Casa dos Contos Eróticos

Feed

meu dentista

Autor: shophia
Categoria: Heterossexual
Data: 22/07/2008 15:51:58
Nota -
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Tenho 28 anos e sou casada a 8.Meu marido é 20 anos mais velho que eu e nem por isso é experiente,muito pelo contrário é bastante careta na cama não gosta de sexo oral,não gosta de beijar na boca e eu sinto falta disso e foi por isso que fiz essa loucura.

Num sabádo acordei com uma tremenda dor de dente e minha cidade é muito pequena e os profissionais não atendem aos fins de semana eu ja estava desesperada,minha vizinha me deu o telefone do dentista do filho dela, me falou que eu podia ligar pra ele que ele me atenderia foi o que eu fiz.Cheguei no consultório nada demais um homem comum de uns 38 a 40 anos bonito? talvez,nem um corpão de dar inveja, bem cuidado, só um homem comum, só que tinha os olhos mais verdes que eu já vi e dono de um sorriso perfeito.

Fui embora sem dor e com aqueles olhos na minha imaginação.de imediato troquei de dentista,um dia no consultório enquanto ele tratava meus dentes ia me perguntando sobre minha vida,descobri que era casado,melhor ainda,pensei,ele me falou que me achou muito bonita eu agradeci,sei que não passo desapercebida pelos olhares masculino sou morena 1.58m,50kg,cabelos longos e castanhos olhos também castanhos,tenho um rostinho pequeno por isso aparento menos idade do que na verdade tenho,não sou dona de um corpão,pois já tive 3 filhos mas consegui manter a forma.

Um dia eu estava com horário marcado para as 16:00hrs meu telefone tocou, quando atendi era o meu dentista dizendo que um cliente havia desmarcado e se eu poderia ir mais cedo,disse que sim que ia me trocar em 20min estaria lá.

Ao chegar notei que a secretária dele não estava,então bati na porta da sala

ele me atendeu e pediu que eu entrasse quando sentei na cadeira ele me falou que me achava muito gostosa e que estava afim de mim,eu disse que eu era casada,mas no fundo me senti poderosa por saber que ele me achava gostosa,ele pediu desculpas e mandou que eu sentasse na cadeira,me sentei e ele ocupou seu lugar,quando abri a boca ele foi chegando bem perto e tentou me beijar eu me esquivei assustada,então ele começou a falar tudo que queria fazer comigo,eu comecei a imaginar as sensações me joguei nos braços dele e comecei a beija-lo,que delicia beijar uma boca diferente caprichei no beijo,comecei bem de levinho um beijo bem suave ai fui aumentando a pressão sugando sua lingua seus labios depois passei para seu pescoço,sou tarada por pescoço,beijei ,mordi,claro sem deixar marcas(rsrs).

Ele começou a tirar minha blusa fiquei meio receosa mas não resisti eu estava com um sutiã branco ele disse que eu ficava bem de branco contrastava com minha pele morena,fui perdendo a vergonha e o medo então tirei sua camisa e comecei a beijar seu peito mordia devagarinho passava a lingua ia até o umbigo e subia.Ele começou a tirar minha saia jeans fiquei só de calcinha(como sou magrinha só uso fio dental para não achatar meu bumbum)e era minúscula,branca também,fiquei quase nua e vermelha na frente dele disse que eu era muito bonita mesmo que me imaginava assim do jeitinho que eu era.Fingi que era toda moderna meti a mão no botão da calça dele e tirei também a cueca junto deixei ele peladinho ,que gostoso depois de 8 anos um homem diferente,nada de penis grande é tamanho comercial.Então ele me falou que queria transar comigo na cadeira de dentista,me deitou tirou meu sutiã e começou a chupar meus seios que delicia sou capaz de gozar só assim,foi descendo pela minha barriga beijando passando a lingua até chegar em minha xoxotinha,começou a beija-la e mordela e eu quase gozando já tamanha era minha vontade de ser chupada.

Ele enfiou a lingua bem la´no fundo e eu gritei tive que me segurar pra ñ gritar mais,começou a me chupar como se estivesse chupando uma manga madura e eu segurara sua cabeça contra minha xoxotinha não queria que ele saísse de lá e ele se acabando lá dentro,gozei duas vezes em sua boca não consegui me segurar.Depois foi a minha vez de agrada-lo eu ja nem tinha mais vergonha ele sentou na cadeira me ajoelhei e segurei firme em seu pau,comecei a lamber a cabecinha só passando a lingua bem de levinho,ai desci com a lingua para baixo como se estivesse lambendo um picolé bem gostoso,derepente abocanhei seu pau duro em minha boca e comecei a suga-lo com tanta força e tanta vontade que ele quase gritava segurava minha cabeça e puxava meus cabelos e eu chupando sem esquecer de dar uma atenção especial a seu saco ,cada vez que eu o enfiava na boca ele quase pulava na cadeira eu chupava com vontade,não aguentando mais ele me disse que iria gozar eu disse que podia gozar em minha boca que eu gostava,então ele explodiu dentro da minha boca quase que não coube engoli tudinho me levantei e disse que queria ser comida por ele ja tinha virado uma putinha mesmo que diferença falar com classe aquela hora.Ele disse que precisava tomar um folego então foi ao banheiro e eu fui beber água, quando ele voltou já estava de pau duro novamente me sentei de frente pra ele e comecei a cavalga-lo ele chupando meus peitinhos e eu num movimento bem tranquilo,comecei a aumentar o sobe e desce e ele a chupar meus peitos mais fortes gozei novamente muito gostoso,então ele me disse que queria me comer por tras fiquei em pé com as mãos na parede e ele enfiou seu pau ainda duro em minha xoxota e começou a socar me seguarava pelos quadris e enfiava com força e eu rebolando para lhe proporcionar mais prazer eu gemendo e ele gemendo que delicia esqueci até onde estava naquela hora ele gozou e me abraçou por tras disse que eu era uma delicia,me beijou na boca e fomos nos trocar,saímos da sala e ficamos conversando dentro do consultório até que sua secretária chegou,ai marquei a próxima consulta e fui embora,fiquei alguns dias sonhando acordada com aquela trepada deliciosa não teve nada de diferente mas foi maravilhosa.

Estou registrando essa história aqui por que queria contar pra alguém, mas tenho medo de desabafar e meu marido descobrir.

Bom espero que tenha agradado vocês depois eu conto como descidi a dar o cuzinho pra ele .Até breve.

Comentários

13/11/2009 15:33:04
adoro mulher magrinha... e chupar o grelinho... enfiar a linguinha la dentro... hummmm me add rafanando1@hotmail.com
26/07/2008 16:01:41
Ótimo o seu relato. Vc expressa muito bem o seu tezão e revela sua vocação para felação.
26/07/2008 15:59:36
Gostei do seu relato. Quando o marido não o valor devido, tem que levar chifre mesmo. Se vc desejar dar outra chupada, acesse-me ou contate-me. 091 81153855

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.