Casa dos Contos Eróticos

Feed

Perdi o cabaço com a maninha

Autor: Power
Categoria: Heterossexual
Data: 11/06/2008 01:18:52
Nota 9.12
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola amigos!

Finamente resolvi escrever meu conto,

várias vezes comecei mas não consegui terminar.

Hoje tenho 31 anos sou casado, tenho 1 filho, na época do acontecido,

eu tinha 16 anos.

Minha irmã é mais velha que eu 4 anos, éla tinha 20.

Eu éra um moleque muito tímido não sabia lidar muito bem com minha sexualidade, e como a maioria dos moleques que tem irmã, ela tambem foi meu primeiro tesão.

Minha irmã sempre foi muito bonita, morena clara 1.70cm muito gostosa mesmo.

E eu tava sempre batendo uma punheta pensando nela.

Sempre que podia espiava ela tomando banho, e em qualquer situação que ela estivesse pelada.

E foi então por estar sempre espiando que tudo começou.

Foi numa sexta a noite, ela estava tomando banho pra sair com as amigas, meus pais estavam ocupados com uma visita que estava lá, e eu então aproveitei como sempre pra dar aquela espiadinha.

Eu estava ajoelhado na porta do banheiro, com o olho colado na fechadura e a mão no cassete, duro que éra um ferro, ela então saiu do box pra pegar a toalha

e eu fiquei esperando ela voltar, pra ver mais, so que éla pegou a toalha e veio direto na porta, e a abriu e me pegou alí no flagra.

Naquele momento eu fiquei apavorado, achei que éla iria fazer uma gritaria, mas não ela olhou bem pra minha cara e disse:

___Tu não tem vergonha!

Um cara com a tua idade espiando a irmã tomar banho!

Que decepção!

Isso é coisa de criânça, toma vergonha e arruma uma mulher pra ti!

Então fechou a porta do banheiro e me deixou alí de joelhos, com cara de idiota.

Eu tinha medo que éla fosse contar pra nossa mãe,pois ela me colocaria pra fora de casa, pois eles éram muito conservadores.

Mas não ela não disse nada, mas dali pra frente começou a me esnobar, e fazer piadinhas a meu respeito, do tipo " e aí cabacinho" ou " já bateu tua punhetinha de hoje" e outras...

Mas percebi tambem que éla passou a me provocar, quando estavamos sosinhos, frequentemente éla vinha de calcinha perto de mim ou saia do banho e endava pela casa com uma toalha minuscula erolada, sempre com a desculpa de estar procurando alguma coisa.

Comecei a achar então que éla estava afim, porque éla sabia que eu sentia tesão por éla e assim mesmo, me provocava daquele jeito.

Então um dia resolvi arriscar, estavamos sosinhos, nossos pais tinham ido ao super mercado, e eu a esperei na porta do banheiro, pelado.

Quando éla saiu , daquele jeito foi direto pro corredor que da na sala e não me viu, e não sei oque me deu na cabeça, que eu a agarrei por trás e comecei a estocar meu pau na bunda dela, e ela tentando se desvencilhar de mim, eu estava com tanta tesão que acabei gozando, daquele jeito mesmo, minha porra escorria palas pernas dela, e eu então a soltei e ela me deu uma bofetada no rosto, e correu pro quarto dela e trancou a porta.

Novamente ela não contou nada pra nossa mãe, mas tambem não falava mais comigo.

Passou-se então umas semanas do que havia acontecido, e nossos pais iriam a um jantar do clube onde éram e ainda são sócios, e nós ficariamos em casa.

Como eu não queria ficar ali, pra não cair em tentação, saí fui até a casa de um amigo.

Algumas horas depois, voltei pra casa, pois se éla não tivesse saído com as amigas, estaria dormindo.

Quando entrei ouvi o som da tv da sala ligada, e coma pra ir pro meu quarto tinha que passar por lá, fui.

Minha irmã estava assistindo um filme no video cassete, pois ainda não tinha dvd.

Quando passei, ela me chamou:

E aí bundão, não quer assistir um filme comigo?

Eu disse:

Não eu vou dormir!

Acho que vai te enteressar, o filme, é a tua cara!

Na hora fiquei curioso, mas segui para meu quarto.

Mas não aguentei a curiosidade, e fui até a sala ver que filme éra.

Quando cheguei ela disse:

Mudou de ideia, ou perdeu o sono.

Eu não respodi e fui pegando os filmes que estavam no chão.

E um deles éra pornô, e os outros não lembro.

Ela disse:

Quer ver esse aí?

E eu:

Quero!

Ela então levantou e colocou a fita pra rodar.

Eu perguntei pra ela, por que ela disse que éra a minha cara,

e ela me respondeu que eu veria.

Era um pornô de incesto, irmão irmã , pai e filha mãe e filho etc...

Eu nem sabia que esistia isso em vhs.

E em uma das cenas o irmão entra no quarto da irmã e a pega a irmã peladinha,

se trocando, e a coisa acaba numa foda alucinante.

Minha irmã então me diz:

_E ai tá gostando, não é disso que tu gosta?

Eu fiquei quieto, não respondi nada.

E éla:

_E aí ficou mudo, perdeu a coragem, cadê aquele que quis me pegar a força.

Eu então me levantei, e fui saíndo, e então éla disse:

_Porque que tu não faz como o cara alí do filme, ele falou oque ele queria e ganhou.

Eu fiquei na hora meio sem enteder oque éla estava querendo dizer, mas retruquei:

_Eu não preciso dizer!

Ela:

_Mas so ganha se pedir?

Eu não estava acreditando que minha irmã estava me dizendo aquilo, e ela veio pra cima de mim, me olhando nos olhos e dizendo:

_Fala, pede oque tu quer, tenta me convencer que tu tem que ganhar seu merda.

E eu então disse:

_Então tá bom, eu quero foder contigo, é isso que eu quero é só oque eu quero,

satisfeita!

Ela:

_Agora eu tô, eu precisava ouvir isso, e agora me diz porque comigo?

EU:

_Porque eu te acho muito gostosa, e sonho em foder contigo desde meus 13 anos, quando te vi pelada a 1ª vez!

Ela então, foi ate a porta da sala trancou com a chave, voltou e disse:

_Tu jura que nunca vai falar pra ninguem? JURO!

_Então eu vou dar oque tu quer!

E ela começou a tirar a roupa, e eu não sabia oque fazer, pois nunca tinha trepado antes com ninguem.

Ela me olhou e disse:

_E aí vai ficar aí parado?

Ela ficou ´so de calcinha e sutiã, era muito gostosa, eu tremia de tesão, e então meio sem jeito comecei a tirar a roupa, e ela começou a me ajudar, e

foi direto no meu pau,botou a mão por dentro da cueca pegou ele e começou a chupar, não demorou muito eu gozei, lavei a cara dela de porra, mas meu pau não amolecia, e ela me pegou pela mão e me levou pro quarto dela,

chegando lá ela trancou a porta, subiu na cama e ficou de quatro,e disse:

_Eu quero que tu enfie esse cassete na minha buceta,com força, e eu obedeci,

peguei ela pelos quadris, e ela colocou meu pau no lugar certo com a mão, e eu comecei a foder do jeito que ela mandou, ficamos assim por algum tempo, e ela me mandou parar, virou deito-se e abriu bem as pernas, e me mandou meter de novo bem rapido e com força,eu estava alucinado, com aquilo, fiz então oque ela pediu, por uns minutos quando éla gozou.

Ficamos alí algum tempo naquela posição, e então ela pediu que eu saísse de cima dela e fosse pro meu quarto.

Depois daquele dia nunca mais foi a mesma coisa, até hoje não vejo éla como minha irmã.

Mas isso é outra história.

Comentários

02/03/2013 13:54:11
porra da hora..
03/01/2010 00:59:09
Eu tenho muita vontade de agarrar a minha irmã quando ela sai do banho com uma minúscula toalha, mas tenho medo de no meu caso não dar certo. Ela é braba! Bom conto. Escreve mais aew.
03/01/2010 00:57:51
Tenho vontade de avançar na minha, mas pode n dar certo. Bom conto. Escreve mais aew.
29/04/2009 18:49:21
muito bem mais tente espressar as emoções e os detalhes ok
26/10/2008 17:19:08
Essa Tranza ai Foi Massa Irmao e Irma Fazendo Sexo Bota Mas Historia Por Favor Vlw
26/10/2008 17:17:38
Essa Fodar De Irmao e Irma E Muito Massa Viu Parabens Para Voce....
18/06/2008 00:59:36
Um dos melhores contos, nota 10
11/06/2008 17:41:27
Muito bom o conto! Espero que tenha continuação.
11/06/2008 14:01:31
Até onde ela te puxou pro quarto foi um ótimo conto, mas dai em seguida faltou detalhes e um pouco de emoção, nota 7
11/06/2008 11:35:04
muito bom esse conto!! nao tem mentira (eu axo) e vc se expressa muito bem!! otimo e continue contando outros!
11/06/2008 07:54:05
muito bom, principalmente porque vc foi sincero nao fez como alguns M. que ficam inventando que são os melhores mas no fundo nao sao nada, abração e felicidades sua irmâ hj deve ser um linda coroa né. entre em contato - claudio_jr07@hotmail.com
11/06/2008 01:27:39
Um dos melhores contos que já lí. Espero que continue logo para ver no que vai dar

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.