Casa dos Contos Eróticos

Feed

MANUAL DO SEXO ANAL SEM DOR, HIGIENE, PRELIMINARES, POSIÇÕES, INTRODUÇÃO, GOZO ANAL, SÃO PAULO

Categoria: Heterossexual
Data: 13/05/2008 10:48:19
Última revisão: 20/01/2012 11:23:35
Nota 9.40
Assuntos: Sexo Anal, Anal
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Moro em sampa, solteiro, bonito, esportista.

Gosto de fazer novas aamizades me add no msn

MSN TONY: amigobemdotado@hotmail.com

----------------------------------------

MANUAL DO SEXO ANAL SEM DOR, HIGIENE, PRELIMINARES, POSIÇÕES, INTRODUÇÃO, GOZO ANAL, SÃO PAULO

Resolvi escrever esse manual do sexo anal para ajudar casais e mulheres em geral que tem o desejo ou a curiosidade de praticar o sexo e não fazem por receios, medos ou falta de informação.

Nesse manual encontrará tudo para fazer sexo anal prazeroso, limpo e sem dor, mais é importante saber que depende exclusivamente do homem por diversos aspectos, pois o homem além de ser o ativo e responsável pela penetração, ele não sente dor na penetração mais somente prazer por isso não é capaz de mensurar a dor ou desconforto que a mulher pode estar sentindo, em outras palavras e improvável que uma relação sexual onde um sente prazer e outro dor termine bem, por isso é fundamental pelo menos nas primeiras relações sexuais, a mulher procurar um parceiro experiente, que se coloque em segundo plano, pensando somente no prazer da mulher, pelo menos no início até que o ânus se acostume com a prática anal e a mulher passe a ter mais experiências até para se proteger futuramente dos inexperientes do sexo anal rs,

Portanto mulher já está na hora de também usar os homens para fins sexuais, portanto, caso seu namorado, marido, amigo, ficante, ou seja, lá o que for cobrar sexo anal ou você queira dar esse presente, lembre-se que o cú em questão é o seu e não o dele, cuidado com campanhas eleitoreiras que só querem o voto (no caso o ânus rs). Procure um homem com mais idade, experiente e faça anal com ele pelo menos umas 8 vezes, assim o ânus e a mente acostumam com a penetração, não vai sentir nenhuma dor ou desconforto e você terá mais experiência, só depois poderá fazer com inexperientes rs até ensinar, pouco importa se o inexperiente em questão for seu amado, o importante é que ele e você terá sexo anal de qualidade. Caso desconfiem da sua experiência é só dizer que leu muito sobre o assunto que tem amigas que fazem e tal... A final homem quando ver bunda dar curto e não pensam mais em nada.

Embora detalhe situações que ajudam significativamente a relação anal, existem fatores imprescindíveis para o ato anal prazeroso que é o desejo, a segurança, algumas técnicas, limpeza e lubrificação, essas responsabilidades cabem mais ao homem que terá que ser o senhor da situação e principalmente se colocar em segundo plano, pois só a mulher corre o risco de sentir incômodos. Um conselho aos homens, Não sejam egoístas, nas primeiras relações, foquem a mulher, no prazer dela, fiquem em segundo plano, garanto que a recompensa virá depois.

"Feliz do homem que tem uma mulher com tesão anal"

SEXO ANAL: A SÉRIE

Nesse documento encontrará tudo sobre sexo anal.

- Parte I - Introdução (uiê!)

- Parte II – Limpeza

- Parte III – Preliminares

- Parte IV (e última): Posições

Dica: Todas as informações abaixo são importantes mais essa dica é essencial. No momento da penetração no sexo anal, o correto é fazer o contrário do que as maiorias das mulheres fazem, ou seja, na introdução, a mulher deve fazer o movimento de expulsão do pênis com o ânus, dessa forma ao tentar expulsar, o ânus abre e o pênis vai entrando gradativamente. Não esqueça de um bom lubrificante como o KY Gel vendido em todas as farmácias.

Parte I - Introdução (uiê!)

Não é preciso discorrer muito para dizer que todos temos tesão por bunda. Uma bunda gostosa é algo que atrai qualquer um; recentemente, até as mulheres começaram a elogiar publicamente bundas masculinas.

Os homens, claro, adoram a das mulheres. E há os que gostam das bundas de seus iguais (mulheres de mulheres, homens de homens). Não há uma variante sexual que não inclua a bunda como algo delicioso na foda, por mais específica que seja a orientação de alguém.

Mas uma coisa é bunda, outra coisa é sexo anal. Ou, para ser mais chique: bunda é bunda, cu é cu.

Quase todas as mulheres adoram saber que portam uma bunda atraente. Vaidade é vaidade, né? Mas quase nenhuma realmente gosta de ofertar o bumbum assim tão literalmente. Gosta que gostem, mas não que entrem.

Qual a posição favorita de quase todo mundo? De quatro, claro. Há quem goste da mulher por cima, ou a famosa de ladinho, ou até papai-mamãe. Mas a de quatro, se não é a favoritaça, quase empata com alguma outra. Vocês sabem que não estou falando mentira.

Existe toda a idéia da dominação, da submissão, do gingado, do rebolado e muitas outras explicações mirabolantes. Mas a grande verdade é que essa posição é legal porque a dita cuja está lá, rebolando maravilhosamente. Sim, ela: a bunda. Se oferecendo toda.

De novo, a mesma ressalva: bunda é bunda, cu é cu. A bunda rebola, se oferece, mas a penetração é na buceta (me recuso a dizer "penetração vaginal"; desculpem os mais frágeis, mas isto não é uma palestra científica). A bunda é para olhar, pegar, puxar, dar uns tapas, mas comer, comer mesmo, aí complica, né?

Poucas gostam. Muitas odeiam, algumas toleram, mas gostar de verdade, ah!, poucas gostam. E vocês, mulheres, sabem que não estou mentindo. Ter efetivo tesão no cu é coisa não somente para "poucas e boas", mas sim "raras e ótimas". Bem aventurado o homem que tem a seu lado - ou, melhor ainda, debaixo ou sobre si - uma mulher com libido anal. Eta, ferro!

Por mais que eu goste de bunda, e por mais que goste de sexo anal, confesso que prefiro comer a buceta. Jamais recuso um cuzinho, mas não sou de forçar a barra. Se rolar, ótimo; se não rolar, ótimo também. O segredo de comer um cu é não ter pressa. E nem ser exigente.

Sexo "à força" é legal para dar um clima, realizar uma fantasia, mas cu é coisa delicada. Comer um cu à força pode transformar o "vem cá, minha nega" numa verdadeira catástrofe. E não é preciso ter o pau do John Holmes para machucar. O negócio é tão sensível que até um dedinho inconveniente pode causar um incômodo desgraçado. De novo, as moças sabem que não estou mentindo. Ô se sabem, né?

Como diz o título, o tema é uma 'série' que pretendo publicar aqui. Falarei sobre preliminares anais (sim, lambida e dedinho), técnicas de "dilatação" (ei, não assustem, o termo é esse, mas ninguém vai usar macaco-hidráulico) e acessórios para a dupla penetração.

Encerro dando a única dica que considero válida para a mulher que não gosta de sexo anal: se não gosta, não faz. Sério. Sexo é para ser gostoso, não um castigo. Sexo é pecado, não pagamento de pecado. Quer agradar o cara? Faça um boquete bem feito, sei lá, inventa. Mas não sofra dessa forma.

É sério mesmo.

Se você nunca provou, então prove. Só será bom se você estiver bem relaxada e cheia de tesão. Se estiver encanada ou não muito elétrica, deixa para provar outro dia. E, mesmo estando com os "pressupostos objetivos" em dia, pode não ser legal. E daí? Sexo é algo infinito. Se não rola anal, rola todo o resto.

Ah! Vocês, mulheres, já sabem disso, né? Os homens é que insistem. Ok. Então, amiguinhos, releiam esses últimos parágrafos como se fossem dicas para vocês. E deixem de ser chatos!

ps: Anaïs de Beauvoir, minha amiga francesinha, seja bem vinda! Estamos aguardando os textos dos que ainda não deram as caras (Seu Dono e Bettie Page)

POSTED BY SR. LASCIVO AT 02:14

1 COMMENTS:

Sapequinha said...

E vc consegue resumir em ótimas palavras esse ser ou não ser da mulherada. A verdade, é q sexo anal é mais tabú do que outra coisa...sério! A mulherada fala q dói, mas, se seguir regras básicas, dá pra curtir muito...e numa noite só.

;)

Ps.: Gostei mesmo da sua colocação:

Ter efetivo tesão no cu é coisa não somente para "poucas e boas", mas sim "raras e ótimas".

MANDOU BEM!!! rs

SEXO ANAL: A SÉRIE

Parte II - Limpeza

O assunto é desagradável numa roda, tanto mais numa conversa a dois, mas como isso aqui é um manualzinho frio e calculista, não há problema algum em abordar o tema.

Vocês, mulheres, odeiam homens sem higiene, não é mesmo? E odeiam com razão, é claro! Ninguém merece gente suja. Sexo é coisa limpa, e essa coisa de 'tomar banho junto' só é legal quando todos já estão banhados e o chuveiro serve mais pra cenário.

Esfregação de bucha e tiração de azedo são coisas necessárias, mas não ajudam no tesão. Portanto, fazemos isso dentro de nossa intimidade.

Quando o assunto é sexo anal, os cuidados vão além disso, mas pode-se seguir a mesmíssima regra: faça na intimidade aquilo que é constrangedor, mas serve para evitar constrangimentos ainda maiores.

Não é novidade para ninguém que essa modalidade sexual envolve um orifício tradicionalmente voltado para atividades pouco eróticas (há quem goste, é verdade, mas enfim...).

Desse modo, tenho certeza absoluta de que todos sabem muito bem quão necessária é uma boa limpeza. E a boa limpeza não se resume apenas àquela esfregadinha mais profunda, ou ao dedinho que leva a espuminha do sabonete mais pra dentro. É preciso mais. Bem mais.

Se você pretende fazer sexo anal sem riscos de surpresas desagradáveis, a única saída (sem trocadilhos agora, por favor) é fazer uma lavagem interna; o popular 'enema' ou 'ducha íntima'.

Claro que nem todo sexo anal é premeditado, mas a grande maioria é, sim, presumível. O melhor a fazer é não se arriscar. Há chance de rolar um cais-cais-cais no forévis? Faça a lavagem.

Procedimento de Limpeza Íntima

Algumas partes são meio constrangedoras, mas este manual serve também para isso: passar informações desagradáveis que dificilmente são obtidas numa conversa do dia-a-dia.

1 - Compre na farmácia uma ducha íntima (se tiver vergonha, peça pela Internet numa dessas drogarias virtuais - o entregador não chegará dando risadinhas, acredite). É importante comprar 'na farmácia' simplesmente porque é mais barato. Num sex shop, a mesma duchinha custa o triplo do preço;

2 - O aparelho consiste em uma bombinha de água. É uma espécie de 'bola' de borracha, com uma válvula a ser introduzida no cu (em geral, o produto vem com duas válvulas, a mais grossa é - em tese - para a buceta);

3 - Sei que esse item terceiro é inócuo para quem tem mais de três neurônios, mas vamos lá. O método de uso é o seguinte: enche a bolinha de água, enfia a válvula no cu e aperta. Apesar da válvula anal ser bem pequena, use um lubrificante para introduzi-la. Não adianta se limpar para depois ficar dolorida;

4 - O item quarto é sim muito importante! Depois de apertar, você tira a duchinha ainda apertada, sem soltar a mão. Depois que ela saiu inteira, aí você solta a mão (em caso contrário, ela se encheria de novo e você faria uma lambança realmente inacreditável);

5 - O objetivo é lavar, não fazer tortura, então não é para demorar com a água dentro de si. Solte o quanto antes. Observe o que saiu e repita o procedimento até estar tudo limpinho. Eu sei, é nojento e blábláblá. Mas é o jeito;

6 - Obviamente, não é para fazer grandes refeições depois da limpeza.

Importância da Coisa

Alguns homens, depois de ler esse 'manual de limpeza', vão achar que agora sim tudo está perdido. Já estava difícil comer o cu da patroa, agora é que não vai rolar mesmo, pois ela jamais vai fazer tudo isso.

Quem pensa assim, não conhece as mulheres.

Sozinhas, sem o olhar dos namorados/maridos/casos etc., elas fazem QUALQUER COISA que as torne mais bonitas e interessantes. Obviamente, a regra vale para evitar um dos maiores riscos do sexo anal.

Você, meu amigo, não está com essa bola toda não. Você acha que sua mulher evita o sexo anal por causa do tamanho do seu pau? Nem sempre é assim. Muitas garotas (muitas!) morrem de medo dos constrangimentos escatológicos - muito mais do que de sentir uma dorzinha.

Deixe de ser prepotente e 'pintocêntrico' e apenas pense. O que é pior: uma dor lancinante ou escorrer cocô no pau do homem amado? Pois é...

Mulheres fazem coisas doloridas o dia todo. Depilação, ginástica, uma porrada de coisa. Uma dorzinha sexual não as derrubaria tanto (ainda mais se vem acompanhada de um grande prazer).

Claro, há casos em que REALMENTE o medo é de doer. Por outro lado, há vários casos em que as mulheres 'tentam', 'reclamam que doeu', mas na verdade a tentativa foi meio forjada, para o cara pensar que ela até toparia e tal. Ela não topou não foi somente por dor, mas sim por receio, constrangimento etc.

Em suma, talvez você consiga fazer sexo anal se sua patroa souber dos 'procedimentos de segurança'. Mas aí entra uma outra questão: ela não pode saber por você. Isso mesmo. Algumas pessoas não gostam de partilhar esse tipo de intimidade, então não arrisque.

Se sua parceira é do tipo mais acanhado, faça a notícia chegar de alguma forma indireta. Se for o caso, indique esse blog, como quem não quer nada, dizendo que os textos são legais, ou que há fotos bacanas. E torça para ela ler tudo - menos este parágrafo.

POSTED BY SR. LASCIVO AT 16:06

3 COMMENTS:

Aaliyah said...

Escatológico é uma palavra feia.

Para de fazer frescura.

Venha fazer sexo comigo

6:19 PM

Anonymous said...

Putz, muito boa essa. Não conhecia essa bombinha. Tentei convencer minha mulher a fazer com o chuveirinho, agora que estamos praticando realmente com freqüência, mas ela não curtiu a idéia.

Como não consigo usar camisinhas normais, isso é indispensável. Sempre fico com aquela dor na consciência depois, de medo de pegar uma pereba no pau.

E, pra quem não acredita, a parte do pau grande é verdade. Sou o feliz portador de um membro avantajado e isso não causa problemas mais sérios. Só preciso de um pouco de paciência a mais. Depois que minha mulher perdeu a vergonha, passou a rolar fácil, fácil.

4:55 AM

Sapequinha said...

O enema é fundamental para a prática do sexo anal, por questões óbvias de higiêne e espaço. Ou seja, qdo o ânus está limpinho e desocupado , ...podemos ocupar a vontade... a dor é suportável, aliás, muito bem suportada por quase todas as mulheres ..hehe:D

12:34 AM

SEXO ANAL, A SÉRIE

Parte III - Preliminares

Nossa maravilhosa e profunda (uiê!) série do sexo anal continua. Depois da noção geral e do aspecto higiênico, agora falaremos das práticas que antecedem o 'sapeca' propriamente dito.

O sexo tem preliminares; o sexo anal tem preliminares especiais. Beijos, carinhos, bebidas, música... tudo isso pode ser considerado 'preliminar' num sentido amplo. Não é disso que se trata este texto. Falo aqui das preliminares exclusivas do sexo anal.

Sexo Oral

Antes de tudo, é bom observar aquela parte lá da higiene. E, mesmo assim, a coisa tem seus riscos. Mas é o tal negócio: sexo com nojo não é sexo, é bichice. Então é para cair de boca e lamber o cuzinho da moça, sim. Sem dó nem piedade. É uma forma de estimular a região, sem qualquer tipo de agressão ou atrito.

Se ela tiver alguma aversão ou se ela for do tipo que não faz de forma alguma, essa preliminar será aflitiva o suficiente para que ela não permita prosseguir, de modo que não haverá sexo anal - mas você não precisou meter metade do pau para descobrir isso. Ou seja, não há dor para qualquer um dos dois.

Se for bem o inverso (ou seja, ela curtir), então é o caminho certo. O sexo oral ajudará no estímulo e fará com que ela relaxe e tenha mais tesão. Relaxamento e tesão são as únicas receitas realmente boas para o sexo anal. Esse negócio de posição, almofadinha e quejandos é tudo conversa mole. O negócio é ela estar com tesão e relaxada (e também haver um bom gel). Só.

Dedada

Seria, digamos assim, uma segunda etapa; depois da língua, o dedo. Mas não é para enfiar de uma vez, e sim acariciar superficialmente, sem pressa. Uma forma de fazer isso é durante a penetração vaginal. Mete na buceta e acaricia o cuzinho numa boa, por fora mesmo.

Basta uma noção de semiótica para saber se ela gosta. Em caso positivo, haverá reações bastantes para você ter certeza. Em caso negativo, provavelmente ela dará um jeito de deixar claro. Algumas moças não são sutis nisso, então você pode realmente ficar em dúvida; a dica, nesse caso, é não arriscar.

Porque esse negócio de "quem arrisca não petisca" não vale para o sexo anal. Quando se trata de penetração no cu, o 'petisco' independe de esperteza ou rapidez. É preciso sintonia. Não faça nada na dúvida, pois a chance de dar chabu é muito alta.

Depois de uma brincadeirinha 'nas redondezas', é claro que é preciso enfiar o dedo. Mas sempre na manha, obedecendo o ritmo de vocês dois. Não existe uma regra geral. A única norma é essa: respeite a sintonia. Em alguns casos, tudo rola rápido e sem firulas; em outros, é tudo mais calminho. Como não existe o 'manual da sensibilidade', então aprenda na raça. E sem pressa.

Gel

Não entre nessa onda de usar métodos alternativos. Manteiga deu certo no filme? Ok, maravilha, mas na vida real use-a para a culinária. Todas essas variantes macabras são mais para o desespero do que para os casos normais.

Há quem use de azeite a creme rinse, de cuspe a 'água com sabonete'. Saia fora. Se for para usar algo que não seja gel, que seja a própria lubrificação da mulher. Se ela não molhou o suficiente, não sou eu o culpado, né?

E nada de inovar, mesmo se tratando de gel. Anestésico é uma puta roubada, pois ele não anestesia somente o cu dela, mas também seu pau. Ou seja, ninguém sente nada. Nem dor, nem muito. Uma merda.

Coisinha com sabor também é o fim da picada. Qual o objetivo de passar um gel de baunilha no rabinho da sua mulher? Sem comentários, não é mesmo? Use o bom e velho KY, que nunca deixou ninguém na mão.

No mais, aproveite. A próxima e última parte deste manualzinho falará do lero-lero propriamente dito.

POSTED BY SR. LASCIVO AT 00:40

1 COMMENTS:

Sapequinha said...

É isso aí. Deu até vontadinha de fazer agora....ai ai.

A regrinha é essa mesmo, mulher gosta mesmo do cara desejando o rabinho dela, botando linguinha, dedos, acessórios, gelzinho... e claro, o pau. Qto a lubrificação, dá pra fazer sem gel, mas com ele, dá muito mais segurança e conforto

SEXO ANAL, A SÉRIE

Parte IV (e última): Posições

As posições do sexo anal não visam somente ao aumento de prazer. Algumas são estratégicas para não haver dor. Ok, certo, isso também é uma de aumentar o prazer. Mas vocês me entenderam.

Quando falamos de buceta, há milhares de posições, algumas bem malucas, que prometem o ponto "G" e o escambau. Não existe o 'ponto G anal'. O máximo que se consegue é aliviar a dor para se concentrar no prazer (aliás, um breve comentário: o ponto G vaginal também é lenda, mas blz).

Comentarei a seguir algumas posições. Começo das mais adequadas para iniciantes e sensíveis, e vou até as recomendadas para moçoilas que não sentem tanta dor assim.

Agachadinha

Ou 'de cócoras'. Creio que 'agachadinha' é uma expressão menos broxante. É importante diferenciar 'agachada' de 'sentada'. Na hora de agachar, os pés ficam no chão (ou na cama). Diz a lenda (e a essas lendas é bom dar ouvidos) que dói menos. Não custa tentar, né?

Sentada

A famosíssima 'cavalgada'. No agachamento, a moça se apóia sobre os pés. Quando 'senta', ela se apóia nos joelhos. O 'ideal' é começar agachando e prosseguir cavalgando sentada. É bom porque a própria garota controla o lance da dor (ao final do texto, falarei sobre os 'dois tempos).

Ladinho

Os institutos de pesquisa apontam essa como a segunda menos dolorida. Em suma, a mulher vira de lado, o moço vem por cima. Ela de lado, ele 'de frente', entre suas pernas. Assim falando parece complicado, mas tenho certeza absoluta de que na hora vocês saberão fazer direitinho.

Bruços

Super clássica. Ela deita, ele chega por cima. Em alguns casos, usa-se uma almofada sob a mulher, para dar 'aquele apoio'. Sem dúvida, é a posição mais carinhosa, porque permite beijinhos no pescoço. E também pode ser bem safada, porque os beijinhos podem ser substituídos por palavras no ouvido.

De Quatro

Desnecessário explicar. Todos sabem como é etc etc etc. É isso aí.

Frango Assado

Com o perdão do pleonasmo (e alguns não sabem que isso é pleonasmo...) essa é a posição de quem gosta de 'encarar de frente'. É para poucas e boas, porque essa 'encarada' dificulta no relaxamento das mais acanhadas.

Revirada

Para contorcionistas, atores pornôs ou integrantes da trupe do Cirque du Soleil. A mulher deita e se vira toda para cima. O cara vem por cima e mete meio invertido. Olha, não sei mesmo explicar. Já vi em filmes e sei que deve ser não somente impraticável, mas até mesmo broxante.

Bônus: Penetração em Dois Tempos

A expressão "dois tempos" ganhou valor semântico de coisa rápida, quase imediata. Mas o verdadeiro signficado é sua literalidade: dois momentos. A penetração anal depende dessa técnica. Só em casos bem avançados é que ela é dispensável. Nos demais, é necessária.

Deve-se enfiar um pouco e parar. Isso mesmo, parar. Aguardar o relaxamento. Se a dor for insuportável, desencana. Se for só um pouquinho, e depois amenizar, o camarada continua.

Mesmo mulheres que adoram sexo anal precisam desses dois momentos. Às vezes tudo vai pro saco só porque o camarada não teve essa noção. A dica está dada.

- - - -

Claro que não dá para falar tudo sobre sexo anal. Toda hora surge uma nova idéia, lembro de algo que deveria ter dito etc etc etc. Mas valeu mesmo assim, né? Agradeço a paciência.

Sim, a última frase teve duplo sentido.

POSTED BY SR. LASCIVO AT 00:25

2 COMMENTS:

Sapequinha said...

Tem muito casal que aproveita na hora do chuveiro e acaba fazendo em pé ... é boooom , e dependendo do dia a mulher consegue fazer as posições que "dói", sem sentir muita dor, então a dica é: Tentem sempre, sempre terá um dia q o tesão fala mais alto!

-----FIM-------

Espero que tenha contribuido de alguma forma para a prática do sexo anal.

---------------------------------------------------------

Moro em sampa, solteiro, bonito, esportista.

Gosto de fazer novas aamizades me add no msn

MSN TONY: amigobemdotado@hotmail.com

----------------------------------------

Atenção: Se for copiar, informe a fonte com msn.

Comente e informe seu msn para contato.

Comentários

10/05/2012 08:41:28
seu texto foi muito bem explicado. só pra complementar, a respeito das posições, a de bruço tem ,alem das vantagens que vc falou, a vantagem de se poder dedilhar a bocetinha com uma mão e umdos peitinhos com a outra. Atingindo assim quatro pontos de prazer na parceira. o pescocinho, os peitinhos, a bocetinha e o delicioso cuzinho.
28/12/2011 11:20:05
Excelente artigo! Fiz a limpeza com a ducha íntima que comprei na farmacia (custou R$ 17,00). Fui enchendo com agua da pia, fria mesmo. Usei lubrificante e meti duas duchas esperei uns dois minutos e expeli. repeti mais uma vez. a dica de manter a ducha apertada ao retirar é importantíssima. me atrapalhei na primeira vez e soltei um pouco bombinha e a ducha acabou sugando a água lá do intestino, introduzindo resíduos na ducha... nojento. depois não errei mais. levei uns 20 minutos neste processo. uns 15 minutos depois q acabei, me deu vou vontade como q de peidar e acabou pingando umas gotinhas de água. voltei pro banheiro para acabar de expeli tudo. este foi só um teste, vi que é fácil, mas tem q fazer com uma certa antecedencia. dava o rabo com frequencia até o dia que o pau saiu sujo de fezes e eu não quis mais. amanhã será a reinauguração!!
25/08/2011 08:54:21
21/05/2011 15:54:10
Olá! Já sou praticante e adorei a matéria. Você escreve muito bem e de maneira clara aquilo que muita gente tem vontade de saber, mas tem vergonha de perguntar!!! Abraços
11/05/2011 23:48:23
Realmente eu gostei, e quem me indicou foi meu namorado.. principalmente foram boas pela parte da limpeza, tudo o que vc disse eu já passei, e as vezes passo ainda, em relação a medo e etc... agora uma posiçao boa mesmo, foi sentada, doeu menos, pois eu controlava, e tive orgasmo pois ele tava me ajudando com as mãos.. Vlw ai
MIh
14/04/2011 11:04:16
olha vc está de parabéns, entende tudo de cu e buceta.... e toda mulher deveria dar o cu siiiiim pro marido, namorado.. tem que contentar o homem dentro de casa..... sigam as dicas aí, e vamo lá mulherada.. vamu dar o cuzinho, eles adoooram.
GRA
31/03/2011 14:11:38
perfeitooooo...eu adoro e acho q toda mulher deveria se sentir a vontade....mas como tdo q se dá...queremos ter retorno né
GRA
31/03/2011 14:08:40
Graziele Minas legal..eu adoro sexo anal...mas as vezes meu ex forçava msmo sabendo q eu tnha acabado de comer...agora namoro um cara superrrre...sabe fazer um sexo anal inesquecível....adoro...essas dicas levo comigo porq conhecimento nunca é demais..porém conheço amigas q ainda resistem...vou passar pra elas...bjim
26/01/2011 23:09:01
Parabénsssss adorei as dikas, sou ksada a 5 anos e a algum tempo tentava o sexo anal, mais muitas vezes interrompia pela dor. Depois de muita insistencia de ambas as partes muito tesão e " jeitinhu " conseguimos, e confesso que já gozei varias vezes, é muitooo bom !!!! Como vc disse é muito importante a Higiene, e é fundamental uma ótima preliminar. Eu curto com tesão e Recomendo !!!!
18/12/2010 03:35:10
Nossa texto ótimo, tirou todas minhas duvidas. Parabens
18/04/2010 16:40:50
Poxa achei bem interessante!!!Espero que nao se importe de postar esse texto no meu blog!!!Vou por um link pra seu site!!! manu_rad2000@hotmail.com clubefundopoco.blogspot.com
03/02/2010 16:51:24
Boa providência esse texto. Mas discordo de algumas coisas. Nunca tive problema de ficar com o pau eventualmente pintado, nem nunca ouvi qualquer homem reclamar disso. Isso sempre, SEMPRE, é referido com divertimento, sob o alegre nome de "feijão". Homens gostam de tudo nas mulheres, até seu cocô. Sexo, com suor, saliva, sumos vaginais e porra, é uma coisa escatológica mesmo, não há porque temer isso.
30/09/2009 11:34:55
tudo isto já sabia
29/08/2009 02:09:19
hum,depois dessa leitura vou procurar aderir a essa campanha (Dar o cú é coisa boa) o mais rápido possivel!
04/08/2009 17:17:27
Muito maneiro ! Manda publicar que vai vender pra caramba ! Abração !
29/07/2009 16:57:26
ENVIE PRA TODAS AS MULHERES!!!__Boa Mandada.10__personal_mt@hotmail.com
29/07/2009 16:36:25
Priscila Anjinha, me adicione sargento_lopes@hotmail.com
29/07/2009 16:35:28
Priscila Anjinha
24/07/2009 00:30:11
Como já dizia Tati Quebra Barraco: "Dá cu é bom" e não
23/07/2009 23:57:33
Eu acredito no ponto G da vagina, e alcanço ele qndo faço sexo anal com meu esposo. Eu prefiro dar o cuzinho do que a buceta, porque desde criança tenho orgasmos estratosféricos através do cu. A famosa posição papai-mamãe é a melhor de todas na minha opinião. Assim podemos nos beijar na boca, esfregar o clitóris no corpo do parceiro e ainda ele tem a oportunidade de nos ver gemer de prazer e gozar gostoso.
16/07/2009 18:16:14
Adorei o post, parabens. Em relação a ultima frase ambigua, vc é gay? nada contra viu, só curiosidade. Me add no msn pir-ra-lha@hotmail.com. Adoro tirar esse tipo de duvida e sou muito curiosa e o meu namorado tb bjinhos
16/07/2009 18:14:32
adorei o post. Em relação a ultima frase de duplo sentido... vc é gay? se for me add no msn__pir-ra-lha@hotmail.com. Tá mas se nao for me add assim mesmo adoro conversar sobre isso e tenho muitas curiosidades __bj
09/07/2009 01:34:37
A expressão "pressupostos objetivos" disse muito sobre você. Parabéns pelo texto. Você disse o fundamental e ainda de uma forma gostosa.
24/06/2009 22:10:30
Eu tenho orgasmos maravilhosos quando rola uma DP, seja com dedo, consolo, ou com o que der vontade. Sou fã da duplinha: KY Gel Hot + Pomada Japonesa... é um espetáculo !! Bjinhos - Casal Real - Femea.
24/06/2009 12:49:31
Campanha Vamos dar!! rssr
24/06/2009 12:48:38
Muito bom !1
24/06/2009 09:01:45
Finalmente aparece alguem que admite que poucas mulheres curtem com tesão o sexo anal, a maioria faz pelo prazer que prporciona ao companheiro, e com isto se exita tambem. Claro que tem as que curtem e isto é muito bom. Parabens pelo texto. nota 10
23/02/2009 00:10:10
Outros leitores deveriam ter a mesma iniciativa...Parabéns!
23/02/2009 00:05:42
Interessante!
22/02/2009 07:33:08
Excelente, já achava que era bom nessa área, mas temos sempre algo a aprender, vlw pelas dicas.
19/02/2009 19:06:56
Legal a mulherada se ligar nisso aí e dar o cu sem medo.
19/02/2009 18:34:11
é isso ai cara vamos firmar a campanha(mulheres dar o cu é coisa boa)
19/02/2009 18:13:01
gostei das dicas e principalmente das posições todas as gathinhas que quiserem podem me add é pgost_rib@hotmail.com
19/02/2009 11:28:36
é bom saber algumas dicas.
19/02/2009 09:47:32
Muito bom...adorei mesmo! Muito se fala de sexo anal, mas pouco se fala de como facilitar o ato. Parabéns!
18/02/2009 10:19:13
cara, ainda bem q existe gente gentis assim, afinal umas dicas assim levanta o astral de mta gente. vlw pelas dicas, acompanharei sempre, tenho fantasias a realizar com minha putinha por isso vou começar as aulas teoricas em casa. caso queira nos enviar algum conto pra nos animar mais, plane_tario@hotmail.com, será um grande favor e prazer.
27/01/2009 13:47:33
CARACA!!! MTO MANEIRO OS TEXTOS, VOU RECOMENDAR!!! NUNCA ACHEI UM SITE Q TIVESSE TEXTOS TAO BEM EXPLICADOS E DIRETOS!!! MTO BOM MSM!!! OBRIGADA!!!
11/12/2008 13:03:21
Sabe tudo , eu faço a lavagem com a bombinha , pois gui orienteda por uma amiga , sempre que vou sair com um cara que pode rolar sexo , vou prontinha pra não passar nenhum constrangimento na hora de dar meu bumbum , pra ele , se merecer é claro .
12/06/2008 00:30:04
interessante !
14/05/2008 12:03:46
Belle Bi, não é " Dar o Cu é Coisa Boa!" Não me comprometa, colega! A campanha é " MULHERES, Dar o..." Já deu pra entender, né? Se fosse possível, eu dava outro dez!
13/05/2008 17:32:17
É isso aí, "Mulheres, Dar o Cú é Coisa Boa!" Muito bem escrito, e ótima a sua iniciativa!
13/05/2008 13:32:15
Sem dúvida... "Dar o Cu é Coisa Boa!" 2
13/05/2008 12:39:55
Perfeito, amigo!Sem dúvida, agora você deu uma tremenda contribuição na campanha "Mulheres, Dar o Cu é Coisa Boa!" Nota mil!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.