Casa dos Contos Eróticos

Feed

Papai veio de viagem

Autor: belita
Categoria: Heterossexual
Data: 10/05/2009 13:19:34
Nota 9.05
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi meu nome é Belinha e gostaria de contar o que aconteceu comigo e com meu pai. Devo dizer que foi algo puro e simples antes que alguém pense maldade, o que aconteceu comigo e com ele foi por amor.

Bem eu na epoca tinha uns 13 anos. Perdi minha mãe aos 4 anos de forma que papai é quem cuidou de mim desde então.Papai era um homem muito sério e apesar de ser viúvo nunca se relacionou com mulher nenhuma. Sendo militar estava pouco tempo em casa de forma que fui sendo criada por minha avó paterna.

Papai sempre que tirava sua folga folga vinha me ver,ia passear comigo e nos dávamos muito bem, sempre com amor e carinho. Ele sempre dizia que eu estava crescendo e ficando bonita e eu adorava ouvi-lo dizendo isso.

Até que um dia papai como era da Marinha foi chamado para fazer parte de um exercício militar a bordo de um navio escola.Este exercício iria faze-lo quase dar a volta ao mundo e iria ficar 6 meses fora.

Chorei muito quando fiquei sabendo que ia ficar sem meu pai durante 6 meses,mas ele prometeu que assim que chegasse ia ser promovido e iriamos morar juntos na vila militar em uma casinha so nossa e ele ficaria mais tempo comigo.Achei otimo pois sentia sua falta e queria te-lo comigo sempre..

Seis meses se passaram e papai voltou.Ja tinha meus 13 anos e meu corpinho ja começava a desabrochar. Papai nao acreditou talvez por estar tanto tempo sem me ver e notou o quanto eu havia crescido.

Nos abraçamos e choramos juntos pela alegria em nos ver novamente e naquele. Depois de comermos em um restaurante com a familia papai e eu nos despedimos de todos. Apesar de cansado da viagem papai queria estar comigo,contar como foi a viagem e tudo mais e assim fomos passear em um parque que fica no centro da cidade.

La tomamos um sorvete e conversamos bastante, papai contou tudo sobre a viagem. Em um banquinho do parque aproveitando o solzinho de fim de tarde e vendo que ele estava cansado me aninhei no peito dele e ele me olhando com ternura me disse que era linda! Fiquei tão feliz, felicidade de menina sabe, e não me contive, não sei o que deu em mim, talvez tenha sido saudade, e dei-lhe um beijo na boca. Na hora pensei que tinha feito besteira, mas depois vi que papai não havia se importado e me beijou até que nossas linguas se encontraram.

Sorrimos e nos acariciamos, pois o beijo era mesmo de saudade mas foi o meu primeiro beijo.

Dali fomos de mãos dadas até a casa de minha avó e papai nos revelou que realmente agora era mais graduado e que teria direito a casa da vila militar tal como havia dito.Então cheios de felicidade, ele me prometeu que eu e ele iriamos ver a casa no dia seguinte.

No dia a seguir eu e papai fomos ver a casa,.Não tinha grandes luxos mas era bem conservada e bonita. Havia ja alguns móveis que depois iriamos mudar mas papai disse que ja seria nossa primeira noite na casa. Abracei papai muito feliz pois agora eramos uma familia outra vez e mais uma vez o beijo aconteceu.

Desta vez mais demorado, eu pendurada no pescoço de papai e ele de olhinhos fechados. Foi uma graça pois estavamos nos sentindo quentes e não nos importavamos se o beijo ja era de lingua ou não.

Nisso papai riu e pediu desculpas a mim, e me revelou que depois que mamêe havia morrido que não tinha mais afeto de ninguém só meu.

Começamos a chorar ele porque tinha saudades de mamãe e eu por que não queria vê-lo triste. Então nos sentamos no sofá, que ainda tinha um pano cobrindo ele para proteger de poeira e ele se deitou ali e eu ao seu lado agarradinha e lhe dando um monte de beijinhos.

Papai entâo começou a se abrir comigo,dizendo que depois de mamãe nunca tinha tido mulher nenhuma.Eu tinha 13 anos e mamãe havia morrido quando tinha 4, de forma que papai estava sem mulher a 9 anos, e depois de uma viagem de 6 meses dentro de um navio cheio de homens e como conheço papai ele nem saía para ver mulheres ou beber cerveja com os outros,ou seja papai estava zero a zero a mais de 9 anos, com o agravante de ficar sem ver muito tempo uma mulher! Naquele caso estava ao lado de uma menina, mas o extinto não quis saber de idade.

Com 13 anos eu não pensava nestas coisas afinal era meu pai. Mas naquele momento ali juntinho com ele senti que minha perna tocava em algo volumoso. Sim eu sabia o que era mas na hora eu não tive maldade, mas senti que aquilo cresceu de uma hora para outra.

Papai contava pra mim a falta que mamãe fazia, contava os momentos bons que teve ao seu lado e eu ouvia com a cabeça encostada em seu peito e acariciando o cabelo de papai e de vez en quando dava uma beijoca no seu peito.

Enquanto ele falava senti que o volume entre as pernas de papai estava muito duro e por instinto subi em cima dele acabando por ter aquela coisa entre minhas pernas. Como estava com uma sainha aquilo quase me machucava mas eu nao me importava talvez por amor ou por saber que papai precisava de carinho subi em cima dele para que ele me abraçasse.

Papai me abraçou forte me pegou no rostinho e disse que me amava muito e que adorava estar do meu lado e me beijou todo o rosto. Eu estava nas nuvens sentido papai em baixo e em cima ele me beijando.pEle tomava cuidado para não beijar meus lábios, beijandoos olhos, o rosto, a testa mas a boca so chegava meio pertinho e aquilo foi me deixando meio ouriçada ate que quando ele foi me beijar no rosto,virei a cara um pouquinho e nossos labios se encontraram e daí para um esfrega esfrega foi um pulo.

Papai estava ficando com tesao mas eu como não sabia das coisas ainda achava que ele so me queria namorar. Suas mãos começaram a descer ate minha bunda e como estava de sainha logo já estavam por baixo da saia alisando minha calcinha.

Na hora não me importei muito mas depois vi que ele queria passar as mãos dentro da calcinha e me assutei e fiz mensão de sair dali, mas papai me segurou mais firme e começamos um rala e rola.Na hora pensei em ir do sofá mas depois começou a ficar tão bom que fui deixando a maozinha boba de papai percorrer minha bundinha e so pude chamar ele de bobo ao qual ele so me chamava de linda.

Papai meio que nesse momento acordou de seu transe começou a sorrir para mim.Eu estava descabelada, com a saia toda pra cima, a alcinha da blusa caida e comcara de estupida. Comecei a rir também e ele me disse que era so carinho.

Fiz questão de lhe dar um beijo mais e ele me levantou as pernas e me pôs em cima dele em um colo onde ficavamos bem agarrados e minha xaninha se encontrava com o pau dele . Papai começou a me beijar o pescoço, foi descendo e me retirou a blusa,me chamandode safada. Fiquei super envegonhada e dei um gritinho e ri, mas papai nesse momento pos as maos nas minahs costelas me fazendo cocegas e naquela cosquinha divertida e de segundas intensões, papai começou a chupar meus peitinhos. Eu nao acreditava que ele estava me mamando e comecei a ficar encantada com aquilo.Via e sentia a lingua de papai percorrendo meus seios foi algo que me deixou molhada. Brinquei dizendo que ali não tinha leitinhopra mamar e ele respondeu que ja ja eu ia ver leitinho. Eu nao entendi nada,mas hoje entendo....

Papai então me ergueu junto com ele e me levou pro quarto assim, no colo dele. Eu não sabia direito o que estava contecendo,mas seja o que for eu queria. Eu nunca tinha conversado sobre sexo com ninguem, minha avo jamais tocara no assunto e papai muito menos,pois era muito serio.

Papai então me pos na caminha e como já era fim de tarde e o quarto estava comas janelas fechadas estava meio escuro mas o suficiente para nos vermos.

Logo o que estavamos fazendo no sofá agora era na cama e eu perguntei a papai o que estavamos fazendo e papai respondeu que estavamos namorando.

Papai disse tambem que estava muito tempo sem mamãe e que como me amava se eu poderia amar ele também. Eu prontamente disse que sim e nos beijamos mais ate que ele se levanta e tira toda a roupa ficando so de cueca.

Logo eleabaixa a cueca e fica alisando seu apu ali naminha frente! Não via papai nu a muito tempo e fiquei chocada pois das poucas vezes que o vi nú seu pinto era apenas uma coisinha penduradinha e naquele momento estava pro alto e enorme e comuma cabeça grande e vermelha.

Papai vendo minha curiosidade aproximou minha cabeça contra seu pau e me faz chupa-lo sem dizer nada eu nao entendia porque ele queria por seu pinto na minha boca e fiz cara de interrogação mas papai disse apenas pra abrir a bola de deixar o pau ir e vir la dentro e fui deixando.

Em 3 minutos ja estava chupando direitinho e sentia que aquilo deixava papai feliz, pois seu rosto era de prazer. Tive a oportunidade de ver que o saco de papai era enorme.Não lembrava que papai tinha um saco daquele jeito e imagino que aquilo estava assim pelo tempo sem gozar.

Papai me fez parar dizendo que se continuasse mais um pouquinho ia gozar. Não entendi na hora o que era gozar,

Nisso ele pediu pra eu ficar de 4 e começou a esfregar o seu pau em minha bunda eu somente olhava e sentia aquele pau roçando na minha calcinha.Papai dizia que eu era gostosinha e que queria gozar tudo o que podia em mim, ja que estava tanto tempo sem mulher. Ele desabotoou minha saia me deixando so de calcinha a começou a se esfregar em mim alisando seu pau emminha bunda.

Logo papai me pediu para deitar na cama e abrir bem as pernas. Eu nao entendia pra que mas queria acompanhar esse namoro de papai.

Entao ele afastou minha calcinha e vi ems eu rosto um ar de felicidade em ver rminha xaninha.

E eu perguntei: você gosta dela é? E ele simplsmente fez que sim com a cabeça e começou a chupa-la com muita força.Aí sim eu senti o que era gozar pois nunca tinha sentido algo parecido. Que lingua gostosa tinha papai e eu gritei de tanto prazer! Papaime chupou uns 5minutos e gozei umas 3.

Papai vendo que eu tinha gozado em menos de 30 segundos, e mais 2 depois, se pos em cima demim sempre semtirar minha calcinha.

Começamos a nos esfregar e eu enlacei as pernas na sua sintura e quando reparei algo tentava entrar em minha xaninha.

Sinto as maos de papai puxando a minha calcinha e ate que sinto elerasgando-a.

Fiz um ai nao de dor mas porque ele havia rasgado a calcinha e eledisse pra nao se preocupar.

Nisso sinto algo tentando invadirminha xana. Na hora não liguei pois pensava que era a mão de papai que estava ali tentando um carinho mas depois vi que não era e sim seu pau que ia me invadir.

Abracei papai e papai me enterrou de uma vez só seu pau em minha xana.

Eu urrei de dor e papai urrou de prazer, papai me olhou e começou a me beijar carinhosamente enquanto eu começava daí pra frente a sentir um forte prazer e a gemer,papai vendo que estava tudo bem e que eu estava sentindo prazer me diz:

"Você é muito gostosa! Nunca pensei que iamos um dia fazer isso!! Não consigo mais aguentar,depois de tanto tempo sem uma buceta, quero gozar em você! Sempre tive muito tesão de você minha filha!"

Respondi com um te amo, enquanto papai estocava seu pau cada vez mais forte dentro de mim. Sentia seu pau quente ir e vir dentro de mim, vi a cama toda balançar e fazer barulho e de repente uns 2 minutos de pauladas, papai para, olha pra mim fixamente e arfando diz: Filha, papai vai gozar!

Continuava não entendendo o que papai queria dizer com gozar e quando eu ia perguntar o que era, começo a sentir seu pau bombando dentro de mim e algo quente enchendo minha xana.

Papai começou a urrar e me assutei e comecei a gemer pensando que havia algo errado e quando fui ver o pau de papai estava pulsando em mim e me enchendo com algum liquido quente.

Senti aquela coisa entrando e papai com ar de prazer,ate que ele se toca de que minha xana ja estava repleta e vazando leite pelas pernas, e retira seu pau de mim e aí sim vejo seu pau jorrando um liquido branco e jatos começaram a jorrar em meu rosto, peito, barriga, travesseiro,cabeceira da cama,todo lado aquele liquido branco pulava do seu pau com violencia, e eu so pude me proteger pondo as maos no rosto pois ja tinha levado uns 4 jatos daquilo.

Ate que finalmente parou e estava coberta de esperma! Esperma que estavam contidos em papai depois de 9 anos sem mulher e mais uma vida de tesão por mim.

Papai ainda teve comoainda duro meter mais um pouco mais me dando mais estocadas e me chamando de gostosa.

Tivemos de tomar um banho para tirar aquilo tudo e do chuveiro voltamos pra cama. Desta vez papai me enrrabou e mais uma vez gozou em minha xaninha sem tirar e na manha seguinte ele me comeu mais 2 vezes!!!

A partir desse dia eu e papai ficamos mais amigos e todos os dias passavamos a transar.

Um beijo a todos.

Comentários

30/04/2014 02:37:44
O conto é excelente, mas um homem ficar 9 anos sem mulher, ahhh me polpe. Na certa comeu os outros marinhos ou deu o rabinho pra eles, mesmo assim amei esse conto. bj
19/07/2012 17:31:19
Caralho bom demais
21/05/2012 14:08:14
muito excitante...... garotas q quiserem gozae gostoso e so me add no msn: nickloiro69@hotmail.com
02/01/2010 11:01:59
adoreiiiiiiii
05/11/2009 22:22:46
muito bom o conto e, para quem é adepto do incesto fica melhor ainda... acedemicodoamor@hotmail.com
10/06/2009 23:22:52
um conto exitante,sem frescuras de gente rica,a unica coisa que faltou nesses anos todos sem sexo e com uma garota virgem foi o sangue ne?sera que nao saiu nem uma gota?olha!sou adepto do incesto eu e minha filha somos amantes a quase 15 anos,mas gostei do conto,,nota 10 pra vc e procure caprichar mais,,,um grandeabraço desse seu amigo,,,,te-devoro-cla@hotmail.com
08/06/2009 01:41:16
excelente, muito bom..
02/06/2009 11:45:34
criativo.. bom . mas vc não revelou sua idade hj..
19/05/2009 14:39:25
instigante, nota dez!!
19/05/2009 05:34:50
otimo conto.nota dez.
13/05/2009 13:14:54
muito bem contado, mas se foi verdade, quantos anos vc tem agora, mas vou dar 10....
13/05/2009 11:19:58
teu conto vale mil
13/05/2009 11:19:11
nossa que connto marvilhoso te confesso o melhor ate gor q j li!!! vc deve ser mt gostosinha keri fazer mor com vc lindaa add meu msn rafael_amorim31@hotmail.com
12/05/2009 00:38:32
Impressionante
11/05/2009 14:21:47
10
11/05/2009 09:02:25
Um tesão de conto.
11/05/2009 07:42:14
muito bom.. bem detalhado.. adorei.. vc é uma menina bem safadinha.. parabéns... francoap0109@hotmail.com
10/05/2009 23:40:23
uauuuuuuuuuu,amei seu conto
10/05/2009 17:46:35
ótimo!!
10/05/2009 14:46:04
Bom de mais! Me melei toda aquí! Nossas histórias são bem parecídas, me identifiquei muito com seu conto. Parabéns! 10 Sem dúvidas.
10/05/2009 14:31:59
Com este conto é difícil qualquer exprimir uma opinião. Não creio que seja verdade e ainda bem, eu não seria capaz de fazer uma coisa destas.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.