Casa dos Contos Eróticos

Feed

COMI A GORDA DA MINHA EX-SOGRA BEBEDA

Categoria: Heterossexual
Data: 01/02/2008 03:44:57
Nota 3.67
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Prefiro que pensem que é um conto, porém, foi realidade. Esse fato ocorreu antes de me separar da minha esposa e achei legal contar pra vocês, faz um bom tempo,mas não prefiro dizer quando para não arriscar a entregar a minha verdadeira identidade.Bom na epoca eu tinha dois imoveis,um deles ficava em frente a uma distante praia do Rio de Janeiro.Era um pequeno apartamento que minha ex-esposa hoje mora nele. Nesse dia desci a Serra pois decidi ir para praia sozinho e aproveitaria para participar de uma reunião de condomínio, minha ex-esposa então sugeriu que levasse a mãe dela junto, pois a minha pobre sogra praticamente não tinha diversão na vida. Contrariei no início, pois queria dar uma escapada durante a noite, mas não deu, prevaleceu a vontade dela. Minha sogra, uma senhora de 56 anos, 1,52 altura, pesa uns 78 Kg, os seios enormes praticamente encostam na barriga mesmo de sutiã, barriga que por sua vez é enorme, bunda enorme, tem que ter muita disposição pra encarar. Bom chegamos na praia na sexta a noite e fomos dormir, eu, claro, num quarto sozinho e ela no outro. No dia seguinte correu tudo normal, acordei às 10, reunião às 11, cervejada com os amigos do condomínio e dormi ás 15hs, até esqueci que minha sogra estava comigo. Acordei às 19 meio de bode e vi minha sogra assistindo TV, perguntei se queria que pedisse uma pizza e ela respondeu que não, mas aceitaria uma cervejinha. Achei estranho nunca vi a bruaca beber, bem fui até a cozinha e peguei duas latinhas, quando me veio a idéia de dar um porre na veia e sair para gandáia, servi meio copo de cerveja e completei o resto com "51" e levei para ela na sala. Bebeu como se nunca tivesse tomado cerveja, nem sentiu o gosto da pinga, terminou o 1º copo e pediu mais. Fui servindo e ela começo depois de uma meia hora a passar mal. Pessoal, comecei a ficar preocupado em ver a velha naquele estado. Disse para ela se levantar e tomar ar puro na varanda, ela levantou e disse estar fervendo de calor e foi tirando a camiseta,confesso que naquele dia foi a visão mais horrivel que tive aqueles seios batendo na barriga, mesmo de sutian. Fui para perto dela e perguntei, "Dona L., a senhora não quer ir para o quarto, tomar um banho gelado, assim vai dar escandalo, verão a senhora desse jeito,tem o pessoal dos outros apartamentos". Ela não falava coisa com coisa, mas foi indo em direção ao banheiro, se despindo no caminho, aquela visão me entristeceu, fui atrás para poder ajudar se caisse. Ela entrou no banheiro, já nua nem fechou a porta e ficou debaixo do chuveiro chorando. Fui até próximo à ela e perguntei se precisava de ajuda e nesse momento ela começou a cambalear. Não tive escolha, segurei-a, e fiquei debaixo do chuveiro com ela uns 2 minutos. Quando pensei que já tinha se recuperado um pouco, minha surpresa, ela começa a passar a mão no meu pau que nem estava duro, pois aquela visão não me excitava nem um pouco. Pedi que ela parasse, mas ao contrário, ela enfoi a mão na minha bermuda e começou a me punhetar. Tentei parar com aquilo, mas ela foi rancando minha bermuda e caiu de boca no meu pau, que neste momento já dava sinal de vida. Disse pra ela "Dona L., a senhora está bebada, pare com isso, ela me olhou com os olhos vermelhos e disse "Sabia que cu de bebado não tem dono". Ela se levantou e foi saindo do banheiro, ainda cambeleando, toda molhada, e foi para o quarto dela. Não tive dúvida, peguei uma toalha e fiu levar para ela. Entrie no quarto e ela estava esparramada, umpeitão pra um lado o outro pro outro, de pernas abertas, com a barriga caida no meio. Peguei a toalha e joguei em cima dela. Fiu saindo do quarto e a filha da puta me fala. "Pensa que vai ficar só nisso, se não vier até aqui, digo que me deixou bebada e me estuprou". Tentei argumentar, mas vi que não tinha jeito, ela levantou da cama, me fez sentar e começou à esfregar aqueles seios enormes na minha cara. Me empurrou e me deitou na cama, punhetou meu pau por uns 2 minutos e sentou em cima. Fechei os olhos para não ver, mas ouvia a cadela bebada gemendo. Nessa altura meu pau estava rígido, e arrisquei e comecei a apalpar aqueles melões enormes e estocava aquela buceta fazendo aquele corpo cheio de banha balançar. Depois de uns 15 minutos ela se esgotou e caiu pro lado. Nessa hora, não dava mais para aguentar, tinha que gozar em algum lugar, me virei e vi aquela bunda, pequen, mas arreganhada virada para cima. Não tive dúvida, fui por cima e comecei a forçar a entrada naquele cuzinho, ela começou a gritar para parar. Fiz que não entendia e enfiei tudo numa pancada só, ela começou a chorar e pedir para parar. Fiz o que ela pediu, ranquei meu pau de uma vez só. Quando ela pensou que havia terminado, virei-a de frente e levantei suas pernas e mais uma vez atolei no seu cu, ela estava tão bebada que não conseguia contrair o anus, entrou bem fácil, joguei suas pernas para os lados e tive a visão dos seus seios balançando de uma lado para o outro, fiquei nessa posição mais uns cinco minutos e quanto ia gozar, tirei rapidamente meu pau e fui em direção à sua boca, ela me empurrava, mas dei-lhe uns tapas na cara e ela cedeu, gozei com o pau com um pouco demerda em sua boca, sai do quarto e fui tomar banho, já arrependido. Voltei ao quarto e ela estava dormindo e escutei um choro baixinho. Fui dormir e no dia seguinte perguntei-lhe se havia gostado da sacanagem que ela tinha começado, ela respondeu que não, mas não iria contar nada a ninguém, desde que eu nunca mais chegasse perto dela. Depois que me separei raramente vejo minha ex-esposa com a sua mãe e esse segredo carrego até hoje. Na epoca eu não imaginava que iria adorar comer mulheres gordinhas,hoje sou tarado totalmente por elas.

Quiser saber mais me escreva:vlademirstpes@hotmail.com

Comentários

20/06/2010 15:48:00
heinnnnnnnn?
07/08/2008 16:37:40
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk cara tu é um escroto seboso kkkkkkkkkkkkkk tem gosto pra td na vida se tu gosta de colesterol o pro é teu kkkk nota 5 pra tu

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.