Casa dos Contos Eróticos

Feed

Transando com dois

Autor: Dida43
Categoria: Heterossexual
Data: 16/01/2008 04:25:23
Nota 9.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Era verão de 2001, uma noite muito quente e aqui no sul quando faz calor é realmente de matar, não sei se é porque somos acostumados com o frio fortíssimo do inverno, então estranhamos quando chega o verão.Eu não agüentei o calor dentro de casa e fui dar uma caminhada na rua, já eram 01:30h, quando ouvi passos atrás de mim.

Eram dois homens que faziam a guarda da rua onde moro, eles apressaram o passo quando me viram e eu me asssutei, pois já estava um pouco distante de casa onde dormiam meu marido e meu filho.E quase sem perceber eu havia saído de camisola, meio transparente e com 31 anos de idade e um corpo de 20 anos, na penumbra da rua com uma lua que se escondia às vezes entre as nuvens chamei muito a atenção dos homens!

Eles me alcançaram, senti medo e tesão ao mesmo tempo!Um deles perguntou o que eu fazia aquela hora da noite na rua, falei que estava dando uma caminhadinha, pois não estava suportando o calor, então cmo se eles percebessem em mim a minha excitação, fizeram um convite:

-Você quer transar com a gente, tem uma construção logo ali adiante, está quase fechada, ninguém vai nos ver.

Nossa, eles adivinharam a minha tara, o meu sonho de consumo, o meu fetiche, fantasia: transar com dois homens ao mesmo tempo!

Não sei como tive coragem e aceitei.Nem pensei em marido ou filho.

Chegando na construção entramos e eles foram logo me encostando na parede, um deles foi beijando meus pescoço, o outro foi tirando minha calcinha e beijando minhas pernas, subia e descia, eu gemi baixinho, e pedi para continuarem.

Em seguida passaram a acariciar os meus seios, tirando o restante da roupa, que não era muita(só a camisola).

Enfiavam a língua no meu umbigo, deixando-me louca de mais tesão, nossa como era gostoso, dedos na xota, lambidas no cu, quando me viraram de frente para a parede, e um deles começou a enfiar o cacete duro e quente no meu cuzinho que era virgem, eu pedi para tomarem cuidado, ir bem devagar, nunca tinha dado o meu cu ao meu marido, fui sempre fiel a ele até aquele momento.

Aqueles homens eram tudo de bom, eram de porte alto os dois, eram irmãos um tinha 44 e o outro 35 anos, eu os conhecia, moravam próximo da minha residência.

Meu marido é dentista,e eu dona de casa, mas aquele dia fui a puta mais puta do bairro todo.

Continuando, que delícia que estava a entrada no cuzinho, não doeu como eu imaginava, de tanta umidade devido ao tesão.

Nossa eu pedia para o outro que me lambia toda me penetrar logo na buceta que estava em chamas e ele não pensou duas vezes, veio logo com muita fome e eu me deitei no chão por cima dele o outro não tirou de dentro de meu cu, e a cada estocada deles eu gemia cada vez mais alto, beijei a boca do estava metendo na frente, um beijo quente de língua, senti sabor de menta, uma delícia, que locucura quando gozei, gozei pra valer, que sensação, e eles também gozaram que saltou a porra deles pra fora, eu tremia de prazer, não queria desgrudar deles...

Mas eu tinha que voltar se não iam dar falta de mim em casa.

Coloquei a camisola e a calcinha e voltei rápido.

Fui direto ao banho, me masturbei com o chuveirinho, gozei pra valer, enfiei lá dentro da xaninha, molhada ainda de porra.

Meu marido acordou, eu disse que estava com muito calor, mesmo com ar condicionado ligado e havia ido tomar um banho, ele aumentou o ar e me convidou para transar e eu aceitei, louca de tesão de novo, pensando na transa que havia tido há pouco tempo e fui muito fodida por ele e gozei outra vez, meu clitóris estava inchado e eu delirava, por cima do meu marido cavalguei como louca e gritei de prazer!

Nossa! Pena que não tive mais coragem de fazer isso, transar com dois! E pedi aos homens para ser um segredo nosso, de repente um dia faço de novo, com eles ou ...

Comentários

28/04/2008 11:44:10
voce é demais, nota 10
16/01/2008 22:02:10
Fala sério menina, diga pro titio aqui: Este conto é uma fantasia sua não é? voce ainda não teve coragem de dar este cuzinho e resolveu inventar esta história não é? pode falar. é melhor que ficar mentindo prá vc mesma e trate logo de dar este cuzinho. Como na sua fantasia, te garanto que vc vai adorar
16/01/2008 10:00:52
pôxa minha vontade é encontrar uma mulher de verdade como voce, cheia de tesão, de d eixar um home louco. me escreve pois sempre viajo, e a gente pode se encontrar sou moreno, 1,80, 75 kg, com um grande e enorme cacete de 26 cm. eu gostaria de dar de presente para voce email; silael@correios.com.br ou s-lael@hotmail.com.br tel (91) 32113024

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.