Casa dos Contos Eróticos

Feed

MINHA MULHER GOZANDO

Autor: Cris
Categoria: Heterossexual
Data: 07/07/2008 01:59:49
Nota 9.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Continuando minha louca e tragica história com minha deliciosa ex mulher....

Frisarei novamente os dotes fisicos da fulana que apelidei de Claudia (ficticio?).

1,67 altura, 51 kilos, cintura 60, busto 80, quadris 90.... pele branca, cabelos negros até a cintura.

Na minha neura de convencer a minha linda e delica esposa a acostumar-se ao uma vida menos certinha, já que no outro post frisei que tentava convence-la a frequentar casas de SWING comigo, coisa que ela refutava de todas as formas, e depois da experincia anteriomente relatada... que ela disse ter adorado. Resolvi oferecer-lhe uma nova experiência sexual agora em 3.

Disse a ela numa noite de muito calor em São Paulo:

Branca, vamos trepar gostoso?

Ela respondeu:

Claro amor!

Eu falei:

Mas não como todo dia.... vamos faze algo diferente!

Ela falou:

O que voce quer fazer amor?

Respondi prontamente:

Vamos arrumar um cara pra me ajudar a comer essa sua buceta gostosa!!!

Ela falou:

Como?

Eu disse:

Deixa comigo!

Fui ao guarda roupas e peguei uma cinta liga pra ela e um sobretudo.

Falei:

Veste ai!

Ela vestiu!

Entramos no carro e fomos para a rua Augusta.

Ela maravilhosa.... de cinta liga e sobretudo!

Parei o caro do lado de algumas prostitutas e disse que eramos casados e que queria fazer uma brincadeira, que ela não era concorrente e se poderia ficar ali por alguns minutos.

As moças riram e disseram que tudo bem!

A minha esposa ficou assustada, falei pra ela que eu conhecia as moças (mentira) e que ela estaria segura ali. Que quando algum carro parasse que ela abrisse o sobretudo (o cara certamente iria ter a visão mais real da existencia de DEUS da vida dele, a minha mulher era uma delicia). Que dissese ao cara que era o dia de sorte dele, e que ele iria comer aquela buceta sem gastar nem um dinheiro se fosse um rapaz educado...rsssss (ideia de loko).

Dei duas voltas no quarteirão com o carro, e todos os caras que pararam... ela disse que não gostou e que não iria fazer sexo com quem ela não tivesse atração. Que estava me fazendo um favor pra mim e que só treparia com alguém que fosse do gosto dela.

Bom... resolvi mudar de idéia.

Fomos até a Praça Silvio Romero (azar seu não estar lá naquele dia).

Parei em frente uma barraca de cachorro quente e sai do carro.

Da janela falei pra ela:

Agora é com voce. Sai com o carro, e quando achar alguém que seja do seu gosto aborda o fulano.

Ela disse:

Como vou falar isso pra um cara?

Eu disse:

Porra!!!

Quando ver o cara que é seu tipo... fala pra ele... vem cá.

Quando o cara chegar perto do carro, voce abre o casaco e diz.... quer transar comigo?

Entra no carro!

Ela foi.

Não deu tempo de eu dar a primeira mordida no hot dog, a mina já tava de volta no carro com um loirinho de uns 18 anos.

Impressinante a velocidade... e o cara já tava no banco de traz e com cara de assustado....kkkkk

Ela parou o carro e me chamou.

Eu entrei e o muleke se assustou.

Disse pra ela:

Explicou pra ele?

Ela falou:

Não!

Só perguntei se ele queria trepar gostoso comigo.

Ele disse lógico!

E mandei sentar no banco de traz.

Explica pra ele voce.

Olhei pro alemãozinho e disse:

E ai alemão... quer comer a mina?

Nem acabei a frase, e ele disse que sim.

Fomos até o motel Alibi (na Marginal Tiete).

O cara entrou no porta malas (antes de entra ele frisou....kkkkkk..... não transo com homens.) Eu o tranquilizei e disse que eu também não...kkkkkk

Subimos pro quarto e falei pra ele:

Alemão, o negocio é o seguinte:

A mina quer foder, entende?

Ele, com aquela cara de assustado, muleke novo, falou:

Voce não tem ciumes?

Posso comer sua mulher sem medo?

Eu ri e falei:

Faz o que ela mandar voce fazer.

Bom...

O cara tava nervoso que é a porra.

O barato não subia de jeito algúm.

E a mina de quatro, tão molhada que escoria nas pernas.

Falava pra ele:

Me fode bem gostoso!!!

Puta que pariu!!

Eu queria que ela se acostumasse a fazer uma troca comigo, mas o cara não estava na disposição. Ela rebolando a bunda, com aquela cinturinha fina, pedindo pelo amor e Deus pra ser comida....tentei ajudar.

Subi em cima dela e fodi a xoxota dela bem gostoso.

Enquanto eu comia ela falei pra ele (que estava do lado):

Ela não é gostosa?

Ele disse:

Nunca vi igual.

Falei:

Então....

Mata a vontade dela.!

Gozei!!!

O cara disse que tava nervoso e envergonhado, que não sabia o que tava acontecendo com ele.

Ela pediu pra mim:

Meu vai pro carro pra ver se ele se acalma.

O cara disse:

Meu, deculpa, sua mulher é muito gostosa. Mas eu não esperava que isso me acontecesse hoje....

Pô!

Quando eu ia imaginar que uma mulher linda dessas ia me parar na rua e pedir pelo amor de Deus pra eu comer ela. E que eu teria que fazer isso na frente do marido dela?

Eu fui pro carro.

Os dois ficaram lá!

Esperei os 40 minutos...

Subi pro quarto e quando abri a porta o cara deu um pulo...kkkkk

Acho que ele pensou que eu estava armado...rsssssss

Ela de quatro, com a bundona branca pra cima, a cintura fininha.... e o cara atras.

Falei:

E ai, foi?

Ela olhou pra traz com aquela carinha de safada que só ela tinha e disse:

Nada!

E o coitado com aquela cara de desilusão.....kkkkkkk

Falei:

Bom... se não vai rolar... vamos pra casa.

Deixamos o cara na casa dele.

Ele saiu do carro de foi dar um beijo na boca dela, ela virou.

Ele olhou pra mi e falou com voz chorosa:

Eu vou ter mais uma chance?

Eu disse:

É com ela.

Ele olhou pra ela...

Ela falou:

Sua chance foi hoje!

Eu só queria gozar e escolhi voce.

Não suporto homem brocha.

Comentários

08/07/2008 13:44:29
Cara, se vc gosta de rolar assim, pq não dá seu e-mail aqui. A turma vai adorar marcar com vc. inclusive garotas que adoram a tres.
07/07/2008 16:32:56
ha se fosse cmg... eu num tenho uma sorte dessas nao.kkkk adoro fuder uma casada. ecom o corno olhando deve ser o maximo. nota 9

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.