Casa dos Contos Eróticos

Feed

MINHA MULHER GOZANDO

Autor: navarro
Categoria: Heterossexual
Data: 07/07/2008 01:07:01
Nota -
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Vou contar rapidamente uma historia que ira espantar os mais certinhos (o que certamente não é o caso de quem esta lendo).

Aos 17 anos comecei a namorar uma moça de 15 anos... Claudia (ficticio?)....

Ela era virgem, namoramos por 4 anos, e na verdade... nunca gostei muito dela.

Após 4 anos de namoro e por razões que não entendo até hoje....nos casamos.

Acredito que todo cara que se casa jovem, e ainda mais com uma mulher que faz marcação pesada (era o caso dela), por não ter tido muitas mulheres e oportunidades, acaba por de alguma forma por se frustar e criar fantasias sexuais extraodinárias em sua cabeça... mas acredito que as minhas e porque não delas passaram de todos os limites:

Pouco mais de 3 anos após casados eu já não aguentava mais comer aquela xota que já comia há 8 anos e precisava arrumar um jeito de sair pela tangente.

Comecei a encher o saco dela pra frequentar SWINGS e ou similares, coisa que ela (uma moça que só tinha transado comigo) refutava de forma até agressiva.

Dizia que ela era feia, que ninguém queria um tribufu que nem ela, etc,etc...

Atente que ela tinha uma cintura de 60 cm, busto 80, quadril 90, distribuidos em 1,67 de altura e inesqueciveis 51 kilos, pele branca e cabelos negros até a cintura.

Comecei a dar umas escapadas e deixar claro que dava a ela a oportunidade de saciar minhas fantasias. E que se não o fizesse com ela. o faria com outras.

Como ela se recusa a ir a uma casa de SWUING, ficava a provacando e dizendo que ela não era capaz de chamar atenção de alguém por sua feiura (apesar de ser consciente da beleza impar que ela tinha).

Depois de quase um ano enchedo o saco dela quase que todos os dias.... vem a primeira resposta...hummmmm

Em uma dessas discusões ela me diz que um cara mexeu com ela no posto de gasolina e que deu-lhe um cartão com telefone....

Não pensei na hora!!!

Disse:

Liga pro cara!

Ela rulutou por umas semanas e a força (será) ligou.

Eu estava de paquera com uma loirinha, parecida com a Leticia Spiler, e pensei:

Pô!!

Se ela tiver algum coisa pra fazer eu saio com a Babalu.

Ela marcou e foi!

A Babalu furou comigo e a minha mulher... semi virgem... só tinha transado comigo na vida, foi trepar com outro cara.

Fiquei loko!!!

Ela voltou no outro dia de manhã como se nada tivesse acontecido.

Perguntei:

E ai, como foi?

Ela disse:

Uma delicia!

O minimo que eu podia fazer por esta vagabunda ter aceitado que eu forçasse ela a trepar com outro cara era uma boa de uma surra... coisa que eu fiz.

Na sexta seguinte ela me falou:

Posso transar com ele de novo?

Eu falei:

Nem fodendo!

Ela falou:

Mas eu tô com vontade.

Eu levantei a mão e falei:

Usa toda essa vontade pra dar mim sua vagabunda...rssssss

Continuação..... no proximo post.... forão 10 anos de casamento!!!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.