Casa dos Contos Eróticos

Feed

Dois maridos e uma esposa infiel - A vingança do corno

Autor: Bandoleiro
Categoria: Heterossexual
Data: 18/05/2008 18:30:34
Nota 9.29
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

DOIS MARIDOS E UMA ESPOSA INFIEL - A VINGANÇA DO CORNO

Estou com 55 anos de idade e esta história aconteceu há três meses e na verdade o seu início ocorreu a quatro anos atrás. Eu tinha 51 anos de idade quando minha esposa, dez anos mais nova do que eu, pediu o divórcio. Ela espalhou aos quatro cantos, amigos e família, que havia encontrado a felicidade: resumia-se a um rapaz branco com 1,80 de altura, algo em torno de 90 kg só de músculo, um verdadeiro armário, segurança, cara de pitbull e jeito macho, estilo skinhead (pra quem ñ sabe careca - máquina zero), aquele tipo que parece que nunca almoçou, sempre de cara amarrada, viril e etc.

Durante estes quatros anos ela abusou, além de ser obrigado a pagar uma pensão e ver minha hombridade na lama jogada por esta FDP, nunca mais me senti bem. Mas "o mundo gira......." e este ditado diz tudo, durante estes quatro anos encontrei outro jeito de ser feliz, principalmente sexualmente. Mas isto não vem agora. Vamos ao relato do que aconteceu.

Minha esposa convidou-me para beber uns drinques em sua nova casa, para mostrar-me como ela gasta o meu dinheiro com o gorila, vou chamar apartír de agora o homem dela: gorila - sinceramente é o que parece . Assim que cheguei ela vestia uma camisola branca. Como fomos íntimos e o prazer de mostrar que sexualmente estava bem, me fez acreditar que esta era a justificativa dela estar assim. O gorila estava sem camisa e ceroula, estes modelos que agora estão na moda, mas parece um shortinho para dormir. Ela totalmente em forma, seios em pé e durinho, olhando bem a camisola era visível ver a calcinha em corpo bem cuidado e uma bunda, ah que bunda!!!!! Já comi muito aquele cuzinho e puxava o cabelo dela e ela gritava que era feliz, coisas do passado. O gorila totalmente inteiro, branco, liso, sem pelo, músculos para dar inveja em qualquer um e uma massa bem distribuída. Fato interessante: uma bunda empinada que passei a observar com outros olhos.

Sentamos e conversamos sobre várias tolices e passeamos pela casa onde ambos me mostraram como o meu dinheiro estava sendo bem gasto. Quando chegamos ao quarto, eles fizeram uma demonstração caliente de como a cama era macia. Ele a agarrava, ela gritava ñ, ambos na cama corpos expostos e eu em pé começando a maldar toda a situação. Detalhe: Quando cheguei foi a primeira coisa que percebi, ambos haviam bebido, coisa que confessaram logo depois, e não beberam pouco, beberam muito. A embriaguez deixou-os com o libido fervendo, se alisavam na cama e com leves gemidos. Isto estava deixando me louco de tesão, mas preferi esfriar toda a situação e pedi para irmos pra sala. Na sala sentamos, pouca luz ambiente e muita conversa e mais whisky, bebíamos, eles animados já bebiam como se fosse refrigerante e cada vez mais bebiam. Ela sentou no colo do gorila, de frente para mim, e carinhosamente se ajeita, como se a rola dele fosse penetrar todo o pano e atingir o buraquinho dela. Papo vai, papo vem, bjs. ardentes, mãos atrevidas dele sobre os seios dela, pernas e por fim discretamente a xaninha. Me acomodei no sofá e já disposto a arquitetar como iria participar desta sacanagem, já olhava com maldade para ambos e esperava a chance de entrar com um papo mais quente. Houve um momento que ele a beijou na boca e veio descendo até os seios, começou levemente a chupa-lo na minha frente ela geme bem levinho e se recompõe. Eu digo a ela que não precisava se envergonhar, procurei lembra de uma ocasião quando eramos casados e fizemos uma sacanagem em uma linha do trem, onde ela agiu e se sentiu uma puta, daquela bem FDP.

Ela lembrou e fez sorriso sacana e se aproximou de mim e me deu um delicioso bj na boca, o gorila fechou a cara. Meu prazer aí começavaEla se levanta e vai ao banheiro, acredito eu para se recompor. Me estiquei no sofá e mostrei claramente para ele segurando o meu pau extremamente duro. A primeira reação do gorila foi de macho, isto aprendi a conhecer nestes quatro anos separado, e devolvi a ele um pequeno comentário: Tô cheio de tesão e não saio daqui sem comer esta puta....ele riu e chamou-me de coroa, eu continuei brincando: Vamos ver quem goza mais ? Qual a maior piroca ? Nós conversavamos e eu olhava dentro dos olhos dele e apertava a piroca com vontade, o gorila ficou desconcertado, pois olhava para minha rola, ah este gorila é chegado..... ., e respondia sem convicção que ali na casa dele com a mulher dele: sacanagem não tem. Ela retorna, antes de sentar no colo do gorila eu a convido para sentar ao meu lado. Coloco a meu abraço sobre o ombro dela e devolvo aquele delícioso bj ela sorri e vejo nos olhos dela, TÁ ENTREGUE...Voltamos a nos beijar e desta vez com vontade, passo a mão pelas pernas dela e desço a calcinha. Tudo com raiva, respiração ofegante e cheio de tesão. O gorila assisti a tudo atônito, eu desço até a xaninha dela e dou uma sessão de linguada de 05 minutos, ela geme feito uma cadela, ao mesmo tempo vou me despindo. Ela sentada no sofá abre toda as pernas para que eu a chupe com vontade e maestria, sou um um maestro de suruba. Tiro o sutiã e de frente a ela chupo aquele seios ainda em pé e pequenos. Como queria, olhei para o gorila e ele com a piroca estourando o short, faço um gesto com a cabeça, sem falar nada, convidando-o a participar. Eu no lado direito dela e ele no lado esquerdo, o gorila estava em êxtase, parecia que iria enfartar, a respiração ofegante e a mais ofegante de nós três. Aproveitei a situação e coloquei a mão sobre as costas dele e alisava com carinho de cima abaixo, quase na bunda, hummm que delícia!!!! e depois colei corpo com corpo, sabe assim de lateral, os dois meio de quatro chupando um dois seios da minha ex os corpos se roçando, ela sentada, e o mais gostoso língua com língua. Ele não reclamou parti para outro passo, enquanto alisava as costa, descia a mão até a bunda e apertava e apalpava , que bunda durinha e gostosa. Sem reclamaçãoParti para o outro passo, como um bom maestro deste pequeno bacanal, abri mais as pernas da minha ex mulher e ela gemia, botava a mão na boca e mordia os dedos cheio de tesão e tem o primeiro orgasmo e mandei o gorila chupar a xaninha lubrificada dela. Dei um passo para tráz e fiquei observando a cena: Ela sentada no sofá, pernas abertas em êxtase num louco tesão, ele meio de quatro, bundão empinado, usando aquele short. Eu nas costas dele, alisava de cima abaixo, como uma massagem, desci a mão até o short e tirei, SEM RECLAMAÇÃO. Aí vi que as portas estavam escancaradas, debrucei-me sobre o corpo do gorila e beijava suas costas até a nuca. O gorila gemia e ela gemia e eu ali o maestro de tudo, roçava o meu pau na bunda dele e nenhuma reação contra. Eu tinha que chegar lá e chequei beijei a nuca, vim descendo pelas costas, cheguei ao reguinho, mordi as nádegas lisa e por fim línguei aquele cuzinho do gorila. PRONTO ELE E ELA JÁ ERAM MEUS!!!!!!! Um puta homem daquele rebolava com a minha língua no cuzinho, gemia chupando a xaninha da minha ex, preparei bem a minha rola, SEM CAMISINHA É CLARO, e coloquei cabecinha, não houve reação, continuei a penetrar, com dificuldade ele era virgem, o máximo de reação que esboçou foi colocar a mão sobre a minha coxa dando a entender para ir mais devagar. E eu fui,é ruim hein......Enfiei com raiva tudo numa estocada só, o bicho gritou: Ai!!!!!!!! Profundo, doeu mais comecei a socar com raiva e debrucei-me sobre o corpo dele e comecei a beijar sua nuca e passar o dedinho na xaninha da minha mulher. Ela saiu do sofá e deitou embaixo dele para chupa-lo, o gorila com uma belíssima rola branca, menor que minha: modéstia a parteEla o chupava e eu debruçado por cima dele metendo feito um cachorro no cio, comendo aquele delicioso cuzinho. Deixe-o em paz, pelo menos temporariamente, e deitei sobre a minha ex, agora era a bucetinha dela. Meti muito e mamava os seios dela e chupava o piroca do gorila. Como bom maestro mandei ele come-la, ele deita por cima dela e deixa exposta aquela bunda lisa e grande para o alto, já com marcas vermelhas dos meus dedos de tanto apertar, não me fiz de rogado; ele por cima dela e eu deitei por cima dele, ele comia a xaninha dela e eu comia o cuzinho dele. Procurávamos com os braços não jogar todo o peso para a minha pobre ex e nisto suávamos muito e gemíamos muito. Ele gozou e caiu de lado. Eu coloquei na xaninha e fiz ela ter o segundo orgasmo. Gozei logo depois, num momento que nós três nos beijávamos ao mesmo tempo. Língua com língua e loucos de tesão!!!!!!!

Hoje o meu gorila, virou o meu menino. Sai do trabalho toda a semana e vai para minha casa, virou minha comidinha caseira. Às vezes dorme lá em casa. Para ela, aumentei a pensão e sem ela entender nada, afinal ela precisa cuidar melhor do meu menino. E muitas vezes me chama desabafando e toda chorosa reclamando que ele não mais a procura e que tem mulher na rua, pois dorme fora de casa (gargalhadas! !!!!!!!!) . Pois é, sou um homem feliz. Minha vingança demorou quatro anos, mas hoje me da felicidade.

Comentários

12/02/2014 18:20:44
aeeee, bela vingança. Mostrou quem é o verdadeiro macho do negócio e de quebra ainda ganhou um novo brinquedinho rs
20/12/2011 19:14:50
Adorei o conto!!! Adoro meter num cuzinho enquanto ele mete numa bucetinha! Você podia me mandar umas fotos suas metendo no rabo do seu gorila eim! Aguardo: dvideos46@yahoo.com.br
20/03/2011 23:30:41
Gostei....acho que qeuria ser o gorila....
19/09/2010 10:05:01
Delicia de conto... casadovirtual@msn.com
12/05/2009 15:43:43
ACHO Q VOU GOZAR...FAZ U GOZAR ASIM AMOR VADIO...?
12/03/2009 10:59:09
otimo conto...parabens
28/01/2009 18:34:59
Assim você me mata de gozar , que delicianota 10 bandoleiro, parabens.
04/11/2008 15:15:31
Fiquei de pau duro aqui. O cara come a mulher e o namorado dela. demais !!!!!
31/10/2008 14:23:16
tambem quero ser macho da tua esposa
08/09/2008 19:56:57
olha que tesão de conto! Parabéns eu acho que faria a mesma coisa, mulher só vai assim, sem comida e comendo o macho dela também!
26/07/2008 21:05:16
gostei muito,bandoleiro parabens pelo conto.nota 9
19/05/2008 07:04:42
Gostei da narrativa. Nota 7.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.