vestido, que demorou demais pra ter coragem de fazer isso, que me desejava desde a primeira vez que fui na casa dele e que daquele momento em diante não perderia oportunidades de ficar à sós comigo.

Eu disse que irei casar com o filho dele no sábado e perguntei porque ele queria fazer aquilo tão emcima do casamento.

Então ele disse "Você ainda não sabe o que é transar com um homem de verdade. Meu filho é muito novo, ainda tem muita coisa pra aprender. Você vai experimentar uma foda de verdade antes de entrar naquela igreja".

Apesar do nervosismo aquelas palavras estavam começando a me excitar.

Então ele sentou do meu lado, passou a mão no meu cabelo, me beijou no pescoço e começou a tirar a minha roupa.

Era um misto de loucura e tesão e eu estava me entregando. Não conseguia, nem queria pedir pra ele parar.

Ele foi tirando e me beijando, me lambendo, me chupando. Ia dizendo o quanto eu sou gostosa e como estava arrependido de ter esperado tanto pra fazer isso.

Quando fiquei completamente nua na sua frente ele me deitou, abriu minhas pernas e começou a me chupar como se eu tivesse a última buceta do planeta.

Entre uma chupada, uma lambida e uma dedada ele me dizia como meu melzinho era gostoso e que sabia que eu já tava excitada e doida pra dar pra ele.

Quando eu já tava quase gozando ele me mandou ir vestir meu vestido de noiva "É agora que você vai entrar oficialmente na família, sua gostosa".

Fui no banheiro, levei a caixa do vestido e me vesti.

Quando saí ele já estava nu, deitado na cama, com o pau muito duro. Eu nunca vi um pau tão grande e grosso na minha vida! Deu medo na hora. Fiquei pensando que ia me rasgar.

Então ele me chamou pra cama e disse pra eu ficar em pé emcima da cama, entrou embaixo do vestido e puxou minha calcinha branca, sempre lambendo minha buceta.

Eu já estava muito louca e já que estava ali, não tinha como voltar atrás, estava decidida a conhecer aquela transa de homem de verdade e mesmo que me machucasse eu iria até o final.

Então me pediu pra sentar no pau dele, com vestido e tudo. Fui me abaixando e ele foi entrando, doendo, mas foi entrando. Quando foi chegando no fim ele me agarrou pelo quadril e me puxou pra baixo que eu senti aquele pau enorme batendo lá no fundo da minha buceta. Eu gritei. Quanto mais eu gritava de dor mas ele metia.

Socou muito, até que parou e me mandou chupar o pau dele. Chupei gostoso. Nisso eu sei que sou muito boa. Chupei muito que ele quase gozou na minha boca, quando estava quase lá mandou que eu parasse e ficasse de quatro pra ele. Levantou meu vestido e meteu na buceta. Como doía!

Cada enfiada que ele dava eu gritava, só se ouvia meu grito e o barulho da minha bunda batendo no quadril dele. Ele meteu muito e de novo quando estava perto de gozar, parou.

Me beijava no pescoço e começou a tirar meu vestido, ia me chupando...

Chupou mais a minha buceta e dizia que faria isso todas as vezes que quisesse.

Então me disse pra ficar de quatro de novo e que comeria meu cu. Eu disse que não, que nunca tinha feito e que o pau dele era muito grande e ia me machucar.

Ele disse que sempre doía e que o meu cu era dele, que seria o primeiro a comer, que não daria esse prazer ao filho e que eu não deveria dar meu cu ao meu marido enquanto ele não deixasse, pq aquele seria o buraquinho exclusivo que só ele meteria.

Eu fiquei muito nervosa e comecei a reagir, tava com medo e não relaxava, então ele me disse que ou eu ficaria quieta e fazia por bem, ou ele seria obrigado a fazer á força.

Mas era involuntário e eu continuei reagindo. Acabei levando uma tapa na cara (que eu adorei!) e ele colocou o dedo na minha cara dizendo "Agora você é a minha puta norinha, vai fazer tudo o que eu quiser e eu vou foder vc pelo buraco que eu quiser, quando eu quiser, do jeito que eu quiser. Trate de ficar bem quietinha e gemer gostoso que eu adoro."

Mas eu não conseguia relaxar, ele pegou uma camisa e me amarrou.

Pegou outra e amarrou minha boca, disse que queria que eu gemesse, não que eu gritasse e que se eu fosse boazinha e gemesse gostoso ele fodia devagar.

Então ele abriu minha bunda e foi enfiando. Cada milímetro ia me rasgando e eu mordia a camisa que ele me amordaçou.

Eu chorava e ele ia metendo, até que entrou todo. Então ele começou a socar, no começo doeu muito, mas depois eu comecei a gostar. Ele fodia com força, igual como fez com minha buceta, que ficou arregaçada com aquele pau.

Depois de tanta trepa ele não aguentou mais. Gozou no meu cu. Gritou alto enquanto gozava e deitou por cima de mim. Tirou a mordaça e perguntou se eu tinha gostado de foder com um homem de verdade, eu disse que sim.

Guardei meu vestido na caixa e ele me disse pra não vestir a calcinha, eu tava de saia.

Então foi me deixar em casa, entre uma marcha e outra metia a mão entre minhas pernas e enfiava os dedos na minha buceta.

Cheguei louca em casa, meu noivo ligou pra saber do vestido e eu disse que ficou lindo.

Agora serei a sobremesa do meu sogro em todos os almoços de domingo.

Comentários

28/01/2010 21:54:29
Que delícia! Acho que seu futuro marido vai er dor de cabeça!
tou
22/07/2009 01:40:40
gatinha adorei o relato manda a continuação para meu e- mail tony.csr@hotmail.com sou de recife
tou
22/07/2009 01:05:01
manda a continuação do conto para meu e-mail que eu adorei o relato sou de recife quem sabe que eu ja te encontrei gostosa
03/07/2009 22:34:18
Eu escrevi esse conto mas esqueci minha senha e tive que criar uma nova conta. Meu msn é o amandinha.nunes.20@hotmail.com Obrigada pelos elogios.
26/06/2009 04:03:06
vc massa seu conto espero que vc me add, para batermos um papo. jose.camilo@yaoo.com.br
28/05/2009 12:08:36
Olha só pricesa, fiquei vidrado na sua história. Quero te conhecer de qualquer jeito. Também moro em João Pessoa. Vou ficar de plantão em todas as Igrejas da cidade, pra tentar te encontrar. Entra em contato comigo. Meu e-mail é badcop72@hotmail.com Tô te esperando, pelo menos pra conversar. Um super beijo e ótimo casamento.
27/05/2009 15:08:05
Gostaria de te conhecer gata. Também moro em Jampa. Tô fissurado em vc. Espero ansioso suas notícias.
26/05/2009 14:06:05
vc foi show neste conto mais me passa seu msn por email fabiodsj@gmail.com
26/05/2009 12:20:49
safada...meu msn: n_ego_george@hotmail.com!!!
25/05/2009 21:10:04
Eu ia dar 10 mas é muito longo. Aí tens 9. Muito bom para principiante. Só que eu acho que é verdade isso e tenho pena que pai coloque cornos em filho.
25/05/2009 18:44:34
muito bom.. tem que ter continuação.
25/05/2009 15:42:31
Gatinha que tesão de conto, adoraria te provar tbm, etá sogro de sorte esse, quando tiver mais contos me mande. Nota 10 angelo_fotojornalismo@hotmail.com
25/05/2009 14:45:26
Eu moro bem pertiho de você gatinha qualquer coisa é só avisar...
25/05/2009 14:44:04
aff... que mentira!!!
25/05/2009 11:23:25
me passa seu msn via email mazinho0204@uol.com.br

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.