Casa dos Contos Eróticos

Feed

A professora gulosa

Autor: Azevedo
Categoria: Heterossexual
Data: 01/10/2007 13:09:55
Nota 7.67
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Foi nos primeiros meses da faculdade, quando eu fazia o primeiro período de Letras. Tinha 5 professoras - eram todas mulheres. No entanto, uma delas me chamou a atenção. Ela tinha 42 anos. Muito elgante e diga-se de passagem, bonita.

Já nas primeiras aulas, eu comecei a encará-la, pois achei-a muito linda - embora fosse bem mais velha que eu.

Ela percebeu que eu estava interessado e como não era ingênua, tratou de preparar tdo bem direitinho pra que ningeum desconfiasse. Eu tenho 26 anos e tenho tara em coroas. Aquela me deixou louco de tesão.

Na aula do dia seguinte, ela veio com um decote sensacional, o que me deixou louco de tesão. Veio à minha banca e se abaixou a ponto de me mostrar os biquinhos do peito. Ela queria amor. Eu ja tinha certeza.

Eu tinha maor sobrando para dar aquela professora que começou a me encantar com seu charme.

Mandei uma msg dizendo que ela era gata e que eu queria amá-la totalmente. Ela me deu a resposta dizendo que tinha uma vontade intensa de transar com um cara mais jovem, pois o marido já tinha 53 anos e já não tinha tanta energia pra o sexo que ela queria.

Ela queria ser fodida mesmo, na acepção da palavra. Tratamos um encontro num motel perto da cidade e fomos cheios de amor os dois.

Eu havia passado 15 dias sem comer ninguém e nem me masturbei, eu guradei tudo pra deixá-la louca.

Dentro do motel o show. Que mulher pra saber trepar. Que show de transa.

Tomamos umas doses de uísque e um banho de champanha. Ela ´preparou tudo pra me deixar louco. Ela não era mais uma gatinha de 17 anos, mas sabia usar a boca pra me deixar louquinho da silva.

Fez do meu pau um pirulito e parecia "chiquinha" lambendo o pirulito. Pense numa mulher chupona. Chupava porque sabia mesmo.

Escorregou a língua em minha pica e lambeu meus ovos. EStavam fervendo de tanta gala que tinha acumulada.

Ela começou a me pedir que eu gozasse com força. Atendi seu pedido. Dei uma gozada intensa. Enchi a boca dela de gala. Nunca vi tanta gala de uma vez só. Fiquei de pernas trêmulas. Ela continuou me lambendo e sugou totalmente minha gala.

Começou a lamber meu cu e eu gostei demais.

Me entusiamou tanto que dentro de poucos minutos eu já estava de pau duro de novo.

Ela arregaçou a bucetinha e eu vagarosamante empurrei minha rola naquela vagina gostosa e experiente. Enfiei meus 17cm de pica na buceta dela e comecei a bater forte.

Logo ela gozou.

Depois ela ficou de quetro e eu coloquei 8cm do meu pau dentro do cuzinho dela. Ela pediu mais. coloquei mais 2cm. e por fim, comecei a entrar e sair no cuzinho dela fazendo com que ela enlouquecesse de gozo.

Ela ficou demente e perdeu as forças. Eu coloca o pau inteiro e depois tirava uns 13cm. Deixava só a cabeça dentro e depois empurrava tudo até ela gritar. Ela gozou. gozei também. O cuzinho dela parecia elástico e eu já estava fraco de tanto foder. Fodemos a noite inteira.

De tanto gozar pegamos no sono e só viemos acordar no outro dia. Eu já estava fraco e ela arrasada!!!

Ufa! Que dia!!!

Comentários

30/01/2009 02:11:27
É só mentirosos e aldrabões. Ahahahahaha.... Que palhaçada... Se calhar, levaste no rabo do professor !!!!!!!
08/08/2008 18:07:39
Desejo ter essa experiência
03/11/2007 02:09:51
Dos teus contos q eu li até agora, este foi o q considerei melhor, Professor Azevedo!
07/10/2007 17:27:53
bom.... o conto e otimo mas,se tratando de uma mulher mas velha;e; seu penis tenha 17cm, isso nao foi la grande coisa!
02/10/2007 12:18:06
O conto foi bom me imaginei em seu lugar,meu pau tá fumegano de duro. Você só vacilou na hora da dormida !!!
01/10/2007 20:38:58
Azevedo, que delícia de trepada, queria um adessas...
01/10/2007 17:15:42
Bom conto bem escrito , mas po sacanagem pegar no sono porque prejudica quem é casado

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.