Casa dos Contos Eróticos

Feed

AS VEZES OUVIR É MELHOR DO QUE VER

Autor: tiele
Categoria: Heterossexual
Data: 21/10/2007 23:38:15
Nota 8.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá meu nome é katiele e vou contar o que aconteceu

comigo quando eu estava escutando a mãe transando

no quarto, já era quase umas 8 horas e pouco quando

eu voltava de um dia estressante no meu trabalho,

quando entrei dentro da nossa casa fui logo notando

que no quarto de minha mãe havia luz ligada devido

as frestas da porta, aproximei-me bem pertinho da

porta que estava tranca e escutei um forte ruído da

cama, logo em seguida a mãe já começava a gemer bem

gostoso "aii uiie" aqueles gemidos gostosos de dor

e tesão entravam em meus ouvidos pasava pelo todo o

corpo me deixando com um forte tesão e uma vontade

loca de entrar e desviar aquele pau direto para a

minha xaninha ardente, a única coisa que me restava

a fazer era de entrar no meu quarto que ficava do

lado do quarto da minha mãe e me masturbar sozinha

quando abri a porta tive uma surpresa os meus dois

irmaõs e mais um amigo deles estavam la ouvindo e

masturbando-se, eles ficaram muito assustados com a

minha presença na verdade estavam com medo pensando

que eu iria tocar eles de la ou até mesmo falar com

a mãe que eles estavam ouvindo a transa, coitadinho

deles tive pena deles e resolvi fechar a porta e

escutar a foda com eles, meu irmão mais velho tem

17 anos, o mais novo 16 anos e o amigo deles também

com 16 anos, todos com um só sentimento, transar e

transar sentei-me encima do colo do meu irmão mais

novo comecei a sentir a pica dele endureçer debaixo

do calção dura como pedra, não sei porque mas eu

estava sentindo tesão pelo meu irmão, e derepente o

amigo dos meus irmãos teve a cara de pau de pedi

para poder tocar os meus seios pensei um pouco e

deixei e ele sem cerimônia enfiou a mão dentro do

meu sutiâ tocando-os com muita malicia, foi nesse

momento que o meu irmão mais velho vendo aquilho

perguntou ha mim se eles três poderiam fazer sexo

comigo eu fiquei meio sem jeito com essa proposta,

fiquei pensando, pensando e pensando até que eu

resolvi aceitar, pedi a eles que ficassem nus para

que eu visse o tamanho do pua de cada um deles o

irmão mais velho tinha uns 18 cm o mais novo uns

16 cm e o amigo deles quase uns 20 cm, e então eu

peguei uma pírula anticoncepcional que eu tinha na

gaveta e fui até na cozinha tomá-la, quando voltei pro meu quarto os pênis dos três já estavam em

brasa bem vermelho, trancei a porta e deixei uma

coisa bem clara que eu não queria ser machucada,

que eles fossem com calma e um de cada vez, tirei

a minha calça jêans e depois a camiseta o sutiâ e

me deitei na cama de bruços só de calçinha vermelha

o meu irmão mais novo foi logo arancando a minha

calçinha, e depois subiu em cima de mim eu abri bem

gostoso as minhas nádegas e ele logo foi metendo

aquele pênis com pura selvageria dentro da minha

xota eu gemia de dor,prazer e uma pequena vergonha

por ser o meu irmão implorei para parar e ele deçeu

de cima de mim então chegou a vez do amigo deles

que logo sem que eu ajudasse meteu o pausão dele

que chegava a beliscar o meu útero de tão grande

que era e eu voltava a gemer bem baixinho "hauuwau

nossa que delicia ufffaa uiii e quando ele tirou o

caralho de dentro da vaginia saiu uma parte do meu

clitóris junto com o pau de tão grosso que era e

chegou a vez do meu irmão mais velho que prefriu

comer-me de quatro ele enquanto ele me fodia ele

de vez em quando tocava os meus seios sentindo os balançando a toda velocidade quando derepente senti

a pora quente invadindo a minha xana e ele gozava

direto dizendo" nossa que irmãzinha mais gostosa"

faltavam só os outros dois para gozar me deitei

novamente de bruços para que o amigo deles pudesse

me comer, ele subiu em cima de mim enrolou com as

suas mãos os meus cabelos e colocou o pau dele na

minha xaninha, na pocição em que nós dois se

encontravam parecia um gato e uma gata transando e

ele metia a toda velocidade até que derepente senti

a porra quente explodindo no meu útero, ele sai

satisfeito de cima de mim e eu deitada ali toda

melecada de porra nem deu tempo para me levantar

foi quando o meu irmão mais novo pulou em cima de

mim socando-me bem forte porque ele também queria

gozar na minha vagininha gostosa nossa e a porra

dele não vinha e não vinha pasado uns 9 minutos

ele finalmente ele consegui gozar na sua irmãzinha

querida e esse foi o que mais me cansou, e ele não

saiu de cima de mim enquanto ele naõ satisfez sua

necessidade, no final eu estava toda cansada e com

o meu útero com porra de três pessôas diferentes

inclusive de meus dois irmâos, mas só que eu tomei

cuidado tomei os anticoncepcional para não engravidar de nenhum deles.

Dê manhâ quando nós estava-mos tomando o nosso café

olhamos un para a cara do outro com muita vergonha

do que tinha-mos feito na noite passada.

Comentários

06/09/2011 01:28:09
Interessante. Teve mais depois?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.