Casa dos Contos Eróticos

Feed

sexo no metrô

Autor: eu
Categoria: Grupal
Data: 01/02/2009 22:17:57
Nota 5.43
Assuntos: Grupal
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

NUNCA HAVIA ANDADO DE METRÔ. Mas quando fui a São Paulo, decidi experimentar conhecer a cidade andando de metrô. Voltei no Horário do rush que é uma merda. Eu estava sendo amassada dentro daquela lata de sardinha. Muitas pessoas se empilhando dentro dele. Então senti um filho da puta me encoxando. O aperto era tanto que meus movimentos eram limitados. Como não era da cidade e estava apenas a passeio, deixei, pois não queria confusão. Senti que o alguém se encostava-se a mim e podia notar que era bem dotado. No inicio fiquei incomodada, mas depois comecei a ficar excitada lembrando que fazer sexo com um desconhecido sempre povoou meu imaginário sexual. Perdida em meus devaneios eróticos, fui acordada com uma mão levantando minha saia. Fiquei preocupada mas o tesão falou mais alto e permiti o atrevimento. O estranho colocou o dedo na minha calcinha e sentiu que estava molhada, então a puxou de lado e penetrou minha xoxota babada com esse mesmo dedo. Eu respirava profundamente me controlando para não gemer. Ele então puxou minha calcinha para baixo apenas para dar uma folga, pois uso tangas tipo fio dental superapertadas.

Para minha surpresa senti que ele estava tentando enfiar o pau. Não sei como ele tirou o pau da calça, aliás nem vi se ele usava calça pois sequer havia olhado para trás. Ele deu uma cabeçada no grelo e na segunda investida foi fundo na minha vagina. Eu estava tão excitada que o pau deslizou para dentro. Urrei para dentro de tanto tesão. Ele metia lentamente para disfarçar no atentado ao pudor. Eu apenas arrebitei a bunda para facilitar a penetração. Pelo tesão que ele me proporcionava o cara devia ter mais de 20 cm de pica pois sou fissurada por pau grande. Eu contraia a xoxota para aumentar o tesão e podia sentir sua respiração quase ofegante. Aquela situação era muito louca. Quando o trem parava tínhamos que nos mover para abrir espaço para os passageiros que se acomodavam e aproveitávamos para mudar o ritmo das bombadas. Acabei perdendo minha estação. Foram seis estações para eu gozar. Ele gozou na seguinte. Em instantes ele tirou o pau de dentro e saiu do trem na estação seguinte. Pude vê-lo de costas. Como o filho da puta não havia usado camisinha a porra escorria pelas minhas coxas. Saí do trem e fui ao banheiro me limpar. Voltei para o trem sem calcinha.

No trem, senti que outro tarado me encoxava. Desta vez resolvi ir de cabeça e fui arrebitando a bunda para ele. O cara não perdeu tempo e enfiou a mão na minha saia. Quando sentiu que eu não usava calcinha tirou a mão e senti que ele libertava o pau da calça. Seu pau, menor que o primeiro, entrou como quiabo na minha xoxota. Eu forçava a bunda para trás para aumentar a penetração. Num momento em que o vagão chacoalhou o pau saiu da minha xoxota e encaixou no meu cuzinho. Eu, que aproveitava o movimento para mexer, inadvertidamente forcei a bunda para trás e fiz o pau penetrar meu rabo a seco. Parei de mexer com a dor, mas o cara começou a bombar lentamente. Eu adoro a dor da penetração anal, mas não esperava dar o cu para um estranho num local público e extremamente movimentado.

A sensação de perigo (quase pânico) aumentou meu tesão e gozei piscando o cu. Logo o cara encheu meu cu de porra e tirou o pau. Travei o cu para a porra não vazar. Como minha estação era próxima eu tentava me virar para sair quando senti uma mão levantando minha saia. Eu tentava ir para o lado mas o cara insistiu e encaixou o pau na minha bunda. Parei pois senti que o cara era muito bem dotado. Ele falou na minha orelha que vira o moleque me comendo e que eu deveria experimentar um macho de verdade. Falei para ele me mostrar se era macho mesmo e senti meu cu ser arrombado. Que delícia ser enrabada por um cacete grande. A dor foi deliciosa e quase gozei com a penetração. O cara enfiou tudo de uma vez (como meu cu já estava cheio de porra, foi dolorosamente fácil). Ele começou a bombar lentamente para não chamar a atenção, mas certamente havia uma platéia assistindo. Ele gozou rápido e descarregou litros de porra nas minhas tripas. Eu gozei quando senti o calor de sua porra dentro de mim. Quando tirou o pau tentei travar o cu como fizera antes, mas estava tão arrombado que a porra escorreu livremente.

Fui correndo para o banheiro mais próximo me limpar e voltei para o trem. Consegui descer na minha estação desta vez. Foi a viagem de metro mais cara (os banheiros ficam fora das estações), mais longa (perdi a estação duas vezes) e mais prazerosa da minha vida (gozei três vezes), além de ter dado sorte de não pegar

Comentários

30/09/2012 15:08:30
FOI LEGAL... E EXCITANTE ATÉ.....
19/04/2012 12:14:59
Pela criatividade dou nota 3. Mas em publico e de verdade mesmo é esse aqui...http://www.redtube.com/303
19/04/2012 12:14:04
Nota 3 pela ceiatividade. Isso sim é publico e real... http://www.redtube.com/303
21/05/2011 22:40:38
q mentira kkkkkkkkkkkkkkkkk boa tentativa
20/09/2010 00:05:53
Para acreditar que ela trepou dentro do metrô lotado,(ainda mais 3 vezes no mesmo dia) só se eu estivesse lá assistindo ou comendo a puta mentirosa!!!
10/04/2010 11:13:55
Delicioso. Eu não sairia tão cedo desse metro.
02/02/2009 13:42:27
que vaca mais mentirosa... se vc saiu do metro e foi ao banheiro... como vc conseguiu pegar o mesmo metro ??? que alis sao raras as estaçoes de metro que tem banheiro aki em sp....,, su vagabunda se vc nao conheço o metro daqui de spnao invente a historia dizendo que e verdadeira,, diga que e coisa da sua imaginaçao .. sua cadela,,,e onde ja se viu conseguri trepar no metro ?? so se for ai na sua terra.. pq o metro daqui se sp nao da... nem no horario de rahis que alis vc sabe qual e o horario de haris sua filha da puta
02/02/2009 13:03:23
conto muito excitante, daria um 10, más pela falta da camisinha dou 9.
01/02/2009 23:20:03
muito bom vc es uma vedadeira putinha mais vai com cuidado a doença ta ai
01/02/2009 21:58:41
vc é uma putinha bem safada, nao tem medo de pegar uma DST/AIDS
T.
01/02/2009 21:19:29
FALTOU: NEHUMA DOENÇA..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.