Casa dos Contos Eróticos

Feed

Minha Buceta apareceu

Autor: Dalila
Categoria: Heterossexual
Data: 30/12/2008 16:27:19
Nota 5.33
Assuntos: Heterossexual, Vouyer
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

estava vianjando, quando deu vontade de mijar, pedi para Ricardo parar o carro, ali no mato ao lado, abaixei as calcinhas e mijei com vontade foram 2 minutos de mijo - O ventinho assoprava na minha buceta dando uma sensação gostosa, meu marido atravessou a faixa e foi até a borracharia buscar água, nesse tempo, apareceu um guri aparentava uns 18 anos, ele surgiu do nada, e deu de cara comigo, eu estava de pernas abertas ainda finalizando as gotículas finais de urina, o guri ficou paralizado, o calção na ora armou a barraca, era aqueles gringos bem calçados pelo visto, então pedi pra ele me mostrar sua piroca, ele não hesitou e tirou o salame pra fora, era um trosso taludo, grosso, cabeçudo, ele se paroximou e peguei aquilo com a mão ele excitado veio como cachorro louco, queria fuder minha buceta a todo pano, eu disse lá vem meu marido, nessas alturas já havia sacado as calcinhas, de saia levantei, e disse vamos embora!! ele chegou no carro e disse que isso guri, tarado!!! Amor ele não tem culpa é que estava mijando ele me presenciou e viu minha xana aberta, ficou assim - é mesmo - recitou ele?? - atrás do carro umas arvores e churrasqueira estavam vazias, com uma mesa de madeira enorme, meu marido olhou e me sinalizou com olhar safado!! vc quer?? tenho camisinha!! - aquilo me ferveu uma tesão na buceta, estremeci, minha buceta latejava de tanta tesão....então pisquei o olho pra ele e disse sim só com olhar...ele apanhou uma camisinha, e chamou o garoto ele assuatado disse não o senhor tá maluco?? não, venha cá jovem, venha dar uma boa gozada!! mas rápido heinn,,,ele se aproximou e imediatamente chupei o tico do guri, aquilo entrava só até a metade na minha boca, éra um salsichão graúdo,,,,mamei, chupei, lambuzei,,,esfreguei guspe na buceta,,meu marido ajudou com óleo jonhsons que tinha no carro...meu marido arrumou a camisinha poro guri, pegou aquela pingola de uns 19cm e vestiu bem direitinho, meu marido ainda deu uns tapinhas na piróca do guri e o guri endureceu de um jeito que não tinha mais como...virei a bunda e o guri encostou a piça no meu rabo, senti o calor da cabeça da pingola, meu marido ajudou a empurrar pra dentro com óleo, deu um grito curtinho e fino e aquilo atravessou meu rabo, parecia um míssil quente entrando no meu cú...foi 2 entra e sai e o guri lavou minha bunda de porra, a camisinha estourou no final já fora do meu cú, meu marido loudo de tesão enfiu na minha buceta, aí foram 10 minutos de foda, gozei 3 vezes meu mairido esporrou na minha cara o guri dava risada, já de pau duro novamente queria fuder mais, meu marido disse que a brincadeira havia terminado...voltaremos outro dia!! um abraço,,,,valeu

Comentários

01/01/2009 16:20:25
Bom conto, falta explorar um pouquinho mais e só pra lembrar, não custa nada dar uma revisada antes de publicar...
31/12/2008 11:37:58
porcaria... sem a mínima noção de portugues e para piorar, o conto é ruim.
30/12/2008 23:36:36
hasuahsuhaushaushausha ¬¬ fala sério
30/12/2008 23:15:42
RSRSRSRSRS!!!!!
30/12/2008 22:34:48
Parece mais uma preparação para uma cirurgia do que uma transa... Coloca camisinha, passa cuspe, passa óleo, o marido-corno vem ajudar a meter... Sei não viu... Nota quatro.
30/12/2008 19:30:59
Que coisa tosca! Acho que foi o mecânico de bicicletas que escreveu essa história, inventando essa baboseira. E o linuajar parece de estivador do cais do porto! Horrívéw!
30/12/2008 15:46:34
huahuahua engraçado mas muito bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.