Casa dos Contos Eróticos

Feed

Sexo à domicilio

Autor: vendedor
Categoria: Heterossexual
Data: 25/04/2008 01:37:31
Nota 8.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

ola , tudo bom?eu me chamo herbert sou de minas tenho 25 anos e vou contar algo muito excitante que me aconteceu a algum tempo atras,nesse periodo eu trabalhava como representate de vendas para uma empresa e necessitava viaja para as cidades do interior de minas ,como faço ate hoje mas em outro ramo .fui fazer uma campanha da empresa que duraria uma semana .mal sabia eu que seria uma das melhores campanhas da minha vida.mal cheguei a cidade e fiquei surpriendido com a quantidade de mulheres bonitas e gostosas que la havia,tinha para todo gosto ,loira ,morena ,ruiva ,mulata ,so vendo para crer,entao me hospedei em um hotel no centro ,so deu tempo de toma um banho e sair ,pois ja tinha agendado uma visita a uma loja.chegando na loja que ficava ali pertinho fui logo procurando por marisa ,a dona da loja,uma das funcionarias me conduziu ate uma sala onde ela estava sentada ,de vestido e fazendo umas contas ,ela disse:boa tarde posso te ajudar?nao sabia se respondia ou olhava para as pernas e seios dela.resolvi responde sim.me apresentei e fui direto ao assunto. marisa era mulher de mais ou menos trinta anos ,1,75,morena de olhos quase verdes e uma carinha de mulher certinha sabe.entao como sou vacinado nao quis ser atrevido so perguntava assuntos relacionados ao trabalhos ate que ela puxou assunto ai nao pude resistir ,voce mora onde mesmo?sou da capital.e quantos dias vai ficar aqui?uma semana,nossa!como consegui fica tanto tempo assim longe de casa,voce é casado? nao.entao devolvi a pergunta ,e voce é?ela deu um sorriso meio sem graça e respondeu : sou tem tres anos .quando a conversa começava a me interesa uma de suas funcionarias entrou na sala para tomar agua .marisa entao me apresentou a ela ,esse é o herbert representante da empresa que te falei ,gente ai que fiquei perdindo mesmo eu ja nao tava aguentando de tesao so com a marisa na sala quando a outra entrou ai que subiu para a cabeça e tiver que da uma navalhadinha de leve,todas as suas funcionarias sao lindas assim marisa?marisa levou na brincadeira e disse:são mais a dona é mais não é ?eu fiquei mudo.mas por pouco tempo,assim que conclui o que tinha que resolver com marisa ,me despedi e sai da sala quando estava passando passando no corredor de roupas me deparei com a outra ,nao resiste de novo e sussurei no seu ouvido,¨¨estou no hotel do centro ,te espero mais tarde pra voce faze um teste drive na nova calcinha que acabamos de lançar¨¨.nao era necessario dizer o quarto pois o unico hospede era eu e como a casa da proprietaria do hotel era no fundo ela nao perde tempo me vigiando,entao fiquei de protindao esperando a outra na porta do hotel ,eis que tenho uma visao maravilhosa ,lá vem ela ,ja havia passado na sua casa e colocado uma saia jeans bem apertada,entao nao pensei duas ja agareia e fui logo dandole um beijo,ela nao recusou e ainda queria mais,eu dissse a ela que era melhor entramos .pois estava frio e no hotel estava quente ,foi um custo depois de meia de conversa .consegui.enfim a outra tinha topodo entra comigo ,ja estava com meu pau latejando ,ja no quarto .estava escitadissimo e ela mais ainda passei o dedinho na sua vagina e ela estava molhadinha ,levanteii a saia dela e chupei a buceta dela como se fosse de mel .ela gemia de prazer e pedia para mim continuar eu susurava no seu ouvido:ta gostoso piranha?sim,sim.sim.continua,,,,entao pra deixar ela mais dei umas mordinhas de leve no seu grelinho ai ela nao suportou e gozou na minha lingua todinha,mas eu ainda nao tinha gozado ,peguei ela pelo cabelo ,tirei meu cacete para fora e soquei ele dentro da sua garganta ela engasgou e enfim começou a chupa .sem querer na hora prazer confundi o nome dela e a chamei de marisa,ela se assustou e disse:voce ta a fim da marisa ?eu desconversei ,,,ela insistiu na pergunta e ainda acrescentou.voce sabia que a marisa é minha tia ?quase tive um enfarte e meu cacete começou a querer mucha de uma vez.ela acrescentou,mas nao me dou bem com meu tio e é uma boa oportunidade de ajudar ela a bota um par de chifre na cabeça. conbinamos algo infalivel a outra ligou para a marisa e pediu que ela fosse ate o hotel para pegar ela .a outra pediu a marisa que guardase segredo e nao contase a ninguen principalmente a seu tio (marido de marisa)marisa concordou e veio busca a subrinha querida .(nao sei qual foi a desculpa que marisa deu ao marido ,mais funcionou)enquanto marisa nao chegava a outra sofria em cima da minha vara ,confesso que tenho um apetite e tanto quando o assunto é enrraba uma gatinha,passou alguns minutos e marisa bateu na porta,na hora a outra nao pode responde porque tava com a boca entupida entao eu mesmo respondi ,já vou. a outra coreu e se escondeu no banheiro do quarto entao abri a porta de tolha enrolada na cintura ,mas nao deu para disfarça o volume era nitido o relevo que a minha vara fazia na toalha ,marisa olhou aquilo e perguntou:o que voce fez com minha sobrinha ?percebi que ela tava com a boca cheia dagua,dei um abraço nelá e á trouxe para a cama ,a luz ja estava apagada ,e o clima propicio.começei a beija o seu pescoço e ela dizendo que ia grita ,entao falei em um tom agudo .voce nao vai grita porque vo entupi sua boca ,tirei o cacete para fora e fiz ela ajuelhar de boca .quando a cabeçinha da minha rola tocou o ceu da boca de marisa ela se anestesiou entao marisa começou a chupa sem para .o tesao era tanto que a saliva dela escoria pela minha vara que cada vez ficava mais rigida ,como eu sabia que a qualquer momento ela poderia se da conta do que estava fazendo e para de uma hora para outra .fui logo levantando o seu vestido,nao tirei nem a calcinha dela e fui comendo aquela buceta gostosa,dei varias bombadas ela gemei desse jeito;para ,para,sou casada,para,sou casada.mas quando eu ameaçava de tira ela trancava a buceta e eu sentia o que ela queria ,no alge do prazer a outra chega caladinha se deita na cama com os joelhos em cima do colchao e vira aquele cuzinho para mim.entao começei a revesar dava tres bombadas na marisa e tres na outra.quanndo marisa se deu conta que sua subrinha era quem tava ali ja era tarde pois a outra ja tava com a lingua acariciando ela ,enfim ficamos a noite fudendo ,fizemos de tudo que voces possam imagina,acabou e vim embora mas ja voltei ate la varias vezes e sempre quando vou como a bucetinha das duas ,olha que a outra tambem se casou,esse meu connto que na verdade é real é que costuma acontecer poucas vezes na vida .moças se voces gostarem e quizerem conpartilhar historias me escrevam no meu i-mail naco100@hotmail.com todas serao lidas e respondidas ,obrigado herbert

Comentários

14/03/2009 12:33:03
Opa, minha esposa ia adorar ceder pra voce. gregoriantunes@hotmail.com
28/05/2008 08:47:48
legal seu conto,agora me conta onde é esta cidade cheia de mulheres quero conhecer

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.