Casa dos Contos Eróticos

Feed

Escola é lugar de fuder as alunas

Autor: Bolinha
Categoria: Heterossexual
Data: 04/04/2008 01:13:09
Nota 2.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Vim aqui para relatar o que aconteceu comigo! Me chamo Ricardo, tenho 21 anos, sou moreno claro, 1,75m, 78 Kg, cabelos castanhos escuros, olhos cor de mel e sou do Rio de Janeiro. O que vou contar aconteceu comigo no quanto estava no 3° ano do 2° grau. O que vou contar não foi uma fantasia minha, mas de uma amiga que conheci ainda no 2 colegial, eu não tinha amizade com Rose na verdade eu nem olhava para a cara dela ate que o ano acabou no 3° colegial parecia tudo normal ate que não sei como não me lembro fiz amizade com Rose e sua amiga Ana, mas tudo bem, roselaine uma morena clara de cabelos castanhos, olhos castanhos claros, seios médios para pequeno, uma bunda maravilhosa grande um quadril proporcional, roselaine costuma usar sempre calça jeans, blusinhas com pouco decote, mas quando havi de saia não acreditava tinha umas pernas linda, eu adorava que ela usava uma jardineira jardineira e uma espécie de macacao so que ele e uma saia e se usa uma blusinha por baixo, Rose namorava um cara e traia o coitado ate que eles terminaram e Rose passou a se envolver com homens bem mais velho que tinha dinheiro, com o passar do ano Rose ficou bem minha amiga ate contava as coisa que fazia com os homens com quem saia, teve uma vez que ela me mostrou um pedacinho da calcinha que estava usando era um fio dental verde que ela havia comprado para aquele dia, bom mas o que aconteceu comigo foi no final do ano como Rose e sua amiga faltava de mais elas tiveram que ficar indo na escola para repor aulas, e eu como não tinha nada a perder e não tinha nada a fazer em casa ficava indo na escola tb, então ficavam eu a Ana e a Rose na sala de aula junto com a professora. Vamos aos fatos, era uma quarta feira estava nois 3 na sala, Rose estava com a tão jardineira, Ana de saia rodada, como a professora nem fica na sala de aula pois passava umas perguntas e sumia eu nem fazia pois não precisava, a professora ficava 2, 3 horas sem voltar, eu ajudava a rose e a Ana responder as perguntas e ai ficávamos conversando, a Ana não parava na sala, eu e rose tinha uma sertã liberdade em brincadeiras, elogios, e tão!!!, então aproveitando que so estávamos nois na sala perguntei qual era sua fantasia e se já havia realizado? Ela me disse já realizei tantas mas tem uma que não sei se vai ser possível realizar ate pq não tem como trazer meu parceiro ate aqui, Fiquei meio espantado e perguntei _como assim ate aqui? _ela me disse desculpa quis diser aqui na sala de aula, tenho vontade de transar aqui!!!, o meu pau já estava duro como sempre, ficou ainda mais ouvindo aquilo, não me aquentei olhando para aquela cara de tesão que ela fazia, foi ai que arrisquei disse que poderia realizar a fantasia dela, ela se assustou ficou calada me olhando, pensando, ate disse a ela que seria da seguinte forma eu pediria para Ana ficar na porta olhando e se aparece alguém nos parava, ela adorou a idéia. Saí da sala e fui a procura de Ana e falei o que estava acontecendo, ela riu e disse que seria arriscado e como ficaria a situação, mas ela concordou em ajudar, então aproveitamos cada momento daquele precioso tempo, me aproximei dela e começamos nos beijar, meu pau quase explodiu, encostamos a porta deixando Ana do lado de fora, fomo ate a mesa da professora encostei ela de frente para mim e ficamos nos beijando e não perdendo tempo fui subindo minha mão em suas pernas tocando em sua buceta por cima da calcinha estava em sopa, Rose afastou a perna e eu fui afastando sua calcinha com o dedo e penetrando ela bem devagar fazendo uma siririca, coloquei 2 dedos nela, Rose queria sentir meu pau ela pegava nele por cima da calça e apertava enquanto eu fui descendo a alça da jardineira deixando ela cai no chão, deixando ela somente se blusinha e calcinha, virei ela de costa apoiando ela na mesa esfreguei em sua bunda meu mastro, assim tirei sua blusinha levando junto seu sutiã liberando aquelas maravilha de mamilos rosados e grande duros, ainda de costa para mim pressionei ela contra a mesa forçando meu corpo junto ao seu, e apertando suas tetas, mordendo seu pescoço, Rose já estava pedindo pra chupa-la, obedeci na mesma posição afastei sua calcinha e cai de boca naquela buceta deliciosa, enquanto a chupava seu corpo tremia de prazer e não demorou muito e ela gozou na minha boca... ainda de costa para mim tirei a minha roupa agora de pau solto encostei em seu rego levando Rose a loucura, e o que mais me excitava era ver Ana espiando pela porta, fui beijando seu pescoço e descendo ate sua bunda que mordendo tirei sua calcinha, me sentei em uma carteira de aluno, ela veio e engoliu meu pau de uma só vez, de uma maneira maravilhosa e chupava como se fosse um sorvete, de lado, só a cabeça e enfiava na boca... chupava batendo uma maravilhosa punheta, Rose era muito boa nisso, não me agüentando mais gozei muito na boca daquela putinha que tomou todo leitinho quente que forneci pra ela... me levantei e deitei na mesa do professor e ela veio por cima e colocou minha pica toda na bucetinha, e rebolava e gritava que estava gozando e queria pica no cú, na mesma posição ela tirou minha rola da buceta e colocou nu cuzinho, que entrou direto e metia com forma e gritava "fode meu cú na mesa do professor", rose era tão boa em dar o cu como chupar, ela era profissional, coloquei ela de 4 e meti mais forte fazendo ela gosar várias vezes, vendo que eu ia gosar tirei do cu e meti em sua buceta, vendo que Ana não agüentava ,mais ficar olhando chamei ela com um sinal para bem perto que não acreditava que um pau sumia em um burraco daquela forma, me deu um selinho, puxei ela dei um beijo de língua e pedi que ficasse de olha na porta mas com o corpo para dentro e que levantasse a saia para apreciar sua bunda Ana e uma morena escurinha mas muito linda com um rabo embinado seios fartos, rose de 4 e eu bombando forte vendo Ana de bunda de fora não me agüentando mais empurrei com força fazendo rose gritar e gemer alto gosei em seu útero. Sai de cima dela que se vestiu e foi no banheiro do colégio se lavar, fiquei na sala me recompondo Ana toda cheia de tesão se masturbou e gosou em sua própria mão lambendo os dedos. Rose voltou e ficamos os três na sala como se nada tivesse acontecido apesar do cheiro de sexo no ar, Fantasia realizada mas Ana estava louca para que eu realizasse ela tb, mas isso aconteceu no dia seguinte, depois eu conto

Comentários

05/04/2008 15:55:53
??? --- !!! ... http://ana20sp.sites.uol.com.br

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.