Casa dos Contos Eróticos

Feed

no meu primeiro emprego, tive que dar o cu

Categoria: Heterossexual
Data: 21/12/2007 10:11:29
Nota 7.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

sou uma jovem, carente, moradora de uma favela de minha cidade, não vou dizer minha idade,"tenho vergonha",sou morena clara, 1.60cm, 54kg, peito ainda em formação, meu corpinho ai se desenvolvendo.

me cadastrei no programa meu primeiro emprego da prefeitura da cidade, deixei meu curriculun vitae, no setor responsável e fiquei aguardando o contato, em menos de três dias recebi uma carta me convidando para uma entrevista, fiquei muito feliz, coloquei a minha melhor roupa e fui para a entrevista, já dentro do unibus todos os homens ficavam me olhando, eu tava com uma calça jeans bem coladinha no corpo, uma blusa também bem coladina deixando meu corpo todo definido.

quando cheguei no local da entrevista, na Prefeitura, fui recebida por um homem muito bonito, o sr Marcos, ele era realmente muito bonito mesmo, eu percebi que eu também chamei a atenção dele, na sala de espera tinha umas quinze

pessoas entre garotos e garotas todos com a mesma esperança que a minha de arranjar o primeiro emprego, e de todo eu era a que mais achava atenção, eu tava bem vestida, parecendo que ia pra uma festa....demorou um bom tempo pra me chamarem, quando chegou a minha vez, o sr. Mauro avisou aos demais que só iriam atender eles no periodo da tarde....imaginei que sorte, porque só tinha o dinheiro das duas passagens, se eu ficasse pra tarde, não teria como volta.

entrei na sala o Sr. Mauro trancou a sala e disse:"Como vc vai ser a ultima que vou entrevistar, não quero ser interrompido por ninguém", e começou a me fazer todo o tipo de pergunta, eu percebi que ele tava direcionando aconversa pra o lado sexual, eu nem me preocupei tava pensando no emprego, em certo momento o sr Mauro me perguntou:"Vc é virgem, já transou com alguém", balançei a cabeça negativamente aí ele perguntou:"vc faria que pra conseguir este emprego", ai eu disse:"tudo, eu faço o que o sr quizer, mas quero esse emprego de qualquer maneira" ai ele disse:"tudo mesmo" e foi se levantando, eu já percebi que ele tava de pau duro o volume da calça era enorme eu fiquei olhando bem pro meio das pernas dele, ele veio e ficou bem enfrete a mim, olhando pra disse:"o emprego é seu, se vc for boazinha comigo e fizer tudo que mandar" eu me levantei e disse:"obigado sr. Mauro, muito obrigado mesmo" e dei um abraço nele, nesse momento ele me apertou com os braços e eu sentir o pau dele bem encaixado na minha becetinha, num reflexo olhei pra ele, ai ele me deu um beijo na boca, eu não tive reação, fiquei parada e deixei ele me beijar, ele foi alisando meu corpo e dessendo a mão pra minha bunda, nesse momento eu não sabia o que fazer, e deixei ele me acariciar foi ai que ele foi avançando e foi tirando minha blusa, eu disse:"não sr Mauro, aqui não, por favor pare!!!", ele continuou o que tava fazendo de disse:"vc não quer o emprego, então faça o que eu mandar, ceerto!!!", eu balançei a cabeça positivamente, então ele pediu que eu tirasse a roupa e ficasse sentada numa poltrona que tinha na sala, fiz o que ele mandou, ele tirou a roupa dele, foi ai que eu vir o tamanho do pau dele era pra mim na epoca muito grande e grosso, hoje não!!!, ele ficou de frente pra mim e mandou que chupasse e pau dele, eu disse a ele que não sabia fazer aquilo, ele foi me encinando tudo, inicio foi horrivel sentir o gosto salgado do pau dele, mas depois fui me acostumando, e ficou gostoso, uma certa altura ele me pediu que parasse deitasse na poltrona e abrisse bem as pernas, eu pensei ele fosse tirar meu cabaço ali mesmo, mas ele colocou a cabeça entre minha perna e começou a lamber minha xaninha ainda com poucos pelihos e totalmente virgem, a sensação da lingua dele tocando no meu clitoris foi incrivel, eu não sabia que aquilo era tão gostoso, provocando em mim ondas de tezão, uma mistura de choque e arrepius, que estava me deixando louca pra sentir o pau dele me invadir, só que pra minha surpresa ele foi baixando e começou a lamber meu cu, foi horrivel sentir a lingua dele invadir meu cu, eu tava sentindo nojo dele mas, ele continuou com aquilo e foi enfiando o dedo no meu cuzinho virgem e olhando pra mim disse: "fique de quatro pés na poltrona, vou comer seu cuzinho hoje, sua bucetinha eu vou comer depois, viu!!", eu não entendi nada mas, fiz o que ele mandou, ele foi no birô dele e pegou um tubo de lubrificante, passou no meu cu e no pau dele, encaixou a cabeçona do pau dele no meu cuzinho e começou a penetração, eu dei um grito quando a cabeça entrou de imediato ele tapou minha boca com a mão e disse:"cala a boca sua putinha, quer perder o emprego, é?", mesmo eu chorando balançei a cabeça negativamente, eu empinei mais a bundinha pra cima e abrir mais ainda ela pra facilitar a pentração, ele comentou: "isssoo aí menina.....muito bem é assim que eu gosto.....tá de parabéns", foi metendo aquele pauzão todo dentro do meu dolorido cuzinho só parou quando entrou tudo, eu fazia chorar e gemer baixinho pra não chamar atenção e deixei ele estourar meu cuzinho, ele ficou louco por meu cuzinho deu uma gozada bem demorada, tirou o pau todo melado de merda e disse:"não gostei vc cagou no meu pau, sou vaca, venha linpar logo venha ", mesmo toda dolorida eu me levantei fiz o que ele me pediu, depois me limpei, vestir a roupa e esperei ele sair do banheiro, ele me falou:"gostei muito de vc, traga sua carteira de trabalho na segunda-feira e venha de saia e uma blusa mais fechada, vc começa segunda e vai trabalhar aqui comigo, certo!!, eu dei um belo sorriso de felicidade, não por ter dado o cu, mas, pelo meu primeiro emprego, o que aconteceu na segunda-feira eu conto depois, por enquanto só posso dizer que já trabalhando neste emprego a 02 anos e com muitas historias pra contar.

beijos a todos, eu adoro este site, tem histórias incrivel, como a minha é d+....BJUS a todos kras!!!!

Comentários

22/03/2010 20:35:21
O que vocês estão achando ruim, a maioria dos contos aqui, é ficção, alguns, são verídicos romanceados! É que seu conto, foi muto curto, e faltou aqueles detalhes que deixa a gente de páu duro! Mas, eu trabalhei muito anos em televisão, as garotas que vinham fazer testes, as que eram aprovadas, iam pra casa com o cú arrebentado! eu fui um dos que arrebentaram muitas prégas!
23/05/2009 06:40:42
O mais curioso de tudo é que punheteiro débeis mentais sempre acreditam e querem comer o veado autor do conto. Realmente vocês é que cagam no pau.
07/09/2008 19:52:16
ei galera vamo deixa a menina viaja um pouco isso nao é pecado a e me add q eu tambem quero come ec seu cozinho os-unicos@hotmail.com
09/08/2008 03:24:25
Não acredito muito nesta história.Se é verdade isso dá um belo de um processo para o cara. Mas foi legal gostosa.
29/02/2008 17:24:18
Nunca vi tanta mentira juntos... que enganar quem filhinha? Conta uma melhor que essa!
01/01/2008 17:20:38
oi Aninha tudo bem...gostei do seu conto...sou de Aracaju tb, deixa seu email aqui que entrarei em contato com vc para uma nova amizade. valeu
21/12/2007 21:50:38
O nome do teu patrão é Marcos ou Mauro? Tirando isso gostei. sou louco por um cuzinho.
21/12/2007 18:54:26
Mesmo nessa situação, em que vc perde a virgindade a troco de um emprego, vc conseguiu sentir prazer.Mas vc merece sentir o verdadeiro prazer, pois potencial vc tem menina.Mande um e mail , vamos trocar idéias, quem sabe eu não posso te dar aquele trato demorado, te fazer sentir mulher de verdade.... carlosliberal@ig.com.br
21/12/2007 12:11:58
Ô MINHA LINDINHA, QUE PENINHA DE VC, SE QUIZER UMA VARA MAIOR É SÓ ME FALAR....RARARARARARARARA!!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.