Casa dos Contos Eróticos

Feed

Casal hetero cheio de vontade BI

Autor: Lupiloto
Categoria: Grupal
Data: 22/09/2007 13:15:56
Nota 8.67
Assuntos: Grupal
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá Pessoal, hoje quero contar uma das fodas mais malucas e excitantes que tive, quando eu morava em São Paulo.

Sou um cara versátil, e já mantive, há muito tempo atrás, relacionamentos com mulheres também. Hoje sou homo convicto e as transas com mulheres só acontecem quando se trata de uma aventura gostosa com um casal, que curta outro macho cheio de tesão com eles.

Sou tarado em estar com um macho, sabendo que a esposa, namorada ou amiga esteja ali vendo, comandando ou participando da foda.

Curto muito sentir o tesão dela em ver seu parceiro chupando, sendo chupado, fudendo ou sendo fudido por outro homem.

Então aconteceu num domingo, de eu acordar, o tempo meio nubladão e eu naquele tesão. Por volta das 11 hs entrei num site de bate papo, numa sala de casais, pois normalmente prefiro arriscar a sorte com um homem dessas salas e não em salas gays. Nada contra hehehe só pela aventura da sala de casais mesmo.

Entrei com um nick de GatoBi/(Bairro) e logo um casal teclava comigo, dizendo que estávamos próximos.

- Olá GatoBi, tudo bem? Pela região do teu nick devemos estar próximos e poderíamos aproveitar esta tarde para ficar fudendo bem gostoso, o que acha?

- Ola Casal Diferente (este era + ou – o nick deles), tudo blz, eu vou adorar poder sair de casa e ficar curtindo com vocês aí.

Quem teclava era a esposa, que logo passou a bola para o marido. Quando ele começou a teclar, fizemos nossas descrições. Ele moreno, 35 anos,kg, corpo em forma, pêlos no peito e umas coxas tão grossas e gostosos, devido a ter o hábito de jogar futebol. A esposa 29 anos, morena bronzeadíssima, 160/55kg, peitinhos tipo pêras, bundinha durinha, redondinha, um verdadeiro tipo mignhon.

Eu me descrevia, já todo empolgado para ir até lá, quando ele disse:

- E tem mais cara, você vai poder curtir também a namorada de minnha mulher, que também mora com a gente.

- Sério meu! Que doideira, me explique isso. E como ela é?

- Ela é exatamente como minha esposa, mas é loirinha, com marquinhas de biquine também, que as deixam tentadoras. Sou casado há 5 anos e há um ano descobri este envolvimento das duas, e para meu deleite, a gostosona da loirinha aceitou vir a morar com a gente deste então.

Bem, terminamos de nos acertar comentando o que rolaria na transa e fui para a casa deles. Quando cheguei ele estava só de bermudão e elas de babydool.

Caraça, que delicia, eles realmente eram muito bons, ele corpo de macho, gostoso, coxudo, um moreno bonito mesmo. E nelas era impressionante a semelhança física e o contraste das cores delas tbem. Ambas bem bonitas e com caras de safadas ao extremo.

- E então GatoBi, gostou? Afim de deixar rolar tudo na boa?

- Com certeza cara, adorei este trio e vou gostar mais ainda de poder chupar todos vocês, bem gostoso.

Fomos para o quarto, onde havia uma cama king size, bem alta para os padrões. Ficamos todos pelados e ele começou chupando muito a xaninha da morena, lambia muito, enfiava a língua enquanto a loirinha a beijava. Me enfiei no meio daquele beijo e depois dei meu pau para elas chuparem. E assim fizeram, com muita vontade ambas disputavam a engolida gostosa no meu pau.

- É isto aí minhas putinhas, chupem o pau de outro homem, chupa! Vocês vão se fartarem de pau nas bucetas hoje viu. E eu quero molhar a cabeça deste pau para ele fuder vocês duas.

Então fiquei em pé na cama, dando minha vara para o marido chupar. Nisso ele colocava a esposa na beirada da cama e a fodia bem gostoso, cada estocada que me deixava babando de vontade, de também sentir aquele pau, 19 cm, retão e bem morenão. Mas ainda era ele que se deliciava com meu pau na boca enquanto fodia a esposa.

Enquanto isso a loirinha safada, sentou o rabo na cara da amante e ficou na altura certa de se divertir com minha bunda. Foi uma loucura, eu sendo chupado por aquele cara e ela lambendo meu rabo, enfiando a língua no meu cu e rebolando na boca da outra. Mudávamos de posição há todo momento para que todos se deliciasse com tudo dos outros.

O marido agora fodia o rabo da loirinha, deixando ela de 4 e assim, ela e a amante ficavam num 69 bem gostoso. Eu queria ver aquele pau entrando gostoso no rabo da loira, então fui para trás dele que estava encavalado na puta . Ele ficou com o rabo todo abertão nesta posição, o que me deixou maluco, pois eu via teu pauzão entrando e saindo daquele cuzinho pequeno, rosadinho, apertadinho e podia me deliciar também, vendo aquele cú de macho, peludinho. Comecei a lamber bem gostoso aquele rabo, parando sempre no teu cú e melando muito com minha língua e minha saliva.

- Vem GatoBi, fode este cu que eu arrombei, pois quero minhas putas sendo fodidas por outro macho e quero ficara aí te lambendo o rabo também.

- claro cara, to cheio de tesão pra entrar nesta bundinha linda e ficar sentindo você linguando meu cu. Porra, que cuzinho quente ela tem cara e que estrago gostoso você fez no cú dela. Putz tua língua no meu rabo está me deixando maluco seu fdp. Enfia esta língua mais, enquanto vou socando tua vadia loirinha.

Nisso, a esposa já estava sentada na cama e chupava a vara do marido. Todos cheio de tesão, todos muito afim de liberar toda fantasia.

Parei de fuder a loirinha e depois troquei a camisinha e fui foder a esposa, mas não no rabo e sim na bucetinha dela. Pedi para que o marido viesse e a fudesse novamente, então ela deitou-se de costas e levantou as pernas até os ombros dele. Eu queria é me deliciar chupando a bunda gostosa dele denovo. E assim o fiz.

Neste momento todos já explodiam de tesão, a loirinha sentou-se no chão e começou a me chupar, eu me encurvei e lambia muito o rabo do marido, melando tudo, enfiando a língua e também o dedo. Enquanto isso ele continuava suas estocadas gostosas na bucetinha da esposa.

- Caralho meu amor, ele ta lambendo meu cu e ta me deixando cheio de tesão, dizia o marido.

- Não fala isso seu safado, vc sabe que fico muito tarada com o tesão que vc sente no rabo. E vou acabar gozando se ficar falando.

- Porra, que língua gostosa, ta com a língua dentro do meu cu meu amor, que tesão, desse jeito também vou gozar gostoso.

Eu já me segurava muito para não gozar, pedi para a loirinha colocar uma camisinha no meu pau, pois ia fuder o amante dela. Não demorei e já fui fudendo em pé, forçando a entrada naquele macho gostoso.

- Isso cara fode meu marido, enfia pica no cu dele.

- Isso mesmo, me fode então, mas se prepara pois depois eu vou rebentar teu cu também.

- Aé?!! Então sente meu cacete e goza com o pau enfiado em vc gostosão. Goza e enche a buceta desta tua puta com todo teu leite.

Eu fodia com muita vontade aquele macho, mas pensando no momento que viesse me foder tbem.

Ninguém agüentava mais segurar e o marido e a esposa gozaram juntos enquanto eu tbem anunciava minha gozada. Então a loirinha, que ainda estava no chão lambendo meu saco e meu rabo, me puxou, tirou meu pau do cu do gostosão e bem rápido tirou minha camisinha, pedindo para eu leitar tua cara e teus peitinhos.

- Toma leite gostosa, ah! Ah! Ah! Se lambuza com minha porra, sente esse leite nesta carinha linda vai.

- Vem amor, vem ver a porra dele, corre, rápido pra ver o leite na cara da tua putinha gostosa.

- Ai ai ai tesão, da próxima vez eu vou lamber todo este leite na tua cara minha vadiazinha.

Fomos para o banho então, todos exaustivamente satisfeitos, mas já sabendo que a tarde prometia muito ainda. Logo estávamos deitados, todos juntinhos assistindo tv e tomando uma bebida. Relaxamos gostoso e o tesão já vinha tomando conta do ambiente novamente. A esposa já bolinava tua amante, ficava ali acariciando e masturbando a bucetinha dela. O marido me puxou, fazendo mamar aquela pica novamente. E como faço isso muito, muito gostoso, ele delirava a cada engolida que eu dava, a cada engasgada que aquele cacete me fazia ter.

O pau dele começou a melar muito gostoso, soltando aquele melzinho que me deixa muito cheio de tesão. Eu passava a língua naquele mel, que queria escorrer pela cabeça do pau e esticava o filetinho de melzinho. Isso o deixava maluco, fazendo com que ele socasse muito minha boca e tirava para eu esticar o melzinho novamente.

- Isso meu GatoBi, agora vira, deita de bundinha empinada que vou dar um trato nesta delicia. Achou que ia embora sem receber minhas estocadas é?!

Fiquei todo arrepiado enquanto ele me virava, meu cu piscava gostoso imaginando o que viria.

- Isso amor, mete o cacete nele que essa nós queremos assistir de pertinho, dizia a puta da esposa.

Então ele colocou a camisinha, lambuzou meu rabo e eu cada vez mais cheio de tesão. Empinava minha bunda esperando ele vir pra dentro.

- Agora sim, empina mesmo pra vc sentir todinho. Abre este cu gostoso que quero ficar um tempão te fodendo. Essas palavras me deixavam com mais tesão, e então ele começou a enfiar aquele cabeção. Enfiava, parava um pouco, pediu para eu piscar o cuzinho e morder o pau dele. Eu deitado, sentindo ele entrando e meu pau latejando amassado no colchão. E as putas abriam minha bunda, mexia no pau dele para ficar bolinando meu cu. Beijavam a boca dele e me beijavam tbem.

- Cara, teu pau é demais, quero esse saco peludo batendo na minha bunda.

- Qué né safado?!! Quer todo o pau do meu marido enfiado em vc né. Então rebola no cacete dele, chama este pau pra dentro vai.

- Isso, que rebolada gostosa, que engolida com este cú quente. Quero vc aqui sendo nosso namorado sempre ok? Vai voltar pra levar pica e comer essas vagabundas sempre viu?!

- Claro macho tesudo, quero vir e sentir sempre essas bucetas quentes, enquanto vc fica me fudendo deste jeito.

- Fico não! Eu fico e saio, eu fico e saio!! Assim oh!!!

Putz, o cara começou a socar. Subia tirando quase todo o pau, o cabeção inchado ficava preso no meu cu e novamente soltava todo o peso me socando bem fundo. Fazendo por vários minutos. Já suava e pingava encima de mim.

- Agüenta, vc é viado gostoso, nosso namorado do cu gostoso, agüenta essa e mais essa, e essa....Ah!, Ah! Que foda gostosa. Obrigado amor, queria muito um macho assim pra fuder.

- Então fode amor, coloca ele de 4 que quero um 69 gostoso e sentir ele gozando em mim.

Eu ficava cada vez mais maluco, sabia que ia gozar logo logo. O marido não gozava, o pau parecia cada vez maior e mais grosso dentro do meu rabo. Ele ajoelhado me fudendo, depois subia e ficava encavalado e eu sempre ali de 4 e chupando a vadia da esposa dele. Junto comigo tbem estava a loirinha que chupava a amante e me beijava gostoso.

- Porra, agora não agüento mais, vou gozar muito neste cu meu amor. Ah delicia!, Isso, morde meu pau, me deixa maluco que to gozando gostoso pra vc viado tesudo.

Ele dizia isso e eu cada vez mais próximo de explodir na gozada, dei uma empinadona, senti o pau dele pulsando todo enterrado, e assim meu pau saiu da boca da sua esposa e meu leite jorrou na cara dela. Putz, muito leite ainda saia e a lambuzava toda. O marido já saia de dentro de mim e eu levantava meu tronco acabando a gozada na barriguinha retinha dela. A loirinha gostosa se divertia lambuzando toda a namorada que também acabara de gozar com a siririca que havia recebido enquanto me chupava.

Novamente fomos para o banho, muito relaxados e com a promessa de um próximo encontro, que já rolou ehhehehe e derepente conto numa próxima oportunidade.

Comentários

08/04/2009 14:53:55
BOM CONTO ME DEU TESÃO
21/10/2008 18:11:23
Demais...Assim que é bom...todo mundo de todo mundo...meu e-mail: amante_aventureiro@hotmail.com
06/12/2007 01:27:44
nossa, que delicia, eu gostaria de participar com vcs , sou alto 1,86m 90kg, malhado, cabelo preto 30 anos, amo sexo e nunca fiz uma experiencia assim, me escrevam que eu quero fazer td isso com vcs tb, fico no aguardo, bjs bclc_g@hotmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.