Casa dos Contos Eróticos

Feed

Noiva de 24 anos, bundinha, bucetinha e um tesão inexplicável

Autor: Betão
Categoria: Heterossexual
Data: 29/10/2008 15:09:21
Nota 7.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Uma garota especial.

Nos meus 47 aninhos, 1,82m, 97Kg (encorpado), com aquele pau normal (imagine ele, hehehehe), cabeça sempre pra fora, vermelha, pau com veias aparentes, meus hormônios andavam a mil, o que me fazia desejar sentir uma sensação nova, tal qual eu tinha sentido a uns três anos atrás, quando tive inimagináveis experiências com uma amiguinha.

Há tempos, acidentalmente, num sábado enquanto trabalhava, tive um contato via internet com uma garota chamada “Bia”, que mais tarde, passou a se fazer presente de forma virtual no meu dia a dia!

Fazia uns três dias que eu não tinha contato com “Bia”! Era mês de outubro, pela manhã a temperatura se elevava a 28 grau, e havia previsão de chuvas.

Embora nosso contato sempre tenha sido virtual ou por telefone, eu já havia visto uma foto de Bia que era uma garota de 24 anos, cabelos pretos e longos, provavelmente 1,72m, estilo mulherão (uns 60Kg), linda, seios médios para grandes, pezinhosque me deixava a pensar, como seriam suas partes as quais eu não enxergava.

O dia se fazia agitado, eis que porém, aquele toque ao celular, que mais era uma forma de mandar um beijo, aparece no meu fone. Pensei, estranho, quando ela quer me fazer lembra-la, os faz num só horário, porque um toque agora próximo ao meio dia. O que teria levado Bia a me dar “um toque” ao telefone naquele horário? Refleti e resolvi ligar de voltatoques e Bia, com sua costumeira voz suave atende! – Oi querido diz Bia. Assim ela falava quando virtualmente nos falávamos!

Conversamos ao telefone. - Bia então me revelou que aquele nosso desejo, que eram muitos a bem da verdade, pudesse se realizar, dizendo: quero te ver agora! Pensei, nossa .....

E agora .... eu estava saindo para um trabalho a ser realizado em noutra cidade, a qual eu já conhecia das várias idas anteriores. Imediatamente falei ... “Bia lindinha”, to indo, onde te pegoCheguei na cidade de Bia, era por volta de 12h e 45min .... no local combinado avistei uma garota linda, saudável, que me aguardava .... vestia uma blusinha leve, sapatos confortáveis e uma saia ..... ela me viu, eu a vi! Foi o primeiro momento ao vivo! Oi “lindinha”, então você é você mesma? Bia sorriu, eu sorri ....

Bia entrou no carrpo. Os vidros escuros disfarçavam quem estava ali dentro, sorrisos, aquela sensação de não sei o que fazemos agora!!!! Beijinho na face, as pernas de Bia parcialmente a mostra, saímos em movimento ....

Bia me disse que estaria livre aquela tarde toda e também no começo da noite, pois havia coincidido algumas situações que lhe permitiam essa tarde pra finalmente nos vermos! Ela livre, eu parcialmente livre, lhe disse: – Bia se não se opõe, vamos para uma cidade aqui perto, até lá vamos conversando (minha mente masculina já me dizia ... quem sabe uma paradinha na estrada) e curtindo o momento! – Claro querido, vamos! Nos colocamos a caminho ... conversamos, descontraímos, rimos ..... eu por momentos já pousava minha mão sobre os joelhos e parte da perna de Bia. Havia excitação no ar ... de ambos! Não pude inventar nenhuma parada, tinha que chegar logo para o trabalho na dita cidade! Ghegando na cidade a qual eu tinha que ir, recebo um telefonema do cliente que se desculpava, mas informava que estava cancelando sua ida para lá!!!!! Era tudo que eu queria!

Sugeri, uma vez livre do trabalho, que fossemos até um bosque da cidade que tinha muita vegetação. – Bia estava tranqüila e tudo naquele momento era bom para ambos. Lá fomos ....

No bosque, parte mais ao fundo, num ambiente tranqüilo de interior, parados com o veículo embaixo das árvores, nos beijamos, lentamente na face, um lado, outro lado, queixinho da Jia, testinha, boquinha, cheirinho no pescoço ..... mãos na perna .... sem avançar ainda ..... “colinho” .... Bia veio lentamente para meu “colinho”. Pude sentir aquela perna quente, seis rijos cujos bicos esbarrei, bumbum firme e macio .... ao mesmo tempo .... percebi que ela deveria ter um bumbum suculento o qual eu já sentia desejo de explorar, passei imaginar como seria a cor de seus mamilos ... embora Bia tivesse os cabelos pretos, os mamilos seriam levemente rosados?Como seria sua bucetinha .... imaginava somente, mas, tinha certeza pelas características físicas de Bia que, ela tinha sim uma bucetinha com um certo volume no monte de Vênus, nos grandes lábios .... isso me deixava louco só de pensar em tê-la na minha boca, sugando, lambendo, abrindo de leve!

Com Bia no colo, meu pau duro e ainda dentro da calça, avancei minha mão em sua pernas que começavam se abrir, cochas firmes, pernas quentes ... que vontade de tocar aquela bucetinha .... beijava ainda seu rosto, pescoço, lábios, mãos nos seios ... que delicia ..... que vontade de tirar a roupa toda .. que receio que aparecesse alguém ..... boca encostada na boca, respiração e coração acelerados ..... ela levantou um pouco a bundinha, consegui deixar o pau pra fora ..... sua calcinha enrabada no meio do reguinho .... meu pau agora se ajeitava por sobre a calcinha no meio de sua pernaeu não podia colocar o pau ali, sem antes beijar e ver aquela bucetinha .... ela sussurrava .... ai que delicia .... Beija-me, beija meus seios ... soltei o soutiem .... mãos, boca ... seios sugados ... aquela bunda que se mexia no meu colo, fazendo o reguinho meio que se abrir .... que tesão ... eu tinha que parar um pouco se não ia gozar .... meu pau se acomodava cada vez mais ... não resisti, ela com as pernas meio abertas ainda no meu colo .... me permitiu chegar até sua bucetinha .... toquei-a, a calcinha apertava a virilha, meio que com um movimento houve um alivio, consegui puxar a calcinha de ladinho .... que coisa, que textura, pele macia, nenhum pelo .... amei .... meu pau ali, agora roçando aquela bucetinha fofinha que eu queria tanto chupar .... o pau provavelmente tocando seu clitóris ..... ela se mexia, se movia ..... tiramos sua calcinha ..... tudo meladinho ali embaixo, o pau escorregavapude sentir seu reguinho, não resisti, tive que vira-la um pouco de ladinho e apertar forte sua bundinha gostosa ..... puxei-lhe a bundinha .... reguinho meio aberto ... meu dedo escorregou devagar ...,. achei algo quente, um cuzinho já meladinho do suquinho da buceta .... não fiz nada além de colocar o dedo ali, levemente, só procurando e sentindo o entorno do cuzinho ... Pude sentir que BIA era receptiva ao contato, a cada toque sentia pulsar aquele cuzinho .... Bia se agitava, queria enfiar o pau em algo ..... levantou-se um pouco, ajudou a arriar um pouco mais minha calça, voltou a rebolar com o pau no meio da perna, quis toca-lo .....queríamos nos chupar ... o veículo era um pouco incomodo .... o pau entrou em sua buceta, escorregando ... eu sentindo cada pedacinho ..... ela se acomodando ... boca na boca, beijos de lábios, leves mordidas ..... pau dentro da bucetinhaBia agitadaCalma Bia ... deixa eu te olhar, fica aqui quietinha, deixa-me ver teu rostinho .... fica no colinho ficao que você tem dentro da sua bucetinha heimm ..... Bia respondiapaupau que eu quero mamar depoiscomeçou a se mexer e falar mete, mete .... calma linda deixa eu te curtir .... e se o pau sair daí e entrar noutro buraquinho?ai eu quero na buceta ... come minha buceta come .... espera ..... OUVI UM BARULHO ... NOS RECOMPOMOS ..... loucos de tesão saímos dali .....

Eu não resistia, minha mão e dedos continuavam, enquanto eu dirigia, a explorar aquela boceta quente e macia .... na estrada ... não resistindo, paramos, em uma clareira e ali, a sombra das árvores, ocultados da vista dos demais motoristas .... retomamos .... Bia ainda estava sem calcinha .... colinho novamente, muitos beijos .... pau na bocetinha ..... Bia se acomodou cruzando suas pernas por traz de minha cintura, seios encostados no peito, boca na boca ..... apertava meu pênis com a bocetinha suave, mexia, rebolava .... beijava .... metemos ..... grudados, com volúpia não resistimos, gozamos ferozmente .... como amei aquele momento!!!!!

Nos recompomos parcialmente, ainda com tesão, saímos, andamos um pouco e avistamos um motel,entramos no motel ....

Entrando no motel, enquanto eu desvendava como fazer funcionar cada coisa ali .... Jia foi ao banho .... voltou ... enrolada na toalha .... eu fui ao banho ..... sai de cuecas e toalha sobre os ombros, vi Bia bebericando algo, com um lindo sorrisome deitei do lado dela e falei ... e agora lindinha ..... aqui nada me impede de chegar a lugares interessantes .... mais sorrisos .....

Beijos, lado a lado na cama, olho no olho, muita fala suave e sussurrada .... ficamos os dois de bruços, ainda sem eu ver o corpo nu de BIA ... toalhas sobre o corpo ..... olho no olho, beijava de leve seus lábios ..... minhas mãos percorriam de leva a costa macia de Jia..... acariciando, baixando aos poucos a toalha ..... as mãos chegando na região lombar, aquela que antecede a elevação do bumbmãos por baixo da toalha, sem ver, sem enxergar, passando de leve no bumbum, olho no olho, a mãos sentindo cada curvinha .... baixei a toalha até deixar a mostra o início do reguinho da bunda linda de Bia ... me levanto, me colocando sobre o corpo de Bia, pernas abertas sobre ela, pouco abaixo do bumbum, meu tronco levantado, mãos nos ombros de BIA, pescoço, costas ..... como numa massagem .... me curvei, beijos na face ... beijos no pescoço, na orelha, o pênis tocando ainda o bumbum de Bia sobre a toalha, eu ainda de cuecas ..... beijos nas costas, fui descendo de leve pela colunacheguei a região lombar .... beijos agora no inicio do bumblíngua bem no início do reguinho ..... baixei mais a toalha, mais um pedacinho daquela bunda linda a mostra .... mais beijos, duas mãos apertando forte a bunda gostosa de Bia ... ela começando a se friccionar na cama como quem quer seu clitóris apertado e bolinado .... mais um pouco de bumbum descoberto, a ponto de eu ver pela primeira vez uma rachinha, linda e suculenta de sua bucetinha .... bumbum todo a mostra .... beijei, mordi de leve, apertei ... abri de leve, deixei escorregar a língua dos dois lados do reguinho, fui abrindo de leve o reguinho ..... minha língua descendo e toda aberta se acomodou bem ali ... ali naquele cú lindo que eu tanto desejava .... Bia se arrepiou e gemia ... aiiii .... divino o que senti .... parei ali por vários minutos, beijando, apertando e lambendo tudo naquela bunda maravilhosa.

Tirei a cueca, continuei com o tronco levantado, o pênis escorregou no meio das pernas de Jia .... massageava sua costas .... o pênis só roçava, não entravao pênis escorregava para o bumbencostava no cuzinho ... o cuzinho latejava .... com as duas mãos eu abria o bumbum de Jia .... encostava o pênis no cú gostoso .... o pênis escorregava .... Bia arrebitava a bunda e levando suas duas mãos pra trás abria sua bunda, sem nenhum pudor, me deixando a mostra todo seu cuzinho ..... chupei mais seu lindo cuzinho mais e mais!

Virei Biade barriguinha para cima, ela de pernas fechadas .... beijei seus seios ..... barriguinha ... umbigo, o monte de Vênus ... o inicio da bucetinha .... mal conseguia chegar ao clitóris, e só um pouco da rachinha, já que, as pernas de Bia estavam fechadas aindaaos poucos as pernas de Bia foiram se abrindo, vi então em sua plenitude, aquela buceta linda, sem pelos, fofinha, volumosinha dos lados .... ao mesmo tempo pequena e com os pequenos lábios avermelhados .... beijei os lados da bucetinha, o meio das pernas, a virilha ..... deixei aos poucos a língua ir chegando aos pequenos lábios .... primeiro somente na parte superior, depois .... mais abaixo ..... escorregando a língua na região entre o anus e a bucetinhabeijei muito a buceta, lambi cada pedacinho .... abri de leve ... a bucetinha estava inchada e encharcadaeu sugava com vontade .... Bia se mexia .... Bia gozou .... e estranhamente transmitia espasmos em minha boca que estava em sua buceta ......

Muita respiração ofegante ainda ..... Bia me deitou de costas com o pau virado para cimapassou a beijar meu peito ... chegou ao meu pau que latejava e estava com a cabeça volumosa, vermelha ..... as laterais com veias salientes ..... beijava o saco .... beijava a cabeça, os ladoscolocava de levinho a cabeça na boca e sorrindo com ele entre os dentes me olhava com cara de safada e manhosaVou ganhar mamazinho vou ... perguntava Bia ..... não sei, respondia eu ..... cuidado heim .... pode sair leitinho na sua boquinhaeu quero respondia Bia ..... o pau ia explodirlatejava dentro da boca de Biamas, na hora H, Bia soltou meu pau ... e como eu anteriormente, se pôs sobre mim de pernas abertasfez sem muito arrodeio, colocar o pau em sua buceta que estava quente e latejava ..... cavalgou .... eu me segurava como podia .... eu queria gozar em sua boquinha ou no cuzinho ......Bia se segurava quando eu pedia .... então derrepente, não mais do que derrepente .... Bia levantou sua bucetinha do meu pau, e de forma linda e sem-vergonha ... acomodou a cabeça do pau na entrada de seu cuzinho ..... e me disse ... quietinho ... deixa eu colocar ele devagar .... pro cuzinho se acostumar .... ta! Eu então, dizia - Poe lindinha ..... o pau então, com todo o meladinho da buceta e mais saliva de nossas bocas ..... começou a entrar naquele cuzinho ... primeiro a cabeçadepois cada pedacinho dele ..... era apertadinho, gostoso, suave .... quando já estava tudo dentro .... Bia levou uma mão de cada lado das nádegas e de forma individual ... puxou primeiro um lado, depois o outro, de maneira que, sua bunda abrisse mais e o pau de fato, ficasse totalmente atolado naquele cuzinho que iríamos deixar, pelo menos naquele momento, laceadinho, gulosinho por um pau .... Bia passou a se mexer ... tentei masturba-la ..... ela não deixou .... ela mesma com a mão na buceta passou e se masturbar e ... enlouquecida rebolava com a vara totalmente atolado no cuenquanto eu, curtia aquilo e somente acariciava e apertava seus dois seiossuados acabamos gozando ... divinamente ..... enchi o cuzinho de Bia de porra .... Bia deixou cair seu corpo sobre o meu, ainda com o pau atolado no cuzinho ... meu coração batia forte ... o de Bia batia forte ... Bia tremia .... tinha pequenos espasmos musculares .... ficou molinha ..... nos beijamos e ali ficamos ... abraçados ... até nos recompormos .... namorando, acariciando .... sorrindo ..... beijando.

Muito ainda eu desejava .... mas, tínhamos que irnos banhamos, agora juntos .... sabonetes ... xampus .... beijinhos ... carinhos ....

Fomos para nossas cidadesNa cidade de Bia, chegamos já perto das 19h ..... escurecia ... parei num posto a beira da estrada ainda ... fui pegar água e refrigerante ... Bia no carro .... quando volto ... Bia se encostou no meu ombro .... e falou ... to cansadinha .... queria deitar um pouquinho minha cabeça no colinho pode ..... sorrisos .... já com o início da noite ... no ponto que estávamos, com os vidros pretos do carro ..... nada se via .... Bia deitou-se, em sem cerimônias, abriu minha calça, sacou o meu pau pra fora ... e como uma cadelinha ... beijou e mamou meu cacete ... que logo ficou duro feito pedra .... o medo de ser pego ali me fez não alongar muito aquilo ..... passei a falar: mama, mama gatinha, mama ..... vais mamar até sair leitinho vai .... huhummmm fazia BIA..... ai vai, vai querida que boca ..... mama, ordenha esse pau ..... vou gozar .... quer tirar na horanão? Vou gozar heimmm .... Bia abocanhou mais meu pau ... e gozei loucamente naquela boca lindaBia ficou ali ainda, alguns segundos com o pau latejando em sua boca .... quando soltou meu pau ... não vi sêmen algum. Não sei ainda se Bia soltou o leitinho pelo lado da boca quando gozei, leitinho que era pouco agora, já que eu havia gozado longamente antes no motel, ou, teria Bia simplesmente engolido tudo?foi divino ..... ela se levantou, me beijou, um gosto adocicado, com uma mistura pouquinho salgada talvez ..... beijos ... beijos ....

Saímos dali, deixei Bia próximo a sua casa

Fazem menos de 18h do que aconteceu .... e ainda não nos falamos .....

Mas, amei cada momento .... ela é algo divino, querida, amável ... sincera ..... e de fato desejou cada uma das coisas que fizemos .... prazer em sentir e dar prazer ... foi isso .... foi lindo, foi perverso, foi sacana ... foi coisa de homem e mulher que tem desejos!!!!!!

Beijos linda Bia!

Quero ver, chupar muito e tocar Bia!!!!!!!

querobumbum@bol.com.br

Comentários

24/02/2013 21:39:55
humm.....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.