Casa dos Contos Eróticos

Feed

Tic Tac

Autor: Ly@
Categoria: Heterossexual
Data: 31/05/2008 21:03:28
Última revisão: 12/01/2017 15:41:32
Nota 9.71
Ler comentários (57) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Este é meu primeiro texto. Espero que gostem e, por favor, comentem; estou aberta a críticas!!

Tic Tac, Tic Tac... trimmmmm...trimmm...trimmm

Ai que droga! Já amanheceu já é hora de acordar! Mas, meu Deus! que dia é hoje mesmo?! Recorro ao velho e bom celular: dia vinte. Hum... hoje é dia do EXAME! Aiiii! não pode ser! é hoje! Sinto meu corpo amolecer, aquele frio na barriga, uma leve dor de cabeça. É hoje, sim... é... será que consigo desmarcar? Vou ligar pro consultório... não melhor não!! O melhor mesmo é encarar! Sim, por que não? Isso é normal, já fiz antes. Mas que droga! por que mulher tem de passar por isso, exames ginecológicos?! Constrangedor demais enfiarem aquilo na gente! Enfiar... hum! ai! que saudades disso! Mas logo agora que tô sem namorado! Droga! Por que fui terminar com o Luciano? Porcaria!

Vou pro banho, ligo o chuveiro, confiro a depilação. Ainda bem que está em dia, mas também se não estivesse, a médica ia entender, ora bolas! Ela também é mulher! Aiii! não tinha pensando na hipótese... droga!!! E se for medico? E ser for bonito? Ai! Deus queira que não seja bonito, pois do jeito que ando na secura, seria um perigo. Fico molhada à toa. Só de ver um homem passar na rua, já fico assanhadinha. Mas por que fui terminar mesmo com o Luciano? Tic Tac... a hora passa. Olho pro relógio e já são 06h50. A consulta é às 08h30. Preciso me apressar.

Chego ao consultório. Tomara que eu seja a primeira. Assim me livro logo! Preencho a ficha, respondo às perguntas da recepcionista, confirmo o nome do medico. Só de ler apenas o nome, já me arrepio: Doutor Marcos. Um nome comum. Como posso sentir tudo isso apenas lendo um nome? Devo estar louca, só posso estar. Opsss! sinto minha rachinha molhada, me excito, caramba! Não pode estar acontecendo, não agora, não hoje! Como um nome pode fazer isso?! Gente, que droga!! Devo estar no cio, devo ser uma perdida. Tenho de me controlar, não posso me excitar. E quando ele introduzir o aparelho, será uma vergonha sem tamanho. Preciso me controlar. Sem dúvida alguma devo me controlar!

Tic Tac, o relógio dispara. Já são 8h30 e ainda não chegou minha vez. A revista que tento ler já está se desfazendo em minhas mãos, tamanha minha ansiedade. Que tortura esperar! Olho para o lado: uma moça grávida, acompanhada do marido, e na outra poltrona uma outra senhora. Aguardamos todos nossa vez. Reparo melhor no marido da grávida, que é lindo por sinal: coxas grossas, peito largo, cavanhaque... hummm!.. gostoso mesmo! Aiii! aquele arrepio de novo!Não pode ser! O que está acontecendo comigo? Tento desviar o pensamento. Sim, a senhora, por que ela estaria ali? Pedra na vesícula? Será?

-Dona Lucia, a recepcionista me chama. Sua vez!

Começo a tremer. Tento disfarçar o meu nervosismo. Apenas acompanho a recepcionista, desvio o pensamento. Que lindo o corredor! O relógio tic tac não para de contar os minutos. Relógio bonito. Será que é antigo?

Entro na sala e me ponho a reparar em cada centímetro dela. A enfermeira vem me ajeitar, e eu suspiro aliviada. Que bom! será ela a fazer o exame!De repente uma voz ao fundo:

-Lucia...

Gente que voz é essa?!

Olho para o lado. Sim, é o medico! Que homem lindo! Alto, nem forte nem magro, branco, cabelos pretos, olhos verdes, aiii! parece brincadeira! Me excito; não tem como evitar.

-Tudo bem, Lucia?

- Ah! suspiro nervosa. Sim, tudo bem! E o senhor?

-Ha!ha! senhor?! Hum! mau sinal você me chamando de senhor. Vou parar de fazer academia. Assim não dá! Só tenho 35 aninhos... um bebê ainda!rsrsrs. E você... deixe me ver sua idade... Ah! Achei, ele sorri (lindo sorriso!). Vinte e quatro aninhos; você também é jovem!

Sorrio; apenas isso. Que tapada que eu sou! Nem consigo responder! Também não é pra menos: a visão é ótima. Tenho na minha frente um médico lindo e gentil. Tô paralisada, sem reação. E pior, excitada!

- Motivo do exame Lucia?

- Rotina, respondo engolindo seco.

- Bom, então vamos lá.... preparada?

Engulo seco novamente e respondo com um sorriso sem graça:

- Preparada a gente nunca tá, né?!

Ele sorri novamente, um sorriso compreensivo dessa vez!

- Mas vamos lá, vamos acabar com sua pequena tortura! Com sua licença, vou introduzir o aparelho.

Gente! eu devo estar com febre! Não é possível! Sinto minha racha pulsar, dilatar-se para receber o aparelho! Não consigo acreditar no que tô sentindo, excitada, fazendo esse exame. Tenho de me controlar. Desvio o pensamento, mas pensar em quê? Penso na recepção, na senhora da salinha... pedra na vesícula dizem que dói. Aiii!.... puts! ele introduz o aparelho, e eu não me contenho, solto um gemido, engolindo o aparelho, e sugando para dentro de mim. Me dou conta do meu ato e fico roxa de vergonha. Ele apenas sorri....

Minha excitação tá me consumindo. Não dá pra negar: é visível. Ele simplesmente assovia, enquanto tecla o computador. Que calma é essa? Ele deve estar acostumado com isso, só pode ser! E eu aqui explodindo de tesão! Mas com certeza ele deve ter percebido. Ah! se deve! Afinal de contas é maduro e homem!

Tenho de me controlar. O que ele deve estar pensando de mim? Vou pensar em outra coisa....mas em que? Não consigo, não dá!! Busco na memória algo. Já sei! me lembro da grávida na recepção. Qual será o sexo do bebê? Menino ou menina? Será o primogênito? Aiiii!... não é possível! Como ele pode, num movimento rápido, tirar e introduzir de novo a droga do aparelho?! Não é possível! Ele tá brincando comigo. Fico vermelha de novo, mas agora é de raiva. Ele tá me provocando, deve estar tirando proveito da situação!

Viro o rosto e o encaro. Seus olhos verdes fixam olhar no meu. Ele se aproxima mais do meu vulcãozinho, retira o aparelho, finge examinar, me encara de novo. Como ficar brava com aqueles olhos?

Novamente ele introduz. Mais uma vez não resisto e solto um gemido. Aiiii! agora o gemido é de ambos. Me surpreendo com o gemido dele também. Não pode ser real o que está acontecendo!

Novamente ele tecla no pc, mas percebo em seu rosto um olhar diferente.

-Hum... Lucia....terei de introduzir de novo o aparelho, o desgraçado sorri maliciosamente.

Já percebeu minha situação. Se levanta, vai ao pé da cama, retira o aparelho, encara meu vulcão....Olho-o de cima a baixo, percebo seu volume, mas sou interrompida por suas mãos, que tocam minhas coxas. Aii! que delícia! Elas são muito quentes, são um doce afago nesse frio do ar condicionado...me arrepio ainda mais com seus toques!

Abro mais minhas pernas. Ele aproxima seu rosto da minha racha. Estremeço por dentro. Ele respira forte, como se estive reconhecendo uma fêmea pelo cheiro.

-Lucia, seu cheiro é uma delícia!

Sinto um arrepio percorrer meu corpo inteiro, penso comigo mesma: “Isso não faz parte do exame, mas quem está preocupado com exame?”

Sutilmente ele desliza sua mão entre minhas pernas, enquanto a outra alisa seu próprio membro ainda por cima da calça. Morde os lábios e me encara novamente; olho no olho, diz:

-Preciso te examinar a fundo. Me permite?

-Sim, doutor; sou toda sua!

Sorrimos. Ele se aproxima e encaixa sua cabeça entre minhas pernas. Sinto sua língua quente e esperta percorrer meu vulcão. É um maestro. Com certeza o é. Faz sair de mim muitas notas musicais. Meus gemidos parecem música ao seus ouvidos, pois a cada um deles, sua língua trabalha mais. Que delícia! Que macho!

Puxo-o pelos cabelos até minha boca. Nos beijamos. Retiro seu jaleco. Não deixamos de nos beijar. Ele me levanta. Estou de pé, frente a ele, trocando um dos melhores beijos que já experimentei na minha vida. Retiro sua camisa, seu cinto. Me ajoelho em sua frente, liberto seu membro, encaro com desejo, e exatamente como ele fez, o cheiro.... como é bom! Fico inebriada com seu cheiro, tamanho e dureza.

Começo pelas bolas, passo devagar e sem pressa minha língua no meio delas, sinto seu gemido soar forte pela sala, subo até a cabeça dando lhe um banho de língua, saboreando cada milímetro, sempre sem pressa. Engulo seu pênis até onde consigo, sinto pulsar, preencher toda minha boca, e chupo, chupo sim, sugo aquela delícia. Me farto dele como se fosse uma sobremesa rara.

-Lucia, pare senão vou gozar; e quero fazer isso dentro de você.

Nos dirigimos pra cama entre mais beijos. Deitamos. Ele, por cima, suga meus seios ao seu bem querer, enquanto me penetra com calma. Que sensação maravilhosa ser penetrada, sentindo nossos corpos se unirem! Vejo cores: azul, vermelho, rosa... Gememos. Quase gozo com sua penetração. Que delícia...

Nossos corpos quentes, febris, se unem e dançam a única dança que não se aprende no salão. Nossa fome é imensa. Seu pênis me preenche toda. Sugo-o cada vez mais pra dentro de mim. Nossa necessidade vem junto. Queremos mais fundo, mais forte, mais e mais... Nosso ritmo aumenta e, numa explosão de gemidos, juntos, forte, unidos, intensos... Gozamos!!!!!

Ficamos ali, parados, perdidos no tempo, só sentindo nossa respiração, ambos cansados. Precisamos recuperar o fôlego, nos localizar. Confesso que ainda estava perdida nas cores que apareciam na minha cabeça. Ainda perdidos, imunes ao mundo exterior, escuto: tic tac, trim... trim... trim... Acordo, cansada, afoita, molhada. Olho pro lado e percebo o despertador tocando. Me dou conta de que amanheceu. Respiro aliviada. Era tudo um sonho!!! Mas que dia é hoje? Vinte está marcando no calendário do celular, e como compromisso: exames ginecológicos. Será que devo ir faze-los????

Espero que gostem... bjs a todos!

Meus sinceros agradecimentos ao amigo Peristilo, pela gentileza de revisar o texto!

Muitos Beijos Querido!!

Comentários

07/02/2017 08:48:34
Show de conto, Ly@. Pelo texto percebe toda qualidade na narrativa. Espero que faça o exame e encontre esse médico dos sonhos. Bjs, Val.
Ly@
06/02/2017 20:10:25
Obrigada Ninho! Beijos
04/02/2017 10:07:06
Ótimo conto você tem talento li o primeiro e lhe prometo que vou ler todos nota 10 PARA este me excitou muito tenho um publicado aqui também se puder ler e dar sua opinião sobre o assunto serei grato Beijos e tem fotos ou troca email gilson_ninho@yahoo.com.br
Ly@
31/01/2017 19:07:03
Cibele e Paulino, obrigada pela visita queridos! Bjs
30/01/2017 12:10:05
Muito bem escrito, gostei.
29/01/2017 22:31:25
Ufa!... Só de ler eu já estava ficando sem fôlego. Ainda bem que foi apenas um sonho. Que fogo, hein?... Tive a impressão de já ter lido este conto, porém, não tinha comentado. Sua avaliação no meu conto me deixou muito feliz. Dez pra você... Bjs*-*
Ly@
29/01/2017 17:37:42
Obrigada Samir! Bjs
27/01/2017 20:27:27
O bom é que além de escrever você se expressa muito bem; as emoções, a ansiedade para o exame a ser feito, a fantasia de transar com o ginecologista... Enfim, uma descrição perfeita. Beijos.
26/01/2017 21:33:37
Dizem que os sonhos são manifestações de desejos reprimidos. Espero que vc vá fazer os exames e quem atenda seja... o médico. Rsss. Uma ótima autora que estava ausente da casa. Parabéns.
Ly@
26/01/2017 11:08:51
Obrigada Leila muito gentil! Beijos
21/01/2017 11:21:59
Parabéns, Lia, belíssimo conto. É claro que deve ir fazer os exames agendados. Numa dessas quem sabe, o sonho se torne realidade. Obrigada pela visita. Bjs babados.
Ly@
19/01/2017 20:18:41
Anjo Prateado, muito obrigada pela visita! Beijos
17/01/2017 17:38:25
Hmmmm, delícia de conto!!! Não sou médico, mas como em sonho tudo é possível, por ajudá-la a realizar ele. Aliás, Marcos eu já sou. Rsss. Que vontade de você, amor! Bjs e leia o meu tb...
Ly@
17/01/2017 15:41:45
Yuzo, quanta gentileza, encantada por ler e me deixar um comentário! Beijos
16/01/2017 18:42:50
Para que ir fazer esse exame? Para me deixar morrendo de ciúmes? Se for o caso, posso te apresentar minha amiga, a Dra. Sugaru Navara, que é ginecologista. Rs. No sério, conto magnífico mesmo! Sem exagero. Lendo e sabendo o que passava na tua cabeça, deu até raiva desse médico sortudo. Ainda bem que foi apenas um personagem a povoar teu sonho. Peristilo é? Tentei, tentei, mas não consegui escrever uma obra prima que superasse a ¨Coisa extraordinária¨ dele. Beijão!
Ly@
14/01/2017 23:38:55
Newton, querido! Obrigada pelo comentário, lisonjeada! Peristilo foi um querido em revisar o texto mesmo, uma pena o sumiço... coisas da vida, pausas são importantes! Beijos pra você!
12/01/2017 17:52:10
Da hora o conto, gata! Reparei que vc não escreve faz tempo. Pq parou? parou pq? Quanto talento desperdiçado, mano! Vc criou a atmosfera e foi me sugando para dentro dele aos poucos. O lado psicológico, seus pensamentos, com muita maestria. Ainda bem que foi um sonho, pq eu já estava morrendo de inveja desse médico. E ter o dedo do mestre Peristilo, esclareceu muito. Ele junto com o Yuzo, são os melhores escritores do site. Pena que os dois sumiram. Se puder, dê uma olhada nos meus modestos relatos. Beijo, beijo e beijo!
01/08/2011 20:47:55
Lya, vc é maravilhosa assim cm o seu conto. conversa cmg pelo msn? francis.fts@hotmail.com me add? nota 1000
28/06/2011 21:25:20
boa!!
21/05/2011 11:10:14
muito bom é 10 meu msn é(dagoogan@hotmail.com)mi add.
21/05/2011 11:07:39
Com certeza é o primeiro de uma série de contos que vc deve ter armazenado. Seu conto flui naturalmente, vc faz do seu conto, ser muito erótico, gostei, se puder faça contato - seu_tunico@yahoo.com.br
21/05/2011 11:03:15
Com certeza é o primeiro de uma série de contos que vc deve ter armazenado. Seu conto flui naturalmente, vc faz do seu conto, ser muito erótico, gostei, se puder faça contato - seu_tunico@yahoo.com.br
Ly@
01/12/2009 23:22:22
Alvaro Campos, desculpe a demora, adorei seu comentário querido, críticas assim são sempre bem vindas! Muitissimo Obrigada! Abraços!^^
18/06/2009 19:20:51
Ly@ gostei bastante do seu conto. A excitação da personagem foi muito bem construida, pricipalmente pelo seu desejo contante de se controlar, de se manter casta, e não conseguir. As descrições das pessoas que estão na sala de espera, não foram gratuitas, elas retornam depois,e fazem parte do fluxo de consciência da personagem, o que torna o conto ainda mais interessante. Só uma coisa eu não gostei: do tic-tac do relógio, ele é desnecessário, me parece meio infantil essa onomatopeia, meio forçada, acho que você poderia falar do barulho do despertado sem usar o tic-tac.
Ly@
08/06/2009 00:53:33
Obrigada meus queridos! Se pudesse daria um abraço de agradecimento em todos vocês!
03/06/2009 09:05:01
Gostei do seu conto, foi uma maravilha por ser o primeiro foi agradavel adorei continue assim, se quizer trocar umas ideias lover.boy2022@hotmail.com
29/04/2009 21:20:44
Magnífico!!!
15/04/2009 00:28:18
adorei!!!!nota???__10!
Ly@
13/04/2009 17:49:07
Obrigada Aaline, Moreno Tentação e Peristilo! Beijinhos!
18/02/2009 10:21:07
Oi, meu bem! Tava com saudades de você. Vim ler esse texto maravilhoso novamente. Está entre os melhores do site sem dúvida!Beijão.
17/02/2009 22:52:36
TÁ DE PARABÉNS...SOUBE EXPRESSAR DE FORMA BEM PERSUASIVA,INSTIGANTE AMEI SEU CONTO...SOU NOVO POR AQUI TENHO DOIS CONTOS...SE PUDER COMENTAR LÁ SERÁ UM PRAZER...MEU MSN:lipinhoulipe@hotmail.com!!Bjãoooo OBS:NOTA 10 É CLARO!!
30/09/2008 11:28:46
Legal, bem bolado!
Ly@
28/09/2008 19:13:12
chicocoxa, obrigada... muito mesmo!beijos!
16/09/2008 18:25:00
Muito bom, um dos melhores contos que tive o prazer de ler. Não pare de escrever nunca!
Ly@
14/09/2008 18:59:41
Vertigo*m*,bi fogosa, Policial_100SP,Obrigada pela nota e comentários! Abraços...
14/09/2008 09:24:55
bom seu conto, muito bom mesmo ,eu queria ser esse médico, mas como sou policial, tenho mesmo, que imaginar eu prestando auxilio par uma femea com o seu tesão....acstadeu@hotmail.com
13/09/2008 20:33:12
nossa gozei muito lendo seu texto 10!!
12/09/2008 09:07:13
Carambaa seu texto foi exelente muito bom msm um dos melhores q já li leva um 10
Ly@
06/09/2008 22:25:45
Eros_ dinamica, o nome do doutor é segredo! Ele é só meu! Mas para de vez enquando empresto ele para minhas amigas, vou agendar uma consulta sua com ele, ok?!kkk
Ly@
30/08/2008 14:26:09
Eros_dinamica, muito obrigada pela nota e comentário, vou ler seus contos! Abraço!
Ly@
26/07/2008 18:27:42
Obrigada Yumi... Fantasio aí moça?! Que bom!rs
26/07/2008 03:59:36
Nossa Li@! Que delícia de contooooooooo! Caraca!!! eu amei! Achei muito gostoso o gineco ser um gato, fiquei fantasiando aqui! parabéns pelo texto maravilhoso! beijos pra vc!
Ly@
25/07/2008 00:16:48
Obrigada Allie!
23/07/2008 11:59:36
Um bom futuro a aguarda! Amei o conto! original! *
Ly@
01/07/2008 22:50:33
Simone: Obrigada pelas doces palavras...Abraço!
01/07/2008 08:28:40
Parabéns! Você pertence a este pequeno - infelizmente são poucos - grupo de pessoas que não apenas sabe escrever, como também expressar a sensualidade com poesia.
Ly@
27/06/2008 00:19:35
Anjo Vingador: Muito obrigada, tanto pelo comentário quanto pela nota!! Ah, bom saber que você é médico, já sei pra quem recorrer se eu precisar!rsrsrsrs
25/06/2008 12:37:59
Maravilha de conto!Ficou muito excitante e bem escrito. Gostaria loucamente de ser seu médico e te examinar todos os dias. Tenho um instrumento aqui muito eficiente pra isso, minha gostosa!
Ly@
08/06/2008 17:17:59
Ah Lobo, só de saber que você passou por aqui já me enche de alegria... ter um comentário seu e uma nota dez, aí já é felicidade mesmo! Muito Obrigada...
Ly@
08/06/2008 17:14:22
IndocilWeed, muito obrigada, fico feliz por ter gostado!
07/06/2008 23:30:38
Tecer uma trama que se desfaz no acordar, tentando propor ao leitor a dúvida: foi sonho ou algo mais? Ora, querida, que recurso mais manjado. Aliás, sei de um sujeito - que assina LOBO - que também costuma usá-lo. Há coisas que soam - à primeira vista - banais. Como um "Pour Elise" de Beethoven, que até entregadores de botijão de gás hoje usam. O que separa o aparentemente comum da banalidade é o detalhe, a forma como o tema que parecia sem novidade se transfigura. E assim ganha o frescor do novo. No teu caso, temperado por uma sensualidade confessional bem feminina. Continue a escrever, e a ajudar-nos a desvendar alguns aspectos mais desse mar de mistérios que é a psique das nossas musas...
07/06/2008 23:05:25
Nossa percebe-se tua excitação na situação PARABÉNS
Ly@
01/06/2008 16:25:40
Obrigada... fico lisonjiada recebendo todas essas criticas... a cada um meu sincero agradecimento...Bjus a todos...
01/06/2008 10:40:27
Muito interessante o conto,vai levar nora dez,adorei bom mesmo....theo_ozga_vitury@hotmail.com
01/06/2008 03:17:42
se vc estiver solteira ,ew bem queria se o seu ginecológista,rsrsrs casso vc quizer ai ta o meu email:gilmarsr@yahoo.com.br
Ly@
01/06/2008 01:30:37
Obrigada Paciencia, fiquei muito feliz com seu comntário...Obrigada pelo incentivo!!!! Abraços...
31/05/2008 22:50:38
ÓTIMO. PARA O PRIMEIRO CONTO, VC VAI LONGE MENINA.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.