Casa dos Contos Eróticos

Feed

Priminha ninfeta dormindo

Autor: Incesto
Categoria: Heterossexual
Data: 31/10/2008 17:00:03
Nota 8.31
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom, pra começar vou me apresentar rapidamente.

Meu nome é Bruno, tenho 22 anos. Sou moreno de sol, tenho 1,74 de altura, corpo no tipo médio, corro sempre e busco ficar em forma.

O relato a seguir é veridico e aconteceu quando eu tinha 17 anos.

Tenho uma prima, que na época tinha 16 anos, branquinha, cerca de 1,66 de altura, bunda grande, peitinhos medios e bem durinhos. Tem cabelos negros, pouco abaixo do pescoço, ela é daquelas meninas que você aperta e fica logo marcada.

A historia é a seguinte, meus tios venderam a casa deles pq precisavam do dinheiro pra pagar umas dividas, e acabaram se enrolando e indo morar de aluguel. A casa que eles acharam era muito pequena e tinha apenas 2 quartos, e como são 5 no total, Meus tios, 2 primos e 1 prima, nao tinha como dividir o quarto pra 3, ainda mais com uma mulher.

Sendo assim, minha mae deu a solução pra ela passar um tempo conosco, já que a casa deles era perto. Logo os pais delas aceitaram, e logo ela aceitou tambem, pq ela sempre ia pra minha casa conversar com minha irmã.

O tempo foi passando e eu não tinha malicias com ela, já que ela era minha prima, mas sabia que ela era meio safada.

Certo cheguei da aula cedo, e como ela estudava de tarde ela sempre ficava sozinha em casa, e dormia até tarde. Me deu uma vontade de espiar ela de uma hora pra outra, e entrei no quarto da minha irmã bem devagarinho.

Ela tava de barriga pra cima, com uma camisola curta e com os movimentos da noite um de seus seios tinha saltado pra fora.

Fiquei alisando o pau e só observando aquela ninfetinha. Ela se mexeu e eu me assustei. Pensei em sair e apenas bater uma, mas a vontade de ficar lá foi maior.

Deitei ao lado dela pra disfarçar, qualquer coisa eu diria que é por causa do frio.

Bem lentamente tirei uma alça da camisola dela, já que a outra ja tinha caido. Comecei a puxar pra baixo a camisola dela mas ficou enganchado no mamilo rigido(por causa do frio), não tive medo e puxei mais forte. Os seios dela saltaram pra fora e pude ver seus mamilos grandes, rigidos e rosados.

Apalpei devagar, já nao me importava se ela acordaria ou não. Passei os dedos em cada um dos mamilos, deixando eles duros que pareciam duas faquinhas.

Passei a mao em suas coxas e fui colocando minha mao por baixo, ela nao se mexia, mas percebi que ela tava acordada, e sua repiração tava acelerada.

Dei um selinho nela, ela abriu os olhos, me encarou, deu um leve sorriso e falou:

-Tu ta safado hein Bruno, tua namorada não ta mais te satisfazendo não é?

Retruquei:

-Com uma ninfeta gostosa dessa tu acha que vou ligar pra namorada?

Ela Sorriu:

-Cuidado, somos primos...

Ela só fechou os olhos e fez que ia dormir.

Foi a deixa que eu queria.

Comecei a lamber os seios dela, apertando o outro com força.

Chupava como se fosse um cabrito com fome, e ela nada fazia.

Comecei a dar mordidas de leve nas duas faquinhas rosas, e ela apenas com a respiração acelerada.

Levantei sua camisola e pude ver a calcinha branca dela, com uma grande marca molhada, nao resisti e comecei a passar a mao por cima, alisando e sentindo seu clitoris bem excitado, sua xaninha se contraia a cada movimento.

Tirei a calcinha de lado e comecei a lubrificar meu dedo com o mel dela, que nao parava de jorrar, depois comecei a meter 2 dedos nela, ela começou a dar uma pequena rebolada nos meus dedos.

Ela apertou eles com força, parecia que ia quebrar, ela prendeu mesmo.

Depois ela soltou e fique olhando aquela xana molhada se contrair e soltar...

Sim ela teve um orgasmo. Ela tava de pernas abertas com a camisola na barriga, seios de fora.

Eu já não aguentava, tirei meu pau para fora, e ele tava todo melado, limpei na toalha, e comecei a passar na xana dela, e ela de olhos fechados como se tivesse dormindo.

Fui penetrando, e ela facilitou abrindo mais as pernas. A brincadeira tava legal. Ela fingia que dormia e eu fingia que acreditava. Tava bom demais pra ser verdade.

Foi quando escultei um barulho no portao.

Era minha mae chegando.

Eu corri pro banheiro e minha prima só se embrulhou.

Meu coração tava a mil, tive que terminar com uma insaciavel bronha.

mas não parava de pensar nela.

Na hora do almoço ela não olhava na minha cara.

E eu tava todo deconfiado, meio confuso. Tava com vergonha, mas com muito tesão. Ela ainda ia ficar lá em casa por meses, e eu tinha que inventar planos pra sair da escola cedo.

Depois continuo o ocorrido, claro que eu nao ia deixar por isso, afinal, ela me devia um orgasmo.

Comentários

12/10/2012 20:06:33
HASHUASHAU' Muito bom cara, eu tbm ja comi uma prima, leia meus contos...
R09
26/05/2012 02:12:43
tesão, adoro ninfeta
15/01/2012 01:11:33
pow mano aconteceu a msm coisa comigo uma vez, qm ja comeu a prima ai so faz dizer EU SO FODA PORRA
19/02/2011 19:58:10
--'
09/07/2009 14:26:26
Isso é muito legal, eu tambem ja brinquei muito com uma prima...muito gostoso
09/06/2009 14:24:52
Pô Cara Legal esse seu conto .. aconteceeu quase o mesmo comigo e minha prima !
05/06/2009 19:04:05
Bom... gostei!
05/03/2009 20:01:56
bom
07/02/2009 13:19:03
Muito Bom
04/12/2008 20:33:47
bom
25/11/2008 23:47:33
=]
31/10/2008 16:09:02
Prima não é parente...é comida da gente...vai lá Brunão !!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.