Casa dos Contos Eróticos

Feed

Transando com meu melhor amigo na fábrica dele

Categoria: Heterossexual
Data: 08/07/2008 14:05:29
Última revisão: 10/07/2008 15:46:32
Nota 7.89
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá! Esse é o meu primeiro conto e resolvi contar uma das aventuras que já tive com meu melhor amigo.

Antes, deixa eu me apresentar. Tenho 23 anos, sou morena, tenho 1,65m, 54kg e cabelos pretos bem longos. Sou amiga do Alencar há quase 10 anos. Nos conhecemos no colégio e nossa amizade dura até hoje. Costumo dizer que nossa amizade é completa. Sempre que um precisa o outro está lá, pronto para ajudar no que for preciso (no que for preciso mesmo).

Essa história que vou contar aconteceu há, mais ou menos, 15 dias. O Alencar é proprietário de uma fábrica de doces que fica localizada no interior do nosso estado, a mais ou menos 30 min da capital. Ele sempre me convidava para conhecer, mas nunca tinha ido. Até que na sexta-feira eu fui.

Ele me pegou em casa e durante o caminho conversamos bastante e trocamos muito carinho, como é normal entre nós dois.

Ao chegar lá, ele me mostrou cada detalhe. Cada máquina e me explicou como funcionava cada uma. A cada nova explicação meu orgulho por ele aumentava cada vez mais e mais. Estava realmente muito feliz por ele e não me cansava de abraçá-lo e enchê-lo de beijos e carinhos.

Coincidência ou não, um fornecedor havia atrasado o pedido, então a fábrica não tinha o que fazer e ele, como bom patrão que é, dispensou todos os funcionários e continuamos nossa visita.

Devido ao meu grande orgulho pela conquista do meu amigo, fiquei abraçando ele forte, fazendo carinho em suas costas, em sua nuca... e ele retribuia cada carinho, me dando beijos no pescoço, fazendo uns carinhos mais fortes... nessa hora, eu já estava completamente molhada e ele de pau duro.

Não demorou muito, nos beijamos... Um beijo lento e profundo. Parecia que estávamos fazendo aquilo pela primeira vez. O Alencar tem um jeito peculiar de me beijar. Ele me deixa com vontade dele. Vai beijando cada pedacinho do meu rosto e evita minha boca me deixando louca de vontade da língua dele... Enquanto isso ele vai beijando meu queixo e vai descendo passando aquela língua que eu tanto desejava no meu pescoço, orelha... e eu me arrepiando inteira.

Finalmente, ele coloca a mão na minha nuca (como ele sabe que eu gosto), olha nos meus olhos e para minha boca e diz:

- EU MORRO DE TESÃO POR ESSA BOCA...

E me beija desesperadamente. Explodi...

Ele me encostou na parede e pude sentir a pressão daquele pau maravilhoso... Estava tão duro que minha boca começou a salivar na mesma hora. Eu precisava chupar aquele pau. Não hesitei, encostei ele na parede e comecei a abrir sua calça. Coloquei seu pau para fora e admirei a obra mais linda que poderia existir... UM PAU DURO POR MINHA CAUSA!!!! Dei um sorrisinho e me ajoelhei e tomei aquela delicia na minha boca. Comecei com a língua só na cabecinha e depois tomava entre meus lábios. Passava a língua por todo o pau. Acariciava, chupava e mordiscava o saco e ele enlouquecendo, já revirando os olhos... e quando ele menos esperava, abocanhei o pau inteiro... E ali comecei a chupá-lo bem gostoso, do jeito que ele merecia... Ele delirava e eu transbordando de tesão, deixando aquele pau no ponto certo para me penetrar.

Quando ele já não estava mais aguentando, me levantou e me puxou para dentro da sua sala. Sim, nós estávamos do lado de fora da sala dele. Já na sala ele tirou minha calça e ficou deslumbrado com a minha pequena calcinha branca. Mas o deslumbramento não durou muito tempo. Logo ele tirou a calcinha e me fez sentar em sua mesa... e ali mesmo começou a me chupar de uma maneira sensacional. Alguns minutos depois, me levantei e me virei para a parede e empinei bem minha bunda. Ele logo entendeu. Veio e meteu aquele pau devagar na minha buceta. Eu pude sentir cada pedaço daquela carne dura entrando em mim... Gemi muito... Mas ele me conhece e sabe do que eu gosto. Quando ainda tava gemendo por sentir seu pau todo dentro de mim, senti aquela mão pesada na minha bunda... Delirei... de prazer e de dor.

Ele começou a me fuder gostoso. Variava na velocidade e na profundidade. E depois de muitos beijos, pegadas desesperadas e muito pau na minha buceta. GOZAMOS!!!

Sensacional... como tudo que fazemos juntos.

Ele me deu um beijo maravilhoso e nos vestimos. Eu estava morrendo de fome e fomos almoçar.

E foi assim que batizamos o seu novo negócio. Espero que aquela explosão de felicidade lhe traga muitoooo sucesso.

E ele sempre sabe que quando precisar... pode contar comigo para o que ele quiser.

Comentem.

menina_meigaa@hotmail.com

Comentários

11/12/2008 20:20:19
Seu conto e muito bom, estou imaginando voce chupando esse amigo. queria muito essa sua chupada,conta mais das suas historias
24/11/2008 13:43:45
Um aniversario diferente ( orgia mesmo) sabado dia 22 de nov. recebi varios amigos em meu apt proximo da av. paulista, como sempre faço com novos amigos, marquei no nova era, um barzinho pertinho de casa, e depois d emuita cerveja eu, o Beto, um mulato, o angelo , a Vera , a marcia e seu marido Beto fomos todos para casa, depois de chegarmos em casa, chegaram tambem mais um casal amigo, Betina e claudio. Fomos todos para eu quarto, logo de cara todos tiramos a roupa e o Angelo pegou o loirinha e ja caiu de boca na bucetinha dela, o Arnando começou a comer a Vera umA morena boazuda, LINDA, ficaram 4 machos olhando, nao demooru muto,meti a rola na boca da vera , o Beto, na boca da betinha e outro noutro, e quando percebi, tinha mulher chupando mulher , e homem mamando na rola de homem, tava boammmmm d+, depois de um vira para lá e outro vira para cá, tinha macho me chupando, e eu chupando macho, infiando o dedo na buceta de outra, e a lingua sonta nos grelos. De repende, foi um tal de jorrar porra para todo lado, tinha mulher com o rosto cheio de porra, tinha macho com a boca cheia de porra, vi marido beijando mulher e dividindo porra quentinha juntos, eu mesmo acabei com a boca cheia de porra tambem depois que fui beijar a vera que derramou a porra de alguem em minha boca. , Meu Deus que putaria gostosa. demos um tempo, mais cerveja, winsk e descanço, e começamos de novo, e nisso foi até as 3 da manha. beijos a todos marcelo sozinho, porem cheio de putos em volta. MSN match-45@hotmail.com
geh
24/11/2008 13:24:35
naum gostei mutio nao, faltou encrementar um pouco e axei meio sem graça!
23/11/2008 23:13:03
vc é uma ótima menina mas devia ter dado o cuzinho para ele porque se vc tivesse transando comigo vc terfia que me dar o cuzinho e aposto que sentiria ainda mais prazer me escreva npr@sinos.net
07/10/2008 16:49:02
será delicioso se vc quiser vir aqui batizar meu escritorio... bjs no meu conto o meu msn
19/09/2008 19:25:00
Faltou fazer amor de conchinha... para a próxima, fica a sugestão... bjos
26/08/2008 12:47:59
Quem dera ter amigas assim...
25/08/2008 19:14:00
Nossa que delicia do seu conto, vou imprimir pra ler pro me namorado, ele fica louco. Parabéns e delicia de experiência, passa no meu conto e de uma olhada se vc gosta. Bjos.
11/07/2008 13:46:24
poxa isso que eu chamo de amizade, continue menina, o gostoso é poder gozar sempre, ghory3@hotmail.com
10/07/2008 20:22:16
adorei seu conto, me deixou com um tesão tamanho do mundo.Um beijo especial pra vc lindinha. syugi7@hotmail.com
09/07/2008 07:58:45
flaviobello_@hotmail.com
08/07/2008 15:27:56
adoramos o conto.somos de manaus,tenho 37 anos,163,53,morena,peitinhos durinhos e adoro uma calcinha pequenininha e safadinha.meu gato é vouyer.beijos

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.