Casa dos Contos Eróticos

meu amado professor

Autor: Clara
Categoria: Heterossexual
Data: 24/11/2007 21:40:49
Nota 6.67
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Tenho dezessete anos e estudo no Colegio Militar.

Nunca fui muito popular,principalmente entre os garotos.Quase nunca fui percebida,e não sou uma das alunas mais brilhantes que existem.Faço o possível e o necessário.

No começo do ano,entrou um novo professor de biologia no colégio.Seu nome é André.

Desde a primeira vez em que bati os olhos nele,me apaixonei.É lindo,e todas as garotas não param de falar nele.Moreno,alto e forte,tem lindos olhos escuros assim como seus cabelos.A barba crescendo me faz delirar quando ele a coça.Pare a figura de um Deus grego.

André era professor de laboratório,e temos aulas com ele todas as sextas,no último horário.

Na segunda sexta-feira em que o André deu aula,ele anunciou que escolheria ajudantes semanais para ficar com ele após as aulas e emhoras extras para fazer experiências.As garotas,é lógico,ficaram eufóricas e logo se candidataram,mas o André disse que faria sorteios semanais.

Acho que nasci mesmo virada para a lua!Logo na primeira semana,eu fui a escolhida.Havia um brilho estranho nos seus olhos quando anunciou meu nome,mas não dei importância e deixei para lá.

Quando todos saíram,André lembrou-me de que deveria ficar.Ele me olhava intensamente,e eu não conseguia decfrar seus olhoss enigmáticos.Como aquele homem era sensual!Me deixava o rosto ardendo em brasa!Se eu a minha pele fosse clara,logo ele saberia que estava um pouco nervosa de ficar a sós com ele no laboratório.

-E então,professor?O que vaos fazer?

-Você já vai saber... -Ele falou com sua oz rouca,ainda sem tirar aquele olhar penetrante de mim.

André ligou o microscópio e pediu para que eu o observasse.

-Mas não há nada ai...Só vou ver o vidro. -Disse,um pouco embaraçada.

Com um sorriso bobo,ele me elogiou.Disse que estava apenas me testando.Pegou uma agulha e espetou seu próprio dedo.Espremeu-o,para que as gotinhas caíssem no vidro.Logo depois,ele pediu para que eu lhe desse a minha mão,e eu obedeci.Ele também estpetou meu dedo.

Doeu bastante,mas ele disse que não precisava me preocupar.Era tudo pela ciência.Derramou também meu sangue no vidro,e depois pediu para que eu observasse o que aconteceria.

Enquanto eu olhava pelo microscópi,percebi que ele estava inquieto.

Gelei quando o senti cheirando meu cabelo.Ele enterrou os dedos nos meus cachos e se declarou.

-Eu reparei em você desde a primeira vez que te vi...-Sussurrou em meu ouvido,quase me fazendo derrubar o objeto que estava em minha frente de tanto prazer.

André beijou minha nuca,e depois passou a lingua por ela.Eu não sabia o que fazer.Ainda era virgem,e aquilo era muito inesperado.Ele é meu professor.

Eu suava.André me afastou da mesa e me virou para ele,me fazendo encará-lo.

Sua respiração estava ofegante,mas a minha,com certeza,estava bem pior.Eu o olhava assustada.

Como que querendo me acalmas,Marcelo me beijou profundmente.Sua lingua quente me invadiu como um furacão.Minhas pernas não aguentyaram a sensação daquele toque,e cairia,se ele não houvesse me segurado e me sentado sobre a mesa.

Ah,André...O que estava fazendo?

Sua mão percorria meu corpo,e foi parar em baixo do meu uniforme.Fiquei nervosa.Não podia ser desvirginada daquele jeito.Não por um dedo...

Implorei a ele que parasse,mas pelo modo que falava,parecia que estava implorando mais carícias.

-Você tem certeza que quer que eu pare? -Ele perguntou,ainda me beijando.

Eu arfava.Não tinha certeza de nada.

-Sim...Não...Não sei...

Ele aprofundou mais ainda seu beijo,se é que aquilo era possível,e parou de repente.

-Me desculpe...Eu não deveria ter feito isso.

Eu me desapontei.Ele sequer olhava para mim.

Sai correndo no mesmo instante,quase explodindo de prazer e de alegria.

Ele estava apaixonado por mim...

Mas minha estória não terminou.Aguarde.Você saberá o que aconteceu entre mim e o meu amado professor..

Comentários

10/02/2013 01:58:08
Ai que lindo! Foi assim comigo também! Meu professor de ed fisica o Johnnatan ou Johnny! foi meu namorado por 4 anos e meio! Não liga pros outros comentários tá! Seu conto tá ficando muito fofo! Aguardo o proximo!
26/11/2007 15:52:58
Não consegui passar do primeiro parágrafo, essas bobagens que você escreveu deveria ser presa por isso. Mas em relação o idiota que esta tentando lhe dar uma força, ele é uma viado velho e AIDÉTICO, então não dê ouvidos a ele e suma daqui. ZERO
25/11/2007 11:55:50
Realmente o conto, quanto á sensualidade, é fraco. Mas aguardamos que tenha deixado o melhor para o próximo que irá publicar. Portanto, não desista...
24/11/2007 23:41:59
Se o seu professor tivesse enfiado a língua dentro da sua buceta, aí sim, seria uma história interessante.
24/11/2007 23:36:28
Uma historinha de amor entre aluna e professor, como esta marmota que você escreveu, não excita nimguém. Este é um site de contos eróticos.
24/11/2007 22:50:27
Poxa, bem sem graça, afinal quem era, Andre ou Marcelo??? Eis a questão.
24/11/2007 21:46:52
estou ansiosa para saber o que vai acontecer,danada...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.