Casa dos Contos Eróticos

Ninfeta Maravilhosa - parte final - A despedida

Autor: Maximus0357
Categoria: Heterossexual
Data: 18/11/2008 18:20:52
Última revisão: 28/08/2015 16:10:22
Nota 9.55
Ler comentários (106) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ninfeta Maravilhosa - Parte 4 A despedida.

Para entender este texto por favor leiam a parte 1, 2 e 3 cujos links disponibilizo ao final do conto.

Aos amigos leitores peço a gentileza de comentarem e votarem no conto.

Boa leitura.

Sábado de manhã. O sol bate na janela e atinge em cheio meu rosto...fico com aquela sensação de quem sonhou meio acordado. Fora de sintonia. Dou aquela espreguiçada, bocejo e penso em não sair da cama pelo dia todo.

Mas logo sinto aquele cheiro delicioso de café e ouço vozes femininas vindas da cozinha. Escovo os dentes, lavo o rosto, coloco meu roupão e vou até a cozinha. Vivian está animada num bate papo com minha esposa contando do vestibular, seus sonhos e de amigos do interior. Me aproximo dou um beijo de bom dia na minha mulher e um beijinho inocente na face da Vivian. Por alguns segundos se calam e minha esposa pergunta:

- Quer ovos mexidos também?

- Quero, respondo – rindo comigo mesmo – hummm... ovos mexidos e doloridos pensei.

Tomei café conversando amenidades e quando me preparava para tomar um banho toca o fone do chalé. Atendo e coloco minha esposa ao fone. Era da empresa na qual trabalhava. Ela tem uma conversa um pouco tensa com um diretor da empresa e ao desligar o fone exclama:

- Puta merda! Esse pessoal nunca me deixa em paz!

- O que aconteceu?

O nerd do presidente da empresa convocou uma reunião estratégica agora pela manhã e quer todo mundo do quadro executivo na empresa após o almoço, início da tarde!

- Que merda!!! Exclamei até no fim de semana!!, - vamos fazer as malas e voltar para São Paulo.

- Imagina! Não tem necessidade...é sacanagem com a Vivian! Além do mais eles estão mandando o carro da empresa para me apanhar. Em poucas horas ele estará aqui. Fiquem e aproveitem o fim de semana.

Meio indignado pela situação da minha mulher, mas contente por dentro, olhei o relógio! Nove horas da manhã. Minha cabeça voou. Eu não podia acreditar que ficaria sozinho com a Vivian no chalé!!! Era uma puta sorte!!!

Minha esposa mais do que emburrada, foi para o quarto dizendo todo um repertório de imprompérios contra o merda do presidente da companhia...

Absorta em arrumar sua mala, eu entrei no banho e deixei a água cair-me sobre os ombros, num banho quente e demorado. Meus pensamentos voavam...

Onze e meia da manhã, o carro da empresa encosta em nosso chalé. Despeço-me da minha esposa. Vivian lhe dá um afetuoso abraço e diz que está chateada pelo fato dela não poder ficar conosco.

O Carro parte apressadamente e some num turbilhão de poeira.

Há um suspense no ar... Uma inquietação. Olho nos olhos da Vivian que me encara com aquele olhar penetrante e sexy que ela guarda escondido em algum lugar profundo da sua alma.

- Eu queria passear um pouco – diz ela.

- Claro, podemos ir nos mirantes ver o pico de Itatiaia.

- Legal

- Coloca um tenis forte para trilha, que podemos andar por lá. Existem uns lugares magníficos.

Vivian sumiu no seu quarto, enquanto fui ao meu, colocar meu velho jeans e calçar um bota que uso para o tracking.

Vivian saiu do quarto e estava com uma calça preta de ginástica com um gorro de lã e uma blusa combinando em tons maravilha. Até para fazer trilha aquela mulher transpirava sedução.

Entramos no meu carro e fizemos um pequeno “tour” pela cidade. Vivian estava animadíssima. Apertava meus braços e entrelaçava seus dedos nos meus, transformando-se na minha doce namorada. Achei um local bom para estacionar e começamos a andar por uma das muitas trilhas que por lá existem. O ar frio da montanha é revigorante. Logo havíamos nos afastado da estrada e caminhávamos por trilhas cada vez mais íngremes. Até que nos deparamos com um platô que nos fornecia uma visão magnífica de todo um vale imenso aos nossos pés. A sensação de se estar no topo do mundo. Abracei Vivian por trás e dei-lhe um demorado beijo na boca. Senti o calor subir-me as faces e o tesão despertar meu membro até então adormecido.

Vivian sentindo minha ereção, forcou sua buceta contra meu corpo, num abraço envolvente e assim ficamos por um bom tempo beijando-nos apaixonadamente.

- Eu quero que você faça amor comigo aqui – Vivian exclamou!

- Você tá louca Vivian, aqui é uma trilha, podem nos flagrar a qualquer instante! Sem contar que estaremos vulneráveis e em risco.

Afastou-se de mim, olhando-me felinamente nos olhos e de uma forma delicada, mas decidida livrou-se de sua blusa! A visão daqueles seios magníficos, com aqueles bicos róseos totalmente arrepiados de frio e tesão turvou meus pensamentos. Investí contra ela beijando sua boca a princípio e depois sugando com voracidade aqueles bicos tesos e deliciosos.

Vivian exalava tesão. Seus olhos crispados e semi-cerrados denunciavam o estado de extase e tesão em que se encontrava. Sua pele estava totalmente arrepiada. Não sentiamos mais frio.

A luxúria, agora comandava nossas ações...Não havia mais pudor, mais receio, nem medo. Só o tesão que governava nossas atitudes. Recostei Vivian contra uma grande pedra e baixei-lhe a calça de ginástica. Não usava calcinha.

Naquele exato momento, senti aquele cheiro de fêmea no cio exalando da sua buceta. Suas coxas estavam todas meladas pela sua lubrificação abundante que lhe escorria. Livrei-me de uma perna após outra da calça e ajoelhando-me comecei a beijar-lhe o grelo. Estava teso e saliente, projetando-se para fora dos grandes lábios. O prendi entre meu lábio superior e meus dentes inferiores, exercendo-lhe a pressão correta. Vivian estava literalmente presa pela buceta. Com a ponta da língua iniciei pequenos toques no seu clítoris. Não precisei mais do que alguns momentos e Vivian começou a arfar e suspirar violentamente. Enterrou suas mãos nos meus cabelos e forçava sua vulva contra meu rosto. Até que explodiu num gozo absurdo. Bebi todo aquele néctar agridoce que brotava dentro da sua boceta. Lambi e engoli...! Inebriei-me daquele gosto e cheiro de fêmea, até que Vivian curvou-se sem força nas pernas.

Gentilmente peguei-a no colo e a carreguei até um local mais confortável. Joguei nossas roupas em cima da grama, fazendo quase uma cama. A visão que tinhamos do local era magnífica, nunca havia sentido nada igual. Transar num cenário explendoroso e com aquela visão magnífica. Era surreal. Livrei-me da última peça de roupa e acomodei-me entre as pernas de Vivian. Apontei meu pau na porta da sua buceta, que escancarada e lubrificada acolheu-me por inteiro.

Penetrei lentamente até o fundo. Parei. Olhei Vivian nos olhos com ternura e lhe disse: - Eu te amo do fundo do meu coração. Quero você só para mim!

- Sou tua! Sempre tua! Vou te amar pra sempre.

Uma pequena lágrima escorreu dos olhos de Vivian que brilhavam intensamente. Beijei essa lágrima e procurei sua boca mais uma vez para beijar-lhe apaixonadamente. Nossas línguas entrelaçavam-se como se disputassem o ínfimo sumo do nosso ser. Iniciei um vai-e-vem ritmado, fazendo pressão alternada no seu clítoris. Ora estocava forte, ou alternava com penetrações intermináveis. O clímax veio se aproximando lentamente, junto com as mais deliciosas sensações. Tato, olfato, paladar e audição mesclavam-se num turbilhão de emoções, enquanto selávamos nosso pacto de amor conjuntamente, num gozo magnífico. Senti minha alma esvair-se pelo meu pênis...em total comunhão com os espasmos de Vivian, agora eramos um só!

Vivian aninhou-se no meu peito e me deu muito carinho. Agora sentiamos os primeiros efeitos do frio ar da montanha. Rapidamente nos vestimos e de mãos dadas e apaixonados dirgimo-nos até o nosso chalé!

Ao chegarmos fomos direto para o chuveiro, pois a grama em que nos deitamos já estava coçando bastante...

- Enche a banheira – disse Vivian

Abri as torneiras e fiquei entretido na arte de misturar água quente e fria para chegar a temperatura ideal... Vivian sorateiramente chega por trás e me venda os olhos...

Eu simplesmente sorri. Aquela garota era endiabrada.

- Você tem bom paladar? Disse.

- Sim. respondi.

- Então prova! Fazendo isso colocou seu mamilo em minha boca...senti o gosto de leite condensado...

- hummm que delicia... o que é? Brinquei.

- Nossa como vc é bobo! Exclamou sorrindo.

- ahhh já sei! O gosto é de deusa com leite condensado e... amor e tesão misturados!

Vivian arrancou-me a venda dos olhos me segurou pelos cabelos e me beijou apaixonadamente.

Fomos para dentro da banheira e começamos a nos ensaboar, abraçávamos e ríamos muito perdendo a noção do tempo e espaço.

Quando saímos da banheira estávamos completamente excitados. Meu pau estava novamente duro como pedra. Vivian ajoelhou-se em minha cama e colocou-o na boca com maestria e delicadeza. Ela relamente sabia chupar uma rola. Aquela língua se enrolando em volta da minha glande, os lábios e os dentes roçando levemente na cabeça me arrancavam sensações distintas.

Tinha de segurar meu impeto para não enfiar todo meu pau no fundo da sua garganta fodendo-a com raiva até o gozo...Vivian controlava minhas sensações, levando-me ao limiar da ejaculação para depois desestimular-me, mordendo a base do meu pau. Transformava sua chupeta num mixto de luxúria e tortura.

- Fode meu cuzinho!!!

Deitei-lhe na quina da cama de barriga para cima, com um travesseiro por baixo da bunda para deixá-la bem empinada. Peguei o KY na cabeceira e apliquei uma dose generosa. Coloquei suas pernas em meus ombros e lentamente comecei a lacear seu cuzinho, para acomodar meu cacete teso.

Senti aos poucos as pregas do seu cú cederem e permitir a invasão da minha glande...Dilatou-se um pouco mais e podia sentir meu caralho alargando seu lindo cuzinho.

- Caaalmaaaa! Vai devagaaaaar... Aiii que teeessãooo... Issooooo... Coloooocaaa sóooo maiissssss um pouquiiinhoooo...

- Hummm.. issooo... aiiii, vaiiii meeeeexeeee..., meee foddeeeeee!

Entrei novamente em transe. Comecei a bombar no cú de Vivian que começou a urrar de tesão e prazer. Quanto mais forte eu metia, mais ela pedia pra ser comida. Estava possuída...

Era como se estive também num transe profundo, abandonando seu corpo para ir em outra dimensão...

Lembrei-me da noite anterior, retirei o pau do seu cú e de uma só vez estoquei no fundo da sua buceta. Vivian delirava e agora eu alternava novamente. Com suas pernas apoiadas nos meus ombros, toda aberta feito uma puta devassa, eu fodia seu cú e sua buceta com uma fome doentia.

As trepadas anteriores faziam com que eu demorasse muito mais tempo para gozar agora. Vivian no entanto, gozava feito louca, uma atrás da outra, eu sentia seu corpo contraindo-se e abandonando-se numa alternância quase igual ao do seu cú e buceta.

Ela ria e chorava ao mesmo tempo, dizia coisas desconexas e mordia os lábios virando os olhos, até que de uma só vez, tirei o pau de sua buceta e a fiz girar, apoiando-se no ventre e empinando seu rabo pra mim. Ahhh aquela bunda com aquela marquinha de biquine.

Separei as faces da bunda com a mão e pude ver seu cúzinho totalmente laceado. Agora ela piscava ele, abrindo-o e fechando-o com se estivesse me convidando.

Virou pra trás, com aquele olhar felino e disse:

- Fode tua ninfetinha feito puta!!! Fode sem dó caralho!!!

Ensandecido estoquei no seu cú de uma só vez lhe arrancando um urro de prazer. Bombei forte, tirava e colocava novamente de uma só vez, sem dó, como que castigando-a por ser tão gostosa. Tão infantil e tão vadia ao mesmo tempo. O anjo e o diabo habitando a mesma pessoa.

O gozo veio forte, trincado, sem muito volume, mas o suficiente para arrancar-me as últimas forças. Vivian contraiu seu ânus mais uma vez parecendo um alicate, fazendo com que eu imaginasse que não permitiria que saisse de dentro dela jamais.

Domingo pela manhã acordamos nús e abraçados. Nunca em minha vida irei esquecer aquela sensação. Foi a única vez em toda a minha vida que dormi com Vivian como se fosse minha verdadeira mulher. Mulher de verdade, paixão para a vida inteira e não somente uma foda bem dada.

Dei-lhe um terno beijo de bom dia e lhe disse olhando-a no fundo dos olhos:

- Vivian eu vou me divorciar para casar com você!

Vivian passou no vestibular, voltou para sua cidade e um mês após casou-se com um antigo namorado. Disse-me que jamais destruiria um lar. Que eu sempre teria um lugar especial em seu coração e que também me amava, mas nunca ficaríamos juntos.

Meu coração nunca mais deixou de sangrar... (fim)

Comentários para: maximus0357@hotmail.com

Contos anteriores: - copie e cole no navegador.

http://www.casadoscontos.com.br/texto/Parte 1)

http://www.casadoscontos.com.br/texto/ (Parte 2)

http://www.casadoscontos.com.br/texto/ (parte 3)

Comentários

02/02/2017 09:37:03
FECHO ESPETACULAR. ATÉ O MEU CORAÇÃO SANGRARIA, PERDENDO UMA GOSTOSA DESSAS. VALEU MESMO!
13/01/2016 13:29:25
Ótima série. 10 pelo conjunto.
15/09/2015 11:21:47
EXCITANTE...VOU LER OS OUTROS.
22/06/2015 16:52:05
Maximus, foi melhor ela ter ido não acha? Conto perfeito, delicioso. Me deixou molhada... Bjokas da fã.
26/11/2014 08:45:54
Um dos melhores contos e com certeza a melhor série que li. Parabéns
26/12/2013 21:24:52
Fechou com chave de ouro. perfeito
26/07/2013 13:13:24
Final triste, mas, que pensando bem, é o que deve ser, por mais duro que seja. Afinal, anos de convivência não se joga fora assim, por ¨amor de boceta¨, que também, como a pica, onde bate fica. Para o Max, o máximus!
07/05/2012 16:30:50
você arrasou,e maravilhoso seu conto continua escrevendo assim parabéns...
18/04/2012 23:36:45
Como eu disse, Max, esta história daria uma excelente novela... Parabéns e continue escrevendo... Bjs! Nem preciso dizer que a nota é sempre dez!
05/04/2012 19:21:06
li todos das série adorei... que pena não terem ficado juntos...
10/01/2012 21:05:56
eu tmbm chorei no final! ja passei por isso, ter que desistir de um grande amor pra preservar a familia! dói demais! otima série
25/07/2011 20:29:41
30/05/2011 20:03:29
posso parecer boba, mas eu chorei com esse final...sim, seu contos são excitantes, muito mesmo, eu até gozei com esse ultimo(mas eu sou muito romântica) e esse final pareceu tão real! você deve ser muito sensível e especial!
25/05/2011 14:07:29
Max... Brigadão!... Sua nota era a que faltava pra me por no ranking, Estou ontop. Agora é só esperar as rasteiras... rs... =-)
17/05/2011 16:48:34
Boa sorte, aí. Também estou editando, mas é pra ver se consigo entrar no ranking. Dez eu já te dei... =-)
16/03/2011 08:58:01
Nada mais excitante que uma transa ao ar livre...Adorei a série. Quanto ao desfecho, foi o lógico e correto. Afinal, uma esposa que volta para SP e te deixa sozinho com uma gata daquelas, merece um final feliz (a minha, nunca ia me deixar sozinho em Campos do Jordão, tão bem acompanhado). E o ex-namorado da Vivian, é um forte candidato a corno-mor. Parabéns!
24/02/2011 14:55:22
Amei.....
15/02/2011 08:27:29
Adorei o conto mas quase chorei no final. Gosto de finais felizes rsssss mas nem tudo é assim neh gato. Nota 10
23/01/2011 21:17:03
Desfecho muito triste, mas excitante demais. Adorei esta história...tem tudo para prender os leitores. Parabéns e continue escrevendo, pois estarei esperando ansiosa seus contos.
08/12/2010 16:20:22
Ui adorei o seu conto, eu te adicionei, vc que ainda não me aceitou ! ahh a parte final, se tudo correr certo sairá ainda hoje! beijos parabéns
15/09/2010 12:34:30
Adorei o conto, pois ADOOOOOOOOOROOOOOOOO a natureza. Ainda vou contar minha primeira experiencia na mata rsss... Obrigada pelo comentário, gato. Pode ficar fã sim rsss saber que excito os homens com o que relato me excita tambem. Li alguns dos comentários aqui debaixo e... vc já teve problemas com o "Filósofo Olavo de Carvalho". Esse idiota entrou no meu conto e DEU NOTA 1 quando todos davam nota 10. Falou um monte de abobrinha e fui ver... ele nao escreve nada. fica só zuando com os outros. Cada gentinha que aparece... bjocas
11/09/2010 13:27:28
nossaaa vc c expressa mt bem parabens! deixou com gostinhu d kero mais.. bjão
09/09/2010 21:19:32
Maximus, seus contos sempre deixam gostinho de quero mais... Fiquei com dozinha de vc, coração partido. Excelente conto, como sempre. Parabéns querido! Vou te add no messenger, ok? Bjos, lindo...
05/09/2010 11:04:54
=-)
07/06/2010 10:30:44
Conto Perfeito
13/02/2010 03:40:34
muito bom parabens nota 1000
28/10/2009 16:37:27
Caramba!! Que conto! Cara vc está de parabéns! Nota 10 novamente!
20/10/2009 17:30:53
Ser real deixa ele melhor ainda... me faz lembrar aquela máxima da pessoa abandonar o jogo enquanto está ganhando... Vivian conseguiu deixar em vc a marca que todos queremos deixar, apenas as coisas boas! Parabéns.
20/10/2009 15:51:27
Sr. Arib, Senhor dos Mares ou anjojr. visitei seu blog e gostaria que o senhor por gentileza suprimisse os contos de minha autoria publicados sem minha autorização. Mesmo colocando os crédito necessários não autorizei a publicação em nenhum outro veículo de comunicação.
03/10/2009 22:26:50
Parabéns! A série é muito boa apesar de algumas escorregadelas no velho e sofrido português (ortografia e gramática). Dá uma olhada em meu blog onde publiquei essa série (mesmo sem sua prévia autorização). Caso você não aceite comente-o (no blog) que retiraremos: http://www.uniblog.com.br/vidadeanjos/409049/virgem.html
29/08/2009 02:50:33
Reli mais uma vez... senti saudades dos seus contos, Maximus.Continue a postar, espero que tenha mais em breve... Um abraço!
26/08/2009 15:44:08
Lidia é real sim!!!
26/08/2009 15:37:25
Sexy....Sem limites... Parabéns...amo seus contos.. Bj Flavinha
26/08/2009 15:24:32
o vida criativa.... pelo mor de deus se vc não gostou pelo menos deixa de escrever idotisses
26/08/2009 15:22:15
só me fala uma coisa depois de eu ter lido e adorado essa estória é real ?
17/08/2009 14:00:36
, Espero ansiosamente pra ler outros contoss seuss ..bjoss
17/08/2009 13:41:31
dii nada bb
17/08/2009 11:15:43
obrigado Isabely e Looh pelos comentários!!!
14/08/2009 17:22:14
Fantartico ..que pena q acabouu..final triste mais msm assim ameii .bjos lorraine
11/08/2009 11:11:36
Esse e todos os outros contos do Maximus são maravilhosos
25/06/2009 17:47:25
gostei muito do seu conto nota (10)
18/06/2009 13:07:32
maravilhosonota 10
06/06/2009 02:31:38
amigo se e fixicao ou realidade nao importa so sei que ficou muito bom... paranebs
04/06/2009 17:55:13
Adorei muitooooo! to meio que viciada nos seus contos, muito bom!
22/05/2009 13:18:35
Muito otimo o seu conto..novamente nota 10..espero seu email: sagaz_suan@ymail.com
02/05/2009 13:13:35
tenho que te falar uma coisa, lí todos os seus contos, como quem lê um livro, doido p saber logo o final, muuuuito bom mesmo, me fez fantasiar, imaginar, ficar excitada, doida, querendo mais. Não deixe de escrever, pq esse conto além de ser muito excitante, é uma verdadeira e louca história de amor. Bjosss
Ly@
14/04/2009 22:59:07
Simplesmente Maravilhoso! Parabéns! Pena a nota máxima ser 10 e não 1000!rs
06/04/2009 13:23:03
SEM DÚVIDA MEU TU SABES FAZER UM CONTO...PODE SER ROTEIRISTA, ESCRITOR, NOVELISTA, QUALQUER COISA. UM FINAL SUPER DRAMÁTICO. SENTIDO.RELUTEI EM TE DAR UMA NOTA DEZ, MAS ASSIM FICA SEM GEITO SE TE DER UMA NOTA 9,99, TEM QUE SER 10,00 MESMO.
06/04/2009 10:21:55
Nobre leitor Vaca velha, me desculpe, mas pelo seu estilo, você se parece muito com um antigo chato que andava por aqui que se auto- proclamava Filósofo Olavo de Carvalho..aliás vcs tem uma grande similaridade...não produzem nada!!!!__Seria interessante uma pessoa tão culta como o senhor nos brindar com algum artigo de sua autoria.__Pelo teor do seu comentário o senhor deve ser algum imortal da academia brasileira de letras.__Lanço o desafio: Poste um conto de sua autoria, eu adoraria aprender com o mestre!!!__maximus0357
02/04/2009 12:29:18
ótimo, perfeito, descreve muito bem as sensações. foi realmente o melhor conto que já li desse site.
21/03/2009 15:18:20
maximos seu conto é super excitante, saber que vc foi feliz em ter uma pessoa como a vivian na sua vida.pena que ela nao ficou com vc mas vc tem que sempre lembrar dos momentos naravilhoso que passou com ela.abraços.e bola pra frente.
20/03/2009 08:46:22
que delicia
20/03/2009 08:40:03
me senti a propria ahuahu
06/03/2009 13:01:18
nussa se eu nao comentasse ia ate fikar sem graça....quantos comentarios...e todos com razao...vc escreve mostrando seus relacionamentos com maestria...deveria publicar um livro com seus contos....simples, empolgante, entretidos e realmente estimulantes, nao tem como nao dar a melhor nota pra vc...e olha que eu sou meio dificil pra dar um 10 pra qualquer conto, e o seu deixa de ser qualquer e sim passa a ser ÚNICO. NOTA 10.__me mande e-mail:sagaz_suan@ymail.com____continue assim..
11/02/2009 17:01:31
Maximus, Sinto vontade de chorar, sentirei falta. Muito bom, inexplicávelobrigada.
11/02/2009 14:58:17
obrigado pelos comentários dos novos leitores... abraços!
11/02/2009 02:38:40
BITELOTô passando por um momento parecido.É foda se apaixonar por uma buça
11/02/2009 02:35:30
max,tô passando um quase igual,sei o que você sente
06/02/2009 09:49:20
nu xou de bola parabéns belo conto
03/02/2009 03:11:04
Excelente! Também já vivi situação parecida. É foda sentir algo forte por alguém que nunca poderemos ter pra sempre, exceto nas doces lembranças.
29/01/2009 20:22:06
ESTA FOI FORMIDÁVEL....
10/01/2009 08:51:04
vc e muito bom com as palavras párabens foi um dos mais bem contados k ja li ate hoje
06/01/2009 01:28:38
Muito bons os seus contos, sempre me deixam molhadinha...Foi uma pena vcs naum ficarem juntos, daria origem a um livro,rs.Mas o destino é assim msmo.Parabéns!
05/01/2009 20:06:24
Nossa estava esperando a parte final desse conto fiquei que nem louca esperando. Só sinto muito por vocês dois não ficarem juntos... Parabéns
05/01/2009 12:00:41
o Crhiss me adiciona, podemos conversar... maximus0357@hotmail.com
05/01/2009 01:11:20
Max, você me levou a loucura, seus contos são maravilhosos só fiquei um pouco triste por que você e Vivian não continuaram juntos, mas quem sabe isso ainda pode acontecer???Esse mundo da muitas voltas...
04/01/2009 20:07:01
Nossa maximus, gostaria muito de ser sua ninfetinha tbm...Vc deve ter o pau delicioso... Vc é um ótimo escritor, só de ler, fikei toda molhadinha... bjinhus... Tesãooo
03/01/2009 19:15:13
Maximus,acabei de ler todos... Sem comentários.Mto bom!!!! Parabéns
03/01/2009 13:09:45
Guimaraesli, obrigado pelo seu voto e comentário. a estória é veridica sim se quiser me adicione e poderemos conversar. maximus0357@hotmail.com abs.
02/01/2009 22:38:38
Concordo muuuuito cm a Liine mais só tem um detalhe...eu realmente chorei.... Nossa sua sequencia de contos foram excelentes...se vc imainou vc tem uma mentalidade explendia e se houve realidade,dou os parabéns a Vivian e sinto muito por vc...mais aprendi uma coisa muito interessante,dizem q tudo o q é bom dura pouco,mais cmo diz a musica do charlie Brown,tudo q é bom dura tempo suficiente pra se tornar inesquecivel.... Nossa estou maravilhada cm sua narração e sua descrição de toda e história... meus parabéns. Há só mais um detalhe... eu li seus outros contos e me desculpe,mais nenhum chega perto desses três,e qm os criticou é pq tem inveja por não saberem compor algo tão lindo e tão incrivel ao mesmo tempo... um grande bjo e continue postando qm sabe vc não constrói outra obra prima cmo essaPS: foi mal não ter comentado os outros mais achei melhor comentar só no final..
17/12/2008 15:42:53
obrigado pelos comentários queridos leitores. Em janeiro estarei postando novos contos..
17/12/2008 11:34:53
gostei mto da historia... parabens! se quiserem se corresponder: safadinha.rj@ih.com.br
16/12/2008 11:02:05
amei o conto,pena que acabo bjoss nota 10
geh
08/12/2008 13:32:25
bem, adorei, mas o final acabou meio derrepente! mas foi mtu bom! bjus! nota 9
07/12/2008 18:29:16
MUTO BOA SUA NARRATIVA, GOSTEI DO TOM DE REALISMO. PARABENS!!! NOTA 10
Fel
05/12/2008 18:30:21
Bravo!!!
04/12/2008 11:05:33
BOM CONTO, PENA QUE ACABOU! NOTA 7!
02/12/2008 22:18:04
Liine, acesse minha pagina clicando em cima do meu nome. Existem outros contos meus publicados. abs.
02/12/2008 16:47:02
Parabens vc escreve muito bem, quase chorei no final, de vdd.Espero ler mais contos seus.
MJ
29/11/2008 23:28:30
Sua capacidade de escrever bem e passar o que sentiu são incríveis! Você prendeu minha atenção de tal maneira que li todos os seus contos, seqüencialmente, sem cansar e adorando... Parabéns! Por ser um ótimo escrito e por ter vivido algo tão gostoso...
29/11/2008 16:17:42
Muito obrigado aos novos leitores. Abs.
29/11/2008 13:19:15
muito bom ! um dos melhores, se o melhor, que já li. Parabens ao autor.
29/11/2008 13:08:31
o melho r que já vi
29/11/2008 10:19:14
Mantendo o ótimo nível! Parabéns!
27/11/2008 17:15:05
dezzzz!! li todos e achei maravilhoso muito bom cara, um conto nunca mecheu comigo como esse adorei parabens
23/11/2008 06:25:52
obrigado pelos comentários Sabrina, Mary, Talinha Nina Bala de Prata Adv. Caliente Pedro e Alhiana, a história é real e aconteceu 3m 1988 e 1991 portanto lá se vão bem 20 anos... A Vivia hj tem 36 anos está casada, tem dois filhos, continua vivendo no interior, nunca cursou a faculdade e nunca mais rolou nada, embora até hoje quando a vejo, o que procuro evitat meu coração se aperta. boa leitura a todos. caso queiram falar comigo: maximus0357@hotmail.com
22/11/2008 22:10:05
*tivesses, leia: tivessem.
22/11/2008 22:08:44
Resumindo em uma palavra: Impecável! Os 5 sentindos funcionando, algo bem Paulo Coelho, eheh... O final, continuaste com tua esposa e ela com um novo marido o que torna ainda mais interessante tudo o que aconteceu pois se tivesses ficado juntos um dia, provavelmente, a monotonia chegaria. Excelente, Soberbo!
22/11/2008 19:10:35
que delícia de conto. li as 4 partes que fiquei enebriada me deixando levar pelo clima sensual
21/11/2008 22:52:47
Demais, muito sensual, sem vulgaridade, com delicadeza e elegância e um final super sensível! Sópode ser considerado o melhor autor do site mesmo! Continue neste nível! 10!
21/11/2008 16:53:38
Magnífico! Um conto bem escrito, faz toda a diferença! Extremo bom gosto e delicadeza, parabéns! nina_von_teese@hotmail.com http://contosninavonteese.blogspot.com/
21/11/2008 16:52:36
Que puta maravilhosa... Que foda caprichada meu chapa! Esta sim é pra ficar pra história..
20/11/2008 10:14:35
Mto bom o seu conto, nota 10. Parabéns!!!!!
19/11/2008 23:17:13
Sexie e sensual. Tudo no tempo certo.
19/11/2008 22:56:16
Nossa, vc escreve de uma forma mágica. Excitante, um portugues impecável e uma história muito boa. Parabéns! Nota 10
19/11/2008 16:14:45
obrigado pelos comentário leitores. Em dezembro postarei outro conto, mas desta vez uma ficção, espero que vcs gostem e continuem prestigiando. Com os seus votos, consegui a marca de melhor autor do site. Muito agradecido a todos!
19/11/2008 13:39:12
Nota 10,adorei!Continue escrevendo vc leva um puta jeito.
19/11/2008 12:55:16
simplesmente de mais maravilhozo!!!! motaainda e pouco
19/11/2008 11:27:08
SE VC CONTINUAR ESCREVENDO ESSES CONTOS ME APAIXONO DE UMA VEZ...!!!!!!!!!!!BJS
19/11/2008 11:02:39
Muito bom, vivi uma paixão assim com um tio na minha adolescência me fez lembrar muito dessa época...Adorei, simplismente demais.
19/11/2008 08:36:28
Há se eu tivesse uma vivian...
18/11/2008 21:25:47
obrigado amigos, sua opinião é muito importante.
18/11/2008 20:07:44
Max, adorei, denovo! Muito bom, bem escrito... Beijo, Julia
18/11/2008 20:07:08
Como sempre.. adorei !!! Você escreve muito bem.. Parabéns.. espero lêr outros contos seus !! bjim
18/11/2008 18:53:55
Nosa muito bom Meus parabens muito criativo!
18/11/2008 18:16:21
FORMIDÁVEL....PARABÉNS!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.