Casa dos Contos Eróticos

Feed

O Negão arregaçou meu cu

Categoria: Heterossexual
Data: 21/03/2009 04:35:30
Nota 7.75
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

O Negão arregaçou meu cu

O conto é ficticio e não muito extenso para quem não se importa com a veracidade de um conto espero que goste.

Ola eu me chamo Márcia e tenho 22 anos sou branca cabelos castanhos não malho, mas possuo um corpo muito bonito, tenho seios médios bem arredondados com os biquinhos pra cima, tenho uma cintura fina, pois sou daquelas pessoas que não gosta muito de comer, mas tenho uma boa alimentação peso 55 kg e tenho 1.62 de altura, tenho um bumbum empinado e bem redondinho, possuo coxas e canelas bem grossas uma herança de família as pessoas pensam que eu malho devido a isto, pois bem.

O que vou relatar foi algo que aconteceu comigo há uns três meses eu moro com minha avó numa casinha que ela tem em um bairro como qualquer outro cheio de casas uma praça e mercadinhos como todo bairro tem seus bons e maus elementos e do lado da minha casa mora um destes maus elementos, Cássio e um negro de uns 28 anos com um corpo forte atlético e uma cara de malvado de dar medo esse sujeitinho é um marginal que apronta muito por aqui sempre dava umas piadinhas pra mim, mas eu sempre cortava suas aproximações o fato aconteceu numa sexta feira eu o vi tentando roubar um de nosso visinhos e logo chamei a policia todo mundo o viu ser preso ate ai tudo bem o problema é que de alguma forma ele descobriu que foi eu que chamei a policia pra ele e pior ele foi solto por falta de provas, pois meu visinho burro não teve coragem para denunciá-lo então no sábado à noite enquanto voltava do mercado fui abordada com uma faca na barriga e o sujeito me mandou ficar quieta e fingir que nada estava acontecendo logo percebi que era Cássio.

Seguimos em direção da minha casa e ao chegarmos ele foi logo trancando a casa inteira e fomos para a sala daí ele me contou que sabia que tinha sido eu que tinha entregado ele e que agora pagaria por aquilo daí eu disse que não tinha dinheiro e que não conseguiria nada me matando ai ele me disse que já sabia como eu iria paga-lo e que se não cooperasse ele sabia que morava apenas eu e minha vó e que a mataria eu prontamente concordei com tudo ai ele disse que há muito tempo queria me comer e eu como não era mais virgem, pois havia tido alguns namorados rapidamente concordei com suas exigências daí ele me agarrou pelo cabelo e me pos debruçada no sofá e com sua tamanha força rasgou a blusinha e a saia que eu vestia sua brutalidade foi tanta que meu sutiã rasgou junto à blusa me deixando sô de calcinha ao verme nua ficou louco e em questão de segundos tirou as roupas que usava quando vi seu pau fiquei assustada, pois nunca tinha visto um pau tão grande devia ter uns 22 cm e minha bocetinha mimosa estava acostumada com piroquinhas de 16 cm daí meu espanto e alem do tamanho era muito grossa pensei comigo “hoje vou perder o cabaço de novo” e eu naquela posição quase de quatro no sofá daí ele percebeu meu espanto e disse “que foi bonequinha nunca viu um pau?” e eu disse que já, mas nunca um tão grande e fiquei meio apreensiva daí ele disse “é eu sei que esta belezinha aqui vai fazer um estrago enorme nessa bucetinha de neném que você tem...” ai ele veio e disse que primeiro eu ia provar o sabor de sua rola, não sei por que, mas aquilo me deixou um pouco contente, pois no meu intimo eu estava mesmo com vontade de mamar num caralho grosso como aquele ai ele veio e eu abri bem a minha boca e ele foi pondo a rola e eu curiosa abri bem a boca pra ver ate aonde eu ia agüentar eu colocou a pica inteira na minha boca e eu sentindo parte dela pulsando dentro da minha garganta.

Logo em seguida ele começou a foder minha boca como se dependesse daquilo pra viver algum tempo depois eu senti o primeiro jato de esperma lá no fundo de minha garganta ai ele foi tirando o pau e pude degustar aquela porra deliciosa bem grossa e suculenta que foi me enchendo a boca fiquei com as bochechas cheias daí ele me mandou engolir o que fiz rapidamente e fiquei satisfeita lambendo sua rola para tirar o restinho da porra com isso o pau dele endureceu rapidamente e ele veio para trás de mim e socou sem dó nem piedade na minha bucetinha aquilo me fez dar um grito de dor que fez minha vó acordar e perguntar se estava tudo bem nesse momento ele ficou com a faca no meu pescoço ai eu disse “sim vó esta tudo bem só me cortei” e ele continuou a me foder feito um animal e eu comecei a gemer e isso o deixou louco segurava meu peito com força e enquanto mordiscava minha orelha e lambia meu pescoço, fiquei com muito tesão gemia muito ate que sem perceber acabei gozando e ele me inundou de porra ai ele tirou a rola melecando minha bunda e nos deitamos no chão por algum tempo mas logo em seguida ele se levanta com a pica dura novamente e diz “ta pronta princesinha pra levar nabo no rabo” alem do espanto pela recuperação tão rápida dele eu fiquei sem ação devido a sua pergunta pois nunca tinha dado o rabo e só de ver aquela pica tesa imaginei a dor enorme que sentiria.

Ai eu protestei bastante dizendo que não queria que a rola dele era muito grande não ia agüentar e que nunca tinha dado o cu, ele sô disse que pra tudo tinha uma primeira vez e que iria enfiar seu nabo no meu rabo conseqüência mesmo depois de todas as suplicas levei no cu do mesmo jeito, ele disse que eu num precisava nem levantar eu já estava de bruços no chão ai ele veio com a rola dura na direção do meu cuzinho cuspiu meu rabo inteiro e também no seu pau ai começou como a sua chapeleta era muito grossa num tava passando de jeito nenhum na minha rosquinha mas ele queria por que queria então disse pra mim que ia desistir de comer meu rabo e ia ficar sô brincando ali nele, com isso relaxei um pouco era o que ele queria segurou meus quadris e enfio a pica no meu rabo entrou ate a metade eu soltei um grito estridente minha vó novamente perguntou o que tinha ocorrido e eu disse que tinha levado uma pancada na bunda e ele disse cuidado querida pra não se machucar “ah se ela soubesse” então Cássio começou a estuprar meu cu com muita violência tapando minha boca com sua mão socava com tanta força que meu cu não parou de arder por uma semana e na hora ardia muito parecia que tinha um pedaço de ferro quente na minha bunda ate que de repente senti meu cu se encher de esperma e ele ficou satisfeito e disse “pronto agora que comi minha puta sou um macho realizado se vestiu e foi embora no outro dia eu sem poder sentar e andar direito liguei para a policia e contei o ocorrido mas ai já era tarde pois acreditam que na mesma noite ele saiu da cidade mas ficaram de me retornar no caso de descobrirem algo o tempo passou e fiz uns exames ainda bem que o desgraçado não tinha nada mas me deixou um presentinho estava grávida também num usou camisinha eu num tirei mas acabei perdendo a um mês, acho que foi melhor assim eu ao descobrir esse site na internet resolvi desabafar o ocorrido obrigada por sua atenção e um abraço a todos.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.