Casa dos Contos Eróticos

Feed

AS COROAS SAFADAS DO PRÉDIO

Autor: Marmanjo64
Categoria: Heterossexual
Data: 06/11/2008 21:49:43
Nota 7.67
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Permitam dizer que não agüento mulheres que enchem a cara e ficam completamente vulgares, falando alto de suas intimidades, no prédio onde morrei a mais de cinco anos, tinha umas mulheres com este tipo de comportamento, nas festas comemorativa de aniversário e até de casamento, elas formavam sua turma e ali falavam de tudo, as piores baixarias possível.

Foi na comemoração de um aniversário que tudo deu inicio, eu estava sentado um pouco afastado, bebendo uma cerveja notei que elas estavam me tirando, começaram falar sacanagem e todas as suas colegas entraram na dela, logo uma delas veio até onde eu estava e disse que eu era o assunto de todas, perguntei o motivo que estava sendo o pivô da conversa, a mulher disse que dona Hilda, que é mulher de seu Brito, já tinha me olhado na piscina e observou que o meu pau era gigante, fiquei com raiva da mulher mais como os seus maridos estavam jogando bola na quadra do condomínio, tive a idéia de ir até elas, cheguei dizendo que não estava gostando de vê-las olhando para mim, foi uma gargalhada só, nisso uma delas disse a culpada é Hilda, perguntei porque, a outra disse, ela disse para nos todas que já viu você na piscina como nasceu e comentou que você é um jegue, retruquei e disse que ela tinha se enganado, ai foi a vez de dona Hilda falar, é dos grandes sim, eu vi muito bem, viu nada dona Hilda, vi sim você é um jegue, sou não, o que ela esta dizendo não é verdade, teimamos uns minutos e notei que todas elas estavam acreditando na dona Hilda, foi minha vez de dizer que se elas estivessem duvidando eu poderia mostrar, foi um balde de água fria, todas ficaram se olhando sem saber o que dizer, ai dona Hilda falou que não iria ficar por mentirosa, fez o convite para todas suas amigas acompanhar ela até seu apartamento, contestei dizendo que o meu apartamento que ficava no primeiro andar e era mais perto.

Não demorou nem dois minutos nos estava entrando no meu apartamento, eu estava sem jeito mais a única coisa que queria naquele dia era mostrar e exibir meu caralho, elas eram oito coroas com idade de trinta a quarenta anos, fecharam a porta e dona Hilda foi logo dizendo, tire este pau e mostre para estas curiosas, falei, porque não vem você mesma tirar, elas sorriram e pegaram no pé da amiga, tai sua metida. Você não tem coragem de pegar no pau do rapaz ou não gosta de pau, ela ficou toda vermelha e para minha surpresa avançou e baixou meu calção, meu pau estava a meia vida, aquela sacanagem já estava me deixando excitado, o pau estava dando sinal de vida, uma delas não agüentou quando olhou meu pauzão, veio e agarrou com sua mão e disse que delicia, deve dar dois do meu marido, uma outra se aproximou pegou de baixo para cima começou no saco e suspendeu, por incrível que pareça o pau não abaixou ficou levantado, olhei no rosto das coroas e notei que elas todas estavam vidradas com seus olhares fixo no meu pau, vendo que elas estavam gostando, peguei ele com a mão e comecei punhetar, tinha uma delas que chegou passar sua língua nos lábios, senti que todas estavam ficando excitadas, com a maior cara de pau falei, ninguém vai querer sentir ele na sua xana. Demoraram entender o que eu tinha dito, quando entenderam que eu estava a fim de enterrar meu pau em uma xana, uma delas não gostou, acho melhor nos sair daqui, este rapaz esta confundindo nossa brincadeira, Abri a porta e elas foram passando uma a uma, teve duas delas que não agüentaram sem dar mais uma passada de mão no meu pau, tranquei a porta e quando virei levei um susto, dona Bia, que é viúva, uma coroa de quarenta anos, tinha ficado ali dentro, ela olhou para mim e disse, você não acha que eu iria sair sem sentir este pau dentro de minha boceta, foi tirando a parte de cima de seu biquíni, seus seios grandes caíram para baixo, tirou a parte de baixo e deitou no sofá, vem seu gostoso, quero que você penetre este pauzão em mim, eu estava sem ação, mas meu pau ainda estava duro que nem pedra, deitei no meio das pernas dela e fui logo colocando o pau todo naquela bocetona molhada, ela beijou minha boca com tesão, sua língua foi quase na minha garganta, gemia baixinho, quando senti o saco encostar na sua bunda ela já estava gozando, urrou de prazer, sua pele arrepiou toda, seus lábios molhados colaram no meu pescoço, senti sua xana inundar, ficou ensopada e o meu pau deslizava entrando e saindo de dentro de sua boceta, a coroa tem uma gingada de quadris de dar inveja a mulheres mais nova, um jogo de cintura maguinifico, aos poucos fui deixando ela excitadíssima de novo, quando ela estava quase gozando outra vez, pedi para ela ficar de quatro, ela empinou sua bundona, deixou sua xana a mostra, pincelei a cabeça do pau e enterrei de uma só vez, gemeu alto, urrou que nem uma leoa, cravou suas unhas no sofá, senti suas contrações vaginais, apertava meu pau, ela rebolava, dava unhas gingadas no seu trazeiro que era maravilhoso sentir a sensação no pau todo, começou gemer, sua respiração ficou ofegante, parecia que estava cansando, em vez disso ela anunciou seu orgasmo, vou gozar outra vez meu querido, empurre todo este pauzão com força, vai garoto deixe esta coroa maluca, aaaiiii aiiii, sua xana chegava pingar, passei minha mão por baixo e senti meus dedos ficarem molhados, ela foi acalmando e desabou no sofá, ficou com sua bunda empinada, olhei aquele cuzinho rosadinho e pedi vou comer seu rabo, ela consentiu com hu hum, tirei o pau de dentro da xana inundada e coloquei bem na entrada de seu cuzinho, dei uma forçada e entrou a cabeça, ela gemeu e disse, vai garoto enterre tudo de uma vez, peguei na sua cintura, segurei bem e dei uma estocada com toda força, ela deu um urro de dor e prazer, fiz de conta que nem percebi e fui socando e tirando bem rápido, fiquei metendo e tirando sem parar, ela começou gemer, urrar, mordia o sofá, virou sua cabeça e anunciou mais uma gozada, empurrava sua bunda para traz, fui metendo, metendo com mais força e não agüentei mais, gozei com meu pau enterrado bem no fundo de seu cu, enchi aquele rabo de porra, ela ficou toda mole, deitou no sofá e disse, ainda quero mais vezes este pau, mais hoje eu não agüento mais, levantou foi no banheiro, saiu e vestiu seu biquíni e se mandou.

Pelo menos uma vez por semana ela aparece durante a noite, nos transamos até de madrugada, não sei como ela agüenta o tranco, só sei que a coroa se garante na cama, ela esta ficando mais gotosa a cada dia que passa, tem duas das outras que já cantei e elas disseram que irão trepar comigo na primeira oportunidade que tiverem, o único problema é que as duas são casadas com vizinhos meus, o que vocês dizem trepo com elas ou não.

Deixe seu comentário.

Obrigado.

Comentários

15/10/2009 01:02:08
Caro Marmanjo64, me pergunto qtos anos vc tem...rs. Achei seu conto por acaso nos votos de um leitor e o titulo me chamou atenção, foi curiosidade de mais uma vez saber o q alguns homens pensam ser uma "coroa"...rs. Ok, qdo eu era criança achava uma pessoa de 30 anos velha. Hoje tenho 41 e nem de longe me sinto uma coroa. Coroa é minha vó, q tem 75 e é linda! Vc citou "elas eram oito coroas com idade de trinta a quarenta anos"... Os homens nessa faixa etária são coroas tb? rs. Tenho uma amigo de 52 que dá dez a zero em beleza, disposição e assunto em muito rapaz de 25...rs. Mas tirando meu complexo de idade, seu conto foi bem engraçadinho... Como já é um conto antigo, vou ver se acho mais algum comentário sobre as demais moradoras do seu condominio...rs. Bjs. Aghata.
MB
11/09/2009 12:35:42
claro cara isso acontece raramente em hoteis
26/06/2009 11:42:49
eita cara de sorte,mulher tarada é tudo de bom,seja nova,coroa,importante e gostar de ganhar cacete
20/12/2008 23:42:43
Cara, mada ver. E se os maridos disserem alguma coisa, come os doios, também.
07/11/2008 09:29:26
sem sal
07/11/2008 06:42:41
Esse condominio que moras é UM PUTEIRO ENRUSTIDO, hein? rsrsrsr
07/11/2008 04:51:31
Acho que não deve trepar não com as outras...Vc já está com uma...Peça para as outras 2 me contatarem...rsrsr

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.