Casa dos Contos Eróticos

Feed

PAI E FILHO FAZENDEIROS FUDENDO A MULHER DO PEÃOEU E MEU PAI NA FAZENDA

Categoria: Heterossexual
Data: 02/01/2009 23:15:39
Última revisão: 03/02/2009 22:52:28
Nota 7.58
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu tenho 19 anos e sempre morei com meu pai nós dois sempre moramos em nossa fazenda e minha mãe morara em nossa casa da cidade... eles não são separados mais morava em casa separada pois ele tinha que cuidar dos animais na fazenda mais todos os dias eles trazavam pois a fazenda ficava perto da cidade e meu pai tem uma pick S10

Em nossa fazenda mora o peão Antonio 28 anos e sua esposa Mara de 23 anos recém casados...mais o Antonio viajava muito em comitivas levando e trazendo a boiada de meu pai. E sempre nestas viagens Mara sempre ia ficar na casa grande da fazenda onde mora eu e meu pai, eu e meu pais sempre fomos muito copiles sempre fazermos tudo juntos sem qualquer pudor,meu pai um coroa de 53 anos mais muito cuidado e vaidoso

Sempre de botas, fivera no sinto e chapéu na cabeça um típico fazendeir, eu tembem me vertia do mesmo jeito pois eu sou filho de fazendeiro.

Meu pai sempre foi um coroa tarado e na ultima viajem que Antonio fez Mara foi novamente ficar lá em nossa casa da fazenda e meu pai tinha dois dia que não tinha tira uma foda pois minha mãe tinha ido viajar para casa de minha tia que esta doente, e meu pai subindo pelas parede toda hora que ia mijar o pau ficava duro... chegamos da lida e fomos tomar banho nos dois junto, pois nos sempre usávamos banheiro do quanto que dormíamos e deixamos a porta do banheiro aberta como sempre, de repente Mara entra no quanto pra nos chamar para jantar e depara com nos dois dentro do banheiro pelados dois homens doidos pra comer uma buceta neste momento ela ficou sem reação pois tava de frente com pauzão tarados, neste momento ela não agüentou de tesão pois seu marido Antonio viajava muito e não dava no couro, tinha o pau pequeno e fino e não a satisfazia como mulher dizia ela.

Meu pai a convidou pra tira a roupa e tomar banho conosco e ela não pensou muito e entrou pra dentro do box meu pai logo começou a pegar em seus seios muito duros,e eu comecei a caricia sua bucetinha toda apertadinha pois o único homem da vida dela era o marido com quem casou e tirou sua virgindade, mais mesmo assim era apertadinha pois segundo ela o pau do marido era pequeno e fino, meu pai já não agüentava de tanto tesão pediu que ela se baixasse e chupasse aquele pau enorme e grosso e da cabeçona vermelha que media 23 cm parecia um cavalo, ela começou a lamber a cabeça do pau do meu pai lentamente em quanto isso eu aproveitei a posição pra lamber sua bucetinha apertadinha ela não agüentou de tesão e aumentou a velocidade do boquete em meu pai, e reclamava do tamanho do pau de meu pai que não cabia nem metade em sua boca, meu pai como já estava dois dias sem fuder mandou que ela chupasse seu saco enorme e cheio de porá pronta, não contente meu pai ordenou que ela fizesse um boquete em meu pau ela mudou de posição e começou a lamber a cabeça de meu pau que não era do tamanho do meu pai mais media 22,5 cm e da mesma grossura e cabeça igual, ela começou a chupar meu pau com vontade pois nuca havia chupado pau de homem nenhum eu e meu pai seria os primeiros e enquanto isso meu pai metia a língua em sua bucetinha, saímos do banheiro parecendo dois cavalo com o pau duro batendo do na barriga e fomo pra cama os três eu não mim agüentava de tesão pois eu estava ali com meu pai fudendo a mulherzina do peão, coisa que nuca tinha acontecido antes, agente sempre falávamos de mulher,fodas e tomámamos banho juntos mais nunca tinha fudido juntos. ainda mais a mesma mulher; na cama meu pai pediu que Mara deitasse de barriga pra cima com aquela bucetinha maravilhosa pra cima e me falou vou ti ensinar filho como um fazendeiro de verdade fode uma mulher passou cuspe na cabeça do pau e me mandou que eu colocasse pra ele dentro daquela buceta maravilhosa, pegue seu pau enorme e comecei a pincelar os lábios da buceta e Mara começa a gritar e gemer bem auto de tesão,logo ela geme aaiiiiiiiii e goza com a pincelada do pau do meu pai e diz que nunca havia gozado ante no pau do seu parido, depois de alguns minutos que Mara se recompôs meu pai ordenou que eu continuasse a pincelar com seu pau a buceta de Mara e dessa vez era para eu colocar pra dentro fui pincelando ate Mara ficar excitada novamente e quando isso aconteceu meu pai me deu uma piscada eu empurre a cabeça enorme do pau do meu pai pra dentro, neste momento ela gritou bem auto mais como na fazenda não tinha mais ninguém alem de nos e disse “me regaça seus cavalos que eu sou todinha de vocês” ai meu pai foi enfiado divagar e ela gritava de tesão e dor e pouco tem meu pai enfiou seus 23 cm de pau todo dento dela ate o saco, meu pai começou fazer momentos de vai lentamente rapidamente Mara gozou novamente no pau do meu pai deixando todo melado com seu esperma, meu pai parou um pouoo e mandou que eu colocasse meu pau na boca de Mara em quanto ela se recompõe e deixa sua pau dentro dela, logo em seguida meu pai recomeça a bom bar a buceta de Mara dessa vez bastante rápido tirava ate a cabeça e empurrava tudo novo e Mara gemia gritava de tanto tezão depois de 30 minutos Mara goza de novo e meu pai diz vou gozar filho, respondi goza pai enche essa buceta com sua porra grossa e abundante meu pai aumentou o ritmo e começou a urrar igual um cavalo huhuuhuhuhu..... e gozou parecendo uma mangueira de porra fazendo transbordar pra fora da buceta .

Meu pai tirou o pau de dentro todo melecado de sua porra e da porra e Mara e me disse aprendeu filho agora e sua vez, fiz tudo como meu pai me ensinou Mara gozou mais duas vezes em meu pau. eu gozei também igual meu pai enchendo novamente aquela bucetinha de porra fazendo um vitamina de porra de pai e filho dentro daquela safada...

Meu pai ainda não contente botou ela de quatro e passou cuspe na cabeça do pau e começou a força no seu cuzinho foi forçado até a cabeça daquele pau enorme e grosso entrou e Mara deu um grito enorme de tesão e dor, meu pai falou que cuzinho apertado filho ate meu pau ardeu. Mara responde esse eu o primeiro pau que come meu cuzinho.

Meu pai foi enfiando devagarzinho ate entrou tudo ele tirava e colocava lentamente, e logo depois começou a acelerar e Mara gemia e meu pai pediu que eu deitasse na cama de barriga pra cima e ordenou que Mara sentasse com sua bucetinha no meu pau enquanto ele fodia seu cuzinho ficamos assim por uns 15 minuto fazendo dupla penetração logo em segunda Mara gozou bastante em meu pau, mudamos de posição meu pai ficou por baixo fudendo sua bucetinha e eu comecei a foder seu cuzinho ficamos assim mais um 15 minutos e Mara gozou novamente no pau de meu pai deitado sobre seus peitos cabeludo e gritando e gemendo feito uma doida de tanta dor e tesão com nossa pica enorme e grosa dentro de seu cuzinho e sua bucetinha. Meu pai falou to quase gozando filho eu respondi eu também pai vamos gozar na boca e na cara desta safada gostosa, tiramos os dois pau de dentro ficamos em pé eu e meu pai e pedimos pra Mara de abaixa e chupar os nosso paus novamente, ela começou pelo meu pai, neste momento meu pai mim abraçou eu tembem o abracei e então ele disse meu filho este é o melhor monto na vida de um pai pode foder uma buceta junto com você meu filho eu disse o mesmo. E Mara dessa vez chupava meu pau... neste momento meu pai sugeriu que eu poetasse seu pau e ele poetasse o meu ate nos dois gozarmos na boca e na cara daquela safada gotosa.

Ficamos ali por alguns minutos um abraçado com o outro e um poetando o pau do outro ate que começamos urra junto igual dois cavalos HUUHUHUHU e gozamos os dois igual dois cavalos foi tanta porra que a boa de Mara não coube e transbordou melando seu corpo todo de porra grossa e abundante porra de dois fazendeiros pai e filho.

Tomamos banho e dormimos os três junto meu pai de um lado Mara no meio e eu do outro lado.... depois deste dia Mara era nossa puta, meu pai e eu começamos a comer varia mulheres juntos......mais ai já é outro conto.

Comentários

07/04/2012 19:04:04
Muito bom! Leia meu conto: O Enteado e seu Padrasto! Uma nova foda...http://www.casadoscontos.com.br/texto
31/01/2011 22:22:18
Eu sempre fodo mulheres com meu pai. É maravilhoso isso, um filho homem com seu pai transando com uma mesma mulher - é muito orgulho. Tenho um irmão de 15 anos e estamos querendo fazer isso com ele também, ele tem que saber o que é mulher de verdade. Eu sei que é bom cara, sei como é...
15/02/2010 21:28:39
isso é putaria tadinho do antonio
30/08/2009 00:53:28
excelente, bem exitante.
15/02/2009 19:58:20
Aew kra seu conto eh muito bom mas v se aprende a escrever direito fica melhor q continua contando o q vc e seu pai fazem tbm gostaria muito de fuder a msm mulher com meu pai, se alguem estiver enteressada me add no msn master.west@hotmail.com
04/02/2009 06:40:56
vc narra muito mal, aprende um pouco de português depois tenta outra vêz. lixo!
04/02/2009 00:49:51
adoraria come minha filhaaaaaaaaaaa paulo_nsv1@hotmail.com me addd
03/01/2009 09:34:36
muito bom.quer uma sugestão/? que tal uma grupal,pai,filho,esposa do peão e o peaõ?
03/01/2009 08:29:47
A minha esposa me pediu para conseguir um fazendeiro para comê-la, leia nossas histórias verídicas e se quizer entre em contato: coelhinha_45@hotmail.com.
03/01/2009 08:20:24
Particulamente não gosto de transas que envolvem traição.
03/01/2009 01:22:54
Honestamente? Não gostei!
02/01/2009 22:26:31
Porra meu todas as Mara são putas eu também tenho uma puta chamada MARA, rsss
02/01/2009 22:20:18
e maravilhoso poder foder com seu proprio pai uma buceta bem gostosa

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.