Casa dos Contos Eróticos

Feed

PORRA DE OUTRO NA CALCINHA DE MINHA ESPOSA

Autor: LEANDRO
Categoria: Heterossexual
Data: 27/05/2008 19:38:34
Última revisão: 09/06/2008 07:23:41
Nota 9.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Que merda, ela já me traiu outra vez. Veio novamente com a calcinha melecada. Esta semana já é a segunda vez. E ela não faz questão de esconder, pelo contrário. Para ela isso não passa de uma doce vingança.

Tudo começou há 3 meses atrás. Era um sábado. Cheguei tarde em casa e ela me esperava sentada no sofá, na sala de visitas.

- Onde o senhor andou? perguntou ela de um jeito autoritário. E vocês sabem que quando a gente apronta, uma pergunta feita assim, de sopetão, deixa-nos sem ter o que responder.

- Por aí, respondi sem nenhuma convicção de que ela estivesse acreditando seja lá qual fosse a resposta.

- Por aí é muito vago, então eu vou lhe dizer onde o senhor estava; com a vadia da Margarida, que eu pensei que fosse minha amiga e que descobri que está dando pra você.

Gelei. Devo ter perdido a cor. - Com a Margarida? respondi gaguejando. Você ficou louca?

A discussão foi ficando cada vez mais acalorada e em determinado momento, sob pressão, confessei;

- Sim, estava com ela e dai?

- E daí que você não conhece o que é uma mulher magoada, traída. A partir de hoje vou me tornar uma nova mulher. Esqueça de sexo comigo. Vou me vingar de tuas traições, que sei que são muitas.

Não dei muita atenção às ameaças de vingança. Mas a partir daquele dia ela nunca mais transou comigo. Pior, sua vingança me fere, me magoa profundamente. Ela começou a sair com meus amigos, a transar com eles e não faz questão alguma de esconder suas trepadas.

Quatro dias depois de nossa briga ela chegou em casa eram quase uma hora da manhã. Cheirava bebida, porra, homem. Vi nos seus cabelos restos de esperma. Tirou toda sua roupa e deitou-se nua fechando a porta de nosso quarto. Deixou suas roupas espalhadas pelo banheiro. Fui recolhê-las e vi sua calcinha vermelha cheia de manchas brancas. Era porra de outro homem. De quem seria?

No dia seguinte, quando ela levantou perguntei onde tinha andado na noite anterior. E ela, sarcasticamente, e sem mais demoras respondeu:

- No motel, meu bem. Gozei como nunca. O Elizeu me comeu inteirinha e eu chupei ele todo. Aliás, o pau dele é mais gostoso que o seu.

Dei um murro na mesa, levantei e fui trabalhar. Eu não conseguia acreditar que um dos melhores amigos meus tivesse fodido com a mulher com quem eu vivia há mais de 10 anos.

Liguei para o Eliseu. Sua secretária atendeu e passou a ligação. Pude perceber um certo nervosismo na voz de Eliseu. Para não dar chance de ele negar fui logo dizendo:

- E aí, Elizeu, como foi a trepada com a Rose? Primeiro ele quis desconversar, tentou negar mas aí eu afirmei:

- Não adianta negar, meu caro. Ela mesma me contou.

- Desculpe, amigo, disse ele, eu bebi um pouco e perdi o controle.

Entaõ era verdade. Minha última esperança de que fosse um blefe de Rose ia por terra. Ela realmente tinha trepado com ele.

Depois de Eliseu, minha mulher vingou-se com outros amigos meus: Alexandre, Renato, Marcos, Marcinho, e até com um negão famoso pelo tamanho do seu instrumento. O nome do negão é ... (não vou falar, pois fica meio fácil de identificá-lo) Vou colocar só a inicial do primeiro nome do negão: "D". Nesse dia que ela deu para o D chegou em casa mais exibida do que nunca. Eu como sempre, esperando no sofá, quando ela chegou risonha e feliz e perguntou para mim:

- Sabe que fodeu a buceta de sua mulher hoje? O D, aquele negão seu conhecido.

Fiquei meio sem fala, sem saber o que dizer. D era um antigo jogador de futebol, atacante de um time de minha cidade. Na saúna todos ficavam abismados com o tamanho do pau do D. Sei lá quanto media. Só sei que era grande pra cacete, se é que vocês me permitem esse trocadilho.

- Você não teria coragem de fazer isso, afirmei curioso e preocupado com a resposta.

- Não? Então você vai ver. Ergueu o vestido, abaixou a calcinha e me mostrou o rabo aberto, um buraco enorme, redondo, avermelhado.

- Você deu o rabo para o D?, perguntei horrorizado.

- Ele preencheu meus 3 buracos, respondeu ela. Levei na buceta, no cu e na boca. Ainda tem porra no meu cu.

- Sem camisinha? perguntei assustado.

- Não deu tempo nem de pensar em camisinha. Foi no drive-in e lá não tem camisinha.

O filho da puta do negão havia feito barba, pentelho e bigode. Arrombou ela todinha.

E assim tem passado meus dias. Desgostoso, deixei de comer a Margarida, minha mulher anda dando para um monte de homens e eu só estou na base da punheta.

Dia destes, conversamos sobre o assunto. Eu já não aguento mais sem sexo. Ela me fez uma proposta: posso trepar com quem quiser, inclusive com ela, desde que eu não me incomode com as trepadas dela. Ela quer foder comigo e com mais um homem. Não sei como fazer. Não conheço ninguém que pudesse levar para nossa cama. Os amigos eu não quero, pois acho que fica muito chato e um desconhecido é meio difícil de arranjar. Como é que vou falar para o cara: - Quer comer minha mulher?

Se alguém tiver uma sugestão eu aceito.Coloque nos comentários.

Comentários

24/05/2014 16:50:32
Conversa com ela.... pede desculpas.... dia que a ama demais... faça carinhos.... seja cúmplice.... que você reconquista ela.
29/06/2011 17:56:16
Muito facil, Leandro. É só ir num clube de swing e deixar acontecer. O jeito é assumir como um marido moderno, igual ao meu. O conto está excelente, muito bem escrito.
24/01/2010 23:07:45
deixa ela dar p quem ela quer, sejam felizes juntos c ela gemendo na vara d outros, e se quizer tbm na minha
15/10/2009 17:20:46
Legal o conto. Todo castigo para um corno ainda é pouco(Falcão) Tres conselhos: 1)Nunca,mas nunca em hipotese nennuma,provoque a ira de uma mulher. 2)Pegue as calcinhas dela e suje as com teu esperma, sem que ela perceba, isto dará uma alegia do cacete nos teus rivais. 3) Pegue o "Guia do mochileiro das galaxias" e vá para outro planeta e..em nenhuma hipotese saia da terra sem o "guia do mochileiro das galaxias"
14/10/2009 20:42:07
leva eu delete.1000@hotmail.com
05/07/2009 16:05:08
Blza cara! mas olha a sujestão q te dou é vc arranjar para dar o rabo pro D tbem
05/07/2009 13:56:34
Que esculacho de mulher, cara, porca e suja,como tua aguenta, só mesmo sendo um corno
24/11/2008 13:42:45
rapaz, deixa ela escolher,seja um corno feliz. se ela quizer dar pros teus amigos melhor, fica mais discreto
18/10/2008 18:22:25
de onde vcs são??? acho q sua mulher adora uma pica, nao importa de quem seja, entao podemos conversar. msn: "welton.educacaofisica@hotmail.com" sou de franca, interior de são paulo.
lbv
28/09/2008 15:03:45
gostei do seu conto. gostaria de comer sua esposa.
17/08/2008 00:44:51
q merda! agora vc vai ter que aguentar. relaxa e goza.
06/07/2008 20:00:40
Ola! nao sei de onde vcs sao! mas sou de sc, caso queiram praticar sexo a 3 estamos ai silas.joao@yahoo.com.brabraco....
21/06/2008 16:27:21
posso me candidatar a foder essa gostosa. pikagrossa Douglas dr_douglass@hotmail.com
02/06/2008 18:55:50
De fuder! Muito bom! Vai um 10 pro conto, 10 pra sua mulher e 0 pra você que ainda não me apresentou essa puta! (Desculpa, não resisti)Parabéns! você é bom!
28/05/2008 22:48:29
tenho um amigo que mora em são paulo se vc morar tambem em sp eu facilito para vc

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.